Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

b8877b92b684bde6ce86cee30a78901a.jpg

 

Como já é do conhecimento geral, Sebástian Coates está no Sporting por empréstimo do Sunderland, até ao final da época. O defesa central uruguaio recebe actualmente cerca de 2,4 milhões de euros/ano de salário, com o emblema inglês a assumir aproximadamente 400 mil euros.

 

A acreditar em recém-reportagens, estão em curso negociações relativamente à opção de compra pelo Sporting, no valor de 5 milhões de euros, verba que o Sunderland não aparenta estar disposto a baixar. A maior dificuldade de momento recai sobre o vencimento do jogador a ser assumido inteiramente pelo Sporting. Coates estará disposto a baixar para cerca de 2 milhões de euros/ano, mas para tal exige um contrato de longa duração (4/5 anos) e prémios mais elevados. O jogador está feliz em Alvalade, mas há vários outros clubes interessados nos seus serviços.

 

Bruno de Carvalho já afirmou publicamente que Coates é para ficar e sendo assim, será um dos mais bem pagos do plantel, em linha com Rui Patrício e próximo de Adrien Silva  e William Carvalho, mas sem ultrapassar Bas Dost, que, segundo consta, recebe 4 milhões de euros brutos/ano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:22

Foto do Dia

Rui Gomes, em 12.09.16

 

4d9ef648ab8211d6f16ebccfe3048166.jpg

Lewis Hamilton - MERCEDES AMG PETRONAS

32 milhões de euros/ano - Salário mais "rico" da F1

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18

 

bruno_de_carvalho_video.jpg

 

Por norma, não comento questões relacionadas com Relatórios e Contas, optando por deixar a temática para os mais entendidos. Publico este post porque tenho vindo a ler alguns comentários "oblíquos" sobre o salário de Bruno de Carvalho.

 

Esclareço, desde já, que existem dados financeiros que me incomodam, não sendo um deles - mediante o que se entende ser um enquadramento razoável - o vencimento deste ou de qualquer outro presidente.

 

A minha leitura das Contas divulgadas esta quinta-feira, é que Bruno de Carvalho recebeu um total de 238 mil euros, enquanto presidente da Sporting SAD, relativo à época de 20215/16. É evidente que este valor exclui um determinado número de regalias extras que estão à sua disposição e que elevam os encargos inerentes à posição substancialmente. Destes 238 mil euros, 147 mil é um valor fixo, ao qual acresceram 77 mil euros em retroactivos e, ainda, um montante variável de 14 mil euros. Esta última disposição já o meu colega Ricardo Leão explicou, em resposta a um leitor, no seu post de hoje.

 

Cada um terá uma concepção muito pessoal sobre esta questão e eu não fujo à regra. Hoje é um cenário completamente irrelevante, mas na fase mais activa da minha vida - caso fosse essa a minha ambição, que nunca foi - jamais aceitaria assumir a liderança de um clube como o Sporting por estes valores.

 

Reitero, no entanto, que se afiguram outros aspectos de consideração financeira que me incomodam. Se Bruno de Carvalho nos vendeu "gato por lebre" tanto no que diz respeito ao seu salário como a outras questões, é um tema lateral que, em abono da verdade, deve ser debatido e aprofundado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

Gato por lebre

Ricardo Leão, em 09.09.16

 

gato-por-lebre.jpg

 

Primeiro foram 5000 euros /mês. Rapidamente passaram para 10.000 porque cinco era pouco..., poucochinho, para tanto ferver e dedicação clubísticos. Agora descobre-se que, afinal, é mais. Até retroactivos e valores variáveis mete. Eis um exemplo cabal da transparência que Azevedo de Carvalho apregoa para o Sporting...mas que não cumpre no que toca ao generoso ordenado de que mensalmente usufrui à nossa conta.

 

Ou dito por outras palavras, os sportinguistas foram, de novo, enganados. Como dizia um ex-primeiro - ministro e agora candidato a secretário -geral da ONU: "é só fazer as contas". Carrega Bruno !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35

 

July_15__2014_at_0710PM-_New_signing_Lazar_Markovi

 

É hoje noticiado em terras de Sua Majestade, que pelo empréstimo de Lazar Markovic ao Sporting, o Liverpool terá assumido o pagamento de cerca de metade do seu salário, cenário deveras plausível e que eu já tive ocasião de referir em outros escritos.

 

O clube da terra do berço dos Beatles sofreu um "leak" semelhante a alguns de que o Sporting foi alvo em tempos recentes. Através desse "leak" foram revelados os contratos e salários de todos os jogadores do Liverpool, inclusive de Markovic.

 

Enquanto Daniel Sturridge e James Milner são os mais bem remunerados do plantel, com 120 mil libras por semana, o novo reforço do Sporting recebe 45 mil libras/semana, ou seja, cerca de 54 mil euros. com contrato até 2019.

 

O Sporting não conseguiu assegurar a opção de compra neste empréstimo. Isto, porque além dos muitos milhões em questão, o Liverpool ainda não perdeu a esperança de ver Markovic afirmar-se ao mais alto nível em Anfield.

 

O jogador encontra-se em Belgrado, ao serviço da selecção sérvia, e antes de viajar rumo a Lisboa ainda vai passar por Liverpool para resolver alguns assuntos pessoais. Desta forma, Markovic só deverá apresentar-se ao serviço na Academia de Alcochete no dia 6 ou 7 de Setembro, após o encontro entre a Sérvia e a República da Irlanda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:37

O que dizer desta capa ?

Rui Gomes, em 07.06.16

 

wdiag.jpg

 

Confesso que esta capa era o que eu menos esperava. A inevitável questão, considerando a "fonte", é se o que está à vista corresponde à realidade ou é apenas mais do eterno mesmo deste órgão de comunicação social que é tudo menos objectivo e imparcial com a sua linha editorial "encarnada".

 

Por outro lado, tendo em consideração os salários milionários de vários dos reforços da época passada, será mesmo inesperado que o actual melhor jogador do Sporting se sinta injustiçado ?

 

Na hora em que preparo este post a informação disponível ainda é muito escassa. Espero, portanto, que seja mais um caso de "fumo sem fogo", como este jornal já nos habituou há anos, no que ao Sporting diz respeito.

 

 

Declarações de João Mário Eduardo:

 

«O actual contrato do João, válido até 2020, tem realmente essa cláusula de 60 milhões de euros, mas há outros pormenores e as duas partes sabem quais são. Sair por valor mais baixo? Depende das ofertas, bem como daquilo que o Sporting pretende receber.

 

Isso não me preocupa muito, desde que o Sporting faça aquilo a que se comprometeu, que era tratar do assunto do João Mário como prioridade e mal terminasse o campeonato, algo que ainda não aconteceu.

 

O Sporting, penso, ainda não estará preparado para o fazer, o atleta vai para o Europeu, já devia ir com esta situação clarificada e não vai. Estamos à espera e a tentar ver até onde o Sporting quer ir.

 

O João está magoado com o Sporting. Se um funcionário tem um rendimento anual satisfatório, a política é compensar o esforço e a produtividade. É normal que esteja magoado, pensa que não está a ser suficientemente valorizado. O Sporting diz que o João vale 60 milhões e paga-lhe como 10. É complicado.

 

Abordagens directas, posso garantir, não existiram. Existem, sim, abordagens através do Kia Joorabchian, que também agencia o João. Neste momento tem dois ou três dossiers para avançar. Já reunimos com o Sporting, para tentar perceber a sensibilidade do clube, para termos uma certeza daquilo que o clube realmente pretende».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:11

A outra face de Jesus

Rui Gomes, em 24.04.16

 

4137_32ab645fa5337692c322cb0f5ae8cb0b (2).jpg

 

Tendo em conta os prémios só pelo apuramenton para a Liga dos Campeões, Jorge Jesus não hesitou em lembrar que independentemente de o Clube ficar em primeiro ou em segundo lugar, já "pagou" o seu contrato:

 

«Em oito meses, já paguei o meu contrato de três anos. Apuramento da Champions dá para estar quatro anos à sombra da bananeira.» 

 

Questionado sobre a luta pelo título, o técnico passou a explicar a sua posição:

 

«Fomos a equipa que andou mais jornadas na frente, face ao que a equipa tem vindo a fazer, se ficar em segundo não fico satisfeito, fico triste porque aquilo que fizemos durante o campeonato, merecíamos mais».

 

É caso para dizer que estamos perante as duas faces de uma única "revelação". Isto dito, não sei se Bruno de Carvalho não ficará a pensar no dinheiro que está "provisionado" para pagar à Doyen.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:40

Os milhões de Jorge Jesus

Rui Gomes, em 06.06.15

 

FGWAESWES.jpgsoccer_ball.jpg

 

Como era de esperar, o escopo das conjecturas centra-se no salário que Jorge Jesus vai receber durante os três anos do vínculo contratual que assinou pelo Sporting. Muito provavelmente, como é a norma nestas questões, nunca saberemos ao certo, mas diversas versões estão a ser noticiadas. Esta é apenas uma dessas versões:

 

Jorge Jesus vai ganhar 2,650 milhões de euros líquidos por ano, que implica um salário bruto anual de 5 milhões de euros. Deste montante 53% é para impostos: 38,5% de IRS - 11% para a Segurança Social e 3,5% relativos à sobretaxa de IRS.

 

Ao supracitado valor, acrescem, ainda, prémios por objectivos nas provas nacionais e europeias em que o Sporting participa. Não há prémio de assinatura, os 5 milhões de euros já contemplam direitos de imagem e o primeiro salário será pago em Agosto.

 

De forma a garantir este vencimento ao treinador, os custos do Sporting elevam-se ao mínimo de 6,187 milhões de euros por ano, já que, como entidade patronal, terá de pagar à Segurança Social 23,75% do salário do seu empregado, nunca menos de cerca de 1,187 milhões de euros por ano. Tendo em conta os três anos de contrato, estamos perante nunca menos de 18,561 milhões de euros de encargo para o Sporting.

 

Bem... a única observação possível é desejar que quem do Sporting fez as contas saiba o que está a fazer e que hajam muitos sucessos desportivos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:10

Afinal de contas...

Rui Gomes, em 02.04.15

 

miguellopes2.jpg

 

.... Não é verdade que Miguel Lopes tenha consentido reduzir o seu salário, contrário a muito do que tem sido noticiado de há uns dias a esta parte. Assim afirma Artur Fernandes, empresário do jogador:

 

O Miguel tem de continuar a fazer o que sempre fez: ganhar a confiança dos técnicos, ser profissional, ajudando o clube e os colegas, para que haja um colectivo forte. Acho que tem sido uma boa solução para o treinador. Esperemos que continue assim. Redução salarial ?... Parece-me inoportuno falar sobre essa matéria, nesta altura,

 

Ele está satisfeito desde que chegou ao Sporting, porque sente a camisola e isso é raro. Consegue chegar, nesta altura, aos níveis competitivos que se esperavam dele. Tem tudo para ser o melhor lateral português.

 

Ninguém duvida do sportinguismo de Miguel Lopes, mas não é isso que está em causa. Veremos como a SAD lida com esta delicada situação, em muito provocada pelos termos do seu contrato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

  

 

Não existe muita informação fora fronteiras - nomeadamente no Reino Unido - sobre os termos do contrato de Ryan Gauld com o Sporting. O que foi encontrado pela pesquisa efectuada é o seguinte, sem se saber, como é evidente, se corresponde aos factos reais:

 

SCOTTISH DAILY RECORD

 

«Ryan Gauld vai ganhar 3 milhões de libras no Sporting de Lisboa, tornando-se no jovem mais bem pago da história do clube. Ao longo do contrato de seis anos, receberá 8 mil libras líquidas por semana (cerca de 10 mil euros). Este salário sofrerá um aumento de 10% a cada 12 meses do contrato, até este ser revisto em 2017.

 

Adicionalmente, existem prémios: 100 mil libras (cerca de 126 mil euros) por cada ano em que o Sporting se qualificar para a Liga dos Campeões; 80 mil libras (cerca de 100 mil euros) pela conquista do título português e 60 mil libras (cerca de 76 mil euros) pela Taça de Portugal.

 

Ainda existe bónus entre 1-10, 10-12 e 12 ou mais golos marcados numa só época.»

 

MIRROR

 

«Ryan Gauld vai receber 3 milhões de libras no Sporting de Lisboa, mais do que Cristiano Ronaldo recebia na sua idade.»

 

*** O jornal transcreve os exactos mesmos números publicados pelo Scottish Daily Record.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:39

Como se chegou ao número mágico

City Lion, em 02.10.13

 

Com os dados conhecidos, aqui vai a minha explicação para a forma como se chegou à conclusão que o ordenado do Bruno Carvalho devia ser de 5000 € / mês. Partiu-se dos seguintes pressupostos, em termos de vencimentos mensais: 1) Ultimo Presidente – 0 € 2) Proposta feita por esta Direcção ao Manuel Fernandes – 1500 € 3) Bruno de Carvalho antes de vir para o Sporting – 3000 € 4) O que Bruno de Carvalho gostaria e acha que um dia merece ganhar no Sporting (quando tivermos dinheiro para isso) – +- 25000 € (que era o que Bettencourt ganhava em linha com o que auferia no Banco Santander, sem incluir bónus). Depois de discutido com o Director de Comunicação / Garante lá que continuam a dar-me carinho, mesmo que os resultados desportivos comecem a derrapar e com o Vice-Presidente da Assembleia Geral da SAD / Tenho no mínimo que ganhar mais do que o teu irmão lá na Academia e vende sff isto bem lá fora com a história da austeridade, a escolha foi pelos tais 5000 €. Para variar neste Presidente, tratou-se de uma opção populista ou popular na óptica dele. A remuneração é muito baixa para a responsabilidade do cargo, mas talvez seja simpática tendo em consideração o passado / cv do Presidente e o que lhe ofereceriam hoje no mercado de trabalho em Portugal. No entanto e conhecendo bem o perfil do Presidente do Sporting, não tenho dúvidas que ele procurou chegar à remuneração máxima que podia ter, sem arriscar chocar os seus mais fiéis apoiantes e para estes, como vi escrito num comentário neste blogue, não perderem a sensação de ter um Presidente dedicado a e com pouco interesse em ganhar à custa de (como se isso fosse feito através do ordenado!).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:48

 

 
Em resposta a Bruno de Carvalho, Manuel Fernandes explicou no domingo à noite no programa "Play-Off" da SIC Notícias, qual o seu real salário enquanto no Sporting e a razão de ser do já notório segundo contrato. Segundo entendi, ele recebia cerca de 9.700 euros líquidos e quando o Oceano foi promovido à equipa principal e José Dominguez assumiu o comando da equipa B, Manuel Fernandes teve de ser inscrito como o treinador oficial por Dominguez não ter o necessário Nível 3. Para o efeito, foi então lavrado o segundo contrato no valor aproximado de 1.460 euros - salário mínimo para treinadores - verba que foi subtraída dos acima referidos 9.700 euros. O contrato que lhe foi oferecido por Bruno de Carvalho e a SAD foi precisamente o de 1.460 euros.
 
Manuel Fernandes explicou, ainda, não ser verdade que tenha pedido para ser incluído no "despedimento colectivo", por desconhecer a sua existência e, ainda hoje, o seu verdadeiro significado.
 
Perante isto, fica agora por saber a origem do muito propalado salário de 20.000 euros e a razão que levou Bruno de Carvalho a não explicar os factos concretos quando comentou a situação do antigo "capitão".
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:11

Qual é o intento ?

Rui Gomes, em 02.06.13

 

O Record surge hoje a "noticiar" que Labyad não entra nos planos do Sporting e que a sua venda tem carácter prioritário pois se permanecer em Alvalade passará a ser um dos jogadores mais bem pagos do plantel, devido a uma cláusula no seu contrato que prevê aumento salarial de 900 mil euros para 2 milhões.

 

Por tudo quanto é possível apurar, não tenho dúvida alguma de que o avançado marroquino está na lista dos transferíveis, mas recuso acreditar - até provas em contrário - que a referida cláusula exista no seu contrato. É legítimo questionar se este apontamento do Record é por iniciativa própria para efeitos sensacionalistas ou se é encomendado pelo Sporting como desinformação. E a razão que dá legitimidade a esta dúvida, é a vincada mentira proferida pelo presidente Bruno de Carvalho na recém-entrevista colectiva, quando afirmou que "com excepção de 2 ou 3 três jogadores, pagam-se salários mais elevados do que nos clubes rivais". Na realidade, o exacto oposto é verdade, ou seja, com excepção de 2 ou 3 jogadores, nenhum outro activo do Sporting tem salário ao nível dos rivais.

 

Além do mais, segundo o Record, Labyad "passará a ser um dos jogadores mais bem pagos do plantel", o que implica que existirão outros a receber ainda mais do que 2 milhões de euros por ano. Desinformação ou mero sensacionalismo ?

 

Adenda: O relatório sobre o exercício do terceiro trimestre que foi enviado à CMVM confirma a inverdade das declarações do presidente Bruno de Carvalho: os custos com pessoal assalariado - e isto não abrange apenas os jogadores da equipa principal - foram 30 milhões de euros para o Sporting, 36,8 milhões para o Benfica e 37 milhões para o FC Porto. Esta sua declaração - entre outras - visa apenas e tão só desinformar os mais incautos face à venda de activos que pretendem efectuar, pela inexistência de qualquer investimento para solidificar o futebol leonino. A campanha eleitoral há longo que acabou, mas a estratégia de base mantem-se.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

O futebol em "crise"

Rui Gomes, em 24.05.13

Está a ser noticiado na Inglaterra que o Chelsea oferece a José Mourinho um salário de 292 mil euros por semana, ou seja, 1,168 milhões por mês, 14 milhões por ano. Alguém terá dito, algures, que "um centavo poupado é um centavo ganho". É por de mais evidente que "poupança" não existe no vocabulário de Roman Abramovich.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:23

Domingos Paciência no Deportivo

Rui Gomes, em 01.01.13

 

Conforme já aqui publicado no Camarote Leonino, Domingos Paciência foi apresentado na segunda-feira, dia 31 de dezembro, como o novo treinador do último classificado da «La Liga», o Deportivo da Corunha, assinando um contracto válido até ao fim da época.

Esta é uma múltipla boa notícia para o Sporting, já que vai-se ver desobrigado de lhe pagar o balanço do seu contracto que era válido até 30 de junho de 2013, aproximadamente 350 mil euros. Ainda mais melhor, fez-se acompanhar por três dos seus adjuntos - Miguel Cardoso, João Carlos e Sérgio Vieira - todos eles que também estiveram em Alvalade e usufriam de salário durante o exacto mesmo período.

Ninguém pode culpar Domingos Paciência de defender os seus interesses - foi despedido pelo Sporting, não de demitiu - no entanto, pela sua apresentação em Corunha fez uma declaração que despertou o meu interesse: «Acredito no meu trabalho. Quero trabalhar, quero estar no activo...tive outras oportunidades, para outros campeonatos, mas preferi esperar.» Sabe-se que uma dessas ofertas foi do Olympiacos - posição que acabou por ser preenchida por Leonardo Jardim - e o Domingos recusou pelo salário inferior relativamente ao do Sporting ou, então, não lhe agradou ir para um clube onde conquistar o título não é apenas um objectivo, é o único objectivo. Claro, sentiu-se confortado em saber que mensalmente iria receber cerca de 60 mil euros do Sporting. Agora, não deixa de ser algo curioso, aceita a posição num clube a meio da época, que está em último lugar no campeonato espanhol, com 12 pontos em 17 jogos, embora se admita que o salário oferecido supera o do Sporting. Poderá ser um risco bem calculado ou algum receio da parte de Domingos de aceitar desafios superiores. Para ser justo, sem conhecimento concreto de causa, deve-se lhe dar o benefício da dúvida.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:36

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo