Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Sporting-vs-Marítimo-em-directo (2).jpg

 

Um empate não é uma vitória, mas gostei da exibição da segunda linha que o Sporting apresentou, nomeadamente na primeira parte. Se o empate é injusto no final do jogo, ainda mais era aos 45 minutos, pelo controlo de jogo e pelas oportunidades criadas, inclusive da bola à trave por Petrovic.

 

O Sporting alinhou de início com Romain Salin; Ristovski, André Pinto, Tobias Figueiredo e Jonathan Silva; Petrovic, Mattheus Oliveira, Iuri Medeiros e Bruno César; Alan Ruiz e Doumbia.

 

Suplentes: Pedro Silva, Mathieu, João Palhinha, Battaglia, Marcus Acuña, Daniel Podence e Gelson Dala.

 

As mexidas de Jorge Jesus no segundo período pouco beneficiaram a equipa. É verdade que Iuri Medeiros mais uma vez desapontou com um jogo muito "mastigado" e pouco agressivo, mas Acuña, que entrou para o seu lugar, pouco mais ofereceu.

 

Para quem tem jogado tão pouco, Mattheus Oliveira registou uma exibição aceitável. Daniel Podence, que o substituiu, embora não exactamente na mesma posição no terreno, acusou falta de ritmo após a sua longa ausência por lesão.

 

A entrada de Rodrigo Battaglia deixou-me perplexo. Com a equipa a precisar de marcar e com o jogo relativamente controlado - o Marítimo não criou uma única oportunidade de golo - pareceu-me a altura ideal para integrar o jovem Gelson Dala. Será que o meio-campo precisava de ser ancorado ?... Deve haver algo com este rapaz que desagrada a Jesus... digo eu.

 

Seydou Doumbia fez um bom jogo, excepto no que mais se precisava dele: a finalização. Desperdiçou algumas boas chances de "violar" a baliza madeirense.

 

De quem mais gostei foi de Stefan Ristovski. Muito boa exibição. Piccini poderá dar mais garantias a defender neste momento, mas o macedónio representa uma grande promessa e oferece uma dimensão ofensiva que simplesmente não está ao alcance do defesa italiano. Precisa de jogar para ganhar confiança e para se integrar melhor na equipa. Creio que é só uma questão de tempo até ele ter uma palavra forte a dizer sobre a titularidade.

 

O árbitro Manuel Mota não influenciou o resultado com decisões em lances capitais, mas, como sempre, tem o "condão" de irritar com os seus critérios e pela maneira como aborda o jogo. 

 

Estiveram presentes 22 127 espectadores em Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

 

imagem.jpg

 

Como já era esperado, ou pelo menos desejado, Jorge Jesus deixou de fora oito habituais titulares do Sporting para o jogo desta noite com o Marítimo, da 1.ª jornada do Grupo B da Taça CTT.

 

Tal como eu referi no outro post desta terça-feira, as outras três frentes competitivas que encaram o Sporting obriga a uma rodagem de jogadores para minimizar o desgaste. Daí que o técnico tenha prescindido de Rui Patrício, Piccini, Coates, Coentrão, William, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Bas Dost.

 
Apenas três jogadores que costumam fazer parte das primeiras opções entraram na lista para a recepção aos madeirenses: o francês Jérémy Mathieu e os argentinos Battaglia e Acuña. Na realidade, até me surpreende a inclusão de Mathieu, atendendo aos minutos que ele tem jogado e à sua idade (33 anos).

Além de Romain Salin, que ocupará o lugar de Rui Patrício na baliza, estreando-se de verde e branco, contra um clube que já representou, Jorge Jesus chamou mais quatro elementos do plantel que ainda não se estrearam esta época, casos de Tobias Figueiredo, João Palhinha, Mattheus Oliveira e Gelson Dala.

Gostava de ver Gelson Dala jogar os 90 minutos. É um jovem muito promissor e necessita de minutos para continuar com a sua evolução. Ter sido relegado para a equipa B não foi uma tomada de decisão sensata por parte da SAD.

O Sporting joga no próximo sábado, 23 de Setembro, em Moreira de Cónegos, com o Moreirense, em jogo da 7.ª jornada da Liga. Seguem-se o Barcelona (dia 27) e o FC Porto (1 de Outubro), ambos em Alvalade.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Salin e Pedro Silva

Defesas: André Pinto, Ristovski, Tobias Figueiredo, Mathieu e Jonathan

Médios: Acuña, Bruno César, Battaglia, Mattheus, Iuri Medeiros, Petrovic e João Palhinha

Avançados: Gelson Dala, Doumbia, Podence e Alan Ruiz
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:01

 

Jorge+Jesus+Sporting+CP+Training+Press+Conference+

 

Considerações de Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão ao embate com o Marítimo, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga:

 

«Temos o objectivo de vencer esta competição. Vimos de um ciclo de vitórias e temos essa obrigação. Estamos confiantes e acreditamos que temos capacidades de fazer um bom jogo, contra uma equipa que está a fazer um início de campeonato também muito forte.

 

Vamos encontrar um Marítimo forte, que está a prová-lo no campeonato. Vai fazer desta competição uma prova importante para os seus objectivos. Acredito que estarão na sua máxima força e é uma equipa que nos vai criar vários problemas.

 

Apelo à presença dos adeptos em massa em Alvalade. O Sporting tem adeptos em todas as partes de Portugal e sei que neste momento estamos todos esperançados porque estamos a vencer e quanto mais estivermos unidos, mais fácil será para conquistar vitórias».

 

Qual é o real significado de Jorge Jesus afirmar que o Sporting quer vencer esta competição ?... Haverá disposição para dar o tudo por tudo ?... Não acredito !

 

Com a Liga, a Champions, e mais adiante a Taça de Portugal, há uma necessidade absoluta de rodar jogadores para minimizar desgaste. Por muito que o Sporting possa alegar que pretende vencer esta competição, não pode de modo algum alinhar com a sua melhor equipa. Fazer isso, seria cometer suicídio !

 

Fica a dúvida, portanto, sobre a qualidade e profundidade de desempenho do onze que irá defrontar o  Marítimo, constituído maioritariamente por jogadores de segunda linha.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:09

 

maxresdefault.jpg

 

Curiosamente, foi concedido uma "descanso" ao vídeo-árbitro na Taça da Liga, com o sistema, pelos vistos, a ser somente utilizado nos jogos do campeonato.

 

Consequentemente, Manuel Mota e os seus auxiliares não terão acesso a esse recurso no jogo de hoje entre o Sporting e Marítimo.

 

O juiz da Associação de Futebol de Braga dirigiu pela última vez um jogo do Sporting, na 28ª jornada da época passada, em que se verificou uma vitória leonina sobre o Boavista, por 4-0.

 

Refira-se, ainda, que os delegados ao jogo serão Faustino Santos e Rui Manhoso, este último que foi visado por Bruno de Carvalho após os incidentes no ‘caso do túnel’, referente ao Sporting-Arouca de 2016/17.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:08

 

image.jpg

 

O Sporting revalidou o título da Taça da Liga de futsal, ao bater o Fundão por 4-0, em Gondomar, num jogo que foi uma reedição da final do ano passado.

 

Numa segunda edição em quase tudo idêntica à primeira - a formação do Fundão causou a grande surpresa ao eliminar o Benfica nos quartos de final -, a equipa leonina chegou ao intervalo a vencer já por 3-0, sentenciando praticamente a final.

 

Dieguinho (12'), Cavinalto (14'), Deo (19') e Fortino (32') foram os marcadores dos quatro golos dos "leões".

 

image1KHNIS47.jpg

  

Nuno Dias, treinador do Sporting, sublinhou, no final do jogo,  a justiça da conquista da Taça da Liga:

 

« A equipa que melhor futsal praticou, que mais qualidade teve e só com os níveis de concentração nos limites como hoje tivemos é que poderia ser possível vencer e conseguir este troféu. No entanto, esbarramos contra uma equipa com muita qualidade e que nos dificultou. Mas o resultado é justo e os números falam por si. A Taça da Liga é uma aposta ganha. O futsal e o desporto estão de parabéns».

 

Parabéns a Nuno Dias e seu staff, e aos atletas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:29

Quo vadis Sporting ?

Rui Gomes, em 04.01.17

 

image.jpg

 

Para não correr o risco de me acusarem de ser excessivamente crítico, vou deixar a análise a esta "estrondosa" exibição do Sporting - mais uma - inteiramente ao critério dos leitores.

 

Vitória de Setúbal 2 Sporting 1

 

P.S.: Escrevi o post antes do golo vitorioso do Vitória de Setúbal.

 

Adenda: Pode rever aqui o lance da grande penalidade.

 

Nota: Aproveito este jogo e o debate em curso sobre a grande penalidade assinalada a favor do Vitória de Setúbal, para voltar a publicar esta recém-declaração de Pierreluigi Collina (UEFA) sobre os (de)méritos do vídeo-árbitro em lances como o de hoje:

 

«Muito embora o vídeo-árbitro possa vir a ser utilizado para validar ou não golos, para analisar lances de possível penálti, decidir vermelhos directos e ainda confirmar se as punições disciplinares foram aplicadas aos jogadores certos, não pode ser utilizado para julgar a intensidade de uma falta ou a intencionalidade de uma mão na bola, pois o movimento em 'slowmotion' acaba por desvirtuar a avaliação».

 

Isto, para quem pensa que recorrer à tecnologia irá resolver tudo sobre decisões de arbitragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03

 

imgS620I186843T20161229105109.png

 
Não pretendo de modo algum ser negativo, mas não sei que mais pode ser dito sobre esta vitória pela margem mínima sobre o Varzim, 9.º  classificado da II Liga.

 

Valeu o belo golo de Gelson Martins, de resto assistimos ao futebol que já conhecemos, com os mesmos problemas de sempre, que refiro em cada jogo que disputamos e que não quero importunar o leitor com mais do mesmo.

 

Venha o novo ano e uma equipa a fazer muito melhor do que tem feito até ao momento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

 

15267752_10153945965216555_6122326057402262744_n.p

 

Nem sequer vou tentar adivinhar o onze inicial, embora hajam, na minha ideia, algumas certezas. Beto vai estar entre os postes, Ricardo Esgaio vai preencher uma das laterais, só não sei se é a direita ou a esquerda, Paulo Oliveira e Douglas vão ser os centrais.

 

As grandes dúvidas recaem sobre o meio-campo para a frente. Elias... provavelmente, Matheus Pereira... entrará no jogo mas não sei de será de início, Meli... gostava de o ver fazer um jogo completo para o avaliar devidamente, Petrovic... tempo perdido, Markovic surgirá na linha de ataque, decerto, e o ponta de lança será André.

 

img_FanaticaBig$2016_11_30_19_33_12_1191407.jpg

 

O problema - eu considero que é mesmo um problema - da segunda linha do Sporting que se viu hoje diante do Arouca é, fundamentalmente, idêntico ao da primeira linha, nomeadamente ineficácia estrondosa de último passe, penetração e criatividade pelo corredor central muito carentes. Daí, que a equipa leonina tenha controlado uma grande parte do jogo sem conseguir, no entanto, fazer reflectir esse controlo no marcador.

 

Um onze verde-e-branco muito diferente do usual, mas, mesmo assim, sem surpresas, salvo porventura Petrovic, e com Jorge Jesus até nem se pode considerar surpresa alguma. Foi concedido cerca de 20 minutos a Matheus Pereira e 10 minutos a Meli, para somar aos 7 minutos que registou há umas semanas na primeira vez que "calçou" esta época.

 

Markovic com uma exibição modesta, Campbell muito mais mexido e a querer ter influência no jogo, André pouco consequente embora com uma bela assistência no golo de Alan Ruiz. Este, mais do mesmo a que já assistimos, mas com finalização meritória para dar a vitória ao Sporting. Nada de extraordinário a apontar à defesa. Douglas e Paulo Oliveira sólidos, Ricardo Esgaio a precisar de jogar mais a este nível.

 

Três pontos assegurados nesta menos importante competição e teremos agora pela frente o Vitória de Setúbal para a I Liga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

 

Taca_Liga_CTT.jpg

 

A fase final da Taça da Liga, a partir das meias-finais, será disputada, na época 2016/17, em formato de "final four".

 

Seguindo este formato, os quatro semi-finalistas vão jogar na mesma cidade, a definir, onde, na mesma semana, se jogará a final. O calendário da Taça da Liga, anteriormente anunciado, já contemplava esta alteração ao regulamento, com as meias-finais marcadas para 25 e 26 de Janeiro e a final para o dia 29 do mesmo mês.

 

Esta foi uma de cerca de 90 alterações ao Regulamento de Competições que ficaram aprovadas, esta terça-feira, na Assembleia Geral Extraordinária da Liga e que entram em vigor na época 2016/17.

 

Nesta reunião dos clubes, presidida pelo presidente da mesa da Assembleia Geral, Mário Costa, todas as alterações foram aprovadas com 35 votos a favor e cinco abstenções.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:44

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 26.01.16

 

Jorge-Jesus-e1443720277987 (2).jpg

 

«Se sentíssemos que a Taça da Liga era muito importante, teria

apostado noutra equipa em Portimão e teríamos ganho.»

 

 

Compreende-se, perfeitamente, a rotatividade da equipa, especialmente tendo em conta que Jorge Jesus tem vindo a utilizar - e assim vai continuar - os mesmos 13/14 jogadores, mas por muito que o técnico tente, não conseguirá branquear a exibição em Portimão, diante uma equipa do segundo escalão do futebol português.

 

Muitos adeptos também não consideram a Taça da Liga uma prioridade, mas creio que teria sido mais producente se Jorge Jesus tivesse esclarecido esta disposição desde o primeiro dia e não após se encontrar na iminência de ser afastado da prova. Isto, não obstante o reconhecimento que o campeonato é o objectivo principal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

Um Sporting muito desinspirado

Rui Gomes, em 20.01.16

 

0-361tctt (2).jpg

 

Foi um Sporting muito desinspirado, vulgar até, que se apresentou em Portimão, a mostrar muito pouco de tudo - e o resultado final (0-2) reflecte precisamente isso - pese ter criado duas ou três oportunidades de golo, uma bola à trave por Aquilani e uma grande penalidade não convertida por William Carvalho.

 

Como já era esperado, Jorge Jesus fez entrar um onze secundário:

 

Marcelo Boeck; Schilotto, Paulo Oliveira, Ewerton e Zeegelaar; William Carvalho e Aquilani (Tanaka, 85'); Bruno César (João Mário, 67') e Carlos Mané (Matheus Pereira, 46') Fredy Montero e Teo Gutiérrez.

 

Apenas alguns reparos individuais:

 

- Estreia absoluta de "leão ao peito" de Marvin Zeegelaar. Quaisquer apreciações serão prematuras, mas parece-me que a ter sucesso no Sporting, não será a jogar como lateral;

 

- Schilotto mais uma vez a indicar que não é jogador para o Sporting;

 

- William Carvalho pura e simplesmente não é o jogador que conhecemos. Não se verifica alegria alguma no seu jogo e pouca eficácia;

 

- Bruno César deu excelentes indicações na sua estreia, quando até marcou dois golos, mas desde esse jogo não tem deslumbrado;

 

- Paulo Oliveira aparenta estar a atravessar uma fase menos conseguida ou, então, não se dá muito bem com Ewerton a seu lado;

 

- Teo Gutiérrez regressou e pouco mais há para dizer. Esteve no relvado o jogo inteiro e pouco ou nada mostrou, salvo o mergulho, em vão, na área do Portimonense, aos 75 minutos.

 

- A maior obra de Jorge Jesus foi o seu gesto de "caridade" para com Tanaka, ao lançá-lo no jogo aos 85'.

 

Com este resultado, o Portimonense coloca-se nas meias-finais da Taça da Liga e deixa o Sporting com dificuldades para seguir em frente na prova.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:32

 

1426358_10153216141106555_6159067389187151396_n.jp

 

O Sporting carimbou a presença na final da primeira edição da Taça da Liga de futsal ao vencer o Modicus, este sábado, por 5-2. A equipa leonina chegou ao intervalo em desvantagem, por 2-1, mas deu a volta ao marcador na segunda parte. Os marcadores leoninos foram Fortino (2), Caio Japa, Cavinato e João Matos.

 

Assim, a final será disputada entre o Sporting e o Fundão, este domingo, às 17h45, no Pavilhão Dr. Salvador Machado em Oliveira de Azeméis.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:32

Sporting supera Paços de Ferreira

Rui Gomes, em 29.12.15

 

img_1366x670$2015_12_29_21_14_31_1044710.jpg

 

Hoje já não há energia nem disponibilidade para escrever crónicas de jogo. Fica aqui este espaço livre para o leitor comentar , se desejar, a vitória do Sporting sobre o Paços de Ferreira, por 3-1, a contar para a Taça da Liga. Destaque para a estreia absoluta de Ezequiel Schelotto de "leão ao peito", a alinhar como lateral direito.

 

Adenda: Alvalade registou a segunda pior assistência da época com 23.462 espectadores. A pior foi no encontro com o Skenderbeu, com 20.576 espectadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:49

 

19134164_Th4iz.jpg

 

Bruno de Carvalho discursou aos sportinguistas nos momentos que antecederam o “treino solidário de Natal”. Pediu a união dos adeptos e garantiu que “o Sporting sabe para onde quer ir e é com vocês que vai atingir os objectivos”.

 

Na próxima 3ª feira há jogo em Alvalade para a Taça da Liga, um Sporting-Paços de Ferreira, e a tabela de preços foi tornada pública. Os nossos rivais, Benfica e FC Porto, também publicitaram os preços dos bilhetes. Chocante é a palavra mais doce que me ocorre quando verifico que em Alvalade um sócio paga mais pelo pior lugar no Estádio do que um sócio benfiquista ou um sócio portista no melhor lugar nos respectivos estádios.

 

Bruno de Carvalho ainda me consegue surpreender, mas gostaria de lhe perguntar se este preçário se integra em alguma estratégia bilhética do Clube. Ainda que na minha dúvida eu possa revelar a bondosa ingenuidade do Capuchinho Vermelho quando procurava ao lobo por que razão tinha grandes orelhas, grande nariz e grande boca. 

 

Uma bilheteira assim não revela grande conhecimento do percurso. E, não havendo esse conhecimento, convém recordar uma frase avisada de Henry Kissinger: “Se não sabe para onde vai, todos os caminhos o levarão a lugar nenhum.”  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:01

A fase de grupos da Taça da Liga

Rui Gomes, em 28.10.15

  

trofeutacaliga-01.jpg

Ainda não deu para perceber se esta prova está entre os objectivos de Jorge Jesus e da SAD, mas, de qualquer modo, fica-se a saber que a fase de grupos tem o seu início no dia 29 de Dezembro e que o Sporting está integrado no Grupo C, com o Paços de Ferreira, Arouca e Portimonense. 

 

A terceira fase da Taça da Liga será composta por três jornadas e vai ser disputada por estas 16 equipas, distribuídas por quatro grupos.

 

As jornadas estão marcadas para 29 e 30 de dezembro (1.ª jornada); 19, 20 e 21 janeiro (2.ª jornada); 26, 27 e 28 de janeiro (3.ª jornada). Recorde-se que apenas o primeiro classificado segue em frente na prova.

 

As meias finais estão marcadas entre 9 e 11 de fevereiro.

 

A constituição dos grupos:


Grupo A: FC Porto, Marítimo, Feirense, Famalicão

Grupo B: Benfica, Nacional, Moreirense, Oriental

Grupo C: Sporting, Paços de Ferreira, Arouca, Portimonense

Grupo D: SC Braga, Belenenses, Rio Ave, Leixões

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

Manchete da Semana

Rui Gomes, em 18.06.15

 

3e842f.jpg

 

UEFA destaca hegemonia do Benfica na Taça da Liga

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:34

Ouvi dizer...

Rui Gomes, em 30.05.15

 

1dae9769bdf7cda5535447ef96ecedb7.jpg

 

... Que o clube de Carnide ganhou um qualquer caneco ontem e que, para não variar, jogou novamente uma boa parte do jogo contra dez elementos. E porque não ?... Não sei se a expulsão foi justa ou não, mas deveras espectacular seria exigir aos encarnados que fizessem algo diferente do que fizeram com alarmante frequência durante a época.

 

Na realidade, ia a conduzir quando me lembrei de ligar o rádio para saber do resultado. Para minha infelicidade, fui confrontado com a arrepiante locução dos lampiões responsáveis pela transmissão do jogo e desliguei prontamente. Acabei por ficar a saber o mesmo... mas também não era coisa importante.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:12

É mesmo José Mourinho ?

Rui Gomes, em 02.03.15

 

mourinhowembley3.jpg

 

Depois de tantos títulos, em vários países, ainda sente (e exagera) a alegria pela sua terceira Taça da Liga, conquistada em terras de Sua Majestade.

 

Alguém terá dito, algures, que se deve perder com classe e vencer com ousadia. Creio que José Mourinho nunca foi e nunca será acusado de perder com classe, mas não há margem para dúvida que tem vencido com ousadia.

 

Está no seu pleno direito de celebrar como entender. Parabéns !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:26

Nota negativa para o Sporting

Rui Gomes, em 28.01.15

 

ng3855676.jpg

 

O treinador do Vitória de Setúbal tinha afirmado que não iria para Alvalade com o "autocarro", mas foi precisamente o que fez - mais ainda quando ficou reduzido a dez unidades - e o Sporting, como já nos habituou, infelizmente, sem criatividade e construção de jogo pelo corredor central para penetrar e finalizar.

 

O Sporting alinhou com os seguintes:

 

Marcelo Boeck; Miguel Lopes (Gelson Martins, 70'), Rami Rabia, Nany Sarr e André Geraldes; Oriol Rosell (Diego Rubio, 59'), Wallyson e André Martins; Daniel Podence (Sacko, 74'), Ricardo Esgaio e Junya Tanaka.

 

ng3895549.jpg

  

A realidade nua e crua é que o Sporting mostrou muito "B" e muito pouco"A" e apesar do maior domínio, especialmente pela superioridade numérica a partir dos 41', criou muito poucas oportunidades para golo, não obstante as bolas ao poste por André Martins, aos 33', na marcação de um livre e, aos 58', num remate por Ricardo Esgaio. Beneficiou de um auto golo e sofreu mais um golo em um lance de bola parada.

 

Nesta equipa, notou-se a ausência de Ryan Gauld para dar a criatividade necessária ao jogo leonino. O trio do meio campo composto por Rosell, Wallyson e André Martins simplesmente não o conseguiu fazer. Invariavelmente, bola para as alas e cruzamentos sem nexo.

 

Na minha opinião, Marco Silva tardou a mexer na equipa, com a primeira substituição apenas aos 59 minutos.

 

Uma observação final sobre Hadi Sacko: não será justo avaliar por só o ter visto jogar a espaços, mas não lhe reconheço grande promessa. Ainda não percebi bem qual é a sua posição mais natural, mas não mostra grande técnica, leitura e agressividade de jogo.

 

ZGQMWN2O.jpg

 

Bem... se o desejo era mesmo não participar nesta Taça, o Sporting está muito perto de ser afastado; basta uma vitória pelo Belenenses ou pelo V. Setúbal na última jornada. 

 

P.S. Gostei muito do discurso de Marco Silva depois do jogo. Acho que sublinhou as realidades mais importantes e não deixou de apoiar os jogadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:46

Alguma imaturidade ajuda a explicar

Rui Gomes, em 21.01.15

 

imagesYP7W03NA.jpgTAA-DA~1.JPG17327719_wTCaz.png

 

Depois de estar a vencer por 2-0 e a praticar bom futebol, algum excesso de confiança e imaturidade terão contribuído para a quebra de rendimento e os golos que levaram à derrota.

 

A equipa do Sporting:

 

Marcelo Boeck; André Geraldes, Rami Rabia, Naby Sarr (Cristian Ponde, 88') e Jonathan Silva; Oriol Rosell, Wallyson (Sacko, 78') e Ryan Gauld; Daniel Podence (Gelson Martins, 78'), Ricardo Esgaio e Junya Tanaka.

 

PVMOBM3E.jpg

 

6' - golo de Ryan Gauld. Excelente combinação entre Daniel Podence e Tanaka, com este a "oferecer" o golo a Ryan Gauld à boca da baliza.

 

19' - golo de Ryan Gauld. Um remate bem colocado pelo médio escocês, e com o pé direito, ele que é esquerdino, sem defesa para o guarda-redes do Belenenses.

 

38' - golo de Camará. Se houve dúvidas no golo de Fredy Montero frente ao Rio Ave, este, na minha opinião, é bem claro. Camará comete falta sobre Rami Rabia, que caiu no relvado, para então se isolar perante Marcelo Boeck e rematar para golo.

 

T8D5Q3SM.jpg

 

54' - golo de Dálcio. Boa jogada individual do avançado do Belenenses, com Marcelo Boeck a ser mal batido no remate.

 

61' - golo de Camará. Grande penalidade assinalada por mão de Sarr. O defesa do Sporting para a bola com o peito, junto ao relvado, e esta terá ido então à mão. Não é claro se o lance foi ajuizado pelo árbitro ou pelo auxiliar ou se a falta foi assinalada no contacto inicial ou no segundo.

 

BJY8PTBT.jpg

  

Notável quebra de rendimento por parte do Sporting na segunda parte. Oriol Rosell muito mal no passe; Sarr a confirmar que necessita de tempo e crescimento no seu jogo; algumas boas indicações por Rami Rabia, mas ainda não está à altura da equipa principal. Curioso que André Geraldes evidenciou-se muito menos hoje, a jogar no seu mais natural lado direito, do que nos outros dois jogos no lado esquerdo.

 

Em análise final, teremos também verificado algumas das razões que levaram a equipa B a ter uma época menos conseguida.

 

Fraca equipa de arbitragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo