Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 
 

A Selecção Sub-21 de Portugal venceu a Macedónia, por 1-0, com um excelente pormenor técnico de Tiago Ilori, ao marcar o golo da vitória... de calcanhar. A sexta vitória lusa em tantos jogos, que permitiu a Portugal garantir o primeiro lugar no grupo 8, com 18 pontos, à frente de Israel e da Noruega, e a presença no "play-off" de acesso ao Europeu 2015 a disputar na república Checa.

 

O golo pode ser visto aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:07

Mais do que a ironia, a curiosidade

Rui Gomes, em 23.05.14

 

 
A selecção portuguesa de sub-20 inaugurou a sua 27.ª participação no 42.º Torneio Internacional de Toulon com uma vitória sobre o México, por 2-0, em jogo realizado no Estádio Léo-Lagrange, em Toulon.
 
Portugal alinhou com a seguinte equipa: Bruno Varela, João Cancelo, Ruben Vezo, Tobias Figueiredo, Rafael Floro, Claude Gonçalves, Leandro Silva, Bruno Fernandes, Ricardo Horta, João Teixeira, e Alexandre Guedes. Os atletas do Sporting, Rúben Semedo e Iuri Medeiros estiveram como suplentes mas não chegaram a entrar em campo.
 
A supracitada ironia ou curiosidade, deve-se o facto de se ver Tobias Figueiredo como titular desta selecção, quando, por motivos que não são bem claros, porque nunca foram verdadeiramente explicados, foi decidido que não deveria continuar na equipa B do Sporting, e foi então cedido, por empréstimo, ao Reus da II Duvisão B de Espanha. Em primeira análise, não é missão fácil diagnosticar o seu potencial para desenvolvimento nesta tão baixa competição.
 
A segunda questão relaciona-se, obviamente, com o jovem avançado Alexandre Guedes, que também milita no mesmo emblema espanhol. A diferença é que o Alexandre foi dispensado a título definitivo, por, supostamente, não ter aceite a renovação pelos termos que lhe foram propostos pela SAD.
 
A recém-contratação de Paulo Oliveira faz também pensar que tanto o Tobias Figueiredo como o Rúben Semedo não fazem parte dos planos para a próxima época, salvo, porventura, estar prevista a saída de um dos actuais centrais da equipa principal.
Adenda: No segundo jogo do Torneio, realizadpo esta sexta-feira, Portugal venceu o Chile por 3-1. Tobias Figueiredo foi novamente titular e, desta vez, teve a companhia do "leão" Iuri Medeiros.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09

Ponte de Ligação aos Leitores

Rui Gomes, em 23.05.14
 

 

Não posso deixar de dar destaque a este comentário do leitor UnHu_man ao post "A pedrada do presidente" que, por razões que me ultrapassam - ou talvez não - associa a referência de Bruno de Carvalho a potenciais divergências internas, aos recém-despedidos funcionários do jornal "Sporting":

 

«Pois, por estas razões há que haver despedimentos no jornal Sporting. Os funcionários em vez de quererem garantir a estabilidade do clube, armam-se em rebeldes revoltosos contra a essência do presidente, depois dá nisto: RUA !!!

Bruno de Carvalho nessa afirmação deixa o aviso a outros funcionários possíveis clandestinos, quem não está com o presidente não está com a direcção, logo não está com o Sporting e não merece trabalhar nessa entidade patronal. Uma coisa é não gostar do presidente, outra é querer vê-lo borda fora a todo o custo !.. Enxerguem-se ! As coisas não acontecem por acaso, e os nossos problemas temos que ser nós a resolvê-los, em vez de andar por aí a gir e esperar que as nossas acções sejam inconsequentes negativamente, ou que as coisas se resolvam sozinhas. Isto não é um conto de fadas !»

 

Bem... conclusões deveras espectaculares por parte do leitor UnHu_man. Desconheço a sua fonte de informação, mas é por de mais óbvio que não pode ser alguém que tenha o mínimo de conhecimento sobre foro interno do Sporting e menos ainda do enquadramento operacional do jornal. "Funcionários rebeldes contra a essência do presidente" !... "Funcionários clandestinos" !...

 

Seria útil alguém alertar o leitor que os recém-demitidos funcionários do jornal Sporting eram precisamente... funcionários, sem qualquer poder de decisão editorial e muito menos ainda, em posição para poder afectar a "essência do presidente", seja qual for o significado do termo.

 

Uma frase do leitor faz algum sentido, pese a perversa ironia. "Quem não está com o presidente não está com a Direcção, logo não está com o Sporting". Finalmente que compreendo a origem da acusação de não sportinguismo a quem ousa criticar alguma acção deste presidente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

 

 

Natural de Lisboa, Marco Silva dividiu a sua formação futebolística entre o Cova da Piedade e o Belenenses. Foi precisamente no clube do Restelo, em 1996, que deu início à sua carreira como sénior - defesa lateral - passando entretanto pelo Atlético, Trofense, Rio Ave e Salgueiros, entre outros, até chegar ao Estoril Praia em 2005, onde terminou a sua carreira em 2011.

 

No dia 10 de Junho de 2011 assumiu o cargo de director desportivo no "clube da linha", acabando por substituir Vinícius Eutrópio como treinador principal em 29 de Setembro desse mesmo ano. Liderou o Estoril ao título da II Liga, perdendo somente 3 em 24 jogos e foi eleito o Treinador do Ano.

 

Na época de 2012/13, o Estoril realizou 36 jogos oficiais, com 14 vitórias, 9 empates e 13 derrotas - 52 golos marcados (1,44/jogo), 43 golos sofridos (1,19/jogo), classificando-se no 5.º lugar na I Liga e assegurando acesso à pré-eliminatória d Liga Europa.

 

Em 2013/14, os "canarinhos" realizaram 47 jogos oficiais: 22 vitórias - 14 empates - 11 derrotas, 66 golos marcados (1,40/jogo), 42 golos sofridos (1,13/jogo), assegurando o 4.º lugar na I Liga e acesso directo à fase de grupos da Liga Europa. Nesta mesma prova, na época finda, o Estoril Praia realizou 10 jogos, registando 3 vitórias - 4 empates e 3 derrotas.

 

Marco Silva deixou o Estoril Praia no 123.º lugar do ranking da UEFA, posição respeitosa entre 454 clubes e considerando o ranking de alguns emblemas bem conhecidos como o Feyenoord (134.º), Nice (138.º) e Dínamo de Moscovo (142.º).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:17

William Carvalho em destaque

Rui Gomes, em 23.05.14
 

 

A revista "Four Four Two" faz referência ao enorme impacte de William Carvalho no Sporting na época finda e inclui-o em uma lista de dez jogadores, que no seu entender, vão despertar muita atenção no Mundial do Brasil.

 

Os restantes nove:

 

Matti Destro (Itália)

Bernard (Brasil)

Mateo Kovacic (Croácia)

Eden Hazard (Bélgica)

Jackson Martinez (Colômbia)

Joel Veltman (Holanda)

Mario Gotze (Alemanha)

Paul Pogba (França)

Aleksandr Kokorin (Rússia)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:16

Frase da Semana

Rui Gomes, em 23.05.14
 

 

«A aposta na formação e na qualidade dos jovens tem de se manter. E, se for possível contratar, o ideal é que o façam de forma cirúrgica, com elementos que acrestem valor. A presença na Liga dos Campeões é motivo de orgulho e ajuda a recuperar o prestígio, mas não deve trazer loucuras.»

 

-    Pedro Barbosa    -

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:16

"Vamos a eles que nem uns tarzões"?

Ricardo Leão, em 22.05.14

 

 

A já menos de 1 mês do primeiro jogo de Portugal no Mundial, a responsabilidade de Paulo Bento pela escolha de uma equipa apenas à sua imagem aumenta exponencialmente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38

 

 

O jovem avançado argentino chegou ao Sporting no Verão de 2012 com um contrato válido por cinco anos. Na sua primeira época de "leão ao peito" participou em 25 jogos pela equipa principal - entre a I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa - 7 como titular e 18 como suplente utilizado, acumulando 1047 minutos de jogo (11,6 jogos), e marcando 2 golos. Ainda foi titular em 3 jogos pela equipa B.

 

No final da temporada a Sporting SAD decidiu emprestá-lo ao seu clube de origem - Racing Club - por uma época. Na Argentina, entre o Torneio Apertura, Torneio Clausura e Taça Sul-Americana, participou em 32 jogos, 25 como titular e 7 como suplente utilizado, acumulando 2156 minutos de jogo (23,9 jogos), marcando 2 golos. O Racing Club detinha opção de compra, mas pela sua situação financeira nunca houve uma real expectativa que a viesse a exercer.

 

Valentin surgiu recentemente nas notícias a afirmar o seu entusiasmo pela época realizada pelo Sporting e a confirmar que já tinha recebido instruções da SAD para se apresentar na Academia no início dos trabalhos para a nova época. Dito isto, não é claro neste momento, pela informação disponível quais, são os planos da SAD para o jogador.

 

Critiquei o seu empréstimo na época passada por duas razões principais: a primeira das quais por não fazer sentido algum, no que ao seu desenvolvimento diz respeito, colocá-lo a jogar novamente na Argentina, quando ele necessitava, sobretudo, de mais extensa exposição ao futebol europeu. A segunda razão, porque gostaria de o ter visto a ser trabalhado por Leonardo Jardim, uma experiência que, na minha opinião, o teria beneficiado imenso e, por consequência, também o Sporting.

 

A ser sincero, analisando a época realizada pelos extremos da equipa, acho que ele poderia ter sido muito útil, e salvo exibições a um outro nível na próxima temporada, não vejo em que aspecto Heldon lhe é superior. Não se sabe ao certo o seu salário, mas nada nos pode levar a concluir que seja exorbitante, mesmo admitindo que seja mais elevado do que a média do actual plantel. Para ser valorizado, desportiva e financeiramente, terá de jogar na Europa, quer seja no Sporting ou em um outro clube. O jornal "O Jogo" surgiu recentemente a noticiar que nova cedência está no horizonte e que o destino provável será o campeonato alemão ou o francês. Como sempre, dá para questionar a fonte de informação do diário desportivo. Com 22 anos, de uma forma ou outra, ainda tem muito futebol nas pernas e é a opinião deste observador que durante a sua primeira estada em Alvalade demonstrou o suficiente para justificar uma nova aposta, agora sob a liderança de Marco Silva.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

A "pedrada" do presidente

Rui Gomes, em 22.05.14
 

Pelos vistos, não é só no exterior do Clube que há quem tenha dificuldade em compreender o muito propalado projecto do presidente, especialmente no que ao futebol diz respeito. Bruno de Carvalho aproveitou a conferência de imprensa de apresentação de Marco Silva para mandar recado para o interior do Clube:
 
«O Sporting tem um projecto, um rumo muito bem definido. Acho que algumas pessoas estão desatentas, algumas dentro do clube, mas temos um projecto que assenta no rigor, na competência, na ambição e, sobretudo, na estabilidade, algo que desejamos enquanto estrutura directiva.»
 
Bruno de Carvalho recorreu a adjectivação clássica para descrever em que é que o "projecto" é assente, mas mesmo sem questionar o exacto e real enquadramento do mesmo, não deixa de ser pertinente questionar quem é(são) o(s) destinatário(s) da "pedrada", para então tentar porventura compreender a "desatenção" em causa.
 
A quem é que o presidente se refere e qual será a potencial divergência ?
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:18

O mito em voga

Rui Gomes, em 22.05.14
 

 

Talvez por uma questão de imagem (e mais cabelo ?) há uma tendência generalizada de acentuar a juventude de Marco Silva, especialmente em comparação com Leonardo Jardim. Na realidade, não passa de um mito, porque enquanto o novo treinador do Sporting celebrará o seu 37.º aniversário em Julho, o seu antecessor regista 39 Primaveras em Agosto.

 

Quanto muito, a diferença será pertinente às suas carreiras como treinadores de futebol. Leonardo Jardim deu início à sua em 2001, como adjunto do Camacha, emblema que passaria a liderar a partida de 2003 e, entretanto, com um percurso em diversos clubes, dentro e fora fronteiras. Marco Silva, por outro lado, teve uma carreira como futebolista durante 15 anos e assumiu o seu primeiro cargo como técnico do Estoril Praia em 2011.

 

Como nota à parte, sempre assumi que Leonardo Jardim é natural da Madeira, quando, na realidade, nasceu em Barcelona, Venezuela e mudou-se para a região autónoma em tenra idade.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:16

O meu maior desejo

Rui Gomes, em 21.05.14
 

 

Não faço a mínima ideia sobre o futuro de Marco Silva, apenas desejo que o benfiquista que a partir de agora passa a liderar a equipa do Sporting, seja e faça melhor do que o sportinguista que lidera a equipa do Benfica.

 

Para já, ganhou pontos com este sportinguista, com estas suas palavras:

 

«Querer ser campeão no Sporting é algo natural, pela grandeza do clube, pelo historial, pela cultura, pela responsabilidade...»

 

Estão redondamente equivocados !...  Não fui eu que escrevi este seu discurso.

 

BOA SORTE MARCO SILVA !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59

Apresentação às 19h45

Rui Gomes, em 21.05.14
  

 

MARCO SILVA - novo treinador do Sporting

 

(Contrato de dois anos mais um de opção)

 

BOA SORTE MARCO !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07

  

 
Um treinador que veio para um clube por "amor à camisola", entretanto recua no compromisso, abandona o projecto a meio caminho, e tanto os dirigentes como os adeptos ainda lhe ficam gratos. Adeus Leonardo Jardim, goza os milhões !... Não tens culpa, mas alguém terá dito, algures, que "se todos os homens recebessem exactamente o que merecem, ía sobrar muito dinheiro no mundo."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:22

O presidente falou

Rui Gomes, em 21.05.14

 

 

O presidente do Sporting falou, explicou, mas não sei se terá elucidado os sportinguistas tanto quanto se esperava e desejava, mas até novas informações, teremos de viver com o que foi divulgado. A conferência de imprensa desta terça-feira serviu fundamentalmente para dizer adeus a Leonardo Jardim, um processo que o presidente denominou, não com pouca ambiguidade, "o fim de um ciclo". Decerto obedecendo a uma estratégia delineada pelo Mónaco, o treinador optou por não confirmar o seu destino, o "segredo" mais conhecido no planeta.

 

Apenas breve comentário sobre dois aspectos da oratória de Bruno de Carvalho, o primeiro dos quais, inevitavelmente, os já notórios 15 milhões de euros, correspondente a uma declarada cláusula de rescisão no contrato de Leonardo Jardim. Segundo a versão agora relatada pelo presidente, esse montante era somente aplicável caso o destino fosse um clube nacional, que para o estrangeiro a compensação pagável ao Sporting era de 3 milhões. No entanto, parece que o Mónaco foi muito generoso e foi além do que estava pré-estipulado, oferecendo ainda mais 3 milhões mediante os objectivos alcançados por Leonardo Jardim. E, por fim, "existe um valor em caso de regresso a Portugal nas próximas quatro épocas, o remanescente e 15 milhões de euros". Excepto pelos detalhes, esta explicação do presidente não surpreendeu, minimamente. Uma vez que nada serve massacrar a temática, esta é a palavra final do presidente e ficamos por aqui.

 

O segundo aspecto da oratória, e esse até foi elucidativo, tem a ver com o poder de decisão neste período interino da época, sobre dispensas e reforços. Neste contexto, o presidente afirmou que "todos (Piris, Magrão, Welder, Paulo Oliveira e Slavchev) têm o aval do presidente (adoro quando ele se refere a si próprio na terceira pessoa), do Augusto Inácio e do Virgílio." Considero elucidativo, para mim pelo menos, porque desconhecia que o Virgílio também tem palavra no futebol profissional. Era a minha impressão que a sua esfera de actividade era limitada à formação. Isto, que foi muito debatido aqui no blogue, está agora esclarecido.

 

Compreensivelmente, o presidente recusou falar sobre o novo treinador. Esse, no seu próprio timing, merecerá uma conferência de imprensa exclusiva para a sua apresentação. Como já tive ocasião de mencionar em forma de comentário num outro post, veio ao meu encontro informação directamente da SAD confirmando que o novo técnico, sem ser surpresa alguma, é definitivamente Marco Silva, com um contrato de dois anos e mais um de opção.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:28

O que dizem eles

Rui Gomes, em 21.05.14
 

 

«Os minutos a seguir à convocatória foram muito difíceis para mmim. Era o meu sonho e da minha família. Recebi muitas mensagens, às quais nem consegui responder. Se percebo a minh exclusão depois de ter estado na pré-convocatória ? Não, sinceramente não consigo compreender. Porque do lado esquerdo apenas há Fábio Coentrão. E do lado direito há bastantes, que podiam fazer a posição. Mas o "mister" é que sabe o que pensa fazer e quais são as melhores opções para a selecção.»

 

-    Antunes    -

 

Observação: Mais propriamente dito, o "mister" é que tem o poder de decisão sobre as opções para a selecção. Já afirmei aqui e não hesito em reiterar: numa selecção minha, Antunes, pelo seu talento e experiência, seria a alterntiva a Fábio Coentrão. Dito isto, até se compreende a decisão de Paulo Bento, uma vez que ele tem à sua disposição o novo "wonderboy" do futebol português, o tal suplente do seu clube que, pela sua polivalência, se necessário, até joga entre os postes. Com tudo isto, até sinto uma certa curiosidade em ver quantos dos agora preteridos vão ser chamados para a fase de apuramento para o próximo Campeonato da Europa, que começa no Outono.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 03:28

O encantador de leões

Ricardo Leão, em 20.05.14

 

Este e os seus "gatinhos" seriam bem-vindos a Alvalade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51

O "golo" mais lento da história...

Ricardo Leão, em 20.05.14
 

 

Cerca de 15 (!) dias depois de ter sido publicamente divulgado nas redes sociais que Leonardo Jardim ia deixar de ser treinador do Sporting, a direcção do clube anunciou hoje a saída do técnico... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35

O grande desafio

Ricardo Leão, em 20.05.14
 

 

Muito mais do que comprar novos jogadores, a eventual renovação de Eric Dier será, talvez, e desde há vários meses atrás, o mais complexo desafio que a Direcção do Sporting terá pela frente em sede de plantel da equipa principal. O Rui já o escreveu por aqui diversas vezes. Eric, que é um líder, não é jogador para estar no banco. Nem os sportinguistas gostam de não o ver a ser utilizado. A ver vamos o que a nova época nos reserva a este propósito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05

Passo a passo chega-se a "Roma"

Rui Gomes, em 20.05.14

 

Aliás, acho que o provérbio diz algo para o efeito de que "não se chega a Roma sem que seja dado o primeiro passo". Na realidade os primeiros passos neste processo decorreram à porta fechada, mas o primeiro acto público, no mesmo sentido, ocorreu esta terça-feira em Mónaco, quando Vadim Vavilyev, vice-presidente do clube do principado, anunciou a saída de Claudio Ranieri depois de duas épocas como treinador da equipa,

  

Em conferência de imprensa, Vadim Vasilyev ainda declarou: "Acreditamos que nesta fase do nosso projecto precisamos de um treinador que traga nova dinâmica. Não vamos confirmar o nome, porque ainda há detalhes para resolver, mas procuramos alguém com uma visão ofensiva e capaz de oferecer espectáculo aos adeptos."

 

Por outras palavras, ainda nem tudo está cem por cento acertado entre o Mónaco e o Sporting. Não tenho conhecimento de causa, mas algo me diz que vai ser um negócio em pacote, possivelmente incluindo um ou mais jogadores. Mas repito que isto não passa de um palpite da minha parte.

 

O próximo passo no processo, tudo indica, será a apresentação de Leonardo Jardim, neste momento, com timing imprevisível, mas muito em breve, haja lógica.

 

Adenda: Bruno de Carvalho agendou uma conferência de imprensa para hoje, às 19:45, que muito indica será para esclarecer a situação do treinador, entre outras questões relevantes.

 

Entretanto, o Sporting já anunciou as saídas de Welder, Iván Piris e Gerson Magrão. Decisões expectáveis face às circunstâncias dos jogadores e o seu rendimento em 2013/214. Aliás, Piris até não é mau jogador e foi o que mais rendeu, mas era de esperar que o Sporting não accionaria a opção de compra por 3 milhões de euros. Tanto Welder como Magrão tinham cláusulas que permitiam a rescisão, no caso do primeiro, o empréstimo. 

 

Constou há dias que algo semelhante estaria a ser tratado reltivamente a Salim Cissé, mas ainda não houve qualquer confirmação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:03

A selecção de Jorge Mendes

Ricardo Leão, em 20.05.14

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds