Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Regulamentos da Taça da Liga

Rui Gomes, em 17.12.14

 

TAA-DA~1.JPG

 

Artigo 11.º

Obrigatoriedade de participação de jogadores

 

1. Durante a competição, com excepção das 1.ª e 2.ª fases, os clubes são obrigados a fazer participar nas suas equipas em cada jogo pelo menos cinco jogadores que tenham sido incluídos na ficha técnica (efectivos ou suplentes) em um dos dois jogos oficiais imediatamente anteriores da época em curso, salvo caso de força maior, comunicado à Liga com a antecedência mínima de cinco dias da realização do respectivo jogo e, desde que os motivos invocados sejam considerados pela Liga como justificados.

 

2. Os clubes são também obrigados a incluir na ficha técnica como efectivos, em cada jogo disputado, pelo menos dois jogadores formados localmente, cuja definição decorre no artigo 57.º do Regulamento das Competições.

 

3. Os jogadores incluídos na ficha técnica nos termos do número anterior têm obrigatoriamente que ser utilizados em pelo menos 45 minutos do jogo, salvo em caso de força maior.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:48

UEFA Youth League

Rui Gomes, em 07.09.14
 

 

Como já tivemos ocasião de aqui indicar, a equipa de sub-19 do Sporting irá participar esta época na "UEFA Youth League", uma espécie de Liga dos Campeões para juniores. Esta participação só é possível pelo apuramento da equipa principal para a fase de grupos da Liga superior. Os jogos, em princípio, serão disputados nas mesmas datas dos jogos da equipa principal, salvo algumas situações excepcionais que possam surgir, que exigirão  alteração para uma segunda-feira ou quinta-feira da mesma semana. O formato da competição é idêntico ao dos seniores, na fase de grupos, mas a partir desse ponto difere significativamente. Teremos ocasião, decerto, para expandir nesta temática.

 

A inscrição dos atletas em nada se relaciona com a que já foi apresentada à UEFA para a Liga dos Campeões. Em sinopse, os Regulamentos pertinentes mais importantes:

 

1. O máximo de jogadores a poderem ser inscritos é 40;

 

2. A lista dos 40 terá de ser submetida à Federação Portuguesa de Futebol que, por si, a submeterá à UEFA, não mais tarde do que o dia 3 de Setembro;

 

3. A lista poderá ser alterada não mais tarde do que sete dias antes de cada jogo;

 

4. Não mais tarde do que as 20h00 do dia antes de cada jogo, o clube terá de submeter a lista dos 20 jogadores que irão competir no mesmo;

 

5. No mínimo, 10 desses 20 jogadores terão de ter estado inscritos para jogar pelo clube durante dois anos consecutivos até 15 de Setembro de 2014;

 

6. Não será permitido um jogador representar mais do que um clube na competição, durante a época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:27

Somos mesmo muito tenrinhos...

Desert Lion, em 10.02.14

 

O Regulamento Disciplinar da Liga abria espaço para o Sporting reclamar vitória no dérbi frente ao Benfica, mas, ao concordar com o adiamento do jogo, o clube de Alvalade abdicou dessa possibilidade legal.

 

Segundo o art. 94.º do citado regulamento, sobre a não realização de jogos por falta de condições do estádio, de segurança ou dos equipamentos, "quando um jogo oficial não se efectuar ou não se concluir em virtude do estádio não se encontrar em condições regulamentares por facto imputável ao clube que o indica, é este punido com a sanção de derrota", além de uma pena de multa.

 

Após o adiamento do jogo, Mário Figueiredo, presidente da Liga de Clubes, afirmou: "Caíram, salvo erro, três placas e uma de 40 metros quadrados. Evitámos uma tragédia. A decisão foi unânime e a segurança não pode ser colocada em causa. Podia ter acontecido um desastre no Estádio da Luz, mas felizmente as coisas correram bem. Foi uma decisão drástica, mas em bom tempo se tomou".

 

No entanto, o Sporting preferiu aceitar os termos do artigo 22.º do Regulamento de Competições da Liga, relativo ao adiamento de jogos e casos fortuitos, em vez de seguir para uma batalha jurídica com o eterno rival. De acordo com este artigo, "quando, por causa fortuita ou de força maior, não se verifiquem as condições para que um jogo se inicie (...), este realizar-se-á (...) no mesmo estádio, dentro das 30 horas seguintes salvo se os delegados dos dois clubes declararem no boletim do encontro o seu acordo para a realização (...) do mesmo noutra data".

 

Foi o que aconteceu no domingo à tarde, quando a Protecção Civil deu conta aos clubes dos riscos que existiam para a segurança de todos os presentes no local. Os delegados de Benfica e Sporting concordaram com o adiamento do dérbi para amanhã à noite e o resultado que poderia ter sido decidido na secretaria será discutido em campo (20h15).

 

Leia aqui os regulamentos:

 

Artigo 94.º do Regulamento Disciplinar da Liga

 

Não realização de jogos por falta de condições do estádio, de segurança ou dos equipamentos

 

1. Quando um jogo oficial não se efectuar ou não se concluir em virtude do estádio não se encontrar em condições regulamentares por facto imputável ao clube que o indica, é este punido com a sanção de derrota e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 12 UC e o máximo de 50 UC e com a sanção de reparação à Liga e ao adversário das despesas de arbitragem, de delegacias, de organização e do valor da receita que eventualmente coubesse ao adversário.

 

2. Se um jogo não for realizado por falta de condições de segurança imputáveis ao clube que indica o estádio, o clube é punido nos termos do número anterior.

 

3. Quando o jogo se realizar em estádio neutro é mandado repetir, sendo apenas aplicáveis as sanções de multa e de reparação ao clube visitado, salvo se as faltas previstas nos números anteriores não lhe forem imputáveis.

 

Artigo 22.º do Regulamento de Competições da Liga

 

Adiamentos devidos às alterações dos estádios e casos fortuitos

 

1. Quando, por causa fortuita ou de força maior, não se verifiquem as condições para que um jogo se inicie ou se conclua, este realizar-se-á ou completar-se-á no mesmo estádio, dentro das 30 horas seguintes, salvo se:

 

a) os delegados dos dois clubes declararem no Boletim do Encontro o seu acordo para a realização ou conclusão do mesmo noutra data, respeitados os limites referidos nos n.os 2 e 3 do artigo 19.º;

 

b) qualquer um dos clubes em causa tiver de realizar um jogo oficial das competições da UEFA na semana seguinte, caso em que o jogo se realizará ou completará em data a estabelecer por acordo entre os clubes dentro do prazo das quatro ou duas semanas seguintes, consoante se trate, respectivamente, da primeira e segunda voltas; na falta de acordo, a Comissão Executiva decidirá a data e a hora do jogo.

 

c) qualquer um dos clubes em causa tenha que dispensar algum dos seus jogadores para a respectiva selecção nacional, caso em que o jogo deve ser realizado ou completado em data a estabelecer por acordo entre os clubes dentro do prazo das quatro ou duas semanas seguintes, consoante a duração da convocatória dos jogadores para as selecções nacionais.

 

Noticia do Jornal SOL

  

E nem me venham cá com desportivismos: se as regras existem são para ser cumpridas, e mais exigentes devemos ser quando o que está em causa é um jogo com os "limpinhos, limpinhos" (que até se deram ao desplante de me fecharem numa gaiola na última vez em que os visitei)...

 

Adenda: Comunicado do Sporting que foi entretanto publicado, pode ser lido na íntegra aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:37

Confusão desnecessária

Rui Gomes, em 31.01.13

Relativamente à transferência de Marius Niculae para o Sporting, tudo não passa de uma confusão desnecessária provocada directamente pela FIFA e, por inevitável associação, pelas federações. Este tipo de dúvida não é inédita, em contrário, é recorrente, em transferências internacionais e era de esperar que o organismo que superintende o futebol mundial já há longo tivesse esclarecido os seus regulamentos e instruído as federações para o efeito, a fim de evitar imbróglios desta natureza. No caso concreto de Niculae, a origem da dúvida não é clara e se de facto foi a FPF que sentiu a necessidade de pedir esclarecimentos à FIFA.

 

Consultada para o efeito, a Federação romena informou que trata a sua época oficial de acordo com os regulamentos da FIFA: começa no primeiro jogo do campeonato e termina no último jogo do campeonato. Esta esclareceu, ainda, que sempre considerou os jogos da supertaça como parte da época finda e não da nova época.

 

Os regulamentos da FIFA estipulam precisamente o que a Federação romena descreve, quanto ao ínício e fim de época oficial. Nos regulamentos deste oganismo ainda consta uma outra condição - Artigo 5.4 - que estipula: «Um jogador não pode jogar jogos oficiais por mais do que dois clubes que compitam no mesmo campeonato e taças nacionais na mesma época». Este regulamento não é aplicável a Niculae, já que as provas da Roménia e as de Portugal são distintas.

 

Perante este tipo de cenários recorrentes, a FIFA tem vindo a decidir caso a caso, condição que precipita uma enorme ambiguidade sobre regulamentos que deveriam ser bem explícitos, universalmente.

 

Veremos o que vai ser decido neste caso, mas uma consideração é por de mais evidente: entre tudo que está a acontecer no Sporting, mais um conflito sensacionalista era dispensável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo