Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A carta de Godinho Lopes

Rui Gomes, em 23.02.13

 

Godinho Lopes enviou uma carta a Eduardo Barroso, presidente da MAG, no sentido de o alertar quanto ao momento que o Clube atravessa neste período de inactividade enquanto se aguarda as eleições agendadas para o dia 23 de Março:

 

«Ao longo do processo incendiário que conduziu à renúncia em bloco dos membros dos órgão sociais, alertei por todos os meios ao meu alcance para os riscos da instabilidade e da mudança. Os apelos que fiz, no exclusivo interesse do Clube, não foram escutados e foram até desvalorizados por elementos da Mesa da Assembleia Geral...Forneci também aos candidatos toda a informação sobre a situação do clube e das sociedades em que participa... Estamos todos perfeitamente cientes de que se vive uma situação de verdadeira emergência, a exigir actuações urgentes e decididas, que o Conselho Directivo demissionário não está em condições e não pode mesmo tomar... Até às eleições o Conselho Directivo mantem-se no seu posto e não enseja responsabilidades, embora com possibilidades de actuação pelas circunstâncias já descritas muito limitadas.

Os elementos deverão imediatamente entrar em funções, assumindo plenamente os seus cargos e responsabilidades. Terão legitimidade e os meios com que necessariamente se muniram para as soluções que certamente trarão e para cuja implementação se candidataram.»

 

Enfim, uma situação já degradada que tem a tendência de se agravar ainda mais nos próximos dias e semanas. Por tanto do que se passou em torno desta lamentável novela, surpreende - ou talvez não - que Eduardo Barroso tenha pedido a Godinho Lopes para permanecer mais algum tempo no cargo, pelo menos até ao fim do mês, cenário que este rejeitou prontamente. Depreende-se que o Conselho Directivo não vai e não pode assumir quaisquer iniciativas para remediar os problemas imediatos de tesouraria, entre outros, durante este período de impasse.

 

Tudo isto, e mais, leva a questionar, novamente, o porquê de não esperar até ao final da época para realizar as eleições. A obcecacão pelo poder é tanta que, mesmo em beneficío do Clube, não podiam esperar mais três meses. Como o processo foi todo gerido pelos titulares da Mesa da Assembleia Geral, aliados, desde sempre, de Bruno de Carvalho, qual era o receio?... Possivelmente que Godinho Lopes conseguisse enfortalecer a sua posição neste entretanto, disposição que iria dificultar o seu afastamento em fins de Maio ou em Junho. Mais nada vem à ideia, já que não é pelo processo eleitoral em andamento que a equipa de futebol vai-se tornar mais competitiva. O que aparenta ser claro é que os novos dirigentes terão de assumir o seu mandato de imediato e já munidos dos meios para fazer face às inevitáveis responsabilidades do fim do mês. Considerando que o processo da reestruturação financeira que estava em curso, e que foi agora suspenso, estaria finalizado até ao fim da época, não seria este benéfico para todos?

 

Esperamos que os dirigentes eleitos venham com dinheiro e outras soluções de imediata implementação nas mãos, para evitar um caos total. Sempre se disse que os sportinguistas são os seus próprios piores inimigos, e cada vez mais verificamos exemplos disto. por triste que seja. Mas...como dizem os incautos da praça, «venha o investimento mafioso, venha o que vier, o que interessa é vir». Pois...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:38

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo