Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Y6FV9BA7.jpg

 

Marco Ferreira, antigo árbitro, criticou as ausências de Jorge Sousa, considerado melhor árbitro da última época, e Rui Licínio, melhor assistente, no sorteio dos campeonatos profissionais que decorreu esta sexta-feira, em Matosinhos.

 

Através de uma publicação nas redes sociais, o madeirense considera que os valores financeiros "falam mais alto" para os árbitros da actualidade do que os valores morais, e pede aos juízes para tirarem o "manto de protecção" e falarem "de tudo o que sabem":

 
«Sinceramente, as desculpas evocadas são descabidas visto que são precisamente alguns desses árbitros que ao ouvirem os seus nomes na praça pública mantiveram um silêncio muito comprometedor.

 

Tirem esse manto de protecção e falem de tudo o que sabem e não se unem somente quando metem a mão nos vossos bolsos. Perda de regalias??!! Estava mais preocupado se tivesse perdido dignidade e abdicado de valores morais, mas, infelizmente, os valores financeiros falam mais alto na vossa cabeça... vale tudo, podem dizer tudo, podem levantar suspeitas, podem colocar em causa a vossa seriedade mas se "tocarem" no nosso dinheiro viramos "virgens ofendidas"...

 

Tenham vergonha e respeitem essa nobre actividade que muitos deram a "vida" para conservar e vocês só olham para o vosso umbigo... Cuidado que o cordão umbilical de alguns será cortado brevemente».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:42

Marco Ferreira analisa lances do jogo

Rui Gomes, em 26.02.17

 

img_770x433$2017_02_25_23_40_54_1229669.jpg

 

Ao serviço do jornal Record, o antigo árbitro Marco Ferreira analisa decisões de arbitragem em jogos da I Liga. Muito pouco a apontar ao trabalho de Rui Costa no Estoril - Sporting, salvo no lance que levou à grande penalidade, aos 86 minutos, no qual, na realidade, o erro é cometido pelo auxiliar em não assinalar fora de jogo a Bas Dost:

 

Eis o que Marco Ferreira teve para dizer:

22' - Bem (CERTO)

 
Bem o assistente a validar o golo de Bryan Ruiz. O jogador está atrás da linha defensiva na altura do remate do colega. Boa decisão.

65' - Falta (CERTO)

Infracção de Coates sobre Licá. O jogador do Sporting rasteira de forma imprudente o adversário junto à sua área. Bem assinalado.

74' - Erro (ERRADO)

Infracção por assinalar de Palhinha sobre Kléber. O jogador do Sporting atinge com o braço o adversário, impedindo-o de disputar a bola. Livre directo por assinalar.

86' - Mal (ERRADO)

Infracção de Diakité sobre Bas Dost, com o jogador do Estoril a agarrar o avançado, impedindo-o de jogar a bola. Assinala penálti, mas Bas Dost estava adiantado em relação à linha defensiva no momento do cruzamento.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:39

  

vitorpereira6.jpg

Vítor Pereira, presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), não tardou a reagir à entrevista do ex-árbitro Marco Ferreira, concedida ao jornal espanhol "As", este sábado, e na sequência da mesma foi emitido um comunicado através do qual é divulgado que vai avançar com uma queixa-crime contra o acima citado. 

 

Tal como referimos no post anterior, Marco Ferreira deu ar a diversas acusações, inclusive que o presidente do CA da FPF, lhe telefonava com instruções para "favorecer o Benfica".

 

Eis o comunicado:

 

"Tendo em conta o teor calunioso das declarações do ex-árbitro Marco Ferreira hoje publicadas no diário desportivo espanhol 'As', o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF, Vítor Pereira, vai apresentar uma queixa-crime nas instâncias jurisdicionais competentes e uma participação no Conselho de Disciplina da Federação contra o ex-árbitro.

 

Lisboa, 24 de Outubro de 2015"

 

 

Não estamos em posição para poder apreciar a veracidade das declarações de Marco Ferreira e não ousamos comentar nesse sentido, mas tendo em consideração a gravidade das acusações, já era de esperar uma forte reacção por parte de Vítor Pereira. Nas circunstâncias, salvo confessar a sua culpabilidade e apresentar a sua demissão do órgão federativo, era o único curso a seguir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44

 

marco_ferreira_31.jpg

  

Em uma entrevista explosiva, o antigo árbitro madeirense acusa Vítor Pereira - presidente do Conselho de Arbitragem da FPF - de lhe ter pedido para favorecer o Benfica:

 

«O Benfica nunca pediu para os favorecer, mas Vítor Pereira sim»

 

"Não vou dizer que o Benfica pede ao Vítor Pereira que fale com os árbitros para favorecer o clube. Não digo isso. O que digo é que ele faz isso porque sabe que o Benfica é o único clube que o apoia. Por isso, não quer que nenhum árbitro que não goste do Benfica apite os seus jogos. O Benfica nunca falou comigo e nunca pediu para os favorecer. Mas Vítor Pereira sim."

 

"Numa semana em que eu tinha um jogo do Benfica, ele telefonava a dizer que tinha que ter cuidado, que o jogo tinha que correr bem. E só o fazia antes de jogos do Benfica. Nunca me telefonou antes de um jogo do FC Porto, por exemplo. Não só a mim, mas a muitos companheiros..."

 

"Antes do Sp. Braga-Benfica foi mais ou menos a mesma conversa. Disse-me que o jogo tinha que correr bem e que eu não devia ligar 'caso viesse ruído do banco'. Ele disse-me isso porque, no Boavista-Benfica, expulsei o treinador Jorge Jesus do Benfica (Jorge Jesus) no intervalo. Vítor Pereira tinha medo que o expulsasse outra vez."

 

"Vítor Pereira só telefona aos árbitros antes dos jogos do Benfica, não o faz com mais nenhum clube, e já denunciei a situação à Federação e ao Comité Disciplinar da Liga Portuguesa, na semana passada". Os árbitros têm medo que Vítor Pereira acabe com as suas carreiras como acabou com a minha. Sou um exemplo para eles daquilo que se pode passar. Eu era árbitro internacional e nunca na história de Portugal um árbitro internacional tinha descido à segunda categoria."

 

Salvo os detalhes, não há causa para grande surpresa nestas revelações de Marco Ferreira. Dito isto, parece-me justo questionar porque é que o antigo árbitro não denunciou este comportamento de Vítor Pereira antes de se afastar da arbitragem.

 

A eventual resposta do presidente do Conselho de Arbitragem a estas acusações será deveras interessante, adornada, infalivelmente, com uma "camioneta de areia".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:41

O que dizem eles

Rui Gomes, em 08.02.14
 

 

«As pessoas dizem tudo o que quiserem e entenderem. Nunca fui sócio de clube nenhum. O meu pensamento é a arbitragem. Também já disseram que era padrinho ou cunhado de Leonardo Jardim, que também é madeirense, e que tinha andado na escola com ele... o que não é verdade. São palavras de adeptos ferrenhos que achamos piada e não podemos levar a sério.

Nem toda a gente tem perfil para ser árbitro. Quando optamos por esta actividade temos de estar conscientes de que existe muito mediatismo em torno dos dérbis, dos clássicos, Mas eu coloco a pressão em mim próprio. Não estou à espera de pressões exteriores para me motivar ou preparar-me melhor. Encaro da mesma forma um dérbi como encaro qualquer outro jogo.»

 

-    Marco Ferreira    -

 

Observação: Não pretendo duvidar da sua sinceridade, mas do mesmo modo que um atleta, um treinador ou até um adepto sente um acréscimo de pressão perante a responsabilidade de um "derby" ou de um "clássico", é inevitável que ele, como árbitro, também a sinta. É meramente humano, nada mais. De qualquer  modo, só exigimos competência e imparcialidade de critérios de Marco Ferreira, apenas isto,  indiferente do modo como ele encara e se prepara para o embate de domingo. 

 

Ficamos gratos pela esclarecimento de que não é padrinho, cunhado ou colega de escola de Leonardo Jardim ! {#emotions_dlg.default}

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 06.02.14
 

 

Marco Ferreira, da Associação de Futebol da Madeira, foi nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para apitar o "derby" de domingo. Recorde-se que este juiz arbitrou recentemente o Sporting no embate com o Penafiel para a Taça da Liga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32

Os critérios de Marco Ferreira

Rui Gomes, em 11.12.12

O árbitro Marco Ferreira demonstrou ontem em Alvalade que tem critérios para o ínicio do jogo e outros para o fim. Os cartões amarelos aos 84 e 88 minutos a Rinaudo e Rojo, respectivamente, são bem mostrados porque as faltas cometidas assim o justificam. Igualmente a Carillo aos 69 minutos.  No entanto, aos 9 minutos, Garay derruba Ricky van Wolfswinkel, quando este se isolava já perto da grande-área benfiquista, mas o cartão ficou no bolso. Tanto aos 14 minutos como aos 17, André Gomes e Maxi Pereira cometem faltas a justificarem amarelos, mas são apenas avisados. O lateral direito do Benfica mais uma vez conseguiu fazer os 90 minutos sem ser expulso, embora o tenha merecido.

 

Correndo o risco de ser acusado de ser mau perdedor, comentei no momento e repito agora: no primeiro golo do Benfica há falta clara de Cardozo. Além de ter jogado a bola com o braço, o avançado encarnado empurra o defesa «leonino», depois de a ter cabeceado, que faz com que este a leve na sua frente para dentro da baliza. Com o benefício da dúvida que raramente é concedido ao Sporting, há ampla razão para clamar que é o tipo de lance que nunca teria sido validado, caso tivesse sido ao contrário.

 

Pequenas/grandes diferenças que fazem o campo mais inclinado, especialmente para uma equipa como o Sporting que joga com uma margem para erro muito reduzida.

 

Nota: Não deixa de ser curioso que a Liga deu crédito a Cardozo por três golos, quando, na realidade, apenas o da grande penalidade é claramente seu. O primeiro é um evidente auto-golo de Rojo e o terceiro também poderá igualmente ser, já que foi este mesmo que desviou o esférico para dentro da baliza, depois do cabeceamento do avançado benfiquista.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:09

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo