Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Agradecimento de Marcelo Boeck

Rui Gomes, em 01.12.16

 

sportingchapecoenseboeck.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

Tinha o destino...

Rui Gomes, em 29.11.16

 

1_(1)__grande.jpg

 

Um avião da companhia Lamia que transportava 72 pessoas e 9 tripulantes, incluindo a equipa brasileira da Chapecoense, caiu na madrugada desta terça-feira perto do aeroporto internacional de Medellín, Colômbia. Há cinco sobreviventes.

 

Marcelo Boeck, guarda-redes emprestado pelo Sporting à formação brasileira, não se encontrava no avião.

 

De acordo com o seu empresário à rádio TSF, António Araújo, o jogador havia pedido dispensa: "Marcelo Boeck não viajou porque tinha pedido dispensa para o efeito. Foi um alívio para ele e infelicidade para todos os outros. É uma tristeza para o futebol".

 

image.jpg

Diz o dicionário da língua de Camões que destino é "a combinação de circunstâncias ou de acontecimentos que influem de um modo inelutável". No caso concreto de Marcelo Boeck foi a celebração do seu aniversário esta segunda-feira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:35

A despedida de Marcelo

Rui Gomes, em 10.02.16

 

naom_56bb6c304d9b4 (2).jpg

 

Marcelo Boeck, um  excelente profissional com o perfil de "leão", que representou muito dignamente o Sporting Clube de Portugal. Da nossa parte, muito sinceramente, os votos de muitas felicidades e um fim de carreira coroado de sucessos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11

Marcelo Boeck renovou

Rui Gomes, em 08.01.16

 

ng3814181.jpg

 

O Sporting anunciou esta sexta-feira a renovação de contrato com o guarda-redes Marcelo Boeck até 2018, com mais um ano de opção, num vínculo em que a cláusula de rescisão será de 45 milhões de euros.

 

«Estou muito satisfeito pela confiança depositada em mim pelo 'mister' e pelo presidente. É o reconhecimento do meu trabalho e aparece numa grande fase que o Sporting está a viver. Fazer parte disso é muito bom para mim.»

 

Fico satisfeito pelo Sporting e por Marcelo Boeck, cuja postura e profissionalismo desde que chegou a Alvalade em 2011, proveniente do Marítimo, tem sido nada menos do que exemplar, mesmo reconhecendo que com Rui Patrício pela frente, o seu tempo de jogo será sempre limitado.

 

Na época em curso participou apenas em quatro jogos; dois da Taça da Liga, um cada da Liga Europa e da Taça de Portugal, com 342 minutos de jogo acumulados (3,8 jogos). Em 2014/15, sob Marco Silva, regista 8 participações, 7 como titular.

 

É curioso, porque estive quase para o recomendar a uma equipa da MLS do meu conhecimento, que procura/procurava um guarda-redes com experiência europeia. Pela não renovação contratual e as suas características e circunstâncias, seria ideal para esse clube e para o próprio Marcelo, que ficaria, decerto, a usufruir de um salário superior e seria, indiscutivelmente, titular absoluto nessa equipa. Desconheço, no entanto, a sua disponibilidade para se mudar para o continente norte-americano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53

 

9IWRGARX.png

 

"Pode acabar" disse Marcelo, ansioso pelo tempo de descontos que foi concedido por Bruno de Paixão no jogo entre o Benfica e Paços de Ferreira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26

 

 

 Como já tive ocasião de mencionar num outro escrito, os rumores que circulam nos espaços noticiosos relativamente a uma possível transferência de Marcelo Boeck são preocupantes. Os meus recém-contactos com as minhas fontes em Alvalade também não serviram para confirmar nem negar a hipótese, algo que me diz que é, pelo menos, uma possibilidade. Os outros rumores que indicam que o Sporting ainda negoceia o empréstimo do guarda-redes portista, Hugo Ventura, só servem para precipitar dúvidas adicionais sobre a situação.

 

Reconheço que Marcelo Boeck é um activo atractivo no mercado, precisamente por ser um guarda-redes de qualidade acima da média, o exacto mesmo motivo por que o Sporting, na minha opinião, não o deve transferir. Com ainda 28 anos - jovem para a posição - Marcelo é uma garantia indiscutível caso algo suceda a Rui Patrício. É de admitir que para o jogador não será uma situação fácil, pelas suas poucas oportunidades de jogar, no entanto, tudo indica que ele está muito satisfeito no Sporting e aceita, sem reservas, as suas circuntâncias na equipa. Tem contrato até 30 de junho de 2016. Na época corrente, já participou em 4 jogos - 2 na Taça da Liga, 1 na equipa B, 1 na Liga Europa - com 360 minutos jogados e 5 golos sofridos. Na época de 2011/12 - após à sua chegada ao Sporting do Marítomo - fez 9 jogos (4 V-2E-3D) - 720 minutos de jogo e 8 golos sofridos.

 

Um dos factores que poderá estar de algum modo a precipitar ponderação sobre a continuidade em Alvalade de Marcelo Boeck, é a jovem (22 anos) grande promessa, Vítor Golas, guarda-redes titular da equipa B que tem treinado bastante com a equipa principal e já foi convocado não utilizado algumas vezes. Até este momento da época corrente, já realizou 16 jogos - 10 V - 4 E - 2 D - 1440 minutos jogados e 16 golos sofridos. Em 2011/12 esteve emprestado ao Penafiel da II Liga, onde participou em 24 jogos oficiais, com 1890 minutos de jogo e 26 golos sofridos. uma excelente média de pouco mais de 1 golo sofrido por jogo. Tem vínculo contratual com o Sporting até 30 de junho de 2014 e como tem o seu caminho para a equipa principal tapado, deverá ser uma das preocupações da SAD leonina, para evitar que ele não recuse renovação, para tentar outro clube onde possa jogar com regularidade na equipa principal. Devo esclarecer que quanto a Vítor Golas não tenho conhecimento directo de causa, simplesmentre faz sentido admitir cenários diversos, face à existência de Marcelo Boeck e o sempre incómodo objectivo da SAD de baixar a folha salarial.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52

Marcelo Boeck: Será verdade ?

Rui Gomes, em 08.01.13

 

Espero que os rumores sobre a possível transferência de Marcelo Boeck para a Suiça não se confirmem, mesmo com a entrada, por empréstimo, de Hugo Ventura. O guarda-redes brasileiro veio do Marítimo para o Sporting no verão de 2011, assinando um contrato por cinco temporadas. É, indiscutivelmente, um excelente jogador que, aos 28 anos, ainda tem muito para dar e representa uma alternativa muito positiva, caso se deia uma eventual transferência de Rui Patrício. Pelo seu espírito combativo e o seu desempenho profissional em prol do Sporting, é conhecido por «O leão indomável». Não devo adiantar conjecturas, sustentadas apenas pelos rumores circulados pelos pasquins cá do burgo, mas a se concretizar, será, na minha opinião, um erro do Sporting.

Não será fácil, para ele próprio, tendo pela frente o titular da selecção nacional, consideração que não lhe permite alinhar em muitos jogos. Sabe-se que o Sporting tem Vítor Golas, também à espera de oportunidade efectiva na equipa principal e, ainda, Luís Ribeiro na equipa B. A única causa de motivação para uma saída sua será, porventura, aliviar a folha salarial, mas mesmo esse factor não me convence.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo