Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Separar o joio do trigo

Rui Gomes, em 21.02.13

 

Já que quiseram eleições nesta altura da época, o mínimo que os sócios podem fazer é separar «o joio do trigo» no muito que se vai ouvir - e que já se começou a ouvir - da parte dos candidatos que pretendem assumir a presidência do Sporting, muito em especial de Bruno de Carvalho. Parecem existir determinadas questões de raciocínio elementar que requerem clarificação, urgente:

 

1- A diabolização da banca em voga, não passa de uma estratégia maliciosa para distrair os mais incautos, designadamente quando se alega que por esta ser credora do Sporting, manda no Sporting. Curiosamente - ou até não - o Benfica (mais do que todos) e o FC Porto também devem à banca, no entanto, ninguém os acusa de serem mandados pela banca.

 

2- O Sporting tem um passivo bancário acumulado e o que os candidatos têm de equacionar devidamente é o seu pagamento e não andarem a adiantar disparates lapidares que não liquidarão dívidas algumas.

 

3- Os sócios é que vão eleger o próximo presidente do Sporting, não é a banca. Esta, no entanto, pelo muito que tem em risco, terá, naturalmente, o seu próprio parecer sobre quem lhe oferece melhores garantias para a liquidação da dívida.

 

4- A banca não pediu empréstimos ao Sporting, este é que pediu empréstimos à banca. E como estaria o Clube neste momento sem a ajuda da banca?

 

5- Já foi dito e reiterado vezes sem conta que o Sporting necessita de 25 milhões de euros até ao fim da época. Pensamento sensato indica que a pormaior preocupação dos candidatos deverá ser como garantir esta verba e não diabolizar quem pode contribuir para esse fim. Ou há varinha mágicas para produzir esse dinheiro ?

 

6- Se estamos todos em acordo que o prof. Jesualdo Ferreira é uma mais valia para o futebol do Sporting, quantos de nós receamos ele afastar-se ou ser afastado, de forma precoce, com um líder como Bruno de Carvalho, que só promete fomentar um ambiente de guerra infernal dentro e na periferia do Sporting e que, além do mais, irá assumir a liderança do futebol sem perceber patavina da matéria. Acho curioso que entre o muito que já foi propagado, pouco ou nada consta sobre a actividade mais importante do Clube, da parte deste candidato.

 

7- Duvido muito que os visados estejam minimamente preocupados com a ameaça de Bruno de Carvalho. Mas a questão de fundo até não é essa, mas sim questionar se é através de palavras e acções detes género que a família sportinguista se vai unir e que vão permitir a concretização dos objectivos desejados.

 

O Sporting necessita de soluções concretas para os seus problemas e não o agravamento da sua já frágil situação. Este fim não irá ser atingido, hoje e sempre, através de discursos populistas e artimanhas diversas para distrair atenções. E se os sócios não reconhecerem esta incontornável realidade, terão, então, o que merecem, pese o mal que vai causar ao Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo