Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vem aí os 'oitavos' da Champions...

Rui Gomes, em 09.12.21

917361-912870-twitter-4.jpg

A fase de grupos da Liga dos Campeões está concluída, salvo o encontro do grupo F, entre o Villarreal e Atalanta, que foi adiado para quinta-feira devido à neve que caiu em Bérgamo.

Das equipas portuguesas, apenas Sporting e Benfica avançam para os 'oitavos', embora com a garantia que cada um tem pela frente um "tubarão" na próxima ronda.

O sorteio, refira-se, está marcado para segunda-feira, em Nyon, na Suíça, pelas 11h00.

CABEÇAS DE SÉRIE (vencedores de grupo)

- Manchester City (grupo A)
- Liverpool (grupo B)
- Ajax (grupo C)
- Real Madrid (grupo D)
- Bayern (grupo E)
- Manchester United (grupo F)
- Lille (Grupo G)
- Juventus (Grupo H)

NÃO CABEÇAS DE SÉRIE (2.º classificado de grupo)

- Paris SG (grupo A)
- Atlético Madrid (grupo B)
- Sporting (grupo C)
- Inter Milão (grupo D)
- Benfica (Grupo E)
- Salzburgo (Grupo G)
- Chelsea (Grupo H)

À primeira impressão, ficamos com a ideia que o oponente mais "apetitoso" é o Lille, clube que conseguiu vencer o grupo G com um registo de 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota, apenas 7 golos marcados e 4 sofridos.

Além do emblema francês, pode-se argumentar que, teoricamente, os outros mais viáveis serão o Manchester United, a Juventus e tanto o Villarreal como o Atalanta.

Tudo muito subjectivo, no entanto...

publicado às 03:49

Momento de (má) forma de Nuno Santos

Rui Gomes, em 09.12.21

gettyimages-1235296882-2048x2048.jpg

"(...) Nos últimos tempos, o Nuno tem estado abaixo do que nos habituou, principalmente com a falta da sua habitual impetuosidade e explosão".

Observação do meu colega redactor Leão do Norte, na sequência do debate sobre o embate com o Ajax FC, em Amesterdão, em que Nuno Santos marcou um belo golo, mas, mesmo assim, rubricou uma exibição muito "cinzenta".

Só Rúben Amorim poderá verdadeiramente esclarecer a performance deste nosso jogador, que eu continuo a considerar muito importante para o sucesso do Sporting, mas não deixo de ficar com a ideia que a perda da titularidade para Sarabia afectou-o, pela negativa.

Na época em curso, Nuno Santos já participou em 23 jogos, 12 dos quais como titular, com 1185 minutos de jogo (média de 52 minutos por jogo), com 5 golos marcados e apenas uma assistência. No campeonato, foi titular em 8 jogos e suplente utilizado em 5.

publicado às 03:48

fiba3_0.jpg

A equipa principal de basquetebol do Sporting CP entrou com a mão direita no grupo K da segunda ronda da FIBA Europe Cup, esta quarta-feira, ao vencer no terreno dos polacos do Trefl Sopot por 72-83 em jogo referente à primeira jornada desta fase da prova.

O encontro marcou a estreia recém-regressado Shakir Smith, mas foi Tanner Omlid que se assumiu como protagonista com três triplos fundamentais para o 40-54 ao intervalo.

À entrada para o último período, o resultado era de 53-71e os leões relaxaram ligeiramente na recta final.

Destaque para as exibições de Travante Williams (18 pontos, quatro assistências e dois ressaltos), Joshua Patton (16 pontos, cinco ressaltos e uma assistência), e Tanner Omlid (16 pontos, quatro ressaltos e uma assistência), que foram os jogadores que mais se evidenciaram em termos estatísticos.

A segunda jornada do grupo K está marcada para quarta-feira, dia 15 de Dezembro, em casa, frente aos romenos do CSM Oradea.

publicado às 03:47

263600607_10157999852796923_4851010741878774546_n.

A equipa de voleibol do Sporting CP confirmou, esta quarta-feira, a passagem aos oitavos-de-final da CEV Challenge Cup. Os leões foram à Sérvia vencer o OK Nis por 1-3 na segunda mão dos 16-avos-de-final, o que, juntando ao 3-1 em Lisboa, deu a passagem ao emblema de Alvalade.

Os dois primeiros sets serviram para ver uma grande superioridade por parte do Sporting CP, que não teve problemas em cavar um grande fosso em relação ao adversário. 15-25 para o 0-1 e 19-25 para o 0-2 e o conjunto orientado por Gersinho já estava apurado para a fase seguinte da competição europeia.

Os leões vão agora defrontar, nos oitavos-de-final, os franceses do Narbonne Volley.

publicado às 03:46

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 09.12.21

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 14.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-Boavista FC

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Marcos Brazão
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Nélson Cunha

FC Porto-SC Braga

Árbitro: Rui Costa
Assistentes: João Bessa Silva e André Dias
4.º árbitro: João Gonçalves
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

FC Famalicão-SL Benfica

Árbitro: Hugo Miguel
Assistentes: Bruno Jesus e Ricardo Santos
4.º árbitro: João Bento
VAR: André Narciso
AVAR: Paulo Brás

publicado às 03:45

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 08.12.21

1965-Iso-Grifo-A3C-Stradale-17.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1965 Iso Grifo A3C Coupe - Leilão 2019 - 1,3 milhões de dólares

publicado às 23:00

Camarote Leonino em destaque

Rui Gomes, em 08.12.21

5-Best-Ways-To-Speed-Up-Mac-Lion-OS-X.png

Um total de 17 destaques especiais entre 22 possíveis durante o mês de Novembro, no 'top-ten' do SAPO blogs, com o total de 643 comentários, uma média de 38 comentários por post.

Por ordem cronológica, os posts foram os seguintes:

Um assunto tão incómodo como sensível (39)

Preparação para o Besiktas (27)

As Notas de Julius 2021/22 (17) (35)

As Notas de Julius 2021/22 (18) (52)

O Sporting deve renovar com Feddal? (21)

Um ser inqualificável au naturel (80)

Inexplicável exibição de Portugal num jogo decisivo (30)

Ponte de ligação aos leitores (35)

Conferência de imprensa de antevisão ao Varzim (18)

Convenceu-me! (20)

As Notas de Julius 2021/22 (19) (20)

Leões vencem dérbi com segunda parte arrasadora (20)

Enorme Sporting!!! (29)

As Notas de Julius 2021/22 (20) (72)

Uma vergonha para o futebol português (52)

As Notas de Julius 2021/22 (21) (33)

Quem vai substituir João Palhinha? (60)

Estes são os comentários registados directamente no blogue, mas que não reflectem os muitos mais nos vários espaços da blogosfera e das redes sociais onde os nossos posts são partilhados.

A equipa de redactores do Camarote Leonino mantém o seu excelente trabalho, muito bem complementado pelos estimados leitores, a quem agradecemos.

publicado às 21:30

264484574_10158081253581555_7576423954143392838_n.

Com 14 golos marcados na fase de grupos da Champions, este é o melhor registo ofensivo do Sporting na história da sua participação na liga milionária.

E para os mais cínicos - e há sempre alguns -, exemplos como base de comparação:

- PSG - 13 golos marcados

- Atlético de Madrid - 7 

- Borussia Dortmund - 10

- Real Madrid - 10

- Inter Milan - 8

- Manchester United - 11

- Chelsea - 13

- Juventus - 10

E mesmo os poderosos Manchester City e Liverpool só somam 18 e 17 respectivamente. O mais marcador de todos é precisamente o Ajax com 20, mais um que o Bayern Munique, que neste momento ainda tem um jogo por disputar.

Em nota separada, a equipa leonina treinou esta manhã em Amesterdão antes de regressar a Lisboa, o que deve acontecer ao fim da tarde. Os titulares do jogo fizeram trabalho de recuperação na unidade hoteleira, enquanto os restantes elementos treinaram às ordens de Rúben Amorim no centro de estágios do AFC Ajax.

O regresso ao trabalho na Academia está agendado para amanhã, às 10h30.

publicado às 17:45

UEFA Youth League - Ajax 2 Sporting 3

Rui Gomes, em 08.12.21

publicado às 12:00

As Notas de Julius 2021/22 (23)

Julius Coelho, em 08.12.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Ajax no Johan Cruijff Arena, em Amesterdão, da 6.ª e última jornada da fase de grupos da UEFA Champions League, que resultou numa derrota por 4-2. Golos de Nuno Santos (22') e Tabata (78').

Em mês festivo, o Sporting brindou o Ajax com 3 presentes que atraiçoaram uma boa primeira parte dos seus jogadores que não se deixaram intimidar pela melhor formação do Ajax. A equipa mais jovem de sempre na Liga dos Campeões acabou por ser vítima da sua inexperiência cometendo erros bem infantis e que resultaram em três golos fáceis da formação holandesa. Ainda pairou o muito cruel fantasma da goleada em Alvalade, mas um fantástico golo de Bruno Tabata deu maior justiça ao resultado final com a diferença de dois golos.

264617008_10158080325841555_7984370361178387435_n.

DESTAQUE - BRUNO TABATA - 4 - Destacou-se pela excelente assistência para o golo do Nuno Santos e depois quando fuzilou a baliza de Remko, que só teve tempo de mexer os olhos. Numa missão muito ingrata à Paulinho, na pressão aos defesas holandeses, teve alguns lances de bom registo que reclamam mais minutos ao treinador.

JOÃO VIRGÍNIA - 3.5 - Se era um teste saiu-se bem, não tendo culpa nos golos sofridos, com os 'holandeses' a aparecerem-lhe na cara. Rubricou algumas defesas de elevado nível de dificuldade e mostrou personalidade nas decisões.

GONÇALO ESTEVES - 2.5 - Realizou um grande sonho, com 17 anos estreou-se na Liga dos Campeões. Entrou muito mal no jogo, encolhido e tímido no um para um, sem nunca conseguir ultrapassar o seu opositor que lhe caía logo em cima. Com o decorrer do jogo foi ganhando confiança e melhorando a sua produção. Tem um bom nível técnico e é corajoso nas iniciativas, falta-lhe só a experiência dos jogos deste calibre. 

LUÍS NETO - 3 - Foi igual a si próprio, tentou várias vezes assumir o comando da defesa e da equipa mas as suas limitações técnicas condicionaram a sua intenção . Muito combativo apareceu sempre  a dobrar tudo e todos.

GONÇALO INÁCIO - 2 - Desastrado, sabe fazer muito melhor, deixou-se encurralar várias vezes pelos adversários, faltou-lhe maior concentração e mais agilidade a pensar. Infantil o seu passe à queima para um colega, que resultou num brinde para o segundo golo do Ajax, num momento decisivo do jogo. Com o empate no marcador e a chegar ao intervalo, sem este erro a segunda parte poderia ter tido outra história.

MATHEUS REIS - 3.5 - Foi o melhor elemento da defesa, sempre lúcido nas suas acções, inesperadamente acabou por assumir o comando e a organizar as acções defensivas contra um adversário que metia sempre muita gente junto à área do Sporting. Cresceu muito nos últimos jogos, está um outro jogador muito diferente do que vimos no início da época.

RICARDO ESGAIO - 3 -Tinha uma missão bastante complicada, travar o melhor jogador do Ajax, o extremo brasileiro Antony, que destruiu o Rúben Vinagre no jogo em Alvalade. Mostrou-lhe os dentes de leão logo a abrir a partida e acabou por levar-lhe quase sempre a melhor. Esperava-se mais do Esgaio nas acções de construção do ataque.

MANUEL UGARTE - 3.5 - Apesar do resultado, voltou a rubricar uma boa exibição e não foi por ele que a equipa perdeu. Pouco apoiado, desempenhou sempre bem a sua missão, incansável a cortar as linhas de passe do meio campo holandês em que recuperou algumas bolas. Depois do enorme desgaste do embate na Luz, deixou excelentes indicações de um futuro craque naquela posição.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Desapontou numa primeira parte inesperadamente horrível, raramente conseguiu ligar o jogo com os colegas, mal na pressão, acusou bastante a falta infantil que cometeu logo aos sete minutos que causou o penálti e o primeiro golo do Ajax. Decerto que o Sporting não precisava desta adversidade em casa de um temível adversário. Demorou muito a recompor-se, mas na segunda parte apareceu finalmente decidido a dar outra imagem à sua exibição onde rubricou lances de excelente recorte técnico a sair da pressão e que lhe salvaram à pele a nota positiva. 

NUNO SANTOS - 2.5 - Era também a sua hora, contudo, lamentavelmente, deixou passar o comboio. Marcou um golo pleno de oportunidade a um excelente cruzamento de Tabata e pouco mais se viu. Tecnicamente esteve desastroso e optou quase sempre pelo critério errado.

TIAGO TOMÁS - 2 - Precisa muito de evoluir rapidamente, é confrangedor vermos as suas limitações técnicas, muito trapalhão e previsível foi presa fácil na teia da defesa do Ajax. Precipita-se excessivamente em lances que exigem melhor leitura.

PAULINHO - 2 - Tirando algumas tabelinhas bem executadas, um remate em boa posição quase frontal à baliza do Ajax, em que a bola saiu ao lado do poste, e a entrega da bola para o tiro de Tabata, pouco mais se registou nos trinta minutos que jogou a substituir o pouco produtivo Nuno Santos.

PEDRO GONÇALVES - 2 - Entrou para substituir o inútil Tiago Tomás mas também pouco ou nada fez para melhorar a dinâmica da equipa. Viu-se dar alguns "cumprimentos" aos holandeses que lhe apareceram pela frente.

FLÁVIO NAZINHO - 2 - Alinhou nos vinte minutos finais, na lateral esquerda, trocando com Ricardo Esgaio. O Ajax obrigou-o a aplicar-se a defender e a não largar a sua posição. Com 18 anos, falta-lhe naturalmente muita experiência, o que foi visível em vários lances. Muito preocupado em não falhar, tentou simplificar no passe. Teve um bom lance na área do Ajax, solto, rematou para a bancada.

PABLO SARABIA - 1 - Entrou para o quarto de hora final a substituir o desgastadíssimo Ugarte, mas não mais se viu.

DÁRIO ESSUGO - 2 - Escreveu a segunda página notável na sua história ao ser o mais jovem (16 anos) a actuar na Liga dos campeões pelo Sporting (Gonçalo Esteves é o mais jovem como titular). Ainda fez um corte precioso para canto num lance de golo iminente dos holandeses.

RÚBEN AMORIM - 4 - Corajoso a enfrentar a melhor formação do poderoso Ajax na sua própria casa, com uma equipa com muitos jovens inexperientes. Arriscou uma derrota já esperada mas fez ganhar muitas coisas aos jovens jogadores que meteu em campo. Voltou a ganhar o respeito, a admiração e maior confiança de todos do plantel. Sabem que podem contar com ele se derem sempre o máximo. Os adeptos podem não ter gostado das suas opções para o jogo, mas o Rúben tem um plano definido de que não abdica em nome do Clube que estará sempre em primeiro lugar.

ERIC HAG - 5 - Com o primeiro lugar do grupo garantido não facilitou e apresentou a sua melhor equipa, principalmente porque procurava o recorde da primeira equipa holandesa a vencer os quatro jogos na fase de grupos da Liga dos Campeões. Fizeram um jogo sério e competente o que valoriza mais ainda as actuações dos jovens jogadores do Sporting. São de facto uma equipa muito bem trabalhada, principalmente nos processos ofensivos muito similares aos que são utilizados pelo Bayern Munique.

DAVIDE MASSA (Árbitro) - 3.5 - Complicou algumas vezes sem qualquer necessidade na apreciação das faltas. Deu espaço a alguma dureza dos jogadores holandeses que matavam as iniciativas do Sporting de qualquer forma. Tanto assim, que o Ajax cometeu 19 faltas contra as 9 do Sporting, no entanto viu os mesmos dois amarelos.

PAOLO VELERI (VAR) - 5 - Viu o lance do Daniel Bragança para penálti dentro da área do Sporting alertando e bem o árbitro.

publicado às 04:03

Screenshot (490).png

João Virgínia, Manuel Ugarte, Daniel Bragança, Tiago Tomás, Gonçalo Inácio, Luís Neto (cap.), Nuno Santos, Ricardo Esgaio, Bruno Tabata, Matheus Reis e Gonçalo Esteves.

A partida do Sporting CP em Amesterdão, para a derradeira jornada da fase de grupos da UEFA Champions League, fica na história do emblema leonino. O 'onze' apresentado por Rúben Amorim foi o mais jovem de sempre do Clube em jogos da prova milionária: uma média de 23,95 anos.

Este registo bate o anterior máximo, fixado em 2014/15, num duelo com o Chelsea: 24,05 anos. E, note-se ainda, que são os 33 anos de Luís Neto que elevam a média de idades.

0thc6puy.jpeg

Gonçalo Esteves foi lançado por Rúben Amorim no onze titular e entrou para a história do Clube. O lateral-direito tornou-se no mais jovem jogador de sempre dos leões a actuar num jogo da Liga dos Campeões como titular. Aos 17 anos e 283 dias, Gonçalo Esteves superou o recorde que pertencia a Simão Sabrosa, que jogou na competição quando tinha 17 anos e 336 dias.

paxuptxs.jpeg

O médio Dário Essugo, aos 16 anos e 268 dias, tornou-se no mais jovem jogador português da história a actuar num jogo da Liga dos Campeões. Ele, que já detém o recorde de ser o jogador mais jovem a actuar no campeonato português ao entrar em campo contra o V. Guimarães, no dia 20 de Março de 2021, com 16 anos e 6 dias.

publicado às 04:02

images.jpg

A Sporting SAD conseguiu colocar 40 milhões de euros em novas obrigações junto de adeptos e investidores, em que promete uma taxa de juro de 5,25%. Os títulos, que servirão sobretudo para reembolsar dívida já existente, têm de ser reembolsados em 2024.

De acordo com os resultados da operação, divulgados esta terça-feira pela gestora da bolsa de Lisboa (Euronext), regista-se um total de 3336 investidores a subscrever estes produtos financeiros, a maior parte dos quais (1882) colocando entre 2 mil e 5 mil euros.

Nesta emissão de obrigações, que decorreu entre 22 de Novembro e 6 de Dezembro, houve 79 investidores a aplicar mais de 50 mil euros, 672 subscreveram entre 10 mil e 50 mil euros em obrigações e os restantes 702 colocaram entre 5 mil e 10 mil euros. Houve procura válida de 53 milhões de euros, mas só os 40 milhões pretendidos foram colocados.

Inicialmente, a emissão, organizada pelo Haitong Bank, deveria arrecadar 30 milhões de euros, mas a SAD do Sporting, já com os dados sobre a procura que estava a existir, optou por subir para os 40 milhões o montante pretendido. As obrigações, com taxa de juro fixa de 5,25%, terão de ser reembolsadas em 2024.

Ainda que a subscrição das obrigações permita a recepção de 40 milhões de euros, a receita líquida que a SAD terá com a operação é inferior, na ordem dos 38,4 milhões, porque há comissões e custos a pagar (bancos, assessores, reguladores, publicidade, etc).

Estas operações são habituais nas SAD, servindo de alternativa ao financiamento bancário. Esta foi a sétima operação em que a Sporting SAD colocou obrigações no retalho, sendo que está acima do montante médio colocado (27 milhões), bem como dos investidores (2966).

publicado às 04:01

Estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 08.12.21

GoalPoint-Ajax-Sporting-Champions-League-202122-90

Algumas considerações de Rúben Amorim no final do jogo...

Oitavos de final da Champions

"Vamos na máxima força... sabendo a diferença para as outras equipas. Os portugueses fazem muito com pouco. Na primeira jornada estivemos ansiosos, na segunda um pouco melhor, na terceira mais corajosos, muito fortes depois com o Besiktas no segundo jogo, pragmáticos com o Dortmund e hoje outra vez corajosos, mas ingénuos. Quase a ir para o intervalo estava 1-1, mas depois numa saída de bola demos um golo. Na segunda parte mataram-nos em perdas de bola nossas, num jogo onde nós crescemos. Estamos melhor equipa, fico muito feliz para ver este crescimento, vamos crescer ainda mais e vamos estar preparados para os oitavos."

João Virgínia

"Eu errei antes do jogo ao falar nele, porque ele não está num teste. Acreditamos muito nele, tem crescido muito nos treinos, é um grande guarda-redes, foi uma exibição normal dentro do valor que tem. Vai melhorar muito com Vital, é muito ágil, rápido a sair, vai crescer ainda mais com os pés."

Jovens

"Podem melhorar tudo, houve alguma ansiedade que é normal, mas não foi por isso que perdemos, houve erros individuais, mas toda a equipa foi responsável, se virmos bem não foram os miúdos por ansiedade, notou-se alguma inexperiência aqui ou ali, podíamos ser melhores, mas tenho muita esperança neles, vão ser muito melhores, como o Ajax, que tem equipa muito jovem, mas faz isso bem. Vamos dar tempo também aos nossos e agora vamos pensar no Boavista."

Conclusões

"Temos ainda muito para crescer mas retirámos muita informação sobre os nossos jovens. Temos que nos habituar, temos que falhar, mais vale falhar agora. Para eles crescerem, falharem, mas podíamos ter sido melhores. E vamos ser melhores, obviamente".

NOTA: Possíveis adversários do Sporting nos oitavos-de-final: Manchester City, Liverpool, Real Madrid, Bayern Munique, Manchester United, Chelsea ou Juventus. O Ajax não pode ser por ter sido do mesmo grupo. 

publicado às 04:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 07.12.21

1925-Renault-40-CV-Torpedo-Skiff-22.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1925 Renault 40 CV Torpedo Skiff - Leilão 2019 - 830 mil dólares

publicado às 23:59

Screenshot (486).png

publicado às 21:54

264165739_10158079677201555_5141275796076773689_n.

Os juniores do Sporting CP garantiram pela primeira vez um lugar nos oitavos-de-final da UEFA Youth League, ao vencer o Ajax, em Amesterdão, por 3-2, depois de estar a perder por 2-0 ao intervalo, em jogo da sexta e última jornada da fase de grupos da prova, disputado no Estádio De Toekomst.

Este resultado permite ao Sporting fechar a fase de grupos da prova no primeiro lugar, com 11 pontos, resultado de três triunfos e dois empates.

Os golos dos leões por intermédio de Mateus Fernandes (42'), Youssef Chermiti (71') e para a vitória, Chico Lamba aos 87 minutos.

cc3aijke.jpeg

O Sporting alinhou de início com Diego Callai, Diogo Travassos, Chico Lamba, Emanuel Fernandes, Martim Marques, Miguel Menino, Renato Veiga, Mateus Fernandes, Rodrigo Marquês, Youssef Chermiti e Diogo Cabral.

Parabéns leões!!!

O treinador Filipe Pedro falou no final da partida...

Atingimos o nosso grande objectivo. Este jogo foi um exemplo do que é o Sporting e do que nós pretendemos para o Sporting. Agora temos mais prova à nossa frente, e isso foi fundamental para o crescimento dos atletas. Agora só queremos que esta competição nos continue a proporcionar isso. A formação do Sporting teve um dia muito positivo.

Quero deixar uma palavra de apreço para os nossos jogadores que têm sido inexcedíveis. Relativamente ao jogo abordámos com uma estratégia que eu não diria defensiva, mas que pretendia criar espaços na transição ofensiva. Contudo, foi precisamente aí que o Ajax mostrou muita qualidade e conseguiu quebrar várias vezes as nossas linhas. Ao intervalo nós conseguimos fazer uns ajustamentos e voltámos então com uma estratégia mais pressionante. Depois tudo aconteceu com muito coração e com uma grande raça de leão".

publicado às 17:30

O balneário!

Leão Zargo, em 07.12.21

SLB SCP 2021-22 balneário.jpg

O balneário de uma equipa de futebol é um microcosmos social, desportivo e cultural onde têm de caber as diferentes personalidades. Na intimidade do balneário, escondem-se ou revelam-se receios, motivações, conflitos e aspirações com códigos de comportamento e de comunicação muito específicos. À dimensão conflituante sobrepõe-se, obrigatoriamente, a dimensão da solidariedade, cumplicidade, coesão e paixão. É um espaço de mistério para os adeptos, mas onde os líderes apuram a sua capacidade de percepcionar e desenvolver a inteligência emocional dos seus jogadores.

No balneário sportinguista, Rúben Amorim, mais do que um estratega táctico, é um gestor de emoções. O segredo do seu sucesso decorre, quem sabe se em partes iguais, do trabalho nos campos de treino e naquele espaço que se diz ser sagrado e inviolável. O que se passa lá dentro no balneário será tão importante como são os processos técnicos e tácticos que determinam o rumo do jogo. Ali, sendo diferentes, jovens ou veteranos, temperamentais ou serenos, extrovertidos ou tímidos, destemidos ou receosos, todos são iguais enquanto seres humanos e atletas de excepção.

Na fotografia, o balneário leonino no último Benfica 1 - Sporting 3, disputado no Estádio da Luz. Um espaço de cumplicidade colectiva, os nomes de Jovane, embora encoberto à esquerda na fotografia, Coates e Palhinha, ao meio, e Rúben Vinagre, à direita, revelam isso mesmo.

publicado às 13:45

img_920x518$2021_12_06_18_38_35_1935920.jpg

As conferências de imprensa de Rúben Amorim são sempre deveras interessantes. Aliás, diga-se, é um grande prazer ouvi-lo falar sobre futebol, em geral, e sobre o Sporting, em particular.

Por norma, publicamos as suas antevisões aos jogos e ainda as suas considerações no final das partidas. Ontem, a antevisão ao jogo de hoje com o Ajax não fugiu à regra.

No entanto, após rever melhor o que o treinador leonino teve para dizer, achámos que isto merecia destaque:

"Até onde pode ir este Sporting na Champions? Acredito sempre que é possível. Sabemos das nossas limitações. Fizemos (na sexta-feira) um grande jogo contra uma grande equipa mas tivemos pouca bola. Veremos daqui a cinco anos como estará a equipa do Sporting. Mais do que recordes, atingimos os 'oitavos' mas temos sempre de ganhar, olhando para o futuro. Vamos estrear um miúdo, se puder meto mais, mas também não os quero queimar. É um crime o Dani [Bragança] não ter mais minutos, se jogássemos com três médios era titular. O grupo é unido porque acreditamos todos uns nos outros".

Estimulante esta sua perspectiva da equipa e, muito em especial, o seu comentário sobre Daniel Bragança. Sei que o meu colega redactor Julius Coelho gostou muito de ouvir esta consideração sobre um dos seus jogadores favoritos. E quem diz o Julius, também muitos dos nossos leitores.

publicado às 04:03

Alexandre Pais (I).png

De certo modo complementando o primeiro post do dia, transcrevo um excerto da crónica de Alexandre Pais, no jornal Record, onde ele acentua, precisamente, o trabalho de Rúben Amorim.

"Rúben Amorim, o homem que está a demonstrar que mais do que os milhões é o espírito de grupo e de entreajuda que constrói as grandes equipas e não teme que o copiem. Em cada comunicação expõe, com admirável simplicidade, os ‘segredos’ do sucesso. E no final do recém-dérbi não podia ter sido mais claro quanto às ideias que transmite aos seus jogadores: máximo empenho, máxima personalidade, máximo rigor no trabalho. Depois, é perceberem o jogo, serem consistentes e competirem para tentar ganhar. Essa é a obrigação dos profissionais, mas compreender que eles são pessoas e não máquinas, faz com que Amorim lhes dê uma última indicação: divirtam-se também!".

publicado às 04:02

Um elogio à rotina

Rui Gomes, em 07.12.21

lpg.jpgA vitória do Sporting CP, um clube que estávamos habituados a ver no caos, é por isso uma apologia ao trabalho e ao planeamento, ao jogo de tabuleiro adaptado a um campo de futebol, onde variadas peças se movem em busca de um objectivo único. E com a vital vantagem de, ao mesmo tempo, ter tido coração e coragem, afastando-se do cinismo que tantas vezes vem de mãos dadas a estes triunfos.

Há muito tempo que não tínhamos a oportunidade de ver uma vitória num jogo grande em Portugal tão estrategicamente sem mácula e haverá com certeza beleza nisso. Mas apesar deste elogio à rotina, não nos esqueçamos que o improviso também faz parte do futebol, principalmente quando o plano inicial falha. O plano do Sporting para a Luz resultou na perfeição, também porque o Benfica não o soube acautelar.

Mas outras equipas já o conseguiram fazer - e os golos salvadores de Coates após cantos contam alguma história. Um canto treina-se, claro, não é uma questão de improviso, mas alturas haverá em que o Sporting terá de improvisar. E como se sairá encostado às cordas será um dos pontos fulcrais do Sporting 2021/22.

Excerto da crónica de Lídia Paralta Gomes, em Tribuna Expresso

publicado às 04:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds