Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Esta, a opinião do nosso amigo Dr. José Manuel Meirim - Especialista em Direito do Desporto - que voltou a comentar a queixa portista contra o Sporting, por alegada coação aos árbitros. Não era nossa intenção escrever qualquer outro comentário sobre o processo que foi apresentado à Liga esta quinta-feira, mas entendemos que valeria a pena publicar estas suas palavras:

 

«O FC Porto quer ver o Sporting sancionado por uma infracção disciplinar que é a coação. Na sua forma consumada, conduziria à descida de divisão, se não chegar a tanto e ficar pela tentativa, conduzirá à perda do jogo que disputou para o campeonato. Se a relação estabelecida, em termos de análise de coação, for apenas o comunicado do Sporting, em que adianta um conjunto de eventuais acções que vai tomar relativamente a arbitragens, quer deste campeonato quer do anterior, não será de fácil configuração uma resposta positiva para o FC Porto a nível disciplinar.»

 

Concordo na íntegra e acredito totalmente que tudo vai ficar em "águas de bacalhau", ou seja, vai dar absolutamente em nada. Como já tive ocasião de comentar num outros post, nem os "Herculanos" cá do burgo ou quaisquer outros persongens que navegam os corredores do poder do futebol português, terão o atrevimento e a coragem de penalizar o Sporting com este processo como plataforma, porque isso precipitaria uma onda de repercussões tão inimagináveis, que abalroaria as próprias estruturas do futebol nacional. Uma coisa é "brincar aos árbitros", outra muito mais grave, é ameaçar a real existência de uma Instituição centenária que conta com cerca de 3 milhões de apoiantes por todo o Mundo. 

    

publicado às 03:06

Fernando vai mesmo ao Mundial ?

Rui Gomes, em 28.03.14

 

Dando seguimento ao post "Em antecipação da inevitável discussão", através do qual comentei a eventual convocatória de Paulo Bento para o Mundial 2014 e, em especial, a condição de alguns jogadores, entre eles o luso-brasileiro Fernando, surgiu agora a notícia sobre o pedido de autorização à FIFA, por parte da Federação Portuguesa de Futebol, relativamente à utilização este jogador. Enquanto que o pedido pode ser interpretado como um mero acto de precaução, a conclusão mais lógica é que Paulo Bento já terá mesmo decidido convocá-lo.

  

Sem reiterar em pormenor o que já comentei extensivamente no outro texto, é a opinião deste observador que a integração de três médios defensivos na equipa, os denominados "6", ou "trincos" - Miguel Veloso, William Carvalho e Fernando - enquanto possível, é muito improvável, e que um deles ficará em Portugal a assistir ao Mundial pela televisão. Esta é uma daquelas raras ocasiões em que espero estar errado !

 

publicado às 03:06

Apenas algumas breves observações

Rui Gomes, em 27.03.14
 

 

* O FC Porto entregou esta quinta-feira a queixa contra o Sporting na Liga por coação aos árbitros. Vou esperar sentado e com pouca curiosidade pela eventual decisão, dado que não acredito que tenha qualquer fundamento de Direito e, também, que o "sistema" se atreva a penalizar o Sporting assente nesta premissa.

 

* O incontornável Michel Platini declarou no Congresso da UEFA que "só uma pessoa poderá derrotar Blatter", e com este sentado na plateia. Claro que se referia a si próprio, não obstante andar a fingir que ainda não decidiu sobre uma eventual candidatura ao trono da FIFA. É um exemplo clássico onde a cura é igual à doença, mas não tenho dúvidas que irá acontecer, é só uma questão de timing.

 

* O mesmo Congresso da UEFA aprovou, por unanimidade, a criação da "Liga das Nações", a implementar em 2018. Mais uma iniciativa que nada tem a ver com a vertente desportiva, mas sim exclusivamente com a financeira. Temática complexa que exige um comentário bem ponderado.

 

* Leonardo Jardim afirmou hoje que não aceitou a proposta para treinar o Sporting por motivos financeiros, mas sim pelo desafio do projecto. Tendo em conta o actual orçamento do Sporting para o futebol, nunca houve dúvida alguma de que a principal motivação do treinador foi o Clube, por si, e o desafio de recuperar a sua histórica grandiosidade futebolística. Duvido muito que a especificidade do "projecto" o tenha impressionado muito, dado que ainda hoje não se conhecem os seus exactos contornos, mas acredito que a ideia que lhe foi apresentada, em linhas gerais, o tenha seduzido.

 

* Pela processo de recuperação em curso e pelos resultados da época até este ponto, não surpreende minimamente que comecem a surgir rumores sobre o possível interesse de emblemas vários, pelos serviços de Leonardo Jardim. A exemplo, foi hoje noticiado, alegadamente com origem em França, que o Marselha estará disposto a indemnizar o Sporting em cerca de 1,5 milhões de euros para libertar o técnico do seu segundo ano de contrato em Alvalade. Não em referência directa a esta notícia, que poderá ou não ter fundamento, Leonardo Jardim deixou a observação - muito acertada, diga-se - que agora não é o momento adequado para considerar a sua renovação contratual. Além do mais, não creio que o Sporting se deixe persuadir apenas pelos referidos 1,5 milhões de euros para dispensar este treinador - e não me refiro somente à disposição financeira - especialmente considerando a  forte possibilidade de se vir a disputar a "Champions" na próxima época.

 

publicado às 19:13

O equipamento alternativo de Portugal

Rui Gomes, em 27.03.14
 

 

O povo tem por hábito dizer que "gostos não se discutem", enquanto que eu sempre insisti que são as preferências que não se discutem, porque quanto a gosto, há bom e há mau. Este novo equipamento alternativo de Portugal sem ser desagradável, não me deslumbra.

 

Nota: Explica a "Nike" que o azul realçado na gola com dois níveis, nos bordos da camisola e nos punhos reflecte a época gloriosa dos Descobrimentos, assim como a cruz da Ordem de Cristo que está visível no interior da gola. Os nomes e números nas costas das camisolas também serão em tipos de letra antiga.

 

publicado às 12:17

 
 
Estamos a 53 dias do anúncio dos 23 "guerreiros" que irão representar Portugal no Mundial do Brasil. Paulo Bento divulgará a tão esperada lista no dia 19 de Maio, precipitando então a já tradicional e inevitável discussão entre portugueses, sobre o mérito das escolhas.  
 
Creio que das 23 vagas apenas 4 ou 5 ainda não terão sido definitivamente determinadas, ora por lesões ou por razões relacionadas com o momento de forma de um ou outro jogador. O principal dilema que confronta o seleccionador neste momento será a opção entre ir para a "batalha" final com aqueles que o acompanharam na "guerra" até este ponto, e o reforçar da equipa com atletas adicionais, além do que será obrigado a fazer pela indisponibilidade de alguns. Esta considerações não obstante, mesmo o resoluto Paulo Bento não tem conseguido distanciar a ideia de que certas opções visam servir interesses que não apenas os da Selecção Nacional.

GUARDA-REDES
 
Rui Patrício é o indubitável titular - Beto como segunda opção, igualmente indiscutível. A dúvida para o terceiro recai sobre o veterano Eduardo (31 anos) e o jovem (23 anos) mas já experiente titular do Lyon, Anthony Lopes. Pela equipa francesa, 5.ª classificada da "Ligue 1", regista 38 jogos como titular com apenas 18 golos sofridos, em todas as competições. Olhando para o futuro e sem desprimor para com Eduardo, acho que o Anthony é a escolha certa.
 
DEFESAS
 
Três dos defesas centrais são indiscutíveis: Bruno Alves, Pepe e Neto. Se havia alguma hesitação quanto ao quarto, a recém-lesão sofrida por Ricardo Costa ao serviço do Valência, terá definido a situação, com a vaga a ser preenchida por Rolando, uma escolha acertada. José Fonte (30 anos) do Southampton, tem tido uma excelente carreira na "Premier League" desde 2007, mas como Paulo Bento nunca demonstrou grande interesse nele até este ponto, é muito duvidoso que o faça agora. No máximo, poderá ser incluído na lista de reservas.
 
No lado esquerdo da defesa, acho que não existem dúvidas: Fábio Coentrão será o titular e Antunes, do Málaga, a segunda opção. Luís Martins, promissor talento do Gil Vicente e capitão da Selecção Sub-21, terá de esperar por uma futura oportunidade. Eliseu também já preencheu a posição, mas creio que desta vez não será opção.
 
Já do lado direito, o cenário é um pouco mais complexo: João Pereira é o indubitável titular, mas face à recém-lesão de Miguel Lopes, fica o caminho aberto para Cédric Soares e, porventura, Sílvio, este ao serviço do Benfica por empréstimo do Atlético de Madrid. Apesar de apenas registar 5 jogos como titular e um como suplente utilizado no campeonato - 1248 minutos de jogo (13,8 jogos) em todas as competições - Paulo Bento irá optar por ele, em detrimento de Cédric, por aquelas razões menos claras, nomeadamente por ser impensável o "glorioso" não ter representação na selecção nacional, não obstante a sua recorrente utilização de estrangeiros, quase em aboluto.
 
MÉDIOS

Porventura a área com o maior leque de opções para o seleccionador, apesar da inexistência de um médio organizador, um natural número 10. Por conseguinte, as suas escolhas terão de ser repartidas entre médios defensivos, ofensivos e aqueles que eu apelido de "todo-o terreno", como são os casos de João Moutinho e Raúl Meireles, ambos garantidos passagem para o Brasil e eventual titularidade. Partindo do princípio que o grupo seleccionado incluirá 3 guarda-redes, 8 defesas, 5 médios, 4 avançados (extremos) e 3 pontas de lança, subtraindo os dois já referidos ficamos ainda com três vagas entre os seguintes: Miguel Veloso, William Carvalho, Adrien Silva, Rúben Amorim, Josué e Fernando. Quero crer que Rúben Micael está totalmente fora dos planos e não tenho dúvida alguma que Miguel Veloso - um dos tais na "guerra" desde o primeiro dia, será seleccionado. Pese a natural parcialidade, não prevejo a enorme insensatez e injustiça de deixar William atrás, por conseguinte, ele será o quarto médio. Não gosto de Josué, mas será um dos poucos médios ofensivos disponíveis e admito que não venha a ser preterido por Paulo Bento. Um cidadão naturalizado não deve ter direitos inferiores a qualquer outro cidadão, mas hesito em escolher Fernando porque entendo que o timing do seu processo para obter a nacionalidade portuguesa foi deliberado com o Mundial em vista e reconhecendo que não seria convocado pelo Brasil. Adrien Silva, pela excelente época que tem feito merece consideração mas, no máximo, fará parte da lista de reservas, e o mesmo poderá ocorrer com Rúben Amorim. É de admitir que Paulo Bento venha a optar por 6 médios e a contentar-se com 3 avançados/extremos. Danny, em situação normal - muitas dúvidas se será chamado - seria uma escolha ideal, neste contexto, pela sua polivalência, e o mesmo poderá ser dito de Pizzi.
 
AVANÇADOS/EXTREMOS
 
É desnecessário referir Cristiano Ronaldo; Silvestre Varela também é indiscutível, por mérito e por ser outro que está presente desde o primeiro dia. Depois seguem-se as dúvidas: Danny, que já foi referido, mas pela sua atitude no passado, penso que não fará parte da equação; Ricardo Quaresma merece consideração pelo seu momento de forma, mas é justo perguntar onde andou ele por toda a fase de qualificação; Pizzi, que milita no Espanhol de Barcelona, onde já participou em 27 jogos, 17 como titular e 10 como suplente utilizado, marcando 3 golos, poderá ter consideração e, por fim, Nani. Paulo Bento quere-o e Portugal precisa dele, mas existem muitas interrogações sobre a sua condição física e competitiva, depois de uma época muito irregular com lesões e, quando apto, raramente fez parte da primeira linha de escolhas de David Moyes. Participou em somente 10 jogos, 7 como titular, 3 como suplente utilizado, acumulando 606 minutos de jogo (6,7 jogos), com um golo marcado.
 
PONTAS DE LANÇA
 
Hélder Postiga estreou-se apenas ontem pela Lázio e a sua aptidão para o Mundial está muito em dúvida.  Hugo Almeida será convocado, salvo qualquer impedimento físico. Edinho terá forte consideração, pela sua experiência, o momento de forma na Turquia e porque já foi utilizado por Paulo Bento. O jovem Ivan Cavaleiro, deixou algumas boas indicações pela sua estreia no último amistoso de Portugal e, finalmente, Bebé, o jovem de 23 anos que está no Paços de Ferreira por empréstimo do Manchester United. Para o emblema da capital do móvel regista, em todas as competições, 25 jogos como titular e 6 como suplente utilizado, acumulando 2134 minutos de jogo (23,7 jogos), com 8 golos marcados.
 
Tendo tudo isto em consideração, o meu palpite sobre os 23 que serão seleccionados por Paulo Bento:
 
Rui Patrício, Beto e Anthony Lopes; João Pereira, Sílvio, Bruno Alves, Pepe, Neto, Rolando, Fábio Coentrão e Antunes; João Moutinho, Raúl Meireles, William Carvalho, Miguel Veloso e Josué; Cristiano Ronaldo, Silvestre Varela, Nani e Ricardo Quaresma; Hugo Almeida, Edinho e Bebé. O facto de estarem aqui 9 jogadores formados no Sporting e mais dois que já jogaram de "leão ao peito", não influencia a minha consideração.
 
A única disposição que oferece garantias absolutas é que indiferente das eventuais escolhas do seleccionador, surgirão sempre opiniões diferentes e até críticas e, como sempre acontece no desporto com qualquer treinador, os resultados constituirão o julgamento final.
 

publicado às 04:55

 

 

A maquete do novo estádio da AS Roma que tem início da construção prevista para 2016, em Tor di Valle, no sudoeste de Roma, que vai custar nada menos do que mil milhões de euros, custos que serão suportados na totalidade pelo grupo de investidores norte-americanos que comprou o clube italiano.

 

O estádio terá capacidade para 52.500 espectadores, que poderá ser alargada até aos 60 mil lugares. Segundo as explicações dadas pelo presidente dos romanos, o estádio, por si, custará cerca de 300 milhões de euros, no entanto o valor ascenderá aos mil milhões de euros devido à construção das infraestruturas e vias de acesso para o recinto.

 

Actualmente, a AS Roma partilha com a Lázio o Estádio Olímpico de Roma.

 

publicado às 01:40

Sporting e Benfica anularam-se

Rui Gomes, em 27.03.14
 

 

Em jogo da 4.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional de Andebol, realizado no Pavilhão Eng.º Ministro do Santos, em Mafra, o Sporting e o Benfica empataram 30-30. Os golos leoninos foram apontados por Pedro Solha (9) - Fábio Magalhães (7) - Frankis Carol (7) - Pedro Portela (3) - João Antunes (2), Rui Silva e Bruno Moreira com um cada.

 

Com este resultado o Sporting mantém o segundo lugar, menos um ponto que o líder FC Porto, e mais um que o terceiro classificado Benfica, que está empatado com o ABC.

 

publicado às 00:14

Quem és tu Jaime Pacheco ?

Rui Gomes, em 26.03.14
 

 

O antigo jogador e actual treinador desempregado foi mais uma das vozes ruidosas que aproveitou o palco do Fórum para Treinadores de Futebol e Futsal que decorreu em Maia, para opinar sobre tudo e mais alguma coisa, desde o Sporting e a arbitragem a quem deve ser chamado à Selecção Nacional.

 

Nem me vou dar ao trabalho de repetir as suas declarações, mas segundo as reportagens noticiosas, Jaime Pacheco foi incansável a dar conferências sucessivas durante o evento, deixando clara a ideia de que além de ignorar a autoridade moral que não tem para invocar determinadas questões, visa aprazer certas partes da sua conveniência. Quiçá, talvez venha a ser novamente treinador do Boavista, dado que ele e João Loureiro já se identificam muito bem com as operações obscuras do futebol português que, aliás, lhes permitiu "conquistar" um título nacional. 

 

De especial ironia, é a sua advertência ao presidente do Sporting para "não arrastar o futebol português para a lama", ele que andou tantos anos imerso nela até ao pescoço. Deve pensar que o resto do país andou distraído ou que sofre de uma qualquer insuficiência de memória e capacidade de reconhecimento.

 

Em análise final, o que mais ofende até não é personagens como Jaime Pacheco pensarem como pensam, mas sim pelo facto de não se preocuparem minimamente em serem tão transparentes. 

 

Adenda: Através da gentileza do nosso leitor João Branco, foi-nos referido este excelente artigo, da sua autoria, no qual aborda a mesma temática por outras palavras e em mais detalhe.

 

publicado às 20:51

Distribuir o "mal" pelas aldeias

Rui Gomes, em 26.03.14

 

A versão Sporting 2013/14 tem uma característica curiosa mas notável, em que não limita os golos aos teoricamente mais vocaccionados para esse fim e distribui a realização pelo plantel, nomeadamente pelos 13/14 jogadores que têm vindo a jogar com mais regularidade ao longo da época. Ironicamente, até Rui Patrício já marcou, pese ter sido na própria baliza.
 
A lista de marcadores é liderada, inevitavelmente, por Fredy Montero, não obstante a sua "travessia pelo deserto" de há umas semanas a esta parte, seguido pelo incontornável Islam Slimani, que com menos de metade do tempo de jogo da maioria dos seus colegas, já se deu ao "desplante"de "furar" as balizas adversárias por sete vezes no campeonato.  
 
Fredy Montero: 13 golos - 1910 minutos de jogo (21,2 jogos)
 
Islam Slimani: 7 golos - 761 minutos de jogo (8,4 jogos)
 
Adrien Silva: 6 golos - 2091 minutos de jogo (23,2 jogos)
 
William Carvalho: 3 golos - 2133 minutos de jogo (23,7 jogos)
 
André Martins: 3 golos - 1572 minutos de jogo (17,4 jogos)
 
Wilson Eduardo: 3 golos - 1080 minutos de jogo (12 jogos)
 
Marcos Rojo: 2 golos - 1859 minutos de jogo (20,6 jogos)
 
Jefferson: 2 golos - 1844 minutos de jogo (20,4 jogos)
 
André Carrillo: 2 golos - 1259 minutos de jogo (13,9 jogos)
 
Carlos Mané: 2 golos - 564 minutos de jogo (6,2 jogos)
 
Cédric Soares: 1 golo - 2171 minutos de jogo (24,1 jogos)
 
Maurício: 1 golo - 2074 minutos de jogo (23 jogos)
 
Diego Capel: 1 golo - 1086 minutos de jogo (12 jogos)
 
O Sporting regista estes 46 golos no campeonato até ao termo da 24.ª jornada. Heldon conta com 9 golos (1773 minutos de jogo - 19,7 jogos), mas todos ao serviço do Marítimo. Vítor Silva também já marcou, mas para a Taça da Liga. Rui Patrício é o único totalista na equipa, com 2265 minutos de jogo, equivalente a 25,1 jogos.
 

publicado às 13:46

 

 

Quem porventura pensou que as declarações de Bruno de Carvalho, enquanto na Madeira, sobre a titularidade de William Carvalho na Selecção Nacional, iriam passar despercebidas, ou anda muito distraído ou não conhece o antigo treinador do Sporting e actual seleccionador. Também presente no Fórum de Treinadores de Futebol e Futsal, em Maia, a resposta de Paulo Bento, ainda que indirecta, não se fez esperar. Instado a comentar sobre os jogadores que vai levar ao Brasil, disse o seguinte:

 

«Ainda falta muito tempo, o dia 19 de Maio ainda está longe e, se calhar, só faço a convocatória nesse dia de manhã. Se vai o Quaresma, o Fernando, o William ou o Miguel, isso depois logo se vê. Irão os que, no nosso entender, melhor servirão os interesses da Selecção Nacional.»

 

Sabemos o que ele disse mas desconhecemos, por completo, o que ele pensa. Para já - e é somente uma impressão minha, porventura até ilusória - não gostei muito de Paulo Bento, deliberadamente ou não, ter colocado no mesmo enquadramento de considerações Fernando, William e Miguel. Com este último, depreende-se que se refere a Miguel Veloso, também ele médio-defensivo, sobre o qual eu não sinto a mínima dúvida que será convocado. Significará isto portanto que Paulo Bento debate entre Fernando e William Carvalho ?.... Mera conjectura, claro, mas não me entusiasma, sobretudo porque não vejo três "6" na equipa. Dito isto, tudo é possível, até porque o médio portista, com a sua experiência e características, não é jogador de uma só dimensão.

 

publicado às 23:18

 

 

Dando seguimento ao recém-post sobre o fundo Sporting Portugal Fund e a sua percentagem de passes de jogadores do Sporting, referimos aqui a mesma disposição relativamente à HOLDIMO - Participações e Investimentos, SA - e a parceria estabelecida com a Sporting SAD, em que foram cedidas percentagens dos direitos económicos detidos pela SAD referentes a 23 jogadores. Mediante o que foi aprovado em Assembleia Geral, com o aumento de capital da SAD, a realizar (já terá sido realizado) por subscrição particular pela sociedade Holdimo, no montante de 20 milhões de euros, esta passará (já terá passado) a deter 23,5 por cento do capital da SAD. Em contrapartida, o Sporting recupera (já terá recuperado) as percentagens dos jogadores do plantel, que estão (estavam) na posse da Holdimo.

 

No Relatório e Contas referente ao Exercício 2012/2013, apenas 23 jogadores são referidos, no entanto, o presidente do Sporting, em entrevista à Sic Notícias, salvo erro em Junho de 2013, apresentou uma lista de 28 jogadores. O acima citado Relatório e Contas não nomeia os jogadores, mas podemos adiantar aqui alguns nomes, e as respectivas percentagens então (ou ainda) na posse da Holdimo:

 

Bruma - 50%

Tiago Ilori - 20%

Marcelo Boeck - 15%

Jeffrén Suarez - 20%

João Mário - 15%

Cédric Soares - 25%

Diego Capel - 15%

André Martins - 25%

Adrien Silva - 20%

Ricardo Esgaio - 25%

Santiago Arias - 20%

Stijn Schaars - 15%

Elias -20%

Betinho - 45%

 

Isto, à parte das percentagens na posse de outros Fundos, como já previamente indicámos as do Sporting Portugal Fund.

 

O fundo Quality Football Ireland Limited, detém ou já deteve percentagens dos seguintes jogadores:

 

Carlos Chaby (Filipe) - 50% - Preço pago pelo Fundo 1 milhão de euros

Cristian Ponde - 25% - 100 mil euros

Diego Rubio - 40% - 1.400

Elias Trindade - 50% - 3.850

Fabian Rinaudo - 50% - 1.100

João Mário - 25% - 400

Stijn Schaars - 37,5% - 319

Tobias Figueiredo - 50% - 1.000

 

O fundo Doyen Sports Investments, detém ou já deteve percentagens dos seguintes jogadores:

 

Marcos Rojo - 75% - 2 milhões de euros

Zakaria Labyad - 35% - 1.500 milhões de euros

 

* O valor cedido ao Fundo sobre Marcos Rojo foi na realidade de 3 milhões de euros, sendo que a prestação remanescente venceu em Outubro de 2013 e, segunda consta, não foi exercida pelo Sporting por falta de liquidez para o efeito.

 

Entre tanta informação, ainda aparece a Leiston Holdings - assente em "Associação de Participação" - com 50% do passe de André Carrillo, pelo qual pagou 352 mil euros, e 48% de Valentin Viola, por 2.280 milhões de euros. Estranho este tão baixo valor por Carrillo, mas é o que se verifica no Relatório e Contas.

 

Em conclusão, e tendo em conta alguma leitura e/ou interpretação errada da minha parte, parece ser óbvio que de uma forma ou outra, com um ou mais Fundos, a maior percentagem dos direitos económicos da vasta maioria de jogadores do Sporting - equipa principal e B - estão nas mãos de Fundos, por actos de gestão da anterior administração da Sporting SAD. Neste contexto, a actual liderança está completamente isenta de responsabilidade. A única disposição que pode ser apontada a Bruno de Carvalho e à actual SAD, é a promessa incumprida do investimento de 18/20 milhões de euros, que teria então possibilitado a recuperação destes passes, na totalidade, caso tivesse surgido logo no início do mandato, ou da época, antes dos jogadores se valorizarem. A exemplo simples e claro, quanto teria então custado negociar a percentagem de William Carvalho (que foi alienado (40%) a troco de 400 mil euros), comparado com o seu actual valor depois da excelente época por si realizada e a respectiva valorização no mercado.

 

publicado às 18:05

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 25.03.14
 

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta terça-feira a nomeação do árbitro Nuno Almeida - Associação de Futebol do Algarve - para dirigir o jogo em Alvalade entre o Sporting e o Vitória de Guimarães, da 25.ª jornada da I Liga, agendado para sábado, dia 29 de Março, às 20h15.

 

Pedro Proença vai actuar no SC Braga vs Benfica e João Capela estará presente no Nacional vs FC Porto.

 

publicado às 16:55

O mecânico

Rui Gomes, em 25.03.14
 

 

publicado às 13:41

 

 

Segundo um recém-comunicado da Liga, o escalão principal do futebol português vai aumentar para 18 equipas e uma das vagas adicionais foi oferecida ao Boavista, por convite, cuja candidatura à participação no campeonato na I Liga na próxima época terá de ser formalizada até à data limite de 24 de Abril de 2014.

 

Nem vale a pena revisitar as decisões jurisdicionais que viabilizaram este procedimento e muito menos ainda o notório processo "Apito Dourado" que levou à despromoção deste clube centenário. O primeiro pensamento que me surgiu, pelo comunicado, foi que é mesmo o que o futebol português está precisar é o regresso de um qualquer Loureiro ao quadro desportivo nacional. É apenas e tão só mais um daqueles casos "Made in Portugal" !

 

De acordo com a mesma missiva, a outra vaga será preenchida através de um play-off, a disputar entre o 15.º classificado da I Liga e o 3.º elegível da II Liga - de 13 a 20 de Maio de 2014 - mas que só será realizado pela prévia efectiva admissão do Boavista na I Liga. 

 

Decerto que irão surgir novos argumentos para uma indemnização, dado que tudo o que consta sobre o Boavista indica que o clube não tem condições financeiras para reintegrar o escalão principal do futebol português. Actualmente está a disputar o Campeonato Nacional de Seniores.

 

Adenda: A Boavista SAD já anunciou a intenção de apresentar a sua candidatura à participação na I Liga, na próxima época, e que vai diligenciar de imediato no sentido de reunir a documentação necessária até à data limite anunciada. Terminou o comunicado declarando que é "um momento histórico para todos os boavisteiros" e fez ainda um apelo à união, porque "tal união e empenho serão imprescindíveis para o alcançar dos nossos objectivos, como é de Justiça." O desplante de evocarem "Justiça" !

 

publicado às 07:50

O que dizem eles

Rui Gomes, em 25.03.14
 

 

«Pelo passado recente, o FC Porto estar em terceiro lugar não é uma situação normal. O Sporting entre os três do pódio é normal. Mas não estou surpreendido com a carreira do Sporting. Trabalhei lá, sei que é um clube forte, que tem coisas fantásticas. Em relação ao clássico, o Benfica pode ter alguma vantagem, por estar a jogar fora e ser uma eliminatória a duas mãos e uma potencial decisão é na Luz. Sobre o campeonato, é o Benfica que vai na frente, tem sete pontos de vantagem sobre o Sporting. Joga melhor umas vezes, outras nem por isso. A classificação reflecte o que tem sido o rendimento das equipas, isto com a  discussão dos árbitros à parte.»

 

-    Jesualdo Ferreira    -

 

Observação: O veterano treinador que é um dos principais convidados no Fórum de Treinadores de Futebol e Futsal, em Maia, onde também se encontra Leonardo Jardim. Esteve pouco tempo no Sporting mas deixou a marca da sua classe e, segundo o próprio, tem boas memórias do clube, não obstante o eventual desfecho da época e a sua saída.

 

publicado às 06:34

A mentira sobre rodas

Rui Gomes, em 25.03.14
 

 

publicado às 06:34

 

 

 

Leonardo Jardim, durante o Fórum do Treinador de Futebol/Futsal, na Maia, comenta o actual estado desportivo do Sporting e o seu desempenho como técnico da equipa principal:

 

«O Sporting é o clube dos três grandes que mais jogadores da formação utiliza e o plantel, neste momento, está valorizado cinco vezes mais em relação ao início da época. É mais fácil comprar um produto acabado do que potenciar jovens valores. Na primeira fase da época tive de avaliar jogadores que estavam emprestados, como William Carvalho e Diogo Salomão. Depois foi necessário construir uma equipa com identidade, potenciar os jogadores e, felizmente, o plantel está a valorizar-se com o trabalho desenvolvido.

Neste momento a minha função é a de mecânico de manutenção, ou seja, devo focar-me apenas nos pormenores que possam retirar rendimento à equipa. Se o Sporting perder alguns dos seus jogadores terá de procurar substitutos dentro ou fora, formá-los e potenciá-los. Isto é como um automóvel: pode estar a andar bem mas precisa de fazer a manutenção.»

 

Será possível, porventura, analisar o trabalho do treinador do Sporting sob uma lupa crítica e apontar um ou outro detalhe que não satisfará totalmente. No entanto, é completamente impossível uma mente minimamente sensata não reconhecer a elevada qualidade da obra que tem vindo a desenvolver esta época, especialmente tendo em consideração o estado da equipa após o "desastre" do ano passado. Há aqueles, como é o meu caso, que gostariam de ver a equipa jogar em um sistema táctico que não apenas o 4x3x3, por razões que já aqui escrevi em diversas ocasiões. Há outros, que o acusam de ser excessivamente cauteloso e que terá sido essa sua postura que ajudará a explicar os empates sofridos com equipas perfeitamente ao alcance, especialmente a jogar em Alvalade, arbitragens à parte. E há ainda quem não aprecie inteiramente a sua preferência por determinados jogadores, considerados como menos-valias, em detrimento de outros, em princípio, superiores. Seja como for, a responsabilidade não é dos treinadores de bancada, mas sim dele, e só final da época e após a determinação das metas realizadas, é que será possível e justo levar a cabo uma apreciação sobre a soma do seu trabalho. Não hesito em adiantar-lhe alguma crítica quando entendo que há causa para criticar, mas não deixo de reconhecer que é missão impossível um treinador de futebol, ou de qualquer outra modalidade desportiva, agradar a todos, sempre.

 

publicado às 20:32

A foto que está a correr o Mundo

Rui Gomes, em 24.03.14
 

 

Sergio Busquests a "tirar a medida" ao rosto de Pepe, com os pitons, durante o muito polémico clássico de domingo entre os rivais Real Madrid e Barcelona. Um jogo com inúmeros erros de arbitragem - com critérios muito duvidosos - em que, na minha opinião, nenhuma das três grandes penalidades assinaladas justifica-se. A falta sobre Cristiano Ronaldo foi cometida fora da área, muito embora o jogador luso caia dentro; na de Neymar, acho que Sergio Ramos nem lhe toca - pelo menos não é evidente nas diversas repetições - mas este recorreu ao notório mergulho que já o está a tornar famoso. Na terceira, Iniesta tenta passar pelo meio dos dois defesas do Real Madrid e muito naturalmente deixa-se cair. Igualmente curioso, é que o árbitro não mostra cartão algum a Dani Alves - pelo menos não vi - no penálti de Cristiano, no entanto não hesita em expulsar Sergio Ramos num lance que até não está enquadrado com a baliza.

 

Caso o incidente da foto tivesse sido precipitado pelo jogador luso-brasileiro, com a sua reputação, decerto que não jogaria mais está época na "La Liga". Como foi cometido por um dos "meninos" protegidos do Barça, até duvido que haja punição alguma.

 

Cristiano Ronaldo não deixa de ter alguma razão ao afirmar que houve um interesse deliberado em reintegrar o Barcelona na disputa pelo título.

 

P.S. Alerto, desde já, que muito embora deseje o melhor aos jogadores lusos, só sou adepto de um único clube: o Sporting Clube de Portugal.

 

publicado às 17:19

Sporting Portugal Fund

Rui Gomes, em 24.03.14
 

 

Em 31 de Março de 2012, tinham sido celebrados contratos de investimento associados ao fundo SPORTING PORTUGAL FUND, gerido pela ESAF - Espiríto Santo Fundos de Investimento Mobiliário SA - relativamente aos seguintes jogadores:

 

André Santos - % Adquirida pelo Fundo: 50% - Preço Pago pelo Fundo: 1.750 milhões de euros

Diogo Salomão - 25% - 1.000

Renato Neto - 40% - 800

William Owusu - 40% - 400

Wilson Eduardo - 40% - 600

André Martins - 40% - 800

José Lopes (Zezinho) - 10% - 150

William Carvalho - 40% - 400

Jeffren Suarez - 25% - 1.375

Diego Capel - 20% - 950

André Carrillo - 20% - 600

Fabian Rinaudo - 15% - 525

Diego Rubio - 15% - 450

Emiliano Insua - 15% - 525

Ricky van Wolfswinkel - 15% - 975

Carlos Chaby (Filipe) - 2,5% - 50

Alberto Coelho (Betinho) - 5% - 50

Santiago Arias - 4% - 100

 

Total Pago pelo Fundo : 11.500 milhões de euros

 

Nenhumas destas percentagens foram recuperadas pelo Sporting, parcial ou totalmente, e alguns casos só poderão ser explicados por um Relatório e Contas. Presume-se que pelas transferências de Ricky van Wolfswinkel, Jeffren Suarez, Insua e Santiago Arias, o Fundo terá recebebido o valor equivalente ao seu investimento. Já os casos de André Santos e William Owusu (dispensados) não são claros, assim como o de Renato Neto que será jogador livre a partir do dia 1 de Julho de 2014.

 

Isto, apenas em referência ao "Sporting Portugal Fund", dado que existem outros Fundos com percentagens dos passes de jogadores do Sporting, a exemplo de Marcos Rojo (Doyen Sports), Elias e Rui Patrício (ambos Quality Football Ireland), Marcelo Boeck e Cédric Soares, só para nomear alguns.

 

publicado às 13:21

 

 

 

Fiquei satisfeito ao verificar no domingo à noite que o nosso amigo Manuel Humberto regressou à escrita no seu blogue Sporting Autêntico, depois de alguns meses de ausência. Felicito-o pela iniciativa, porque quem possui os seus elevados dotes com a pena, deve partilhar os seus escritos com a audiência da blogosfera - sportinguista e não só - quer se concorde ou não com todas as opiniões expressas.

 

Para o efeito, escolhi o texto intitulado "Prioridades trocadas", em que Manuel Humberto se fundamenta na sua leitura - na minha opinião acertada - sobre as diferenças culturais entre o adepto de futebol inglês e o português. Eis um parágrafo desse texto:

 

«Em Portugal o sistema funciona de forma diferente. Com o destaque vedado a jogadores e treinadores as atenções dispersam noutro sentido. Os adeptos aprovam já que no topo das suas preferências também não está o jogo. Antes, a intriga e a arbitragem. Em Portugal o futebol é secundário e serve meramente de pretexto ou anúncio ao evento principal. Reservado não para os dias de jogo mas para todos os dias entre segunda e sexta, os grandes protagonistas do futebol Português são os dirigentes. É costume dizer-se que os adeptos em Portugal não merecem este futebol. Eu discordo.»

 

O texto completo pode ser lido aqui.

   

publicado às 06:20

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds