Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Exemplos (também) vêm de cima

Naçao Valente, em 27.08.17

 

20609069_Ppgvh.jpg

 

Achei interessante escrever aqui uma breves linhas sobre uma notícia que li na imprensa escrita e que me parece merecer alguma reflexão, no fim de mais um dia.Trata-se da mensagem colocada no Twitter,pelo Sporting, para os seus rivais directos, saudando-os pela sua participação na Liga dos Campeões, e desejando que todas as equipas participantes representem com êxito o desporto nacional.


Considerei o acto digno de referência, porque além de pouco usual, aparece como um exemplo de um são relacionamento entre colectividades rivais, e sobretudo porque vem de cima. Por outro lado, surge um pouco ao arrepio do fundamentalismo, presente em muitos adeptos, que confundem a natural rivalidade desportiva com guerra de vida ou de morte. Neste sentido, congratulam-se com os desaires dos adversários a nível internacional, mesmo quando não colidem com os nossos interesses competitivos. No papel de adepto confesso já ter passado por essa fase, mas hoje, em função do conhecimento da relativização das coisas, já não penso assim.


O conceito de rival em inimigo a abater tem sido muitas vezes alimentado pelos poderes instalados nas colectividades. O corte de relações, por dá cá aquela palha, surge muitas vezes, como forma de ultrapassar debilidades internas e é uma fonte de apelo ao ódio. É uma atitude contrária ao espírito desportivo e a sua total deturpação. Por isso, a posição tomada, neste caso, pelo Sporting, merece-me grandes elogios. Espero que não seja apenas um fogacho, mas uma prática a seguir. O desporto agradece.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:09

Reduzir a nada o uso da razão

Rui Gomes, em 16.05.13

 

A frase do título do post foi aplicada frequentemente em escritos da minha autoria de há três anos a esta parte - inclusive no jornal do Sporting - para descrever as inúmeras intervenções públicas do actual vice-presidente do Clube para as modalidades, Vicente Moura. Sobre a sua recém-participação no programa da Rádio Renascença "Bola Branca" - acompanhado pelo presidente Bruno de Carvalho - onde assumiu uma posição de solidariedade institucional para com o Benfica relativamente à sua derrota em Amesterdão na final da Liga Europa, recorro à eloquente e certeira apreciação do nosso estimado leitor Lionheart:

 

"Consideração pessoal. Faz todo o sentido que o maior parasita que anda em Alvalade venha ser o porta-voz desta posição subalternizante e ABSURDA. Só uma direcção de bananas e/ou que procura obter favores junto do «padrinho» de Lisboa se podia lembrar de afirmar uma coisa destas. Em primeiro lugar, porque o Sporting foi roubado na Luz há poucas semanas, resultado que também contribuiu para a nossa exclusão das competições europeias na próxima época. Em segund lugar, porque o Benfica perdeu como muitos clubes perdem e o Benfica não é mais do que os outros para que agora os outros clubes servilmente lhes tenham de afagar o ego, dizendo que foram «superiores» e «mereciam» ganhar. Nós já perdemos muitos jogos em que merecíamos ganhar e não recebemos solidariedade de ninguém, muito menos de benfiqiuistas. Pelo contrário. Em terceiro lugar, é absurdo que o Sporting Clube de Portugal venha tomar posições sobre uma questão a que nem devia dar importância, pois não foi a selecção nacional que perdeu, foi um clube RIVAL, que já nos fez MUITO mal. Não temos NADA de estar a contribuir para o peditório de luto «nacional» por causa desse clube ter perdido outra final europeia, onde nem sequer merecia ter estado presente. Que fique por isso bem claro que a posição da Direcção não é apoiada por todos os sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal. NÃO ESTOU solidário com o Benfica."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

Selecção do Algarve 1 Sporting 3

Rui Gomes, em 01.12.12

 

Em jogo de solidariedade realizado no Estádio de São Luís, em Faro, o Sporting venceu a Selecção do Algarve por 3-1, com golos de André Martins, Labyad e Valentin Viola. O golo da Selecção, que chegou ao intervalo a vencer, foi apontado pelo médio do Olhanense, Fernandez.

 

A deslocação da equipa «leonina» a Faro foi uma iniciativa do Clube juntamente com a Associação de Futebol do Algarve e vários clubes da região, numa missão que visou dar apoio às populações de Silves e Lagoa, afectadas pelo tornado do dia 16 de Novembro. O jogo rendeu 37,500 euros que vão agora ser entregues às câmaras municipais dos dois concelhos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo