Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Litos volta a ser apontado à liderança técnica da equipa B do Sporting, actualmente orientada por Luís Martins - por norma, coordenador técnico da formação - pela saída de João de Deus.

 

O antigo jogador do Sporting foi alvo de convite em 2014, salvo erro, convite esse que declinou na altura por razões que não foram verdadeiramente esclarecidas:

 

Litos.jpg

 

«Confirmo que fui alvo de um convite, mas, infelizmente, não estavam reunidas as condições para dar o sim. Todos sabem o muito que sinto pelo Sporting e quem sabe se um dia não voltarei pela porta grande, mas isso não será possível agora. Pelo respeito absoluto que me merece a instituição, os seus profissionais e adeptos, não poderia ser um factor de divisão, até porque o Sporting B tem um treinador chamado Abel Ferreira. Desejo a todos os maiores sucessos desportivos.»

 

O ex-internacional português, que foi das figuras maiores da formação verde e branca na década de 1980, efectuou parte substantiva da sua carreira no banco em Moçambique, onde orientou o Maxaquene e a Liga Desportiva de Maputo, conquistando um total de seis títulos locais. Litos não assumiu qualquer projecto na época em curso depois de ter treinado o Oriental em 2015/16 e estará novamente na agenda da SAD.

 

Em princípio, seria uma boa escolha, mas as dúvidas que existiam em 2014 ainda hoje continuam a ser válidas, nomeadamente que Litos tem ambições mais elevadas, muito embora nesta altura não esteja activo. Não sei se ele verá na equipa B desafio estimulante o suficiente que o leve a aceitar o cargo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:12

 

img_770x433$2016_02_19_10_56_03_1066296 (2).jpg

 

«É importante que os adeptos acarinhem todos os jogadores. Os adeptos têm de perceber que se seguirem o caminho de maltratar os seus atletas em nada estão a ajudar o grupo.

 

Que os adeptos do Sporting continuem a fazer aquilo que têm feito, excepção feita ao jogo de ontem e em relação a apenas um atleta. É importante que apoiem todos os jogadores para que tenham sucesso e possam festejar, embora seja cedo, pois vai haver ainda muitos pontos perdidos para os três que disputam o título.

 

Espero que o Sporting não deixe fugir esta oportunidade de se manter no primeiro lugar e de manter a distância para os seus rivais e que a equipa ultrapasse a derrota frente ao Bayer Leverkusen com uma vitória já frente ao Boavista.

 

Litos (2).png

Acredito que o jogo de ontem em nada vai afectar o rendimento da equipa porque são jogos e competições diferentes e o treinador do Sporting já o afirmou várias vezes que está focado no objectivo principal que é o campeonato. Jesus tem feito alguma gestão para proteger os jogadores para os jogos do campeonato e acredito que o Sporting vai surgir em bom plano e conseguir uma boa vitória.»

 

Litos, antigo jogador do Sporting, em declarações à Antena 1. É caso para estudo estes personagens do mundo do futebol que se prezam a vir dar lições de moral aos adeptos, apenas e tão só porque manifestaram a sua insatisfação com um determinado jogo do Sporting e, nesse contexto, com o desempenho de um ou mais atletas.

 

Já disse num outro escrito a minha opinião sobre assobios e o acenar de lenços brancos, todavia, gostaria de ver ex jogadores, e no caso de Litos, treinador, comentarem as decisões de Jorge Jesus relativamente a um jogo importante numa prova europeia, em que deliberadamente condiciona a equipa relegando para o banco de suplentes os dois melhores jogadores, em nome da rotatividade, com o "enorme" Boavista pela frente na próxima segunda-feira, em Alvalade. Será que quatro dias de descanso a este nível de competição não é suficiente ?

 

O campeonato é o único objectivo de registo, e segundo Jorge Jesus, supostamente também Bruno de Carvalho, e ainda uns quantos adeptos que baixam a cabeça a tudo, deve-se ignorar completamente todas as outras provas, mesmo aquelas na Europa em que o prestígio do Sporting está na linha da frente. Mas, pelos vistos, isto não conta muito. O campeonato é o objectivo !

 

Sobre a reacção a Gutiérrez, em abono da verdade, o que é que Jorge Jesus, Litos e outros esperavam, quando se opta por um jogador de baixo rendimento em detrimento da equipa ?... Esperavam aplauso ? E depois Jorge Jesus ainda tem o descaramento de vir dizer que "Teo fez um excelente jogo", quando todos nós vimos perfeitamente que foi uma autêntica miséria.

 

Não é exclusivamente a derrota de ontem que está em questão. Aquela frente ao União da Madeira teve piores consequências e não houve a mesma reacção. O que está em foco é a atitude derrotista do treinador, a forma como ele põe e dispõe sobre as responsabilidades do Sporting e, sobretudo, como ele menospreza a história do nosso Clube, deixando até muito claro, no seu discurso, que a sua maior preocupação é a sua pessoa, quase com uma ameaça, entrelinhas, que poderá vir a tomar decisões caso as coisas não correm à sua feição. ("Não deixo as coisas complicarem-se para mim")

 

Por fim, a sua hipocrisia em vir defender a nulidade que foi Gutiérrez e não hesitar em fazer alvo deveras crítico de um jovem (Rúben Semedo) que até jogou bem, mas que cometeu um acto imprudente que levou à sua expulsão. Mas, pelos vistos, este já não é um caso de "patinhos feios", porque a iniciativa da crítica foi dele e não dos adeptos.

 

Espero que se possa vir a conquistar o título. Se assim acontecer, festejarei condignamente como sportinguista, mas nem este feito me fará mudar de ideias sobre Jorge Jesus. Muito mérito em alguns aspectos do foro técnico mas, como homem, deixa muito a desejar. Sempre assim foi e não é por ele estar agora no Sporting que se vai assistir a uma transformação radical de carácter e personalidade, ou não seja ele o autor do "limpinho, limpinho" perante tanta sujeira à sua volta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:34

 

Litos, antigo médio leonino e neste momento treinador na Liga Muçulmana de Mamputo, foi instado a comentar a época do Sporting:

 

Litos.png

«O Sporting tem a obrigação de tentar chegar ao segundo lugar, apesar de algum desânimo face aos objectivos traçados para a actual temporada. E rapidamente ficou fora de alguns desses objectivos. Naturalmente, não se esperava que o Sporting ganhasse a Liga dos Campeões ou a Liga Europa, mas acho que devia ter feito mais qualquer coisa. Tinha inclusivamente todas as condições para seguir em frente neste último jogo frente ao Wolfsburgo. Para bem do Sporting, espero que as coisas não corram ainda pior ao nível do campeonato, Espero, acima de tudo, é que haja dignidade e empenho, para que se consiga o que resta em termos de objectivos. O segundo ou o terceiro lugar.»

 

Recorde-se que Litos foi convidado para liderar a equipa B do Sporting, convite que ele não aceitou, porventura porque a sua ambição é treinar a equipa principal. E, nada de errado com isso, mas estas suas palavras deixam a ideia que está a dirigir uma crítica a quem treina no momento o Sporting, inferindo que ele próprio teria feito "mais alguma coisa". No que diz respeito a esta época, é uma não consideração e veremos se o futuro providenciará nesse sentido. Não me parece, no entanto, que este tipo de discurso, embora subtil, seja o mais aconselhável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 03:30

Litos recusou convite do Sporting

Rui Gomes, em 06.06.14
 

 

Ficaram agora esclarecidos, de uma vez por todas, os rumores noticiosos que davam Litos como o novo treinador da equipa B do Sporting. Segundo as suas próprias declarações esta quinta-feira, o antigo n.º 10 leonino fez saber que a razão que o levou a recusar o convite foi "por não estarem reunidas as condições para dar o sim". O significado do termo fica á interpretação de cada um:

 

«Confirmo que fui alvo de um convite, mas, infelizmente, não estavam reunidas as condições para dar o sim. Todos sabem o muito que sinto pelo Sporting e quem sabe se um dia não voltarei pela porta grande, mas isso não será possível agora. Pelo respeito absoluto que me merece a instituição, os seus profissionais e adeptos, não poderia ser um factor de divisão, até porque o Sporting B tem um treinador chamado Abel Ferreira. Desejo a todos os maiores sucessos desportivos.»

 

"Não poderia ser um factor de divisão", leva a crer que a escolha de Litos não foi consensual entre os elementos da SAD ou, então, que ele não achou bem aceitar a posição com Abel Ferreira ainda no lugar. É muito provável que tenha sido este último cenário, dado que não vejo que o convite tenha sido endereçado sem haver um parecer comum entre Bruno de Carvalho, Inácio e, presume-se, Virgílio. Se assim foi, é por de mais incompreensível como se convida um novo técnico sem primeiro resolver a situação daquele que tem vindo a liderar a equipa.

 

Qual será a postura de Abel Ferreira perante esta situação que o deixa, no mínimo, fragilizado ?

 

As declarações de Litos também podem ser ouvidas aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:36

O que dizem eles

Rui Gomes, em 29.04.14
 

 

«Não acredito que a entrada directa na Liga dos Campeões vai alterar a política de Bruno de Carvalho, até porque numa competição com as equipas de topo, o Sporting tem de ser realista, embora fosse extraordinário ultrapassar a fase de grupos. É importante ser responsável e não entrar em grandes loucuras. Não se pode gastar o que não se tem.

Vai existir maior tranquilidade e é necessária a mesma empatia com os jogadores. A força dos adeptos foi um factor importante para o sucesso leonino. Numa prospectiva da próxima época, acredito que os três grandes vão estar em condições de disputar o título, mas o Benfica parte em vantagem e não vai querer deixar fugir a hegemonia.»

 

-    Litos    -

 

Observação: Não é que o antigo jogador do Sporting - durante 13 anos - tenha dito algo de errado, mas no contexto do seu discurso, a linha entre realista e derrotista é muito fina e de algum modo é essa a sensação que deixa. Já é mais do que conhecido que o Sporting não está em condições para entrar em "loucuras", mesmo que o presidente sentisse essa vontade, mas não devemos começar já a pensar no pior dos cenários. Salvo algum achado ou algo imprevisto - em termos de receitas extraordinárias - não se espera contratações sonantes, mas isso não quer dizer que a SAD não vá tentar melhor apetrechar a equipa para o grande desafio que a espera na próxima época. Se o objectivo primordial esta época era ser competitivo, é apenas lógico e realista esperar a continuidade dessa competitividade a um nível mais elevado. Curiosamente, com ou sem fundamento, um dos diários desportivos adianta esta terça-feira que o Sporting pretende assegurar reforços para seis posições. Não acredito que esta informação tenha originado com alguma fonte do foro interno, mas o ponto mais importante é haver a intenção de melhorar a equipa. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 04:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds