Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O onze do ano da UEFA

Rui Gomes, em 06.01.17

 

560918_png.jpg

 

Sérgio Ramos, companheiro de CR7 nos merengues, reuniu a preferência com 488,908 votos, seguido pelo português, com 450,220. O argentino Lionel Messi é o terceiro mais votado, com 418,449.

 

Modric e Kroos fecham o lote de presenças do clube espanhol num onze constituído ainda por Iniesta (Barcelona), Piqué (Barcelona), Griezmann (Atlético Madrid), Boateng (Bayern Munique), Buffon (Juventus) e Bonucci (Juventus).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:39

O tudo ou nada do Sporting

Rui Gomes, em 02.11.16

 

T8SB5VVE.jpg

 

Uma derrota portuguesa ditará o afastamento imediato da disputa pela continuidade na Liga Milionária, apurando desde já o conjunto alemão e relegando o Sporting para o objectivo secundário da repescagem para a Liga Europa. 

 

Com isto em mente, será que Jorge Jesus vai recorrer a todos os "trunfos", inclusive Adrien Silva ?

 

É missão espinhosa tentar adivinhar o onze deste treinador, mas talvez o leitor tenha algumas ideias. O meu palpite:

 

Rui Patrício; Schelotto, Coates, Rúben Semedo e Zeegelaar (há mais alguém ?); William Carvalho, Adrien Silva e Bruno César; Bryan Ruiz, Gelson Martins e Bas Dost.

 

Revolução no onze inicial

 

Rui Patrício; Paulo Oliveira, Coates, Rúben Semedo e Marvin; William e Bruno César; Schelotto, Bryan Ruiz e Gelson; Castaignos.

 

Comentários para depois do jogo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:03

O onze na cabeça de Jorge Jesus

Rui Gomes, em 24.07.16

 

13709817_10153618128276555_9100272604783895221_n.p

 

Depois do jogo com o Lyon e mais uma derrota para o registo da pré-época em curso, Jorge Jesus, entre outras declarações, fez esta, de modo a desculpar/justificar as visíveis carências da equipa:

 

"Do onze que tenho na minha cabeça, se calhar hoje jogaram um ou dois"

 

Dá para depreender que ele se referia ao onze inicial, ilustrado no quadro aqui publicado. Partindo do princípio que não se trata apenas de uma "jogada" para iludir adversários, Jorge Jesus também deverá estar a contar com activos que ainda não chegaram a Alvalade.

 

É por de mais óbvio que qualquer onze a sério incluirá os quatro campeões europeus: Rui Patrício, William Carvalho, Adrien Silva e João Mário, desde que não hajam saídas, entretanto.

 

Azbe Jug dará lugar a Rui Patrício, sem qualquer discussão. Coates e Rúben Semedo, apesar de alguns desencontros nesta pré-época, devem ser os titulares no eixo defensivo. Seria interessante ver o que Jesus fará/faria se entretanto chegasse Douglas Teixeira, um central que decerto não seria contratado para "aquecer" o banco. Naldo será sempre uma boa alternativa, assim como Paulo Oliveira, que, curiosamente, ontem, em Alvalade, nem "calçou". Ewerton tem de sair, mas o Sporting está a confrontar muitas dificuldades em encontrar quem esteja disposto a pagar por um jogador com o seu histórico de lesões.

 

Na lateral direita, Schelotto continua a ser a preferência do técnico. Confesso que não sou grande fã, apesar da sua garra e entrega ao jogo. Peca muito no que diz respeito à gestão do corredor de forma inteligente. Neste capítulo, João Pereira é claramente superior, mas já não tem as pernas de um jovem.

 

A lateral esquerda é um autêntico mistério. Marvin Zegeelaar continua a não convencer, Jefferson baixou de rendimento, especialmente depois de verificar que o lugar já não é seu. Bruno César é uma alternativa de desespero e não uma opção ideal. Insúa seria de facto uma solução, mas fala-se em 3 milhões de euros pelo seu passe e parece que essa exigência não satisfaz Bruno de Carvalho, muito embora já tenha pago mais por alguns flops de registo.

 

O meio-campo será indubitavelmente composto por William, Adrien e João Mário. Aquilani está de saída, Petrovic poderá vir a complementar/render William na posição "6", assim como Palhinha, mas são jogadores para já secundários.

 

Não há no plantel outro "8" que se aproxima do nível de Adrien Silva, além das suas qualidades como capitão e líder. Bryan Ruiz continuará a ser um "10"/ala, Matheus Pereira ainda não chegou lá e deveria ser emprestado para jogar com regularidade, Gelson Martins poderá ser um grande "trunfo" esta época, assim como Daniel Podence. Iuri Medeiros tem sido uma decepção até este ponto. Já é um jovem com experiência e depois da boa época passada, esperava-se muito mais.

 

Na frente do ataque, as dúvidas são muitas. A grande aposta era Lukas Spalvis, mas com a lesão que o afasta dos relvados até 2017, fica fora da equação por algum tempo. Teo Gutiérrez é o que se sabe e tudo indica que não voltará a vestir a camisola do Sporting. Hernán Barcos começou esta pré-época a fazer a sua verdadeira integração na equipa, uma vez que praticamente não jogou na última temporada. Até agora pouco se viu e não faltam rumores que poderá rumar para a Argentina ou Brasil. Alan Ruiz representa, porventura, a melhor contratação desta época. Ainda se mostra muito perdulário na finalização, mas já indicou o suficiente para podermos alimentar a esperança de se ter mais um jogador com a capacidade para fazer a diferença.

 

Temos, por fim, a grande incógnita: Islam Slimani. Incógnita, não em termos contratuais, dado que assinou um vínculo com o Sporting até 2020, mas sim relativamente ao seu estado de espírito. Esperava sair, é muito provável que tenha conhecimento que o Sporting recebeu e recusou uma ou mais propostas substanciais pelo seu passe, atrasou o seu regresso ao trabalho, e não demonstra o seu usual entusiasmo e empenho. O Sporting precisa dele, indiscutivelmente, até porque não tem capacidade financeira para contratar um outro ponta de lança notável. Disse ontem Jorge Jesus que para contratar Robin van Persie teria de se vender o estádio. Compreende-se que é uma mera expressão, mas o avançado holandês do Fenerbahçe também não custa uma fortuna; cerca de 5 a 7 milhões de euros. Pior, decerto, seria o seu elevado salário. Mas este é o tipo de avançado que apesar da sua idade ainda oferece uma garantia muito razoável de golos, que é precisamente o que o Sporting mais precisa.

 

Resumindo e concluindo, se só um ou dois do onze de ontem estão na cabeça de Jorge Jesus, é esperar para ver quem são os restantes nove ou dez. Mas será melhor não esperar por milagres.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25

O melhor onze do Euro 2016

Rui Gomes, em 11.07.16

 

Um painel técnico da UEFA liderado por Ioan Lupescu e constituído por Sir Alex Ferguson, Alain Giresse, David Moyes, Packie Bonner, Mixu Paatelainen, Savo Milošević, Peter Rudbæk, Gareth Southgate, Thomas Schaaf, Jean-François Domergue, Ginés Meléndez and Jean-Paul Brigger, seleccionou o melhor do Euro 2016, onde constam quatro atletas portugueses: Rui Patrício - Pepe - Raphael Guerreiro e Cristiano Ronaldo.

 

CnFmMc6WAAAcEti.jpg

 

Numa outra votação, Renato Sanches foi eleito o melhor jogador jovem do Euro 2016.

 

13626598_1180986301954214_2679639724460414608_n.jp

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25

 

img_770x433$2016_06_16_10_48_33_1115978.jpg

Cristiano Ronaldo integra o onze ideal da UEFA para a 1.ª jornada do Euro'2016

Nota de destaque também para a presença de Eric Dier

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:15

Melhor onze de sempre nos europeus

Rui Gomes, em 10.03.16

 

The-Henri-Delaunay-Trophy-Replica-uefa-euro-2012-3

 

A UEFA está a promover uma votação para o melhor onze de sempre dos europeus de futebol. Desde a primeira edição em França, em 1960, até à mais recente na Polónia e Ucrânia em 2012, a UEFA apresenta 50 nomeados com dois portugueses: Luís Figo e Cristiano Ronaldo.

 

Luís Figo esteve em três europeus. Em 2000, ano em que conquistou a Bola de Ouro, foi semifinalista. Antes tinha ficado pelos quartos-de-final em 96. O último europeu de Luís Figo foi o de 2004. Na final em Lisboa, capitaneou a equipa das quinas derrotada pela Grécia.

 

Cristiano Ronaldo participou em três europeus. Foi finalista vencido em 2004, não passou dos quartos-de-final em 2008 e semi-finalista em 2012.

 

A UEFA estabeleceu critérios para a escolha dos 50 nomeados do onze ideal da história dos europeus: presença em pelo menos uma meia-final; ter integrado uma das equipas da competição; melhor marcador de um Europeu; ou ter protagonizado um momento marcante na competição, tal como aconteceu com Panenka em 1976, ou o vólei de Marco Van Basten em 1988, ou o chapéu de Davor Suker em 1996.

 

Entre os 48 nomeados estrangeiros, há alguns nomes com ligações ao futebol português. Casillas, actual guarda-redes do FC Porto, duas vezes campeão da europa pela Espanha. O antigo guarda-redes do Sporting, Peter Schmeichel, campeão pela Dinamarca em 1992. Ronald Koeman, antigo treinador do Benfica, vencedor pela Holanda em 1988. E Karel Poborsky, que representou o Benfica, foi finalista em 96, num europeu em que eliminou Portugal com o célebre chapéu a Vítor Baía.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

 

12027698_10153035718766555_7054721785098296560_n.p

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:55

Dois "onze" fantasia

Rui Gomes, em 12.09.15

 

No que aparenta ser uma promoção às provas europeias, a UEFA formou dois "onze" com os treinadores das equipas participantes tanto na Liga dos Campeões como Liga Europa. Ironicamente, até seriam equipas potentes, no seu tempo, claro.

 

600.gif

 

Julen Lopetegui é o único "português" na equipa

 

untitled.png

 

Na Liga Europa temos Paulo Sousa e Ricardo Sá Pinto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:27

Estrelas da Liga Europa

Rui Gomes, em 17.02.15

 

14992536_nzjLz.jpg

 

A redacção portuguesa do portal da UEFA escolheu uma equipa de onze "estrelas" que prometem dar brilho à Liga Europa:

 

Rui Patrício (Sporting) - Ricardo Rodriguez (Wolfsburg) - Ezequiel Garay (Zenit) - Leighton Baines (Everton) - Yevhen Konoplyanka (Dnipro Dnipropetrovsk) - Raheem Sterling (Liverpool) - Kevin De Bruyne (Wolfsburg) - Francesco Totti (Roma) - Nani (Sporting) - Memphis Depay (PSV Eindhoven) - Gonzalo Higuain (Nápoles).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

Qual é o palpite do leitor ?

Rui Gomes, em 10.01.15

 

1393718718-sporting-cp-defeats-sc-braga-21-in-port

 

Considerando a ausência de Slimani e algumas das experiências que Marco Silva tem vindo a fazer em jogos recentes, creio que temos duas ou três dúvidas sobre o onze inicial para Braga, inclusive da utilização de um ou dois pontas de lança.

 

Cédric, Maurício e Jefferson devem regressar ao quarteto defensivo, mas hesito no meio campo entre João Mário e Carlos Mané, embora esteja mais inclinado para o primeiro.

 

O meu onze de Marco Silva é o seguinte:

 

Rui Patrício; Cédric Soares, Paulo Oliveira, Maurício e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; Nani, André Carrillo e Fredy Montero.

 

Será muito arriscado, mas este até é um jogo que poderia servir de verdadeiro teste para Tobias Figueiredo, mas não vislumbro essa opção, que teria de ser em detrimento de Maurício.

 

Fredy Montero sozinho na frente do ataque não me inspira, mas não antecipo outra formação.

 

___________________________________________

 

 

A título de curiosidade, estamos perante um registo curioso pelas visitas do Sporting a Braga num período de 20 anos, designadamente entre 22 de Outubro de 1994 e 28 de Setembro de 2013:

 

- 20 jogos / 10 vitórias cada / 29 golos marcados cada.

 

Todavia, nos últimos 11 anos deste mesmo período, o Sporting regista 7 vitórias, contra 4 derrotas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:10

Qual é o seu palpite ?

Rui Gomes, em 07.01.15

 

17882319_P6Fcc.jpg

 

Esta foi a equipa que começou o jogo contra o Vitória de Guimarães no dia 29 de Dezembro, para a Taça da Liga:

 

Marcelo Boeck; Ricardo Esgaio, Tobias Figueiredo, Naby Sarr e André Geraldes; Oriol Rosell, Ryan Gauld e Simeon Slavchev; Heldon, Daniel Podence e Junya Tanaka.

 

Qual é o seu palpite quanto ao onze inicial que Marco Silva vai lançar hoje, frente ao Famalicão ?

 

Adenda: Agora dou eu o meu palpite sobre o onze de Marco Silva: Marcelo Boeck; Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jonathan Silva; Oriol Rosell, Adrien Silva e João Mário; Carlos Mané, Carrillo e Fredy Montero.

 

Não acredito que ele queira arriscar muito, pela importância da Taça para o Sporting, especialmente tendo em conta que o Benfica e o FC Porto já estão fora da corrida. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:41

Mais uma inovação ?

Rui Gomes, em 20.11.14

 

ng07B35627-698C-48AD-BCBB-45C3F597F33C.jpg

 

Pela evidência à vista, esta Direcção do Sporting está  recorrer cada vez mais às redes sociais para comunicar com os adeptos. Além de muito mais, tivemos a já notória mensagem do presidente no Facebook, e agora somos contactados através do Twitter, supostamente para "medir o pulso aos desejos dos adeptos". Não será disparatado sugerir que muito desta nova onda tecnológica é obra do "YoungNetwork Group", a empresa que lida com tudo quanto é comunicações do Clube.

 

Aparentemente, esta mais recente iniciativa visa saber os desejos dos adeptos em relação ao onze que deverá entrar em campo na sexta-feira, para defrontar o Sporting de Espinho, na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal. Os adeptos votaram e o seu onze preferido é precisamente o que está ilustrado no gráfico acima publicado.

 

Compreende-se a intenção de assegurar uma maior e melhor aproximação aos adeptos, contudo, menos aparente, é o aproveitamento desta votação. Decerto que não será para influenciar Marco Silva quanto aos jogadores que deve utilizar e, por implicação, mudar o sistema de jogo da equipa.

 

Bem... eu não votei, mas também tenho os meus desejos, o principal dos quais que é de ver Tanaka como titular, mas algo me diz que nem neste jogo Marco Silva lhe dará essa oportunidade. Seria também uma boa ocasião para apreciar o jovem Ryan Gauld integrado na equipa principal. Tal como Tanaka, não creio que vá acontecer.

 

Desconheço o impacte desta experiência entre sportinguistas, mas não me impressiona. A "medir o pulso" dos adeptos, acho que existem outras questões mais importantes que podiam ser apresentadas. Ao fim e ao cabo, isto pouco mais é do que uma sondagem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:28

O "11" do dia

Rui Gomes, em 09.11.14

 

10703637_10152302245781555_4271444816681602162_n.j

 

Estes três e quem mais ?

 

Na minha opinião existem quatro dúvidas: Maurício ou Naby Sarr - Jefferson ou Jonathan Silva - Cédric ou Miguel Lopes e André Carrillo ou Carlos Mané.

 

O último caso, creio, apenas para dar descanso a Cédric e tempo de jogo a Miguel Lopes, que já se encontra totalmente recuperado da lesão.

 

Face ao que fez diante o Schalke 04, acho que Sarr merece nova oportunidade ao lado de Paulo Oliveira, até porque Maurício não se adapta muito bem do lado esquerdo. Dito isto, Marco Silva irá reintegrar o defesa brasileiro.

 

Jefferson fez uma grande exibição contra os germânicos, mas é discutível se merece a titularidade em detrimento do jovem argentino, que apesar de se encontrar em uma fase de desenvolvimento, tem dado boas indicações.

 

O jovem Carlos Mané também esteve muito bem na quarta-feira e Carrillo a "saltar" do banco deu dinâmica acrescida à equipa. Escolha difícil para o treinador.

 

Este é o meu "onze", que não será, decerto, o de Marco Silva:

 

Rui Patrício; Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Naby Sarr e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; Nani, Carlos Mané e Slimani.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:14

O onze provável em Gelsenkirchen

Rui Gomes, em 21.10.14

 

600.gif

 

Na procura da tão desejada primeira vitória na Liga dos Campeões, é expectável que Marco Silva venha a efectuar pelo menos duas alterações na equipa em relação ao jogo com o FC Porto.

 

Sendo assim, o onze que dará entrada no "Veltins-Arena" para defrontar o Schalke 04, deverá ser este:

 

Guarda-redes: Rui Patrício

 

Defesas: Cédric Soares - Paulo Oliveira - Maurício - Jonathan Silva

 

Médios: William Carvalho - Adrien Silva - João Mário

 

Avançados: Nani e André Carrillo

 

Ponta de lança: Slimani

 

Suplentes disponíveis: Marcelo Boeck, Nany Sarr, Jefferson, Oriol Rosell, André Martins, Carlos Mané, Diego Capel, Heldon, Fredy Montero e Tanaka.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

Pergunta do Dia

Rui Gomes, em 20.10.14

 

foto.JPG

 

Marco Silva revelou, no domingo, a lista dos 21 jogadores convocados para o embate de terça-feira, diante o Schalke 04, a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões, sem novidades de grande relevo.

 

O recém-aparecido Miguel Lopes deu lugar ao "desaparecido" Heldon e, pelos vistos, Tanaka vai conhecer uma nova bancada. Com isto em mente, surge a Pergunta do Dia:

 

Marco Silva deve manter o onze do Dragão frente ao Schalke 04 ?

 

Sim

 

Os jogadores estão moralizados com a vitória e a boa exibição frente ao FC Porto e, além do reconhecimento, o acréscimo de confiança poderá ser um factor significativo para um bom resultado na Alemanha.

 

Não

 

Cada jogo e cada adversário têm as suas histórias, e não obstante o desempenho de alto nível no Dragão, Marco Silva deve ajustar a equipa a este novo desafio que, por si, apresenta características diferentes. Além disso, não é segredo algum que Slimani e André Carrillo só não entraram de início, pelo desgaste ao serviço das suas selecções.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:17

O onze de Paulo Bento para Gana

Rui Gomes, em 26.06.14
 

 

Paulo Bento escolheu o seguinte onze para o embate decisivo com Gana no Mundial 2014:

 

Rui Patrício; João Pereira, Bruno Alves, Pepe e Miguel Veloso; William, Rúben Amorim e João Moutinho; Nani, Éder e Cristiano Ronaldo.

 

Bem... Acertei em 9 com a minha previsão, embora tenha colocado Miguel Veloso no meio campo e não a lateral esquerdo. Ainda dou o benefício da dúvida pela opção sobre Rúben Amorim, que ainda não se estreou na competição no Brasil, mas sinto imensa dificuldade em compreender Silvestre Varela ficar no banco, apenas porque Paulo Bento quer um ponta de lança de raiz na frente do ataque. Éder tem trabalhado muito mas com muito pouca eficácia, tanto em golos como em acções a complementar as manobras ofensivas.

 

Esperamos que o Seleccionador tenha acertado nas suas decisões, embora ainda esteja para ver a sua estratégia para este jogo em que Portugal vê-se obrigado a vencer e a marcar muitos golos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

O onze de Portugal frente à Alemanha

Rui Gomes, em 16.06.14
 

 

Na minha opinião, vai ser este o onze que Paulo Bento escolherá para o jogo de abertura frente à Alemanha, na segunda-feira, dia 16 de Junho de 2014:

 

Guarda-redes: Rui Patrício

 

Defesas: João Pereira - Bruno Alves - Pepe - Fábio Coentrão

 

Médios: João Moutinho - Raul Meireles - Miguel Veloso

 

Avançados: Cristiano Ronaldo e Nani

 

Ponta de lança: Hugo Almeida

 

Na defesa a única dúvida recai sobre a condição física de Pepe, muito embora tenha jogado uns minutos contra a República da Irlanda. Caso não esteja em condições de jogo, Neto será a alternativa lógica.

 

No meio campo Paulo Bento irá com os três que fizeram a campanha até à final, salvo se ele decidir não alinhar em 4x3x3 mas sim num variável do 4x4x2. Neste último sistema, é de prever, então, que William Carvalho venha a assumir a titularidade à frente da defesa e ao lado de Miguel Veloso.

 

Na linha avançada também temos Silvestre Varela que está num bom momento de forma e até poderá ser argumentado que é merecedor da titularidade no lugar de Nani. Pela lealdade de Paulo Bento e também porque precisamos de ter um Nani confiante e inspirado, creio que o ainda jogador do Manchester United será chamado ao onze.

 

O último amigável frente à República da Irlanda terá assegurado a Hugo Almeida a chamada inicial à equipa. Além de ser um jogador fisicamente possante, é conhecedor do futebol alemão. A alternativa, na minha opinião, será Éder, dado que Hélder Postiga evidencia uma baixa de forma notável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:36

 

 

 

O conceituado jornal italiano "La Gazzetta dello Sport" divulgou o seu «onze» ideal para 2013, com destaque especial para Cristiano Ronaldo e com a muito surpreendente ausência de notáveis, em uma lista dominada por jogadores a actuarem na "Bundesliga".

 

Neuer (Bayern Munique) - Alaba (Bayern Munique) - Thiago Silva (PSG) - Subotic (Borussia Dortmund) - Philipp Lahm (Bayern Munique) - Eden Hazard (Chelsea) - Gundogan (Borussia Dortmund) - Schweinsteiger (Bayern Munique) - Ribéry (Bayern Munique) - Robert Lewandowski (Borussia Dortmund) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

 

Oito jogadores do campeonato alemão, cinco deles no campeão em título Bayern Munique e três do Borussia Dortmund. A incontornável ausência de Lionel Messi e Zlatan Ibrahimovic.

 

 

  

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:59

Os mesmos onze

Rui Gomes, em 18.01.13

 

Jesualdo Ferreira repetiu a convocatória para o jogo de hoje frente ao Beira-Mar, à excepção do terceiro guarda-redes Luís Ribeiro, que regressou à equipa B. Tudo indica que, pela primeira vez, veremos os mesmos onze em dois jogos consecutivos: Rui Patrício na baliza, Miguel Lopes, Boulahrouz, Rojo e Insúa na defesa, Rinaudo, Adrien e Labyad no meio campo, Diego Capel, Jeffrén e Ricky van Wolfswinkel na linha avançada.

Sendo assim, é de esperar o tal variável do 4x3x3 que tanto me agrada, com Rinaudo a trinco e Labyad no miolo, mais perto do Ricky, e, porventura, mais na função de #10.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:40




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds