Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vitoriosos no momento decisivo !

Rui Gomes, em 30.06.16

 

portugal.jpg

 

Depois de um jogo que mesmo antes de chegar às grande penalidades serviu para dar cabo dos nervos a um santo, deixo este post para debate livre entre leitores.

 

Parabéns a todos, com nota de honra para Rui Patrício pela defesa vitoriosa e para Renato Sanches, com o golo que o fez o mais novo de sempre a marcar na estreia como titular pela selecção portuguesa, assim como o mais novo a celebrar numa fase a eliminar de um Campeonato da Europa (18 anos e 317 dias) em toda a história, marca que pertencia a... Cristiano Ronaldo (19 anos e 146 dias).

 

Viva Portugal !

 

P.S.: Não vamos falar da arbitragem, mas houve falta indiscutível sobre Cristiano Ronaldo para grande penalidade, aos 30 minutos.

 

6BVF14JW.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De motociclista9 a 30.06.2016 às 23:07

Mais uma vez o jogador do jogo para quem não devia ser convocado para o Euro ou só entrar quando se estivesse a ganhar não está mau,o outro apelidado de pés de veludo nem de veludo nem de pedra não mostrou nada não só neste jogo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.06.2016 às 23:16

Eu sei que não devia fazer qualquer pergunta a quem faz este tipo de comentário, mas quem é o outro com "pés de veludo" ?

Isto, a título de curiosidade.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 01.07.2016 às 01:26

Ele refere João Mário.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 30.06.2016 às 23:09

Depois da soneca da Croácia, um jogo a sério para sofrer.

Que exibição inacreditável de Pepe. Em todas. Melhor jogo de William no euro, meio campo todo dele, excelente no passe. Aquele amarelo pode ter sido essencial, e embora o Danilo tenha entrado mal, percebo a substituição, ele já tinha feito uma ou outra falta no limite. João Mário bastante em baixo... cansaço? Patrício sempre fortíssimo em penalties, nada fácil aquela bola! Trabalho abnegado de Adrian. Gosto muito do Raphael, esperemos que recupere... Depois daquela entrada horrível do Cedric, recuperou bem. O Ronaldo está sem remate fácil, tem um falhanço a papel químico igual à Islândia, a passe de Moutinho (que entrou bem). O Renato desaparece um bocado na ala, mas esteve muito bem na primeira parte. O descanso de uma semana vem mesmo a calhar para todos.

Valeu pela emoção, mas a jogar assim só com muita sorte passamos a Bélgica (Gales seria bem melhor). Portugaaaaal!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.06.2016 às 23:20

Pepe, sem dúvida, mais uma vez. Para mim o melhor jogador luso deste Europeu.

O Raphael Guerreiro faz muita falta.

Quem sabe o futuro ?... Cada jogo tem a sua história, e seja a Bélgica ou o País de Gales, haverá, decerto, uma táctica adequada ao adversário. Mas não há dúvida que precisamos de mais ataque, de mais remates e de mais eficácia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Benfiquista a 01.07.2016 às 15:46

Acho que o William esteve bem (apesar de não ter conseguido travar o Lewandowski no golo, mas não era fácil) mas, por acaso, até nem achei o melhor jogo dele neste Euro.
Pepe, de facto, está uma máquina.
Parece-me que o João Mário não está a mesma formiguinha trabalhadora e construtora que costuma ter na maioria das vezes quando joga no SCP, mas não posso dizer que esteja a jogar mal, longe disso.

De facto, e até com alguma lógica, que quando o meio-campo tem lá as peças do Sporting, a coisa parece ganhar mais consistência, e ainda bem.

Na defesa, enfim sobre o Pepe acho que já se disse tudo, mas prefiro o Raphael Guerreiro ao que jogou ontem. É a vida! Apesar do erro no golo, o Cedric penso que depois compensou...

O Rui Patrício está a fazer um campeonato de luxo! Acho que cometeu um erro num outro jogo numa saída dos postes, que parece ser um dos fracos dele, mas não teve consequências. Fora isso, impecável.

Força Portugal! gostava era de ver um jogo em que ganhássemos antes dos 90'. Mas sermos campeões sempre com empates...também aceito :)

Saudações.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 30.06.2016 às 23:37

Há aí um erro.
Renato Sanches tem sim 23 anos e 317 dias...

Quanto ao jogo, é assim, retranca total, jogadores fora das suas posições e fé, muita fé... Colocar João Mário ou Renato nas alas é mesmo de Inginheiro...

Já não temos por cá o devoto a Nª Sra do Caravggio, mas temos todos os santos do nosso lado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.07.2016 às 00:44

Caro Ricardo Rodrigues,

O seu excelente comentário vai aparecer como post esta sexta-feira. Obrigado.
Sem imagem de perfil

De Sv a 01.07.2016 às 01:27

Mais uma vez conseguimos manter a nossa sina de não conseguir ganhar um jogo nos 90min. Felizmente a estrelinha continua brilhar e quem sabe até nos leve à final.
Não houve péssimas exibições mas sim a exibição razoável de uma equipa razoável com um fenómeno apagado.
Força Portugal e força estrelinha!
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 01.07.2016 às 03:07

Joao Mario uma sombra do que pode fazer , um jogador bastante desgastado a precisar de ferias urgente.

Pepe, melhor Dom Pepe com um jogador assim dá confiança a qualquer equipa.
Sabia que Patrício sacaría pelo meno um dos penaltis.
William vai fazer imensa falta nas meias logo agora que estava a encarreirar no nosso meio campo.

Num áparte , que melão para os iluminados Pedro Henriques e Luis Freitas Lobo (principalmente este ) nao terem sido selecionados para comentar os jogos de Portugal , ultrapassados pelo recem chegado Simão Sabrosa que mesmo sem esperiência dá-lhes 10 a zero .
Que aprendam com o Simão como se deve comentar um jogo sem ser-se "pesado" , sem cansarem o expectador .
Luis Freitas Lobo já era e para mim nunca foi.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 01.07.2016 às 17:13

Não gosto da maneira como jogamos,mas isso é o "understatement" do ano.
É só ver alguns blogues em língua inglesa e ficamos esclarecidos.

Portugal não tem ideias para o momento ofensivo.Os médios-ala jogam mais dentro ,os laterais dão profundidade mas depois,não há combinações,os passes são sempre feitos com pouco risco,não há uma pressão alta eficaz...
A atacar a prioridade é estarmos sempre equilibrados,não há uma ideia de jogo ofensivo coerente que seja implementada.

Estamos entregues às individualidades..

"O ataque ganha jogos mas a defesa ganha campeonatos",eis a máxima de FS.

Os jogadores mais importantes no processo ofensivo têm estado discretos.
Veremos até onde isto nos leva...mas não esquecer que em 2004 uma Grécia como vimos ganhou esse Europeu.

No jogo de ontem nos primeiros 30 min nem defender bem fomos capazes.

Sem pressão alta-o habitual-permitindo muito espaço entre linhas e nos corredores laterais ,vimos os polacos fazerem jogadas interessantes que nos podiam ter liquidado.

O golo e algumas alterações posicionais devolveram-nos ao "normal".

Individualmente também o "normal".
Tirando o erro de Cédric a defesa esteve bem com Pepe a ser o nosso melhor jogador.Esteve intratável.
Alguma descoordenação aqui e ali com Fonte.
Ofensivamente os laterais nada fizeram.

Rui Patrício faz uma defesa enorme no penalty.
Dificilmente não defende uma penalidade nestas séries...o que é um grande ativo.

William esteve bem.Renato Sanches fez melhor jogo que lhe vi,sobretudo após o golo.Mas desapareceu na 2ª parte e no prolongamento....e não sabe jogar junto à linha.Pura e simplesmente não sabe.

Adrien não jogou mal mas é um jogador muito diferente do jogador no Sporting.
Mas cumpre com o que lhe é pedido.Falta-lhe sobretudo a dimensão ofensiva.

J Mário ,o mesmo.Não acho que seja apenas cansaço,Quase não dribla ,passes sempre curtos,sobretudo tenta não perder a bola....tem de facto estado abaixo do JM que nós conhecemos.

CR ,além de não estar bem ,tem uma missão de sacrifício.Entra bem no esforço coletivo...mas é pouco para um jogador como Ronaldo.
Também falhou várias oportunidades, o que não é habitual.
Nani ,o mesmo.muito sacrifício,pouca produtividade atacante.
Quaresma ontem não desequilibrou.

Um futebol pobre ofensivamente.
Contra os "tubarões" temos sempre a "opção Croácia".

Veremos então até onde nos leva esta equipa.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo