Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

sergio_conceicao_vs_jorge_jesus22371594.jpg

 

O clássico de Alvalade, entre Sporting e FC Porto, vai ser palco de um duelo muito particular nos bancos das duas equipas. De um lado Jorge Jesus, do outro Sérgio Conceição.

 

Dois nomes que começaram juntos no principal escalão do futebol português. Em 1995, o actual treinador dos leões iniciou-se, na I Liga, no Felgueiras. No plantel, tinha um jovem avançado, de 21 anos, que se estreava, na I Liga, como jogador: o actual treinador dos dragões.

 

Eduardo Teixeira, ex-presidente do Felgueiras e dirigente do clube em 1995, considera que são dois profissionais de personalidades iguais e com idênticas filosofias de jogo, considerando que o perfil dos treinadores vai ter um efeito positivo no clássico. Jesus e Conceição são técnicos que jogam para ganhar, sem o receio de perder:

 

“São dois profissionais de gerações diferentes, mas com personalidade e carácter iguais. Só têm a palavra 'ganhar' na cabeça. São dois treinadores ambiciosos, com a mesma filosofia de jogo e que preparam os jogos ao pormenor. O trajecto de Jorge Jesus, que está consolidado, e o que Sérgio Conceição está a fazer a pulso mostram que se trata de dois treinadores de grande qualidade a nível nacional e internacional.

 

O que conheço de Jorge Jesus e de Sérgio Conceição é que ambos vão jogar para ganhar. Será um jogo aberto, de duas equipas que entrarão, desde o primeiro segundo, à procura da vitória. Acho que vai ser um grande jogo de futebol, pelo valor das duas equipas e de dois treinadores que jogam sem medo, para ganhar.

 

Sinto um orgulho imenso como cidadão do concelho. Como adepto do Felgueiras, sócio, antigo atleta, antigo dirigente e ex-presidente do clube, enche-me de orgulho ver nomes do melhor que há em Portugal terem começado as carreiras no nosso clube.

 

É um alento para nós, porque é conhecida a nossa saga. Começamos do zero, há 10 anos, e, neste momento, o Felgueiras tem um projecto sólido. Acredito que, brevemente, o Felgueiras voltará a competir na I Liga.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:51

 

image.jpg

 

Sérgio Conceição abordou a actuação do vídeo-árbitro na Liga até ao momento, no final da partida entre FC Porto e Chaves, acentuando o que ocorreu no jogo entre Benfica e Portimonense, onde os algarvios viram um golo anulado aos 88 minutos por indicação do video-árbitro, e não esquecendo a visita do SC Braga ao Estádio da Luz:

 

«Estava a ouvir ontem o Vítor Oliveira no fim do jogo e é verdade, tem que haver um critério bem definido para aquilo que são decisões do videoárbitro. Falo sem problemas nenhuns do Benfica. No golo do Braga (invalidado na Luz) não houve video-árbitro, não houve linha, e neste jogo já houve. Lá está, são critérios diferentes nesse sentido. Acho que o video-árbitro tem que melhorar.

 

Somos pioneiros neste sentido e, como sabem, quando se começa há sempre estes erros. Mas de qualquer das maneiras não fico satisfeito, especialmente quando toca à nossa equipa. Já ficaram por marcar quatro penáltis claros desde o início da época e não houve sequer dúvida para intervenção do video-árbitro».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:51

 

2015-09-27-sergio-conceicao.jpg

 

Em entrevista à SIC, este sábado, Sérgio Conceição, ex-treinador do Vitória de Guimarães, foi instado a comentar a acusação de que foi alvo, assim como os seus então jogadores, de alegados incentivos do Sporting para a sua equipa ganhar ao Benfica:

 

«Não é por ser contra o Benfica que vamos jogar de forma diferente. Entreguei o caso aos meus advogados contra esse senhor (Pedro Guerra) que vem para a televisão dizer aquilo que eventualmente alguém lhe disse.

 

Entreguei esse processo aos meus advogados contra esse senhor pombo-correio. Tenho 20 jogadores que são testemunhas. É uma estupidez de todo o tamanho. O clima que se criou e esta guerrilha entre Sporting e Benfica fez com que valesse tudo. Obviamente que é mentira. Sei que no futebol houve sempre esses estímulos e isso é público. Mas que eu soubesse, zero. Quando há isso é diretamente tratado com os jogadores, com o treinador é impossível, um treinador não se pode expor dessa forma. Alguma vez eu ia ter esse tipo de comentários num balneário ou num hotel ?»

 

Um cínico diria que tendo em consideração que se trata de Portugal, pouco ou nada irá resultar desta acção de Sérgio Conceição, mas, na realidade, já é tempo do acima referido inqualificável "pombo-correio" (um termo até muito simpático considerando a pessoa) levar um forte "puxão de orelhas" jurídico.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:48

Portugal vinha abaixo...

Rui Gomes, em 29.04.16

 

ng6632713.jpg

 

«Portugal vinha abaixo se pontuássemos - se empatássemos ou ganhássemos - aqui. Era difícil, no futebol, na política… em tudo. Era muito difícil… a duas jornadas do fim. As primeiras cinco faltas representaram três amarelos para os meus jogadores. O Vitória trabalha muito para conseguir pontos e os jogadores merecem e mereciam outro resultado que não a derrota hoje. Sinto-me frustrado e desiludido pelo resultado».

 

                                                                                                            Sérgio Conceição

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Frase do Dia

Rui Gomes, em 25.01.16

 

600_gif.jpg

 

Sérgio Conceição saiu do Restelo insatisfeito pelo empate com o Belenenses, mas durante a conferência de imprensa ainda brincou com os jornalistas, quando questionado se a equipa vimaranense jogava à sua imagem.

Na resposta, o técnico dos minhotos levantou várias dúvidas sobre o teor da pergunta, lembrando-se por momentos do «amigo» Jorge Jesus.

«Isso de os jogadores jogarem à minha imagem é o quê? É competência, organização? É porque a equipa está um nível mais acima do que já estava? Estou um bocado Jorge Jesus mas pronto. Estamos mais próximos daquilo que eu quero, mas há muitas coisas a melhorar, como é óbvio.»

 

"Estou um bocado Jorge Jesus mas pronto"... Dá para pensar o que Sérgio Conceição quer dizer com isto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:06

Resposta a Sérgio Conceição

Rui Gomes, em 03.06.15

 

ng3333195.jpg

Era minha intenção abordar esta questão na segunda-feira, mas com tanto mais para comentar ficou para trás. De qualquer modo, não me esqueci das palavras de Sérgio Conceição "Fomos superiores em tudo", após a final do Jamor e mesmo compreendendo o seu momento de frustração, não deixa de levar resposta.

 

Atendendo à especificidade do jogo, nomeadamente o Sporting ter sido obrigado a jogar em inferioridade numérica durante 109 minutos, a única área em que o SC Braga foi "superior" resume-se às faltas cometidas, ou melhor, às faltas assinaladas. Ora vejamos:

 

 

Posse de bola: Sporting 51% - SC Braga 49%

 

Remates: Sporting 17 - SC Braga 12

 

Pontapés de canto: Sporting 12 - SC Braga 9

 

Foras de jogo: Sporting 0 - SC Braga 2

 

Faltas assinaladas: Sporting 14 - SC Braga 27

 

Disciplina: Além do cartão vermelho a Cédric Soares e o duplo amarelo a Mauro, o SC Braga ainda viu mais 5 cartões amarelos e o Sporting nenhum.

 

Por fim, por mérito do Sporting, foi a primeira vez que a Taça de Portugal foi decidida através da marcação de grandes penalidades, com um vencedor justo e competente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18

Mais um "blackout" !

Rui Gomes, em 10.01.15

 

Pelos vistos, os "blackouts" estão em voga no futebol português e agora até treinadores os decretam. Não acompanho o clube nem as pessoas em questão o suficiente para avaliar devidamente, mas parece-me óbvio que Sérgio Conceição está mesmo revoltado com a falta de apoio interno que sente em Braga ou, então, a sua conferência de imprensa faz parte de uma estratégia com o jogo de amanhã em mente.

 

O treinador do próximo adversário do Sporting negou, entre outras coisas, que o objectivo da equipa na Liga seja o terceiro lugar:

 

sergioconceicao3.jpg

«Eu referia-me apenas a esta jornada e não ao campeonato, não mudámos os nossos objectivos, isso é incorrecto. Também não me esqueci do Guimarães, mas o Vitória tem uma deslocação difícil ao Estádio da Luz e estou convicto de que, se ganharmos amanhã, estaremos em terceiro lugar.»

 

 

Diria Sherlock Holmes "elementary my dear Watson" !... Pela classificação, é evidente que com uma vitória sobre o Sporting e a derrota do Guimarães na Luz, o SC Braga ocupará o terceiro lugar. Nem sei bem qual é a indignação sentida pelo técnico quando confrontado com a possibilidade do clube minhoto lutar para alcançar o pódio na I Liga.

 

Disse ainda: «Se caísse de pára-quedas em Portugal e não soubesse como tinha sido o trajecto da equipa, definia o Braga pelo que ouço: uma equipa com muita agressividade, que eu tenho um discurso quase de intimidar os jogadores, não sabia que tinha ganho por 7-1, que tem um trajecto fantástico em relação ao ano passado, um trabalho fabuloso dos jogadores, porque ninguém fala do que é a qualidade do Braga.»

 

Sérgio Conceição ainda lembrou que o "percurso ascendente" enquanto treinador "não tem sido a pagar almoços a jornalistas, nem com empresários por trás".

 

Por fim, "Não tenho ninguém que me defenda, não tenho ninguém que defenda a minha equipa técnica. Tenho que me focar no que é o meu trabalho e só quando for obrigado a falar, no final dos jogos, é que falo, antevisões e entrevistas, não falo mais.»

 

Ora aí está, mais um "blackout" em curso. Depois de Bruno de Carvalho e agora Sérgio Conceição, se esta moda pegar a sério, vamos assistir aos jogos na televisão sem som e os jornais vão deixar de ir para as bancas. "Made in Portugal only", diria o meu vizinho !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39

 

«Espero sinceramente que ganhe a equipa que conseguir ser melhor e que não haja interferências de outros lados e que não possamos no fim queixarmo-nos de alguma coisa. É preciso ter atenção àquilo que é a arbitragem, porque esta história toda da Taça da Liga cria um ambiente não muito benéfico para os árbitros e isso não é bom para ninguém. Espero que seja um jogo só jogado dentro das quatro linhas e isso é importante.»

 

Não deixa de ser irónico que haja alguém preocupado com o Sporting vir a ser beneficiado pela arbitragem e especialmente ouvir Sérgio Conceição tão comovido com o ambiente de trabalho dos árbitros. Deixa a ideia que frequentou a escola dos "mind games 101" com José Mourinho.

 

A liderar uma equipa que regista somente 6 vitórias no campeonato, com 12 golos marcados e 20 sofridos,  ele que me permita a ousadia de sugerir que já tem muito no "prato" com que se entreter.

 

«Depois de tudo o que se passou durante a semana, penso que o Sporting vai entrar muito forte no jogo (...).» Aqui, espero que tenha razão !!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo