Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Três pontos preciosos

Rui Gomes, em 31.10.15

 

Sporting-Estoril.png

 

Cerca de 40 mil espectadores assistiram a uma exibição do Sporting alguns furos abaixo da que se verificou no domingo passado no Estádio da Luz, tanto em termos de construção de jogo como muito mais ainda no que diz respeito à eficácia de finalização, nomeadamente na segunda parte do encontro, com diversas claras oportunidades desperdiçadas, algumas quase de forma infantil.

 

ngCBD771B1-9DAA-46E0-AF4F-1175A085EFB7.jpg

Dito isto, não podemos deixar de reconhecer o mérito do Estoril Praia que realizou um muito bom jogo, especialmente nos primeiros 45 minutos, em que até foi a equipa que criou mais perigo, a obrigar Rui Patrício a duas ou três intervenções de grande nível.

 

Pela ausência de Adrien Silva, Jorge Jesus optou por jogar num 4x2x2x2, com William Carvalho e João Mário mais centrados no "miolo" e Bryan Ruiz e Gelson Martins nas alas, a complementar os avançados Slimani e Gutiérrez.

 

Será justo concluir que foi um daqueles jogos em que a equipa leonina não deslumbrou, sem estar mal de todo. Valeram, sem dúvida alguma, os preciosos três pontos, e é precisamente esta realização, neste tipo de jogo, que no final da época poderá fazer a diferença na tabela classificativa.

 

ng5C92BA58-CE9B-4FD3-9723-199927D3721D.jpg

Dois erros grosseiros por parte da arbitragem, ambos cometidos pelo mesmo árbitro auxiliar, que tiveram influência directa no resultado: o primeiro, uma mão na bola por um defesa do Estoril, em que acredito que o árbitro não estivesse em posição para ver e assinalar, mas o auxiliar estava, claramente. O segundo ocorreu no lance que levou à falta para grande penalidade cometida sobre Teo Gutiérrez, em que o avançado colombiano recebeu a bola em posição irregular.

 

Sem nenhum jogador do Sporting em grande destaque, nota de honra para o jovem Gelson Martins, que mais uma vez fez sentir o seu enorme talento através de vários pormenores de grande nível. Lamenta-se a oportunidade falhada, quando foi lançado na área, apenas com o guarda-redes do Estoril pela frente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


20 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 31.10.2015 às 23:14

SL
O Estoril fez um grande jogo em particular nos primeiros 45 minutos, no entanto ao contrário do Rui, eu acho que o Sporting fez um bom jogo, trocou bem a bola...mas teve pouca eficácia... A bola do Ruiz tem de entrar, a de Gelson também....
Teo, lá "arrancou" o penalty (que é)...mas precedido de fora de jogo.
Para além dos lances que fala, vejo um no primeiro tempo (fora de jogo) tirado a Teo, que o isola e que não está. Na 2ª parte esse mesmo fiscal vê uma falta ... para ver se do livre saia... qqr coisa.
Preciosismo no cartão amarelo a Jefferson... mas não entendo porque é que agora se tem a mania de por a bola fora do quarto de circulo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.10.2015 às 23:53

"Bom" é muito relativo. Esperava muito mais do Sporting. A primeira parte foi dividida e na segundo pecámos, e muito na finalização. Podíamos estar agora a chorar os dois pontos perdidos com aquele excelente remate de Bruno César, aos 88', que falhou por centímetros.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 01.11.2015 às 00:00

Na minha opinião foi bom...
Fizeram jogadas muito boas... mostraram entrosamento... só nos faltou mesmo a eficácia que tivemos no jogo passado.
Excelente remate de Bruno César... OK...
E antes? Ruiz falha de baliza aberta, Jefferson remata mal... etc...
Só temos de lamentar ter sido 1-0... um resultado mais adequado era 3 - 1.
O que interessa são os três pontos... e a continuidade na frente....

Imagem de perfil

De Profeta a 31.10.2015 às 23:15

Diria que também houve um pouco de sorte. Mas de uma maneira geral, foi uma vitória justa.

Mas já se nota ali muitas movimentações interessantes, que vão tender a afinar ainda mais no futuro. Falta claramente criar mais oportunidades para rematar, e finalizar com êxito.
Lá para o inicio da 2º volta, acredito que venha a ser o auge desta equipa.
Sem imagem de perfil

De HY a 31.10.2015 às 23:18

O Rui tem toda a razão em notar que são os pontos deste tipo de jogos que podem ser decisivos no final.
Sem imagem de perfil

De J. a 31.10.2015 às 23:18

Continuo a pensar que neste tipo de jogos, Ruiz na esquerda não rende.
O Sporting ataca quase exclusivamente pelo lado direito, deixando o lado contrário entre apenas a Jefferson.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.10.2015 às 23:56

Ruiz não é ala, ponto final. Vale aqui a teimosia de Jorge Jesus.

Mas, na realidade, já aconteceu contra o Benfica em que João Pereira, sem ala a complementar, tomou conta do lado direito.
Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 01.11.2015 às 00:01

Ainda que em bom rigor os "alas" do JJ não sejam verdadeiros extremos, mas jogadores com posicionamentos fluídos, muitas vezes no meio... Daí que João Mário também lá jogue, Gelson também e não os vemos encostados à linha.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 31.10.2015 às 23:22

Foi sobretudo um bom jogo - na primeira parte com oportunidades repartidas, pese embora os 71% de posse de bola do Sporting e na segunda com dominio total do Sporting que só não alargou o marcador por falha de pontaria

Também gostei muito do Gelson - venha o proximo

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.10.2015 às 23:57

Já disse a outro leitor que "bom" é relativo. Esperava mais e melhor, que até poderia ter acontecido, na segunda parte, salvo a perdulária finalização.
Sem imagem de perfil

De Joao cruz a 31.10.2015 às 23:46

Concordo a 100% com a análise, a exibição podia e desejávamos que fosse melhor mas este foi o típico jogo que é necessário ganhar para se ser campeão. Espero que no próximo seja possível juntar uma boa exibição a um bom resultado mas nesta fase ainda inicial o mais importante é o resultado e dar à equipa espírito vencedor.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.11.2015 às 00:00

Depois da exibição na Luz, era lógico esperar uma outra dinâmica de jogo. Aqueles que criticam Adrien, talvez hoje tenham verificado que fez falta naquele meio campo, até porque, pelas opções de Jorge Jesus, William Carvalho jogou quase sempre muito recuados, por vezes até atrás dos centrais, o que não é desejável.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 01.11.2015 às 00:58

O Teo está fora de jogo ? Têem de por bem o FRAME

https://www.youtube.com/watch?v=1MUcZxqvbLM
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.11.2015 às 01:04

Em contexto, não interessa absolutamente nada o que Jorge Jesus tem para dizer sobre o lance. As imagens disponíveis - e sublinho "disponíveis" - mostram Gutiérrez em fora de jogo.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 01.11.2015 às 01:18

veja o video
Sem imagem de perfil

De Petinga a 01.11.2015 às 05:25

Hahahahahaha

Laike a bóçe
(Haja sentido de humor!)
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 01.11.2015 às 15:27

Jogo pouco conseguido na 1ª parte e melhor na 2ª.Em termos ofensivos e contra uma equipa que nos tentou muitas vezes pressionar mais alto mas que jogava muito compacta,raramente conseguimos quer individual,quer coletivamente desequilibrar o adversário,apesar de envolvermos muitos jogadores no processo ofensivo.

Frequentemente tínhamos 5 jogadores à frente da linha da bola,além do jogador em posse.Incapacidade de utilizar a arma Jefferson.O adversário estrategicamente dava mais espaço a JP.Pouca intensidade do jogo.

Defensivamente mais problemas.Muitas vezes fracos na transição defensiva,permitindo ao adversário tirar a bola da 1ª zona de pressão e encontrar jogadores com espaço para progredir e executar,causando situações de superioridade numérica no meio-campo e originando várias situações bastante perigosas.O ataque posicional,por definição,passa por controlar o jogo com bola.Os passes são feitos pelo lado da segurança.A equipa deve estar compacta de forma a reagir rapidamente à perda de bola.

Se jogam muitas vezes,como jesus joga,com 4-5 jogadores à frente da linha da bola mais importante é 1) não perder a bola,sobretudo quando a equipa está desequilibrada,o que ontem sucedeu várias vezes,e 2) ter uma reação forte à perda da bola,não só pressionando o portador mas encurtando rapidamente os espaços no centro de jogo o que ontem não aconteceu.

Bryan muitas vezes no corredor central permitindo criação de superioridade numérica do adversário no corredor esquerdo.

A linha defensiva não formou várias vezes uma linha perfeita.A primeira jogada de de golo,logo aos 36 seg ,derivou de Ewerton se atrasar a sair.Sucedeu noutras ocasiões,com Jefferson,p.ex..A linha defensiva tem que estar perfeitamente sincronizada para jogar desta maneira.

Resultado:nunca controlámos o jogo e vimos o adversário ser mais perigoso que nós.Fomos relativamente inofensivos ofensivamente.

Na 2ª parte com a correção de certos posicionamentos,tudo diferente.Pressão ao portador da bola e coberturas defensivas eficazes.Sem linhas seguras de passe,os jogadores do Estoril faziam lançamentos inconsequentes que eram facilmente controlados pela nossa defesa.

Maior intensidade e mobilidade tornaram o nosso futebol mais desequilibrador mas falhou a eficácia.Uma 2ª parte muito diferente,mas também cansaço do adversário.
Só foi pena termos visto aquele recuo final que causou algum nervosismo e lá permitiu a falta lateral do costume e um remate muito perigoso.

No geral uma boa vitória de uma equipa que está no bom caminho mas nitidamente ainda não consolidou totalmente os seus processos de jogo e ainda não é capaz de acomodar certas variante estratégicas que o adversário pode apresentar.Foi preciso chegar ao intervalo para corrigir.

Individualmente JP,sobretudo na 2ª parte, esteve muito bem e a continuar assim vai dar mais profundidade ao nosso lado direito e maior imprevisibilidade ao nosso jogo.

William não fez um bom jogo,muitas vezes numa ilha perante os adversários,mas também é natural que ainda esteja a recuperar a melhor forma.
JM muito bem.TG a ajudar à ineficácia da 1ª parte mas a desbloquear o jogo. Montero melhor.

RP a salvar-nos de males maiores no pior período.
Gelson o grande agitador... mas precisa de definir melhor.

Jogo complicado,mas como se diz na crónica é em jogos como este que também se fazem os campeões.
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 01.11.2015 às 21:11

Parabéns ao Bruno de Carvalho por mais uma vez e antes do jogo ter condicionado a arbitragem! Pelos vistos esta estratégia está a dar os seus resultados, e vamos ter um campeão (sim, porque esta época pelo andar da carruagem o campeão já está decidido) que vai ir de favor em favor ganhando os jogos todos como se viu nestes últimos dois, mais o jogo em Tondela.
O suposto lance do penalti a favor do Sporting, nem na 9ª repetição se consegue vislumbrar se é efectivamente panalti. Quanto à jogada que origina o penalti está claramente em fora de jogo.
Este campeonato faz-me lembrar o ultimo que o Sporting ganhou, se não estou em erro, com o Jardel, eles foram quantos penaltis a favor do scp? 20 a 25 certo? Bastava o Jardel atirar-se para o chão mesmo que não tivesse ninguém ao pé dele num raio de 10 metros e era logo um favorzinho que saia da cartola... mas espera ai, o Sporting nunca, mas nunca é beneficiado pela arbitragem...
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 02.11.2015 às 00:11

Esta sua dificuldade em ver um penalty óbvio podia ser igual à minha em ver o offside...mas não,eu vi os dois muito bem além de que houve outro fora de jogo marcado a TG em que se isolou e que estava em jogo.

O penalty é indiscutível.A equipa de arbitragem cometeu dois erros graves contra o Sporting e um a favor .É a contabilidade deste jogo.
Parece-me que os erros foram isso mesmo...erros .O que o árbitro viu ,marcou.
Ver conspirações para favorecer o Sporting é delirante .
E estaria a creditar demasiado o nosso presidente.

Mas eu também não quero benefícios.Quero arbitragens isentas.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo