Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Celebramos os adeptos

Rui Gomes, em 11.10.17

 

ng8848644.jpg

ng8848249.jpg

ng8848252.jpg

ng8848246.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:32

 

sem_titulo_76_artigo.png

 

Um jogo e um infame incidente, que eu recordo bem, com mágoa, que foram decisivos para o afastamento da 'equipa das quinas' do Mundial de 1998.

 

Faz esta quarta-feira 20 anos que Portugal foi afastado do apuramento para o Mundial 1998, após empate 1-1 com a Alemanha, jogo que ficou igualmente marcado pela única expulsão da carreira de Rui Costa. Para quem tem boa memória, Portugal vencia os germânicos por 1-0, já na segunda-parte do encontro, quando se sucedeu a expulsão.

 

Em recém-entrevista, o antigo internacional português recordou o momento em que viu o segundo amarelo, e consequente cartão vermelho, com o árbitro Marc Batta a considerar que tinha demorado demasiado tempo a sair do campo durante uma substituição:

 

"Foi a minha única expulsão em toda a carreira profissional de futebol. Não consegui, à data ou ainda hoje, encontrar uma explicação. Foi uma coisa inédita e única na alta-roda do futebol. (…) Não há qualquer lei que determine quanto tempo deve passar para um jogador que vá ser substituído sair de campo. (…) Demorei no máximo 25 segundos a chegar à linha lateral.

 

Recentemente, num jogo no Estádio da Luz para a Liga dos Campeões, ele estava como observador do árbitro e pediu para falar comigo, para dizer que tinha errado, que não estava contente com o que se tinha passado. Eu mandei dizer o que sempre disse e o que sempre direi: "Desculpo-o quando ele pedir desculpa ao meu País. Porque o que ele fez foi prejudicar o meu País. Os próprios jornais franceses escreveram no dia seguinte em primeira página: ‘Batta tira Portugal do Mundial’. E a verdade é que desde 1996 até hoje só falhámos uma fase final de uma grande competição. Foi aquela".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:32

 

 

7WCD7SL9.jpg

 

 

Portugal venceu a Hungria por 1-0 em Budapeste, em jogo do Grupo B da qualificação Europeia ao Mundial 2018.

 

Apesar de ter jogado cerca de uma hora com mais um jogador, a 'equipa das quinas' só marcou um golo, por André Silva, no início do segundo tempo. A vitória garante, para já, um lugar no play-off e deixa Portugal a depender de si para chegar ao primeiro lugar e conseguir o apuramento direto. Para tal só tem de vencer os dois jogos que lhe resta e ficar à frente da Suíça, líder do Grupo que ontem venceu a Letónia.

 

Não obstante o cartoon, não sei se será inteiramente justo afirmar que Portugal jogou mal. Entrou bem no jogo, mas acusou muitas dificuldades em lidar com o poderio físico e a agressividade (muitas vezes excessiva) dos húngaros. A superioridade numérica não foi muito benéfica, dado que o adversário remeteu-se à sua defesa e passou a apostar em passes longos a tentar explorar as costas da defensiva lusa.

 

Pior foi a saída de Fábio Coentrão por lesão muscular, sensivelmente aos 29 minutos. Eliseu é um jogador limitado tecnicamente e não conseguiu dar a fluidez de jogo que Portugal necessitava na ala esquerda.

 

Com dois jogos em tão poucos dias, já era de esperar que Fernando Santos viesse a efectuar algumas alterações, ficando a dúvida, contudo,  se terão sido as melhores opções, nomeadamente no meio-campo.

 

Tudo bem que acaba bem, e resta agora esperar pelos últimos dois jogos. Não há nada garantido no futebol hoje em dia - o Luxemburgo não empatou com a França ? - mas, havendo lógica, a decisão final terá lugar no dia 10 de Outubro, diante da Suíça, em Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:05

Portugal venceu Panamá por 7-0

Rui Gomes, em 29.04.17

 

C-iBmXiVoAAinvX.jpg

 

Portugal estreou-se da melhor forma no Mundial de Futebol de Praia que decorre nas Bahamas ao vencer o Panamá por 7-0. Os golos da equipa das quinas foram obtidos por Bruno Torres, Leo Martins (2), Coimbra, José Maria (2), Belchior.

 

Nesta fase de grupos Portugal defronta às 22 horas de domingo o Paraguai, naquela que pode ser a partida mais complicada desta fase.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:54

 

fifa-logo_1jamybb7lla9d18onyadsxxbin.jpg

 

A FIFA pretende levar a cabo um ‘play off entre seis equipas, para preencher os últimos dois lugares no modelo de 48 participantes, numa proposta que precisa de rectificação do Conselho do organismo.

 

No novo figurino de um Mundial alargado, proposto pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino, a Europa terá 16 entradas directas, África nove, Ásia oito, América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF) seis, assim como a América do Sul, e Oceânia um, restando duas vagas, a serem definidas num mini-campeonato de seis.

 

A ampliação está prevista para o Mundial2026 e este ‘play-off’ deverá ser aprovado pelo Conselho da FIFA na sua próxima reunião, agendada para 09 de maio, no Bahrein, dois dias antes do congresso da FIFA.

 

No ‘play-off’ a seis, cada Confederação, com excepção da UEFA, terá direito a uma equipa, mais uma para a Confederação que organize o Mundial, cujo anfitrião ainda está por definir.

 

Na proposta está também previsto que nesse torneio dois países serão cabeças de série, de acordo com o ‘ranking’ mundial da FIFA, e jogarão com os vencedores dos outros dois jogos, com as restantes quatro equipas ‘repescadas’.

 

Este pequeno torneio irá disputar-se em Novembro de 2025, no ano que antecede o Mundial, e no país que o organizará, servindo de competição teste.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:18

 

2015-11-19T145904Z_904890844_LR2EBBJ15M5FC_RTRMADP

 

A FIFA aprovou, esta terça-feira, o alargamento do Campeonato do Mundo para 48 equipas.

 

Numa votação realizada em Zurique, ficou decidido que, a partir do Mundial de 2026, haverá uma disputa inicial com 16 grupos de três equipas a competir numa fase preliminar, seguindo-se eliminatórias com as restantes 32 selecções.

 

O número de jogos subirá de 64 para 80, mas os eventuais vencedores continuarão a disputar apenas sete jogos.

 

O torneio será disputado em 32 dias, de modo a agradar às equipas nacionais europeias, que levantaram objecções à mudança, alegando sobrecarga de jogos.

 

Esta é a primeira mudança aprovada em Campeonatos do Mundo desde o de 1998, a primeira edição com 32 selecções, mais oito do que até então.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17

 

img_FanaticaBig$2016_10_07_21_00_33_1167175.jpg

 

Além do póquer que assinou diante da Andorra, Cristiano Ronaldo deu o seu nome a outro registo histórico ao marcar duas vezes em quatro minutos, conseguindo assim o "bis" mais rápido de sempre em Mundiais, incluindo aqui todas as zonas do planeta e tanto fases de apuramento como fases finais.

O avançado português deixou para trás o belga Enzo Scifo, que em 1993 bisou, mas em cinco minutos, diante de Chipre.

 

Para aqueles que por motivos inconcebíveis ainda hoje não reconhecem o verdadeiro valor deste magnífico futebolista formado no Sporting, que temos a honra de chamar português, eis umas breves palavras de Gary Neville, seu antigo colega no Manchester United:

 

«O Cristiano foi esmagado durante dois ou três anos no Manchester United. Ele te poderá dizer que assim se fez um homem, mas se vires os jogos e as suas actuações nos primeiros três ou quatro anos, verificarás a sua maturidade, a sua tomada de decisão, o seu físico e o desgaste a que ele foi subjugado.

 

Cristiano é um exemplo, marcou um padrão. Ele era alguém que chegava uma hora antes do treino e ia-se embora uma hora depois do treino. Há 20 jogadores a fazer isso em 15 anos, durante todos os dias».

 

***Gary Neville, hoje com 41 anos, foi formado no Manchester United, o único emblema que representou durante a sua carreira de 19 anos (1992 a 2011), realizando 400 jogos. 85 internacionalizações pela Inglaterra.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

 

ng7384689.jpg

 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, a realização de um encontro de um encontro particular entre a Selecção Nacional e a congénere de Gibraltar. O jogo será no dia 1 de Setembro, pelas 19h45, no Estádio do Bessa, no Porto.

 

Este será o primeiro encontro da selecção após a conquista do Euro 2016, servindo para preparar a qualificação para o Mundial 2018. "É um jogo de preparação mas também simboliza o reencontro dos campeões europeus com os que sempre estiveram ao nosso lado. Jogar no Porto e no Bessa também é uma maneira de homenagearmos todos os portugueses, especialmente os que residem no Norte, que vão poder festejar com a nossa selecção nacional", afirmou Fernando Gomes, presidente da FPF.

 

No dia 6 de Setembro arranca a qualificação para o Mundial 2018. Portugal integra o grupo B, com Hungria, Andorra, Letónia, Ilhas Faroé e Suíça, o primeiro adversário.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:30

Mundial de sub-20 com quatro "leões"

Rui Gomes, em 16.05.15

 

ng74F0993E-D070-43A1-BE4E-FD7F2FF79A8F.jpg

 

Quatro jogadores cada do Sporting, Benfica e FC Porto integram o lote de 21 convocados por Hélio Sousa que vão representar Portugal na fase final do Campeonato do Mundo de sub-20, a realizar de 30 do corrente até 20 de Junho, na Austrália.

 

Guarda-redes: Guilherme Oliveira (Sporting) - André Moreira (Moreirense) e Tiago Sá (SC Braga)

 

Defesas: Domingos Duarte e Mauro Riquicho (Sporting) - João Nunes e Rebocho (Benfica) - Dinis Almeida (Reus)  e Rafa (FC Porto)

 

cbh1hmcwqaagua_.jpg

 

Médios: Francisco Ramos e Tomás Podstawski (FC Porto) - Estrela (Orlando City) - Janio Bikel (Heerenveen) - Raphael Guzzo (Chaves) e Ronny Lopes (Lille)

 

Avançados: Gelson Martins (Sporting) - Ivo Rodrigues e João Vigário (V. Guimarães) - Gonçalo Guedes e Nuno Santos (Benfica) e André Silva (FC Porto)

 

Os jogadores concentram-se na próxima segunda-feira em Rio Maior e daí partirão para o estágio de pré-preparação na Austrália. Em Sydney, Portugal realiza dois jogos amigáveis contra as selecções do Gana e Brasil. O primeiro jogo oficial é no dia 31 de Maio, frente ao Senegal, seguido pelo Qatar no dia 3 de Junho e com a Colômbia a 6 de Junho.

 

Recorde-se que Portugal foi Campeão do Mundo de sub-20 em 1989 (Arábia Saudita) e 1991 (Lisboa). Sagrou-se vice-campeão mundial em 2011, atrás do Brasil.

 

Uma excelente oportunidade para ver os nossos jovens, especialmente Gelson Martins, em quem tanta confiança se deposita.

 

Boa sorte Portugal ! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:06

 

 

Islam Slimani realizou um excelente Mundial e entre os jogadores do Sporting, foi o que mais se destacou e muito provavelmente o que sai mais cotado da competição, superando até o seu colega de equipa, o defesa argentino Marcos Rojo, porque, a bem dizer, o seu preço foi muito mais baixo. E, isto, não obstante também a boa exibição de William Carvalho - que também terá avançado a sua causa -, a contrapor à inevitável desvalorização de Rui Patrício, pelas circunstâncias.

 

Entretanto, em notícias com origem na Turquia, é reportado que Burk Gurdal - administrador executivo do Trabzonspor - tenciona deslocar-se a Lisboa em breve para tentar negociar Slimani. O clube turco procura um avançado e o jogador do Sporting é dado como prioridade. Não por mera coincidência, o treinador do 4.º classificado do campeonato turco em 2013/14 para a próxima época vai ser Vahid Halihodzic, até ontem seleccionador da Argélia. O Sporting nunca adiantou valores sobre o passe de Slimani mas, com ou sem fundamento, consta que os números sobre a mesa negocial são 8 milhões de euros, além de não se conhecer a receptividade do Clube a vender o avançado neste momento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:07

A falta de respeito de José Mourinho

Rui Gomes, em 19.06.14
 

 

José Mourinho conta com tantas ou mais acções vergonhosas no seu palmarés como títulos, e a sua recém-oratória em relação a Pepe é apenas mais um infeliz registo nessa longa lista: 

 

«O facto de ele nem sequer ser português, creio que o deveria obrigar a ter outro tipo de comportamento que não teve.»

 

A realidade é que Pepe é um cidadão português - naturalizado, reconhece-se, mas não menos cidadão por isso - como tantos outros que residem em Portugal e, ao fim e ao cabo, no sentido inverso, como muitos milhares de portugueses que se encontram no estrangeiro e que também optaram por obter a nacionalidade do seu país adoptivo.

 

Já tive ocasião de mencionar em outros escritos que conheci o actual técnico do Chelsea era ele um mero tradutor de Bobby Robson em Alvalade. Não fiquei bem impressionado na altura, e não obstante ser um brilhante treinador de futebol, nada desde essa data me fez mudar a minha opinião dele, como homem, em que deixa muito a desejar.

 

Entre os muitos incidentes de registo, dois de baixíssimo nível vêm-me prontamente à ideia: o rasgar da camisola de Rui Jorge em 2004 - e os insultos que lhe dirigiu então, que me foram relatados directamente pelo antigo jogador do Sporting -, e o espetar do dedo no olho do malogrado Tito Vilanova, então adjunto de Pep Guardiola no Barcelona.

 

Parafraseando George Bernard Shaw: "Um homem é tão respeitável quanto mais numerosas são as coisas das quais se envergonha."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:23

Humor em maré vazia

Rui Gomes, em 18.06.14
 

 

Como o sapato de salto alto de senhora reflecte Cristiano Ronaldo estar fisicamente condicionado, é algo que me ultrapassa, mesmo em cartoon humorístico, mas verifica-se mais um exemplo do aproveitamento total de um momento pouco feliz da Selecção Nacional.

 

Até admitirei que é o meu senso de humor que anda em maré muito vazia desde o jogo com a Alemanha, embora não deixe de preciar a implicação simbólica com os óculos do árbitro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20

"Sinto que vai ser o ano de Portugal"

Rui Gomes, em 16.06.14

 

 

Cristiano Ronaldo... com Rio de Janeiro em vista.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:37

O onze de Portugal frente à Alemanha

Rui Gomes, em 16.06.14
 

 

Na minha opinião, vai ser este o onze que Paulo Bento escolherá para o jogo de abertura frente à Alemanha, na segunda-feira, dia 16 de Junho de 2014:

 

Guarda-redes: Rui Patrício

 

Defesas: João Pereira - Bruno Alves - Pepe - Fábio Coentrão

 

Médios: João Moutinho - Raul Meireles - Miguel Veloso

 

Avançados: Cristiano Ronaldo e Nani

 

Ponta de lança: Hugo Almeida

 

Na defesa a única dúvida recai sobre a condição física de Pepe, muito embora tenha jogado uns minutos contra a República da Irlanda. Caso não esteja em condições de jogo, Neto será a alternativa lógica.

 

No meio campo Paulo Bento irá com os três que fizeram a campanha até à final, salvo se ele decidir não alinhar em 4x3x3 mas sim num variável do 4x4x2. Neste último sistema, é de prever, então, que William Carvalho venha a assumir a titularidade à frente da defesa e ao lado de Miguel Veloso.

 

Na linha avançada também temos Silvestre Varela que está num bom momento de forma e até poderá ser argumentado que é merecedor da titularidade no lugar de Nani. Pela lealdade de Paulo Bento e também porque precisamos de ter um Nani confiante e inspirado, creio que o ainda jogador do Manchester United será chamado ao onze.

 

O último amigável frente à República da Irlanda terá assegurado a Hugo Almeida a chamada inicial à equipa. Além de ser um jogador fisicamente possante, é conhecedor do futebol alemão. A alternativa, na minha opinião, será Éder, dado que Hélder Postiga evidencia uma baixa de forma notável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:36

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:37

 

 

Dr. Domingos Gomes - antigo médico do FC Porto - tem quase a certeza absoluta que Cristiano Ronaldo vai recuperar a tempo do Mundial e diz conhecer o caso em concreto: "Uma tendinite é uma lesão de esforço. Foram pequenas situações que foram acontecendo de vez em quando e que deram origem a alterações no tendão, são pequenos microtraumatismos. Mas pode ter qcontecido ele ter levado uma pancada naquele sítio.»

 

O "capitão" da equipa das quinas fez esta quarta-feira - pela primeira vez em dias recentes - treino com bola nos Estados Unidos. Não é esperado de modo algum que alinhe contra o México na sexta-feira.

 

Em tom "mais" sério, os adeptos podem estar tranquilos porque em último caso a Selecção poderá recorrer ao super polivalente André Almeida. Segundo consta, não há posição no relvado que não esteja no seu enquadramento técnico !!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Poster da Selecção Nacional

Rui Gomes, em 27.05.14
 

 

Obra do ilustrador brasileiro Cristiano Siqueira que em colaboração com a ESPN desenhou posters alusivos às 32 selecções que participarão no Mundial 2014. A figura portuguesa, como é evidente, é Cristiano Ronaldo com a Bola de Ouro na mão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

 

... e, na realidade, não há muito mais comentário a fazer. Já não sei se é apenas e tão só um caso de casmurrice, característica muito sua, se vai além disso. De qualquer modo, para o registo do blogue ficam aqui as suas 23 escolhas que irão representar Portugal no Mundial 2014:

 

Guarda-redes: Rui Patricio, Beto e Eduardo

 

Defesas: Bruno Alves, Pepe, João Pereira, Fábio Coentrão, Neto, Ricardo Costa e André Almeida

 

Médios: João Moutinho, Miguel Veloso, Raul Meireles, Wiliam Carvalho e Rúben Amorim

 

Avançados: Cristiano Ronaldo, Hugo Almeida, Hélder Postiga, Nani, Varela, Éder, Rafa e Vieirinha

 

Começo por não compreender a opção por Eduardo, salvo querer fazer um favor ao veterano, quando tem pelo menos dois outros guarda-redes jovens de grande qualidade, que beneficiariam da experiência da competição a este alto nível.

 

O sempre presente Ricardo Costa que raramente joga, mas a exemplo de outros é convocado sob o pretexto da sua polivalência. Creio que Rolando é melhor defesa central e merecia a preferência.

 

Conheço Rúben Amorim pessoalmente e considero-o um bom jogador, muito embora a sua condição física seja sempre uma incógnita, especialmente num lote de apenas cinco médios, que acho muito pouco.

 

Muitas dúvidas no grupo de avançados, a começar com Cristiano Ronaldo, que neste momento nem sequer sabe se estará em condições para disputar a final da Liga dos Campeões.

 

Éder, que teve uma boa parte da época lesionado, fez pouco mais de uma dúzia de jogos e marcou 4 golos. Duvido muito que venha a ser influente no Brasil.

 

Não sei com quem comparar Vieirinha, quando nem o próprio esperava ser chamado. 

 

Nani, jogador de enorme talento, mas que esta época ao serviço do Manchester United apenas jogou o equivalente a 8 jogos, uma mera quinta parte da campanha da sua equipa. Ou vai estar em grande forma no Brasil, ou vai ser um grande flop, não sei bem qual.

 

Hélder Postiga, jogador com pouco talento natural, mas que eu sempre admirei pela sua enorme entrega. Desde que foi transferido para a Lazio em Janeiro, jogou somente 1,5 jogos, devido a lesão, e... continua lesionado neste momento. Até que ponto se vai poder contar com ele, é uma incógnita total.

 

Creio que a ausência de Ricardo Quaresma vai ser muito comentada. Seria, na minha opinião, uma grande mais-valia em termos desportivos, no entanto, sempre houve o receio que a sua presença no grupo, pela sua personalidade, fosse perturbadora. Li a explicação de Paulo Bento, acentuando o tempo inactivo do atleta, argumento que para mim não faz sentido algum, porque Nani não fez melhor. Creio que ele há longo tinha decidido não o levar ao Brasil e a inclusão na pré-convocatória visou somente minimizar a polémica.

 

A também ausência de João Mário não é surpresa alguma, dado que sempre interpretei a sua inclusão na outra lista como uma bofetada sem mão ao Sporting.

 

Surpreendeu-me a não chamada final a André Gomes, outro representante encarnado, mas não a de Ivan Cavaleiro.

 

Antunes é um jogador de qualidade que merecia integração no grupo. A sua exclusão deve-se muito à casmurrice, e diria até má fé, de Paulo Bento, em querer levar André Almeida. Este jovem não passa de um suplente que jogou sensivelmente um quarto dos jogos do seu clube, mas na opinião do Seleccionador Nacional é o suficiente para merecer a convocatória. Mais um daqueles a quem se atribui polivalência. A realidade nua e crua é que se qualquer um dos laterais titular ficar impedido de jogar, André Almeida nem sequer aos calcanhares de qualquer um deles chega, enquanto Antunes, pelo menos defensivamente, contribuiria imenso.

 

Perante tudo isto, resta desejar boa sorte à Selecção Nacional. Não menosprezando a vertente colectiva do futebol, esta equipa irá até onde Cristiano Ronaldo a levar e neste momento existem muitas dúvidas se ele vai poder estar ao seu melhor nível no Brasil. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Quo Vadis Paulo Bento ?

Rui Gomes, em 13.05.14
 

 

Paulo Bento divulgou hoje a lista dos 30 pré-convocados e muita embora alguma das escolhas sejam chocantes, não surpreendem, minimamente, tendo em conta a sua desde sempre tendência para aprazer os interesses do clube do outro lado da Segunda Circular.

 

Vejamos a lista:

 

Guarda-redes: Rui Patrício, Beto, Anthony Lopes e Eduardo

 

Defesas: Bruno Alves, Pepe, Rolando, Neto, João Pereira, Ricardo Costa, Antunes, Fábio Coentrão e André Almeida

 

Médios: João Moutinho, Raúl Meireles, Miguel Veloso, William Carvalho, Rúben Amorim, André Gomes e João Mário

 

Avançados: Cristiano Ronaldo, Hugo Almeida, Varela, Hélder Postiga, Ian Cavaleiro, Nani, Rafa, Ricardo Quaresma, Vieirinha, Éder e Vieirinha

 

Apenas algumas estatísticas a considerar neste momento:

 

a) André Almeida: 14 jogos titular, 9 suplente utilizado, 1466 minutos de jogo (16,2 jogos) (todas as competições "A")

 

b) Cédric Soares: 31 jogos titular, 2790 minutos de jogo (31 jogos)

 

c) André Gomes: 13 jogos titular, 8 suplente utilizado,  1026 minutos de jogo (11,4 jogos) (todas as competições "A")

 

d) Adrien Silva: 33 jogos titular, 2709 minutos de jogo (30,1 jogos), 9 golos

 

e) João Mário: 15 jogos titular, 1 suplente utilizado, 1321 minutos de jogo (14,6 jogos)

 

f) Ian Cavaleiro: 9 jogos titular, 9 suplente utilizado, 549 minutos de jogo (6,1 jogos) 1 golo,(todas as competições "A")

 

g) Carlos Mané: 11 jogos titular, 9 suplente utilizado, 990 minutos de jogo ((11 jogos), 4 golos (todas as competições "A")

 

h) Éder: 11 jogos titular, 5 suplente utilizado, 921 minutos de jogo (10,2 jogos), 4 golos 

 

Paulo Bento está a brincar connosco ???

 

Considero uma autêntica afronta Adrien Silva e Cédric Soares nem sequer merecerem inclusão na lista de pré-convocados, preteridos a favor de mero suplentes do Benfica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:23

Fernando vai mesmo ao Mundial ?

Rui Gomes, em 28.03.14

 

Dando seguimento ao post "Em antecipação da inevitável discussão", através do qual comentei a eventual convocatória de Paulo Bento para o Mundial 2014 e, em especial, a condição de alguns jogadores, entre eles o luso-brasileiro Fernando, surgiu agora a notícia sobre o pedido de autorização à FIFA, por parte da Federação Portuguesa de Futebol, relativamente à utilização este jogador. Enquanto que o pedido pode ser interpretado como um mero acto de precaução, a conclusão mais lógica é que Paulo Bento já terá mesmo decidido convocá-lo.

  

Sem reiterar em pormenor o que já comentei extensivamente no outro texto, é a opinião deste observador que a integração de três médios defensivos na equipa, os denominados "6", ou "trincos" - Miguel Veloso, William Carvalho e Fernando - enquanto possível, é muito improvável, e que um deles ficará em Portugal a assistir ao Mundial pela televisão. Esta é uma daquelas raras ocasiões em que espero estar errado !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:06

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds