Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

 

image.jpg

 

O Sporting hoje não esteve bem, mas muito da sua insuficiência fica-se a dever à excelente exibição do Rio Ave, que pecou apenas pela ineficácia de finalização e, em três lances cruciais, viu Rui Patrício negar-lhe o golo com enormes defesas.

 

Como já tinha previsto num outro post, Jorge Jesus optou por uma frente de ataque mais dinâmica com Podence, Gelson Martins, Acuña e Bas Dost, mas, com isso, abdicou de muito controlo do meio campo, disposição que foi bem aproveitada pelo Rio Ave. Mesmo depois da entrada de Battaglia para o lugar de Daniel Podence, as dificuldades nesse sector nunca desapareceram completamente.

 

O Sporting alinhou de início com Rui Patrício; Cristiano Piccini, Sebastián Coates, Mathieu e Coentrão; William Carvalho, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Acuña; Daniel Podence e Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, Jonathan Silva, André Pinto, Ristovski, Bruno César, Battaglia e Doumbia.

 

image.jpg

 

Além do mérito do adversário, não é fácil apurar as razões para a exibição menos satisfatória do Sporting. Muitos passes extraviados, pobre construção de jogo e muito pouca criatividade. Durante o primeiro período, chegou a estar cerca de 20 minutos sem fazer um único remate. Curiosamente, aos 44 minutos, foi André Pinto que tirou um golo certo da cabeça de Bas Dost. Estariam a pensar na Juventus ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:55

 

OriginalSize$2017_10_27_23_46_52_1328451.jpg

 

Este, o post dos encarnados da Luz na conta do Twitter, logo a seguir ao golo de Bas Dost. Alguém, que não eu, porque não me vou dar ao trabalho de ensinar "cegos" a ver, devia explicar a estes iluminados que o braço não entra na equação da lei do fora de jogo.

 

No contexto da Lei 11 – Fora-de-jogo:

 

  • “mais perto da linha de baliza adversária” significa que qualquer parte da sua cabeça, corpo ou pés se encontra mais perto da linha de baliza adversária do que a bola e o penúltimo adversário. Os braços não se incluem nesta definição.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:54

Foto do Dia

Rui Gomes, em 28.10.17

 

bas_dost_foto_jose_coelho_lusa66423d3f.jpg

 

Ele, happy...

 

"Há menos de uma semana, Bas Dost estava a dar os primeiros toques de português, em directo. Agora resolveu com a cabeça um jogo em que o Sporting teve menos bola, rematou menos e foi, muitas vezes, quase dominado pelo Rio Ave. Mas ganhou (0-1) num campo difícil porque a equipa que lá mora gosta de jogar futebol".

                                                                                      Diogo Pombo, jornal Expresso

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:53

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 27.10.17

 

image.png

 

O Sporting revelou a lista de 19 jogadores convocados por Jorge Jesus para o embate com Rio Ave, exactamente a mesma lista que o treinador apresentou na jornada passada contra o Chaves. Então, Jonathan Silva ficou fora dos 18 que se equiparam, veremos a opção para hoje.

 

Enquanto Alan Ruiz e Tobias Figueiredo ainda estão a contas com lesões, João Palhinha, Radosav Petrovic e Iuri Medeiros ficaram fora por opção técnica.

 

A única dúvida em relação ao onze do último jogo em Alvalade recai sobre Battaglia e Daniel Podence. Pretenderá Jorge Jesus reforçar o meio campo ou dar mais dinâmica à frente do ataque, a exemplo do que se viu contra o Chaves ?

 

Muito embora seja perfeitamente lógico antecipar um jogo difícil em Vila do Conde - o Rio Ave ocupa actualmente o sexto lugar da tabela classificativa com 14 pontos e apenas regista 7 golos sofridos - parece-me que se deve dar continuidade à mesma frente de ataque, não perdendo de vista o rendimento de Bas Dost com Pondence em campo.

 

Nada indica que Jorge Jesus vá fazer quaisquer poupanças no início do jogo, com a Juventus em vista, na próxima terça-feira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

Francisco Geraldes em destaque

Rui Gomes, em 27.08.17

 

20638679_1384002411667777_1254890780363563263_n.jp

 

Breve apontamento jornalístico sobre a performance de Francisco Geraldes no jogo deste sábado contra o Benfica:

 

"O médio emprestado pelo Sporting assume-se cada vez mais como pêndulo no onze de Miguel Cardoso. O jogo ofensivo do Rio Ave girou à volta do n.º12. Entre passes deliciosos, a ponderação no saber atacar e ajudar a defender".

 

Esperamos que continue esta sua evolução para eventualmente poder integrar a equipa do Sporting, porventura, contudo, sem que Jorge Jesus esteja ao leme da mesma, já que com ele as hipóteses são mínimas, se algumas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:37

 

 

... E, pelos vistos, com o vídeo-árbitro a "aplaudir" a performance do avançado brasileiro do Benfica. O mau da fita foi Marcão, claro. Tocar no actor, na área, implica correr graves riscos. Ainda por cima, o livre que levou ao lance do "puxão" que Hugo Miguel "viu", foi mal assinalado. Siga...

 

MME5Y43I.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:07

Uma pequena ironia

Rui Gomes, em 08.08.17

 

image.jpg

 

Bem... confesso que não sei se o termo mais certeiro é "ironia", mas foi o que me veio prontamente à ideia ao ler a notícia. O Rio Ave recebeu e venceu o Belenenses, por 1-0, com um golo aos 37 minutos, marcado por... Francisco Geraldes.

 

É só isto, mas não resisti referir a... ironia.

 

P.S.: Desconheço a razão da celebração com a máscara - que me deixa a ideia de ser uma caneleira - mas haverá aqui alguma mensagem enigmática.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:29

 

 

Francisco Geraldes confessou que aceitou o empréstimo ao Rio Ave por forma a registar minutos de jogo, expectativa muito remota no Sporting esta temporada:

 

«Precisava de consistência de jogo, fazer muitos minutos para evoluir na minha carreira. Sabia que isso não ia acontecer no Sporting e tive de procurar outra solução. Houve um interesse muito grande do Rio Ave e acabei por aceitar esta opção, que vai ser muito boa para mim. É um clube que consegue projectar a qualidade individual que tem no plantel. O Rio Ave passou a estar num lote de equipas na qual os jogadores são muito apreciados».

 

Esperamos que esta experiência seja positiva e que regresse a Alvalade - porventura no final da época - melhor preparado para integrar a equipa leonina, quiçá, já com Jorge Jesus bem longe do verde-e-branco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:44

 

20476222_1372699959464689_2352391110794116771_n.jp

Iniciativa humorística do clube vila condense ao desejar

as boas vindas a Francisco Geraldes, na sua

página de Facebook.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:12

 

image.jpg

Francisco Geraldes deixou este domingo uma mensagem no Instagram - com destinatário - consciente de que a sua cedência ao Rio Ave está prestes a ser acordada entre os clubes.

 

"Um pássaro enquanto repousa em uma árvore nunca teme

que o galho se quebre pois a sua confiança não está no 

galho mas em suas asas. Confie em si mesmo."

 

O médio de 22 anos, que chegou ao Sporting em 2003, com 8 anos de idade, subiu ontem ao relvado em Alvalade e até entrou no jogo com o Mónaco mesmo ao cair do pano, mas há muito que está descartado dos planos de Jorge Jesus. Inclusive, a exemplo de alguns outros, integrou o estágio na Suíça, fundamentalmente para "inglês ver".

Teoricamente, a Sporting SAD considera que o empréstimo é a melhor solução para o seu desenvolvimento. Do mesmo modo como semelhante decisão foi tomada na época passada, com empréstimo ao Moreirense, só para o resgatar em Janeiro, para andar praticamente o resto da temporada a "limpar o pó" no banco de suplentes e na bancada, por opção de Jorge Jesus.
 
Uma das razões que me levam a não gostar deste treinador e a considerar que ele é a pessoa errada para o cargo no Sporting. Tanto no caso do Francisco Geraldes, como em alguns outros, até não é tanto que seja considerado que não têm lugar na equipa principal, mas sim que as decisões são tomadas ainda antes do primeiro chuto na bola.
 
Algo idêntico estará a acontecer com Matheus Pereira e eu gostaria de perguntar ao treinador o que é que um jogador como Matheus Oliveira oferece ao Sporting que qualquer um destes dois formados leoninos não oferecem mais e melhor.
 
Para agravar o estado de coisas, o presidente, que chama a si a esfera total do futebol, sem perceber patavina da modalidade, faz todas as vontades a este treinador e limita-se a despender como se os cofres não tivessem fundo.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Sporting termina fase regular invicto

Rui Gomes, em 07.05.17

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:30

Juniores ganham e comandam

Rui Gomes, em 29.04.17

 

O Sporting está cada vez mais perto do regresso aos títulos de juniores, que lhe escapam desde 2011/12. Esta tarde, na 9.ª jornada da fase final do campeonato, tudo correu de feição aos leões, que para lá da sua vitória sobre o Rio Ave ainda beneficiaram do deslize do V. Guimarães, em casa, frente ao Belenenses. Com esta conjugação positiva de resultados, o Sporting passa a deter 6 pontos de avanço para o segundo colocado, que é agora precisamente a equipa do Restelo, quando faltam disputar cinco jornadas.

 

img_770x433$2017_04_29_19_34_55_1257754.jpg

 
Em Alcochete, o Sporting começou por cumprir a sua missão, ao bater o Rio Ave por 2-1, com golos de Bruno Paz (41' pen.) e Abdu Conté (50'). Manuel Namora, aos 66', ainda reduziu para os vilacondenses, mas o marcador não mais se mexeu até final, valendo desta forma 3 pontos preciosos à equipa leonina.

 
À mesma hora, no Olival era a vez a do FC Porto vencer, com goleada, o Sp. Braga, por 4-0, que permitem uma subida ao terceiro lurgar, com 15 pontos, menos um do que o novo segundo classificado, o Belenenses.

A finalizar, nota ainda para o Benfica, que no Seixal, e na ressaca da derrota na final da UEFA Youth League, empatou a zero na recepção à Académica. Um resultado que mantém as águias num inesperado sexto posto, com apenas 11 pontos, metade daqueles que tem de momento o Sporting.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:20

Apenas um enorme Rui Patrício !

Rui Gomes, em 18.02.17

 

ลิสบอน-ริโอ-1.jpg

 

Um Sporting cada vez mais vulgar que foi superado em todos os aspectos do jogo pelo Rio Ave, ficando a dever a imerecida vitória a um enorme Rui Patrício que, no seu jogo 400 de "leão ao peito", fez uma brilhante exibição, nomeadamente na primeira parte, com quatro ou cinco intervenções decisivas.

 

Sem dúvida, queremos mais quatro anos disto !?!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:21

Convocatória para o Rio Ave

Rui Gomes, em 18.02.17

 

16807165_10154166674846555_4115667012264282937_n.p

 

Só me dou ao trabalho de publicar este post, por não haver muito mais de interesse para abordar neste momento. Entre os nomes da lista de Jorge Jesus nota-se a ausência de Marvin Zeegelaar, Matheus Pereira e, como já referimos num outro post, Francisco Geraldes.

 

Muito poucas dúvidas sobre o onze inicial do treinador. Schelotto deve alinhar a lateral direito, do lado esquerdo a escolha recai sobre Bruno César, o homem dos sete ofícios, e como hipótese mais remota, Jefferson.

 

No 4x2x4 de Jorge Jesus teremos William e Adrien, flanqueados por Gelson Martins e Bryan Ruiz, com Bas Dost na ponta do ataque e Alan Ruiz em apoio. Não acredito que Daniel Podence comece de início porque, para isso, teria de sentar o seu favorito Bryan Ruiz. É sempre uma hipótese, mas muito remota.

 

Luc Castaignos poderá ver uns minutos antes do cair do pano, mediante a disponibilidade de um tradutor para comunicar as instruções de Jorge Jesus.

 

A partir das 20h30 veremos se a equipa opera sob o "guião" certo, para, pelo menos, preservar o terceiro lugar na tabela classificativa. Um momento da época com pouco ou nenhum entusiasmo para o adepto, pela inexistência de objectivos, mas sempre com algum interesse em ver o verde-e-branco em campo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

 

PNNKFQVT.jpg

 

O Sporting recebeu e venceu o Rio Ave, por 5-0, em jogo realizado no Pavilhão Multiusos de Odivelas, a contar para a 13.ª jornada do Campeonato Nacional de futsal.

Merlim, Fortino (2), Caio Japa e Varela asseguraram a vitória que mantém o Sporting na liderança com três pontos de vantagem sobre o Benfica, que também venceu (2-1) o São João.

Um auto-golo de André Santos ajudou na vitória dos encarnados, Patias confirmou o triunfo das águias que ainda sofreram para segurar os três pontos. Cássio marcou para a equipa da casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:17

 

imgS620I186843T20161229105109.png

 
Não pretendo de modo algum ser negativo, mas não sei que mais pode ser dito sobre esta vitória pela margem mínima sobre o Varzim, 9.º  classificado da II Liga.

 

Valeu o belo golo de Gelson Martins, de resto assistimos ao futebol que já conhecemos, com os mesmos problemas de sempre, que refiro em cada jogo que disputamos e que não quero importunar o leitor com mais do mesmo.

 

Venha o novo ano e uma equipa a fazer muito melhor do que tem feito até ao momento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

 

img_770x433$2016_12_21_20_31_16_1199715.jpg

 

«Os primeiros 15 minutos marcaram a diferença, depois veio o melhor do Rio Ave. Depois na segunda parte, o Rio Ave bateu-se de igual com o Benfica, mas o resultado estava feito. Há que valorizar o que fizemos. Fizemos um jogo de entreajuda, mas aqueles primeiros 15 minutos foram fundamentais para sair daqui com este resultado.

Não procuramos recordes, procuramos somar pontos para o nosso objectivo. Sabemos que era difícil mas fomos atrás. Não diria que o Benfica entrou forte, mas nós não entrámos da forma que queríamos e isso ditou o resultado. Depois disso, o jogo ficou pior porque o Benfica controlou. Ficam preocupados quando as equipas ditas pequenas gerem assim o jogo, mas o Benfica fez isso e não valoriza nada o futebol. Não é este o futebol que queremos apresentar. Queremos futebol mais bonito, com mais golos. Continuamos a trabalhar e há que valorizar o que fizemos hoje depois do 2-0».

 

As palavras de Tarantini, «capitão» do Rio Ave, despertaram o meu interesse, apenas por eu ter dito o mesmo, palavras para o efeito, depois do «derby» na Luz.

 

Rui Vitória, treinador com mentalidade de equipa pequena, lança o Benfica a jogar precisamente de acordo com a sua pessoa. Diante do Sporting, surpreendeu-me ver a equipa "encarnada" a jogar em contra-ataque em casa, o exacto estilo de equipa pequena.

 

Ironicamente, tem vindo a dar resultado, e será isso que conta em análise final. O Benfica lidera a I Liga e está bem lançado para a conquista do título, mesmo a jogar um futebol de equipa pequena.

 

Para evitar comentários fúteis, esclareço desde já que este meu parecer em nada se relaciona com o desempenho do Sporting esta época, um assunto que merece debate próprio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11

 

image.jpg

 

Eis o que Jorge Jesus teve para dizer depois do desaire em Vila do Conde, sobre o qual ele devia assumir uma grande parte da responsabilidade, mas que, pelo seu discurso, não assume:

 

Explicações para o resultado: "O resultado é fácil de explicar: basta olhar para o marcador e ver que o Rio Ave fez três golos e o Sporting só um. A nossa primeira parte não foi boa. Não conseguimos recuperar posicionamentos como costumamos fazer, o Rio Ave meteu alguma velocidade no jogo e criou as oportunidades e concretizou. Foi muito eficaz. O Sporting cometeu alguns erros defensivos, por isso chegou ao intervalo a perder por 3-0. Na segunda parte não foi fácil mudar o marcador, fomos à procura de anular a desvantagem, fizemos um golo, criámos uma ou outra oportunidade mas o Rio Ave ganhou bem. Soube jogar com o jogo e com o momento da equipa do Sporting. Parabéns ao Rio Ave".

 

Problemas no lado esquerdo: "O Jefferson não estava a aquecer, ele foi para dar um recado ao Rui Patrício. Os golos sofridos tiveram a ver com uma questão colectiva, com os nossos posicionamentos, não foi por estarmos a ter problemas no lado esquerdo. Não estivemos bem, pagámos a factura. A Liga é assim, temos muitas jornadas, perdemos uma batalha. Vínhamos de quatro vitórias mas esta derrota não nos vai tirar do nosso objectivo. Continuamos com uma mentalidade forte. Não estávamos preparados para perder pontos, menos sofrer três golos em 40 minutos".

 

19912287_Sne4u.jpg19912307_czhNB.jpg

 

Mexidas ao intervalo: "Mudaria se pudesse, mas isso não interessa agora. A nossa última linha estava bem, o problema era da segunda e terceira linhas. Não fomos capazes de parar a saída do Rio Ave. Agora há que pensar no jogo de sexta-feira".

 

Passar da Champions para a Liga: "Mudar o chip é complicado, por muito que tentes passar a mensagem... isso foi um facto. Não importa o que os rivais fizeram. Se não ganharem, ajuda a atenuar esta derrota mas importa focar aqui que o Rio Ave esteve bem, foi melhor, criou-nos problemas e não soubemos ser a equipa que normalmente somos".

 

O Sporting desperdiçou a hipótese de dilatar o avanço sobre o FC Porto e pode perder hoje o primeiro lugar da Liga, bastando para tal que haja um vencedor na Luz (Benfica ou Sp. Braga).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:08

O "olhómetro" hoje não funcionou

Rui Gomes, em 19.09.16

 

img_FanaticaBig$2016_09_18_21_11_46_1158363.jpg

 

Na realidade, nem valerá a pena micro analisar a performance do Sporting em Vila do Conde, dado que muito pouco ou nada se aproveitou. O único positivo que me vem à ideia, entre tanto de negativo, é a assistência de Gelson Martins no golo de Bas Dost.

 

Foi um Sporting muito mal organizado e nada eficaz, em todos os aspectos do jogo, que se viu este domingo diante do Rio Ave. Quando tentou "abrir os olhos" já perdia por três golos, em três oportunidades aproveitadas pelo adversário.

 

Pelos golos sofridos, é evidente que houve problemas defensivos, mas, a bem dizer, não da exclusividade dos defesas, uma vez que em determinadas alturas verificou-se um colapso geral da equipa.

 

São exibições destas que sublinham o meu desde sempre argumento que entre tantas contratações, continuamos a não ter laterais à altura do resto da equipa, nomeadamente do lado esquerdo. Bruno César não passa de um remendo e, hoje, esteve a léguas do seu melhor.

 

Jorge Jesus poderá explicar as mexidas no onze, depois do jogo a meio da semana. Não sei se foi apenas por aqui que a equipa esteve tão mal neste desafio e praticamente nunca se encontrou. Mas um aspecto continua em evidência, já comentado mesmo nas vitórias; dificuldades na construção de jogo e ineficácia gritante no último passe.

 

É verdade que não se ganha ou perde campeonatos à quinta jornada, mas hoje foi um alerta que não pode ser ignorado. Menos "paleio" e mais trabalho de qualidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds