Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Observação

Rui Gomes, em 14.03.13

 

Não regozijo com a derrota e eliminação do FC Porto da Champions, perante o Málaga, mas lamento e crítico Vítor Pereira por querer explicar o inesperado desaire com o trabalho da arbitragem. Pese o domínio, no Dragão, a vitória foi alcançada com um golo metros fora de jogo e, em Málaga, foi mal anulado um golo à equipa da casa. A expulsão por acumulação de amarelos a Defour é justa e o jogador merecia adicional punição interna pela irresponsabilidade do segundo, uma falta flagrante, consciente que já tinha sido sancionado. Acho que Vítor Pereira deve procurar a causa do afastamento da prova europeia em outros factores que não os homens do apito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:56

Os magnatas do futebol (4)

Rui Gomes, em 30.12.12

Abdullah bin Nasser Al-Thani (45 anos) é membro da família real do Qatar, com uma fortuna estimada em 16 mil milhões de euros, que advem de negócios em áreas como electrónica, hotelaria, comunicações e venda de automóveis. Adquiriu o clube espanhol Málaga, em junho de 2010, por cerca de 36 milhões de euros. Após uma primeira época de transição, o Málaga foi ao mercado e investiu cerca de 80 milhões de euros em jogadores de alto nível, a exemplo de Santi Cazorla (entretanto vendido), Ruud Van Nistelrooy, Jeremy Toulalan, Joris Mathijsen e Joachin, entre outros. Sob o comando de Manuel Pellegrini atingiu a classificação mais alta da sua história na Liga espanhola - 4.º lugar - e o apuramento para a Liga dos Campeões, onde na próxima eliminatória vai ser o adversário do FC Porto. Surpreendentemente, em Dezembro de 2012, surge o anúncio da UEFA a proíbir a participação do Málaga nas provas europeias na próxima época por dívidas a outros clubes, jogadores e ao fisco e ainda a aplicar uma multa de 300 mil euros. O clube tem até Março 31, 2013 para regularizar as suas contas, para evitar a suspensão por um segundo ano.

Como Abdullah Al-Thani não tem falta de dinheiro, consta localmente que isto é uma acção deliberada para forçar o governo espanhol a suportar diversos projectos seus em Marbella. Um dos poucos magnatas no futebol europeu - se não o único - cujo investimento em um clube aparenta estar directamente associado a outros interesses de alto nivel.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:06

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds