Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

77695-affiche-du-match-om-scp-fiche.jpg

 

Um mau começo para o Sporting neste jogo-treino com o Marselha, a sofrer um golo logo no primeiro minuto, num lance em que a falta de velocidade da defesa leonina esteve em evidência.

 

Jorge Jesus fez alinhar Pedro Silva, Piccini, Coates, Mathieu, Coentrão, Petrovic, Battaglia, Bruno Fernandes, Bruno César, Alan Ruiz e Bas Dost.

 

Será mais uma experiência do treinador, porque à primeira impressão não dá para compreender este onze, em que se verificam dois trincos - Battaglia e Petrovic -, Bruno Fernandes à frente deles, e sem extremos, salvo se considerarmos Bruno César. Alan Ruiz a jogar no espaço atrás de Bas Dost. Muita posse de bola neste primeiro período, mas falta de ideias e eficácia no último terço do terreno, sem que uma única oportunidade de golo tivesse sido criada.

 

Para começar a segunda parte entraram Jonathan Silva, Matheus Pereira, Matheus Oliveira e Daniel Podence, a substituirem Fábio Coentrão, Petrovic, Bruno César e Alan Ruiz.

 

A história repetiu-se e o Sporting sofreu o segundo golo na marca dos 50 minutos, mais uma vez com a defesa a ser batida em velocidade. Um problema, ou seja, um receio, que já referi em outras ocasiões.

 

A espaços, ainda se viu alguma produtividade do Sporting, muito pela influência de Matheus Pereira e Daniel Podence, com este a sofrer uma falta para grande penalidade, aos 70', convertida por Seydou Doumbia, que entretanto tinha entrado para o lugar de Bas Dost.

 

Gostava de ser mais simpático, mas, na realidade, continua-se a ver muito pouco deste Sporting. Não consigo apontar um único aspecto do jogo leonino que entusiasma.

 

Nota: Marcos Acuña, contrário ao que se esperava, não equipou para este jogo. A sua ausência foi comentada e leva a questionar, apesar de já estar integrado, se a sua transferência já foi oficializada. Curiosamente, a SAD ainda não emitiu um comunicado nesse sentido.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:05

Temos o Marselha pela frente !

Rui Gomes, em 17.07.17

 

77695-affiche-du-match-om-scp-fiche.jpg

 

É já esta terça-feira o próximo jogo de preparação do Sporting, desta vez com o Marselha como adversário, clube que na época passada classificou-se em 5.º lugar na Ligue 1 - 33 pontos atrás do campeão Mónaco - com um registo de 17 vitórias, 11 empates e 10 derrotas, 57 golos marcados e 41 golos sofridos.

 

O mehor marcador da equipa foi o ponta de lança francês Bafétimbi Gomis, com 20 golos, o quarto melhor da Liga francesa atrás de Cavani (35 golos), Lacazette (28) e Falcão (21).

 

O jogo terá início às 18h00 (Portugal), no Stade Camille Fournier, Évian-les-Bains, França.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30

 

667x375_matchworld_130717_1600x900.jpg

 

Não me vou alargar muito a comentar este jogo de pré-época com o Valência, dado que já reparei que nesta altura os leitores estão mais interessados em posts de "lavagem de roupa suja" do que debater equipas e futebol. Deve ser a influência da praia, com certeza...

 

Apesar de haver 30 jogadores à disposição, nunca é um cenário ideal realizar dois jogos em 24 horas. Previa-se um inevitável ajustamento face ao desgaste de alguns, mas Jorge Jesus fez alinhar de início Azbe Jug; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; Battaglia, Bruno Fernandes, Iuri Medeiros e Podence; Doumbia e Bas Dost, oito dos que foram ontem titulares.

 

Com o treinador a insistir no seu favorito (e frustrante) 4x2x4, os problemas defensivos da época passada continuam em evidência, com o factor acrescido, neste jogo, que Bruno Fernandes e Battaglia não são Adrien Silva e William Carvalho. Isto e a falta de construção de jogo ofensivo, explica o resultado de 0-2 ao intervalo.

 

Múltiplas substituições para começar o segundo período, com as entradas de Jonathan Silva, Matheus Oliveira, João Palhinha, Tobias Figueiredo, André Pinto e Alan Ruiz.

 

Uma equipa um pouco mais mexida na segunda parte, mas a continuar com pouco jogo ofensivo e vários lapsos defensivos: André Geraldes e Bruno César foram "comidos" indecentemente no terceiro golo do Valência.

 

Sinto por um jovem como Ryan Gauld que já deve ter verificado que anda ali só para marcar presença. Em dois jogos, nem um minuto mereceu. Outro que estará "marcado" por Jorge Jesus é Paulo Oliveira. Entrou mesmo ao cair do pano contra o Fenerbahçe e hoje nem sequer pisou.

 

Confesso que quanto mais vejo o Sporting (não) jogar, mais lamento a existência de Jorge Jesus em Alvalade. Enfim...

 

O próximo jogo é no sábado, às 18h00, no Stade des Grèves, em Delley-Montalban, frente ao Basileia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:30

 

DD0RWx6XcAA6hlx.jpg

 

Começo esta breve análise do jogo entre o Sporting e o Fenerbahçe, na Suíça, pelo fim, ou seja, com uma critíca à realização técnica que dificultou e muito o acompanhamento da partida ao telespectador. Algo estranho que com o jogo em andamento, as únicas câmaras que transmitiam imagem estavam ao nível do relvado, no entanto, para o replay dos lances apresentavam um ângulo superior que permitia uma visão mais alargada do campo.

 

O Sporting iniciou o jogo com Azbe Jug, Piccini, Coates, Jérémy Mathieu e Coentrão; Petrovic e Bruno Fernandes; Iuri Medeiros, Bruno César, Alan Ruiz e Bas Dost. No segundo período houve inúmeras substituições, que, não por mero acaso, no que ao Sporting diz respeito, deu muito mais velocidade à equipa. As presenças de Podence, Matheus Pereira e Gelson Dala muito contribuiram para isso.

 

Estes jogos iniciais de pré-época não se adequam para analisar o colectivo, mas será justo adiantar que o encontro de hoje deixou algumas boas indicações, se ainda haver uma ideia definida da equipa-base.

 

Bruno Fernandes a deixar a ideia que vai ter uma influência séria nesta equipa. A sua visão de jogo e eficácia de passe são notáveis.

 

Iuri Medeiros, a continuar a um bom ritmo, poderá finalmente agarrar um lugar no plantel.

 

Jéremy Mathieu muito seguro, mas inserido num sistema defensivo que ainda preocupa. O golo turco é prova evidente desta situação que se arrasta da época passada. André Pinto entrou na segunda parte e esteve seguro.

 

Piccini longe de convencer. Frequentemente apanhado fora de posição depois de subir na ala. Muito faltoso e algo deficiente a defender. No sentido contrário temos Jonathan Silva. Jogou o segundo período completo e muito bem, apensar de só ter feito dois ou três treinos com a equipa e ter viajado da Argentina. Salvo imprevistos de última hora, será ele e Coentrão a lutar por um lugar no lado esquerdo da defesa.

 

Seydou Doumbia esteve em campo tempo suficiente para mostrar que é um jogador muito experiente. O facto de ter marcado o golo vitorioso, num bom aproveitamento na área, é sempre bom sinal.

 

Tanto Battaglia como Matheus Oliveira muito mais activos no meio campo do que no primeiro desafio com a equipa de Belém. Petrovic com algumas coisas boas, outras nem por isso. Vamos dar tempo para avaliar melhor.

 

Novo jogo amanhã, à mesma hora, contra o Valência, a realizar-se no Stade d'Octodure, em Martigny, cerca de 134 km de Genebra, onde a equipa está baseada. Depois do desgaste de alguns jogadores hoje, veremos que onze Jorge Jesus irá lançar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:37

Uma boa experiência para os jovens

Rui Gomes, em 08.07.17

 

20521607_ozvCN.jpg

 

Acho que este tipo de jogo não merece grande análise, em termos do colectivo, contudo, deixo este aspecto ao critério dos leitores.

 

O Sporting iniciou o jogo com Azbe Jug; Piccini, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e André Geraldes; Petrovic, Battaglia, Iuri Medeiros e Mattheus Oliveira; Gelson Dala e Bas Dost.

 

Suplentes: Pedro Silva, Francisco Geraldes, Bruno Fernandes, Domingos Duarte, Ryan Gauld, Mama Baldé, João Palhinha, Leonardo Ruiz e Jovane Cabral.

 

Apesar de alguma confusão e os inevitáveis erros de execução, foi agradável ver os jovens no relvado, alguns dos quais deixaram a ideia que têm muito para oferecer. Destaque, neste contexto, para Gelson Dala, que deu fortes indicações que terá uma palavra para dizer num futuro não muito distante. Precisa de tempo, jogos, mais alguma maturidade e confiança a este nível de competição.

 

Relativamente aos reforços, alguns nossos desconhecidos, Piccini com bons pormenores, embora não tenha sido muito pressionado defensivamente. Battaglia e Matheus Oliveira muito pouco em evidência, em contraste com Petrovic que depois de uma época no Rio Ave, teve uma boa presença em campo. Com tantos jovens no jogo, não deu para verdadeiramente ver Bruno Fernandes. Não faltarão oportunidades.

 

Como já referimos num outro post, Coates, Jérémy Mathieu, Seydou Doumbia, Fábio Coentrão e, pelos vistos, também Matheus Pereira e André Pinto não integraram a comitiva na deslocação ao Algarve.

 

Uma palavra final para André Geraldes, que apesar de ter jogado a lateral esquerdo, fez um bom jogo e deixou a ideia de que poderá vir a ser muito útil à equipa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:36

 

19656898_10154529062396555_3434963509024135519_n.j

Com ou sem transmissão ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

O primeiro dia...

Rui Gomes, em 26.06.17

 

img_770x433$2016_01_20_17_56_22_1053393 (2).jpg

 

Castaignos, Douglas, Marvin e Schelotto não foram vistos, esta manhã, na chegada do plantel do Sporting à Academia, onde Jorge Jesus orienta o primeiro treino da pré-época.

Os quatro jogadores estão no mercado e terão autorização para se apresentar mais tarde do que o restante lote de jogadores. E bem se pode dizer que houve quem madrugasse...

Os dois primeiros foram Pedro Delgado e Guilherme Oliveira, marcava o relógio 6.53 horas. Jorge Jesus chegou às 7.18, sendo depois vistos os reforços Matheus Oliveira, André Pinto, Piccini e Battaglia. Coates apresentou-se pela primeira vez, ainda tendo em vista os testes médicos, visto que esteve ausente na semana passada.

Ausentes por estarem ao serviço das seleções estão Rui Patrício, Beto, William Carvalho, Adrien, Gelson Martins e Bryan Ruiz. Tobias Figueiredo, Francisco Geraldes, Daniel Podence e Iuri Medeiros têm direito a período de férias, depois da presença no Europeu de sub-21.

 

Notícias relacionadas:

 

- Espera-se a oficialização do médio Bruno Fernandes. Haverá acordo entre Sporting e Sampdoria, falta selar o contrato do jogador.

 

- Presidente do Racing afirmou que ainda não recebeu proposta do Sporting por Marcos Acuña.

 

- O Fenerbahçe estará a desviar Doumbia de Alvalade com uma oferta salarial de 3 milhões de euros.

 

- O Vitesse mostrou interesse em Luc Castaignos, mas terá recuado perante os 2,5 milhões de euros que o Sporting está a exigir pelo seu passe. Trata-se da mesma quantia que foi paga ao Eintracht de Frankfurt há um ano para contratar o jogador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo