Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

rrleoesdeportugalcapa9175c429_664x373.jpg

  

Depois de ter anunciado a saída da presidência dos Leões de Portugal, Menezes Rodrigues surgiu a acusar Bruno De Carvalho de "retaliar" sobre aquela associação de solidariedade sportinguista, em declarações à Rádio Renascença:

 

"O presidente do Clube tem uma tendência de retaliar contra aqueles que não estão de acordo com ele ou que se comportam de forma diferente. Aliás, retaliou quando cortou os bilhetes para os jogos aos utentes do centro de dia da associação, de maneira que a solução foi eu entregar a chave à presidente da Assembleia Geral e está o problema resolvido. Para não continuar a prejudicar a associação, eu saí.

 

Relativamente à prestação da equipa, Jorge Jesus, após um aquecimento de dois anos, está, agora, em condições de levar o Sporting a vencedor do campeonato, esta época. As pernas estão bem, há uma quantidade de jogadores de bom nível, as coisas estão a correr realmente muito bem, a equipa tem jogos em que pratica muito bom futebol e tenho uma fundada esperança que o campeonato possa ser este ano nosso".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

 

Imagem-LP.jpg

 

O presidente dos Leões de Portugal, Menezes Rodrigues, renunciou esta terça-feira ao cargo por não poder continuar a coabitar com Bruno de Carvalho, a quem acusa de intromissão ilegítima e revanchista na vida daquela associação de solidariedade sportinguista.

 

"Os valores e princípios que regem a minha pessoa e a minha vida não me permitem, enquanto dirigente de uma instituição integrada no perímetro das organizações do Sporting Clube de Portugal, continuar a coabitar com o presidente do Conselho Directivo do Clube", escreveu Menezes Rodrigues na carta enviada à presidente da Assembleia Geral dos Leões de Portugal, Olinda Ivars, na qual justifica as razões da renúncia ao mandato de presidente da instituição.

 

img_770x433$2017_12_19_21_09_23_1345775.jpg

 

Na missiva a que a Lusa teve acesso, Menezes Rodrigues acusa Bruno de Carvalho de "intromissão ilegítima e revanchista" na vida dos Leões de Portugal, lembrando que se trata de uma instituição de solidariedade social supervisionada pelo Estado, intromissão essa que se tornou "de tal forma insuportável" que outra atitude não lhe restou senão a renúncia ao mandato.

 

A instituição Leões de Portugal foi fundada a 17 de Outubro de 1984 por iniciativa de um grupo de sócios do Sporting, com a intenção de apoiar os sportinguistas, dinamizando um leque de actividades para ocupação dos tempos livres e promovendo acções de cariz social em benefício dos sócios e seus familiares, assim como dos atletas do Clube.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21

 

rrleoesdeportugalcapa9175c429_664x373.jpg

 

Menezes Rodrigues, antigo vice-presidente do Sporting e actual presidente dos "Leões de Portugal", não vê, para já, uma oposição forte a Bruno de Carvalho, mas aguarda pelo projecto de Pedro Madeira Rodrigues e de outros possíveis candidatos para uma melhor interpretação da antecâmara das eleições de Março.

 

«Não estou seguro que surja uma candidatura com força mas vamos ver o que acontece. Pode ser que Pedro Madeira Rodrigues nos convença. O que quero é que o Sporting não seja objecto de tentações populistas e demagogas. Queremos gente séria.

 

Pedro Madeira Rodrigues já deu uma boa colaboração aos 'Leões de Portugal' na altura em que fizemos o musical do Sporting. Conheço o seu percurso profissional e sei que é uma pessoa séria e com bons princípios. Se é competente ou não, isso não sei. Teoricamente, Bruno de Carvalho tem todas as condições para vencer as eleições».

 

Na realidade é tudo muito prematuro, porque ainda não conhecemos as pessoas de um qualquer eventual grupo de candidatura e as suas ideias. Nem sequer exijo a apresentação de projectos, porque estes, a exemplo óbvio do que ocorreu com Bruno de Carvalho - mais vezes do que não, não passam de ficção demagoga.

 

Entretanto, o actual presidente, em linha com o seu carácter e personalidade, continua a manter o 'suspense' sobre a sua recandidatura. Pelo menos, para efeitos de manchete na praça, porque nos bastidores já é sabido que anda a angariar apoios. A sua não recandidatura, seria a surpresa da década, mas não há dúvidas algumas que já é um facto consumado à espera do timing mais conveniente para ser anunciado.

 

Ou será que ele teme a auditoria que foi recentemente pedida por João Pedro Paiva dos Santos? Para quem comenta diariamente mesmo um "gato a miar no telhado", surpreende que não tenham surgido quaisquer comentários neste sentido.

 

Ainda constam alguns rumores sobre uma possível candidatura de João Benedito. Sei que ele esteve esteve reunido com Pedro Madeira Rodrigues antes do Natal, mas até ao momento não há indicações concretas que integrará a sua lista. Aliás, aparenta haver alguma pressão para ele próprio assumir uma candidatura, algo que, na minha opinião, seria um erro, pois ele ainda não reúne as condições para tão complexa missão. Não hajam dúvidas, no entanto, que é um nome temido por Bruno de Carvalho, não tanto em termos de oposição fundamentada, mas sim pela sua popularidade entre sportinguistas, factor que impedirá o actual presidente de o diabolizar, estratégia mais do que garantida para com outros candidatos que ousem opor-se a ele.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11

 

menezes-rodrigues1795be78_base.jpg

 

Considerações de Menezes Rodrigues - presidente dos Leões de Portugal - sobre o discurso de Luís Filipe Vieira. Não posso de modo algum concordar com a sua opinião que esta constante troca de "farpas" entre Sporting e Benfica e a restante "lavagem de roupa suja" é benéfica, porque serve para "animar" a competição. Serve, de facto, para criar sensacionalismo adicional, "vender papel" e publicidade televisiva, mas não vejo como o futebol enriquece com isso.

 

Eis o que teve para dizer à Rádio Renascença:

 

«Os problemas do Sporting são do Sporting e os do Benfica são do Benfica. Isto são meros "fait divers" que fazem parte do futebol. Não vejo problema nenhum, até anima a competição e faz com que as pessoas estejam mais atentas.

 

A lesão de Adrien Silva não é uma boa notícia nem para a Selecção Portuguesa nem para o Sporting. É um jogador que vai fazer falta, aproximam-se jogos muito importantes mas eu espero que Jorge Jesus encontre a melhor solução. Já habituado a situações destas, o nosso treinador saberá o que fazer.

 

Não é a primeira vez que não temos um bom resultado em Guimarães. O Vitória tem uma boa equipa e o apoio que tem dos seus adeptos é extraordinário. O Sporting teve uma quebra, existiram momentos de deconcentração mas nada está perdido. Não terá influência no futuro da equipa e continuo a acreditar que vamos ser campeões nacionais».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

Vozes do universo leonino

Rui Gomes, em 26.12.14

 

imagesCALX50U6.jpg

 

Depois de Dias da Cunha, entre outros, também Menezes Rodrigues (antigo vice-presidente) e Bessone Basto (lendário atleta) comentam o "blackout" determinado pela administração da Sporting SAD:

 

Menezes Rodrigues

 

«Penso que se trata de uma tentativa legítima, que se percebe, de parar com a grande mediatização em torno das questões que envolveram o presidente e o treinador nos últimos dias. É importante nesta fase que a equipa de futebol não sofra danos colaterais. Veremos se é se atingem os efeitos desejados com esta tomada de posição. Aqui não se trata de concordar ou não com esta medida de instaurar o silêncio. Cada gestão tem o seu estilo e age à sua maneira. Isso deve ser observado e respeitado, mas, na circunstância, creio que representa um risco para a Sporting SAD.»

 

Bessone Basto

 

«Percebe-se. Entendo que é uma maneira de fazer com que se pare de falar tanto numa altura delicada. Tem sido muito exagerada a forma como a comunicação social tem escrutinado o Sporting. Talvez seja por a equipa de futebol ainda se encontrar em todas as frentes. Há gente a deitar achas na fogueira e, de facto, é preciso arrefecer as coisas. Agora, espero é que esta medida não represente uma fuga para a frente por parte do presidente. Será bom que isto não seja só para os outros; ele também precisa de falar menos e não silenciar outras vozes para que se ouça só a dele.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:51

O que dizem eles

Rui Gomes, em 27.02.13

 

«Se as coisas se complicarem muito, eu estarei cá para ajudar a resolver os problemas do Sporting. A situação é muito difícil e parece-me que a probabilidade das coisas correrem mal é maior do que as de correrem bem. Há forte possibilidade do novo presidente não ter condições para governar o Sporting. Estou preparado para ajudar, se necessário. Quanto à actuais candidaturas, o José Couceiro é um homem do futebol. Foi dirigente, treinador, seleccionador e pode trazer importantes conhecimentos sobre a modalidade, para o Sporting. O Bruno de Carvalho até pode ter tirado um curso de treinador, mas não é homem do futebol. Carlos Severino é uma boa pessoa e um homem da comunicação.»

 

-    António Menezes Rodrigues    -

 

Observação: A análise do antigo vice-presidente do Sporting - salvo erro com a pasta dos núcleos e filiais - do tempo de Filipe Soares Franco. Entende ele que a renúncia ao mandato pelos órgãos sociais foi um «assomo de bom senso no meio do furacão» que estava agendado para o dia 9 de Fevereiro, mas que considerando a crise instalada na gestão do Clube, as eleições nesta altura poderão nada resolver face à «embrulhada de problemas» que espera o novo presidente. Nada serve, agora, insisir nesta tese, mas muitos são aqueles que pensam que teria sido melhor ter dado mais três meses a Godinho Lopes para ele poder melhorar tudo quanto possível antes da sua saída, designadamente a reestruturação financeira que estava em curso e que se encontra agora congelada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo