Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

... A pergunta que fiz a mim próprio várias vezes durante o jogo, tal a minha frustração perante tão lastimosa exibição do Sporting.

 

Assistimos a uma equipa tímida, ineficaz, sem criatividade e capacidade de penetração até dar alguns sinais de vida sensivelmente a partir dos 55 minutos, não por coincidência pela entrada de Ricardo Esgaio, em substituição de Paulo Oliveira, que permitiu um maior aproveitamento do corredor direito, até aí praticamente não existente, e libertar Gelson Martins.

 

Nem sequer dá para perceber o raciocínio de Jorge Jesus ao colocar Paulo Oliveira a lateral, especialmente tendo em conta que o Sporting tinha diante de si o "poderoso" Légia Varsóvia. Quem ???

 

img_FanaticaBig$2016_12_07_21_50_13_1194505.jpg

Não devemos recorrer à arbitragem para minimizar os danos. Houve de facto algumas decisões discutíveis, a começar com as duas bolas aos braços de jogadores "russos", que poderiam ter resultado em grandes penalidades. Critérios do domínio exclusivo do juiz italiano e ele entendeu nada assinalar. William Carvalho foi algo infantil ao agarrar o adversário no centro do terreno, consciente que já tinha um cartão amarelo.

 

É difícil não ficar com a ideia que o Sporting não estava preparado para este jogo. Nada mais pode explicar a pobre exibição que realizou, perante um adversário claramente com escassos argumentos.

 

De resto, só sinto vontade de felicitar o treinador, dando seguimento à sua declaração pré-jogo, que a não passagem para a Liga Europa não seria uma desilusão.

 

Veremos, agora, o impacte deste resultado e do consequente afastamento da Europa no que ao «derby» de domingo diz respeito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Slavchev despachado para a Polónia

Rui Gomes, em 15.08.16

 

94031471287930.jpg

 

O clube polaco Lechia Gdansk confirma no seu site oficial a cedência até ao final da temporada de Simeon Slavchev, jogador que continua a não conseguir impor-se no Sporting, depois de ser contratado em 2014.

 

Mais uma "contratação cirúrgica" que anda de "mão em mão". Slavchev segue agora para o terceiro empréstimo, depois de Bolton e Apollon Limassol, do Chipre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:49

O drama dos penáltis

Rui Gomes, em 02.07.16

 

 E foi Cristiano Ronaldo que "obrigou" João Moutinho a marcar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Vitoriosos no momento decisivo !

Rui Gomes, em 30.06.16

 

portugal.jpg

 

Depois de um jogo que mesmo antes de chegar às grande penalidades serviu para dar cabo dos nervos a um santo, deixo este post para debate livre entre leitores.

 

Parabéns a todos, com nota de honra para Rui Patrício pela defesa vitoriosa e para Renato Sanches, com o golo que o fez o mais novo de sempre a marcar na estreia como titular pela selecção portuguesa, assim como o mais novo a celebrar numa fase a eliminar de um Campeonato da Europa (18 anos e 317 dias) em toda a história, marca que pertencia a... Cristiano Ronaldo (19 anos e 146 dias).

 

Viva Portugal !

 

P.S.: Não vamos falar da arbitragem, mas houve falta indiscutível sobre Cristiano Ronaldo para grande penalidade, aos 30 minutos.

 

6BVF14JW.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45

 

7214-zoom.jpg

 

Zbigniew Boniek, um dos melhores jogadores polacos de sempre - recordo bem quando jogava pela Juventus - e actual presidente da federação local, ficou satisfeito por ver Portugal eliminar a Croácia, pois acredita que tem mais hipóteses de vencer diante da Selecção Nacional.

 

«Lembro-me do combate entre Apollo Creed e Rocky Balboa. O Apollo ganhou pela margem mínima, mas sentiu-se frustrado. E quis um novo combate. O empresário repetia: 'Esquece, aquele rival não é para ti'. Neste Europeu, é igual para a Polónia - a Croácia não é rival para nós.

 

Acho que seria muito duro jogar contra a Croácia. Portugal tem outro estilo, prefere jogar em contra-ataque, algo que nos favorece mais. Vejo mais luz ao fundo do túnel jogando contra Portugal do que contra a Croácia».

 

Esperamos que venha a ter ampla oportunidade para reflectir sobre estas suas palavras.

 

Na fase de Grupos a Polónia venceu, por 1-0, tanto a Irlanda do Norte como a Ucrânia, e empatou com a Alemanha (0-0). Nos oitavos-de-final venceu a Suíça nas grandes penalidades.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:08

 

1183691.jpg

 

Não assisti à vitória da Polónia sobre a Ucrânia, por 1-0, mas tive ocasião de ver o resumo do jogo. Houve uma jogada que me fez lembrar o lance falhado de Bryan Ruiz, frente ao Benfica, tão falado e criticado entre adeptos.

 

Neste jogo do Euro 2016, temos Robert Lewandowski, um dos melhores e mais letais pontas-de-lança do Mundo (nada menos do que 170 golos nas últimas seis épocas, ao serviço do Borussia Dortmund e Bayern Munique) com o guarda-redes e a baliza da Ucrânia completamente à sua mercê e... remata por cima da trave.

 

Disse um comentador espanhol:

 

«Y es que Lewandowski, máximo goleador de la fase de clasificación, se ha quedado seco al llegar a Francia, donde acusa el mismo mal que trae por la calle de la amargura a Cristiano Ronaldo o Zlatan Ibrahimovic».

 

Só não falha quem está na bancada !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:37

Erro humano, incompetência ou... ?

Rui Gomes, em 16.04.13

 

O eterno debate sobre decisões de arbitragem: erro humano, incompetência ou... outras considerações obscuras. A maior parte dos casos polémicos é muito discutível e, invariavelmente, vulnerável a interpretações assentes em simpatias clubistas de menor objectividade, exigindo o bom senso que se deia o benefício da dúvida à arbitragem. Outros, como este que evidenciamos neste post, prescrevem conclusões de outra ordem.  

 

Aconteceu recentemente na Liga polaca durante um jogo entre Wisia Carcóvia e Legia Varsóvia, em que o golo que deu a vitória aos visitantes nasceu do lance bem ilustrado na foto, em que a bola encontra-se, muito esclarecidamente, bem fora da linha de cabeceira. No entanto, o árbitro de baliza, bem posicionado e a olhar directamente para o jogador e para a bola, sensivelmente a um metro de distância, nada assinalou.

 

O escândalo deste caso está a gerar enorme sensacionalismo na Polónia e, em abono da verdade, com plena razão de ser. Qual é a interpretação possível à actuação deste elemento da equipa de arbitragem ?... A situação é tão clara que nem seria necessário recorrer ao sistema «Olho de Falcão» caso este estivesse em função.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo