Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Vão bardamerda mais o fascista"

Naçao Valente, em 07.03.17

 

20297299_U87zV.jpg

A história, hoje pouco conhecida, por quem não acompanhou os tempos revolucionários de 1975, conta-se em poucas palavras. O Almirante Pinheiro de Azevedo que tinha sido nomeado primeiro-ministro, pela facção mais moderada dos militares, para substituir Vasco Gonçalves, viu a sua residência oficial cercada por uma manifestação de trabalhadores da construção civil. Com a força que receberam da extrema-esquerda aproveitaram para contestar o primeiro-ministro, que os procurou desmobilizar, falando-lhe da varanda do palácio de S. Bento. Por mais explicações que desse, Pinheiro de Azevedo, apenas recebia epítetos de fascista. A dada altura,perdeu a paciência e em desespero,respondeu aos insultos, e disse a frase que ficou para a história: “Vão bardamerda mais o fascista”.


A expressão, inserida somente naquele contexto de revolucionarismo extremo, e levada à letra, significa que o Almirante Pinheiro de Azevedo mandou bardamerda apenas aqueles manifestantes, incluindo-se a si próprio quando afirmou "vão…mais o fascista". Ora de acordo com os slogans dos trabalhadores presentes, e o fascista era o próprio primeiro-ministro.

 

naom_561042e04f171.jpg

Bruno Azevedo de Carvalho, recuperou a histórica frase do seu tio-avô, distorceu-a e aplicou-a num contexto completamente diferente e por isso desenquadrada do evento a que presidia. Tinha acabado de vencer, com grande margem, as eleições para os órgãos do Sporting. Não estava rodeado por gente hostil, mas por um grupo de de devotos em êxtase.  Deu à expressão um novo significado aplicando-a a todos aqueles que não são sportinguistas. Pelas minhas contas em Portugal serão, grosso modo, cerca de sete milhões, que são de outros clubes ou que não apoiam clube nenhum. No resto do mundo, são biliões incluindo os que nem sabem da existência do Sporting e muito menos de este outro Azevedo (de Carvalho). Não digam que o homem não é ambicioso. Não digam que não ganha nada, nem bate recordes. Para já, e numa única frase, conseguiu “bardamerdar” todo o mundo, com exclusão dos sportinguistas. E digam lá que não merece estar no livro dos recordes, pela falta de nível, pela malcriadez, pela falta de classe.


Hoje sinto-me feliz e privilegiado por ter nascido sportinguista. Se assim não fosse, também estaria na lista malcheirosa deste ungido do destino, deste ser que se dá ao desplante de criar um mundo, o seu, de povo eleito e de considerar todos os outros como gentios sem alma.


Não sei se o seu tio-avô, designado como almirante sem medo, nas lutas políticas do período revolucionário, se reveria neste sobrinho-neto, que nem na vitória sabe ser digno, já que humildade é palavra que de certo desconhece. E não sei se gostaria de ver a sua figura de combatente da liberdade, envolvida numa eleição de uma qualquer colectividade, por mais importante que seja.


Diz o ditado “que cada um é para o que nasce”. Este homem, Azevedo de Carvalho, nasceu para viver no mundo de “bardamerdices”. É pena que envolva nisso a centenária instituição Sporting Clube de Portugal. É pena que e criticável que os sportinguistas se deixem envolver neste lamaçal e gostem. É pena que se revejam nesta deriva de mau gosto e aplaudam. Está tudo louco? Vem aí mais do mesmo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


63 comentários

Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 07.03.2017 às 11:26

Digamos que BdC não foi o único a distorcer e usar a frase fora do contexto... Isto não desculpando a expressão infeliz do presidente do SCP.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 07.03.2017 às 11:37

Caro Nação Valente,

Mais um excelente texto. Parabéns.

Ontem tive a possibilidade de ouvir parte do programa Dia Seguinte, e chamou-me a atenção algo que o representante do Benfica disse sobre o discurso de BdC. Não me revejo naturalmente na pessoa, mas ele afirmou algo que tem um grande fundo de verdade. Ele afirmou que quem normalmente faz discursos escritos, os mesmos são naturalmente pensados e trabalhados, existindo um maior cuidado e um maior rigor e elevação naquilo que se diz. Acontece que BdC não escreveu nada. Aquilo foi dito do coração. BdC disse o que sente, aquilo que ele acredita, aquilo que ele é.

Ter alguém assim com as chaves do condomínio é extremamente perigoso para o Sporting, para o Desporto e para a Sociedade. BdC está a formatar as mentes de muitos jovens, a trazer à tona o pior da raça humana. Ódio, desrespeito, falta de educação, falta de civismo, o não assumir das culpas e responsabilidades...tudo em prol de BdC. Porque BdC é o Sporting. BdC necessita de alimentar o seu enorme ego, a sua arrogância, e a sua pequenez humana. É um ser emotivo, perigoso, e com discurso belicista. O seu olhar esbugalhado, a sua postura estudada, a voz rouca fingida...este homem é um caso de estudo para a psiquiatria. Será por isso que o Dr. Sampaio lá está?

Sem imagem de perfil

De Guilherme Rosado a 07.03.2017 às 12:48

Pois parece-me que a expressão de BdC era precisamente dirigida a esse representante do Benfica e a outros que como ele diariamente caluniam, achincalham, mentem pondo em causa o bom nome do Sporting. A expressão "bardamerda" é totalmente infeliz, saiu com certeza no fervor do momento e devia ter sido evitada, mas lá que os destinatários fizeram por merecer à isso fizeram.
SL
Sem imagem de perfil

De José Santos a 07.03.2017 às 13:06

Guilherme,

Acha que essa personagem do Benfica (ou outro qualquer) se preocupa com os discursos de BdC? Acha que Pinto da Costa ou Luis F. Vieira se preocupam com aquilo que os comentadores afetos ao Sporting (que também dizem muitas mentiras, calúnias e achincalham) dizem? Você não vê ninguém ligado às direções do Porto e do Benfica a fazer as figuras que pessoas ligadas à direção como Saraivas e Octávios andam a fazer. Nem um. Uma vez por outra pode falar alguém, mas nunca no registo desta gente. A diferença entre as lideranças dos três grandes passa muito para aí. A estrutura é também isso, pena é que quem apoia BdC não perceba isso, antes pelo contrário. Quem lidera o Sporting é um adepto faccioso, rude e mal educado, e com um enorme sentido de inferioridade. Se você se identifica com o estilo, é um problema seu. Acredite, não sou eu que estou mal.
Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 07.03.2017 às 14:47

Já deixou de pagar as quotas?
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 07.03.2017 às 13:54

Não podia estar mais de acordo com o seu comentário.
Há umas semanas, pesquisando sobre a história da fundação do Sporting, descobri uma informação que remetia para os primeiros estatutos do clube que exigiam aos candidatos a sócios que tivessem um bom comportamento social, sendo essa uma matriz fundadora do SCP.
A ser assim, Bruno de Carvalho, com este comportamento reiterado de má educação, teria sido recusado como sócio do Sporting nos tempos da sua fundação...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 15:16

Francisco Maria,
Pois...
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 07.03.2017 às 11:57

O Hirado é mais forte que um tornado!
Imagem de perfil

De PSousa a 07.03.2017 às 12:25

Nação, excelente texto!
Deu para perceber a história do tio-avô e a diferença que existe para o que disse BdC.
Foi por isto que eu votei em "branco", são estas frases, atitudes, em que eu não me revejo e sinto que apesar da obra feita BdC vai acabar por cair se continuar neste tortuoso caminho. Houve (86%) que lhe deram uma segunda oportunidade pois quem apareceu para o combater, não fez mais do que BdC vem fazendo, criticando o que foi mal feito no passado! Tenho a certeza que se aparecesse um Benedito, seria mais renhida a "batalha" e se aparecesse um Rogério Alves, seria ainda muito pior para BdC. Senti muitos dos sócios do SCP a votarem BdC, mesmo não gostando dele dado que a alternativa era PMR. Enfim... No meu caso mostrei a minha insatisfação pelos dois, um pelas suas atitudes, outro por não achar que traria mais valia ao Sporting.

Quanto ao "bardamerda", a meu ver, foi mais uma tirada infeliz e seja com textos escritos antecipadamente ou ao "natural" nada valida o ter feito. Esta parte do discurso mostrou mais uma vez que não "sabe ganhar" e que irá continuar com este discurso do "os nossos rivais que tremam"..."somos os maiores" etc... o "resguardar" 6 meses antes da campanha foi sol de pouca dura!
Que o FUTEBOL de 11 não nos dê títulos nos próximos 2 anos e BdC estará em maus lençóis, nem as claques o safam!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 14:47

José Sousa,
Aprecio a sua atitude de separar a crítica a BdC da convicção que era o único candidato possível por falta de opositor convincente. Mostra que não tem a visão acrítica dos incondicionais. Concordo que a sua permanência está mais dependente de títulos do que de tiradas infelizes.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.03.2017 às 15:23

Nação,
Vou marcar o baptizado e você vai ser o padrinho, eu não sou José! LOL
Infelizmente para o SCP temos um presidente muito mais adepto do que a função que ocupa e de repente o pé vai para o "chinelo"!
A minha visão costuma ser abrangente e critico quando o devo fazer e critico quem critica só porque sim ou quando acho que é em "demasia".
Sim, BdC está agora dependente de resultados, a próxima época já não dá mais para estar a 12 pontos e a lutar pelo 3º lugar!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 15:31

PSousa,
O seu a seu dono. As minhas desculpas por lhe alterar o nome. Todos erramos pelo menos uma vez na vida. Não se aborreça por lhe ter chamado José, pois garanto que é um bonito nome.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.03.2017 às 15:34

Acha que me vou aborrecer com isso, tanta coisa na vida!
Errar é humano.. e eu sou brincalhão!
Abraço Leonino!
Sem imagem de perfil

De Paulo Campos a 07.03.2017 às 12:55

Devo ser o único a achar que a boca que mandou não foi apenas para os rivais mas sim para os 14% que não votaram nele.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 07.03.2017 às 13:07

Não tenha dúvidas disso.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 14:48

Paulo Campos,
Concordo, "a boca" é para todos os que não o idolatram.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.03.2017 às 15:25

Paulo Campos,
De acordo, os "outros" é que quiseram empolar a coisa. Mas também lhe digo, seja para os 14% seja para quem for... a frase não é de "presidente", principalmente quando ganhou com uma maioria!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 07.03.2017 às 13:28

Do pouco que fui vendo e ouvindo, é notável como os comentadores pró-BC se esforçam por desvalorizar o incidente.
Momentos infelizes todos nós temos, nomeadamente em ocasiões de pressão e stress e, por vezes, para deixar sair o vapor, sai-nos uma deselegância. Só que, neste caso, não se estava num desses momentos. Por outro lado, o presidente do SCP não é o zé da esquina e tem de perceber que, com estas atitudes, desrespeita muito mais o clube do que qualquer adversário.
Dizem que a frase se dirigia aos comentadores que o atacam. Mais uma vez o presidente do SCP desce ao nível do comentador? É esse lado institucional que não compreende ou não quer compreender.
Os ditos paineleiros são aquilo mesmo. Alguém já se esqueceu que José de Pina não há muitos séculos se reunia com elementos da oposição, até ao momento em que lhe ofereceram uma remuneração primeiro na Sporting TV e depois Na TVI 24?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 14:52

É isso mesmo. Nenhum dos seus comentadores se atreve a contrariá-lo. Uns por devoção, outros por necessidade. Não lhes fica bem.
Sem imagem de perfil

De Heraldo Carmo a 07.03.2017 às 13:28


Bardamerda para as Virgens Ofendidas
Começo assim este texto, porque a hipocrisia quando começa a ser demais também enjoa. E não pensem que estou de acordo com grande parte daquilo que Bruno de Carvalho diz e faz, nem de perto nem de longe. Porém não vi aqui ninguém a ofender-se com o apito dourado, não vejo aqui ninguém a ofender-se com quase 1000 milhões de euros que os jornais dizem ser a divida do Presidente do Benfica ao BES, não vejo ninguém a ofender-se com os Vauchers, não vejo ninguém a ofender-se com os roubos das arbitragens quase sempre a favor dos mesmos, não vejo ninguém a ofender-se quando o treinador do Benfica ameaça o mundo do futebol com 6 milhões de adeptos em fúria, mas um Bardamerda, que para mim foi extremamente bem aplicado...ai Jesus que o presidente do Sporting é mal educado.
Sejamos sérios e ser sério não é sinónimo de palavras bem intencionadas, nem de frases bonitas, mesmo que pronunciados pelas mais venenosas cobras. Fartos de pessoas bem falantes (leia-se croquetes) andamos nós e foi por estarmos fartos deles que Bruno de Carvalho obteve uma maioria avassaladora (ou ainda não entenderam),. A carapuça não serve a todos (mas quase), porém mais bardamerda menos bardamerda possivelmente é ainda pouco para o que grande parte deles merece.
Sem imagem de perfil

De Luis Pereira a 07.03.2017 às 13:40

Ser sério é repetir o disco que lhe deram sem pensar em tudo o resto?

Pensar o clube? Nada!! O clube está perfeito o problema está nos outros que nos querem destruir.

Tenha juizo!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.03.2017 às 14:20


Ser sério....

Ser sério, é neste caso ter sentido critico constante. Onde andava o meu amigo no tempo do Eng. Godinho Lopes e quejandos (90 milhões em apenas 2 anos), ser sério é olhar atentamente para a recuperação económica e desportiva do Sporting em apenas um mandato (poderia ser melhor, com certeza que poderia), ser sério é olhar para o Pavilhão João Rocha e poder dizer que finalmente temos uma casa para as modalidades, ser sério é saber que as modalidades outrora definhavam e que agora temos mais de 50 em actividade e todas pujantes. O grande problema de alguns Sportinguistas é acharem que os demais são burros, por não estarem na linha da Croquetice, aliás como o sr, que não tem pejo em afirmar que me deram uma cassete, saiba que não necessito de cassetes, que penso pela minha cabeça, que aceito opiniões diferentes da minha(desde que fundamentadas).
Preocupem-se com o Benfica que domina o panorama do futebol pela via da mentira. Preocupem-se com a Comunicação Social que é completamente dominada por interesses que não os desportivos, preocupem-se com o sucesso da causa Sporting. Sei que durante o presente mandato do Dr. Bruno Carvalho, muitos deixaram de comer á borla umas dúzias de croquetes, umas dezenas de rissóis e que outros tiveram como eu de começar a pagar bilhete para ir ao Futebol, mas sinceramente será que é caso para tamanha azia?? Com esta qualidade de opositores o Dr. Bruno de Carvalho será presidente do SCP eternamente.
Sem imagem de perfil

De Heraldo Carmo a 07.03.2017 às 14:55

Esta resposta saiu com a identificação de anónimo mas deveria ter saído como Heraldo Carmo.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 07.03.2017 às 17:12

Devia ter saido como "Mister do café" ... que disco riscado...

Será que há mesmo alguém que acredita nessas tretas todas?
Sem imagem de perfil

De Heraldo Carmo a 07.03.2017 às 17:58


Aprenda comigo, já que sozinho não vai longe. Mas o que é isso do "Mister do Café" (não sei de que está a falar), mas deve ser alguém importante. Possivelmente será alguém perspicaz e que sabe pensar. Recomendo-lhe um exercício bastante fácil (digo eu), basta fazer comparações, por uma vez pense, imagine o que era o Sporting há 4 anos e o que é agora e chegue sozinho a uma conclusão. Mas será que nessa altura o Marcol (ou lá como se chama) não tinha sentido critico? Será que para si estava tudo bem porque estávamos na falência. Por acaso já reparou que o Dr. Bruno de Carvalho obteve uma vitória onde trucidou aqueles que pensam como você. E sabe porque a obteve? Eu explico-lhe, obteve-a não porque seja brilhante, obteve-a porque vocês não valem um pintelho duma velha. Será que vão passar mais 4 anos a dizer mal, a ficarem furiosos sempre que o Sporting ganha, será que vão continuar com tanta bazófia para no fim aparecerem com um programa eleitoral quase imperceptível, melhor dizendo para totós. Já agora faça o favor de enviar o orçamento do fecho do fosso e colocação de cadeiras para o email do Sporting, para a nova administração poder contactar o empreiteiro. Será que você é mesmo do Sporting? Duvido.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.03.2017 às 15:02

Heraldo Carmo,
Nesta questão não há virgens ofendidas. Ou consideramos que é de mau gosto ou não. No quotidiano todos usamos essas expressões, em contexto familiar ou de amigos, mas o Bruno de Carvalho é presidente de uma grande instituição e fala para o público. Quanto à questão dos croquetes posso referir alguns: Ricciardi, Dias Ferreira, Rui Oliveira e Costa, Paulo Andrade, Barroso, o inenarrável Zé dos tachos, entre muitos outros. Todos apoiantes de BdC. Converteram-se ao pastelinho?
Sem imagem de perfil

De Heraldo Carmo a 07.03.2017 às 15:28

Sim é de mau gosto. Ponto
Quanto aos Croquetes, possivelmente estarão a mais no núcleo de apoiantes do Dr. Bruno de Carvalho. Ponto

Mas diga-me, serão estes assuntos essenciais á vida do Sporting? Não haverá mais Sporting para lá do Bardamerda? Coisas muito mais graves já foram pronunciadas por outros presidentes e funcionários nossos adversários e ninguém daqui ousou sequer comentar, quanto mais os adeptos e sócios desses clubes.
Os nossos adversários são o Benfica e o Porto, e todos os órgãos comandados por estes, sejam de comunicação social, federativos ou outros. Este é o busílis e não um bardamerda evitável, mas que não aquece nem arrefece o panorama desportivo Nacional, nem sequer a felicidade e a afirmação do Mundo Sporting.
Sem imagem de perfil

De CFB a 07.03.2017 às 14:30

Como parte "visada" na expressão utilizada pelo Dr. Bruno de Carvalho, devo dizer que não me senti ofendida; para mim é como se alguém me mandar bardamerda no trânsito, entra a cem e sai a duzentos. Interpretei a frase como um impulso, dita no calor do momento; seria passível a um pedido de desculpas, não sei se será feito, aliás, acho improvável depois de estes dias volvidos.

Creio que o recado do Dr. Bruno de Carvalho era mais direccionado a quem não votou nele e à massa adepta benfiquista, que está afecta ao seu moinho de eleição. Mas generalizou, e aí foi o seu grande erro. Nem foi a expressão usada, foi o facto de generalizar. E da mesma forma que eu não me ofendo, não generalizo e compreendo que muita gente fique ofendida. E não vale a pena chamar virgens ofendidas a essas pessoas; estão no seu direito.

O que eu acho extraordinário é que muita gente defenda,justifique e/ou aprove a atitude. Mais uma vez ressalvo: compreendo que, na emoção e no calor do momento, saiam boca fora coisas pouco pensadas. O Dr. Bruno de Carvalho é humano como todos nós e pode errar; não é um deus infalível que vai lançar raios castigadores pelos olhos ao sportinguista que ousar dizer que aquele foi um mau momento.

Porque foi, e manchou, lamentavelmente, todo um discurso que tinha todo para ser um excelente discurso de vitória.

Saudações desportivas.

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo