Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fotografia com história dentro (64)

Leão Zargo, em 10.09.17

Sporting-Belenenses 1950-51 M. Wilson e Sério.jpg

 

Mário Wilson, de avançado-centro a defesa-central

 

 

O Sporting contratou Mário Wilson ao Desportivo de Lourenço Marques, em 1949, para substituir Peyroteo no lugar de avançado-centro. Foi o melhor goleador da equipa logo no seu primeiro ano com a camisola leonina, com 21 golos em 22 jogos. No entanto, não terá convencido totalmente o treinador Randolph Galloway, pois Joaquim Pacheco, acabado de chegar de Macau, é que surgiu no centro do ataque no início da época seguinte.

 

Em 1950-51, Mário Wilson só se estreou na 3ª jornada, com dois golos na vitória sobre o Atlético por 3-2. Recuperou a camisola nº 9, mas nunca foi um titular indiscutível. Na verdade, nesta época, para além do moçambicano, também Joaquim Pacheco, João Martins, Galileu e Jesus Correia jogaram na posição de avançado-centro. O goleador da equipa foi o interior-direito Vasques.

 

Entretanto, em jogos particulares, Mário Wilson começou a surgir em zonas mais recuadas do terreno, principalmente a defesa-central. Aconteceu nos jogos de preparação da época com o União de Montemor e o Boavista, em Setembro de 1950. Voltou a jogar nesse lugar em Abril de 1951 em jogos amigáveis com os brasileiros do São Paulo e com o Marinhense. Foi ele próprio que contou numa entrevista a Carlos Rias (A Bola, 17 de Outubro de 2009):

 

“O Sporting vai jogar uma Taça Latina e lesiona-se o Passos. Não tinham outro defesa-central, eu até era polivalente e perguntaram-me: ‘É menino para fazer o lugar do Passos?’ Claro, disse que sim. (…) Foi no Sporting que comecei nesse lugar. Quando vou para a Académica já vou com a sensibilidade do lugar. Não estranhei ocupar essa posição.”

 

A partida da Taça Latina a que Mário Wilson se refere é o Atlético de Madrid - Sporting, disputado em 24 de Junho de 1951, que os madrilenos venceram por 3-1. Em 9 de Julho fez o último jogo com a camisola do Sporting, num amigável com a Portuguesa Santista, em Santos. Entretanto, invocou regulamentação desportiva para estudantes-futebolistas e transferiu-se para a Académica de Coimbra. Mas, isso já é outra história.

 

A fotografia refere-se a um Sporting - Belenenses para o Campeonato Nacional, em 12 de Novembro de 1950. Mário Wilson e o guarda-redes José Sério disputam a bola na grande área belenense. Os leões venceram por 6-2 e o jogador sportinguista marcou dois golos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34

Morreu Mário Wilson

Rui Gomes, em 04.10.16

 

mario_wilson_acad25c325a9mica.jpg

 

Mário Wilson, antigo jogador e treinador, faleceu esta segunda-feira aos 86 anos. O "velho capitão", como era conhecido, foi figura na Académica e no Sporting enquanto jogador e no papel de treinador evidenciou-se no Benfica, entre vários outros clubes.

 

As nossas mais sinceras condolências à família enlutada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo