Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

qfl_fto_13295.jpg

 

Abel Braga, treinador do Fluminense, em entrevista à TSF, esta terça-feira, adiantou algumas considerações sobre Wendel, jogador que está sob seu comando no emblema brasileiro:

 

"Eu acho que foi uma escolha muito boa por parte do Sporting. Agora é esperar que ele possa adaptar-se ao futebol português nestes próximos cinco meses, até terminar a época, porque é um jogador diferenciado. O Sporting não só contratou um grande jogador como fez um bom investimento porque, com toda a certeza, vai dar um grande retorno financeiro no futuro.

 

É um jogador de altíssimo nível. Finaliza muito bem de meia distância, mas o que ele tem de mais importante é a transição defesa/ataque. A única coisa que ele vai ter de melhorar um pouco é a recuperação de bola, mas tacticamente cumpre, finaliza muito bem e a velocidade é óptima para um médio".

 

Salvo estar a falar sem conhecimento de causa, aparenta deixar a indicação de que a transferência do médio para o Sporting está efectivamente acordada entre as partes.

 

publicado às 15:44

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 02.01.18

 

HZXLMW4H.jpg

 

Tags:

publicado às 15:43

 

20815688_2CmV0.jpg

 

Bruno de Carvalho considera-se proponente de uma visão grandiosa para o Sporting na Europa, e até no Mundo. Para isso, com o patrocínio de estrategas de marketing e do Gabinete de Comunicação do Clube, reformulou e redefiniu os ângulos de abordagem da realidade sportinguista e do futebol, em geral. O resultado foi o entusiasmo ou a apreensão entre os adeptos leoninos, e a perplexidade nos principais competidores.

 

Na sua última Comunicação aos sportinguistas, Bruno de Carvalho deu mais um passo. Escreveu a seguinte prosa:

 

“Queremos consolidar o estatuto de Maior Potência Desportiva Mundial, ultrapassada que está a visão do nosso fundador.”

 

Trata-se de uma revelação subliminar. Imagina-se, ele próprio, o “Visconde de Alvalade da Era Moderna”. Mas, a realidade das coisas da vida não se compadece com determinados delírios. Como diria o inesquecível Neném Prancha, “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”.

 

publicado às 11:16

Breves do Sporting

Rui Gomes, em 02.01.18

 

abola_pt.png

 

- A acreditar em recém-rumores noticiosos, Rúben Ribeiro, contrariamente ao que se esperava, deve continuar em Vila do Conde até ao dia 10 de Janeiro, de modo a alinhar pelo Rio Ave no encontro dos quartos de final da Taça de Portugal diante o Desportivo das Aves.

 

- Sporting e Vitória de Guimarães estarão a negociar o empréstimo de Mattheus Oliveira até ao final da época.

 

- Miguel Lopes, em entrevista ao jornal O Jogo, lamenta a forma como foi tratado em Alvalade, a partir do momento em que Bruno de Carvalho entrou para a presidência.

 

- Segundo o canal turco NTV Spor, o Besiktas poderá  avançar com uma proposta de empréstimo por Islam Slimani, mesmo tendo o conhecimento que o antigo avançado do Sporting aufere cerca de dois milhões de euros anuais.

 

- Sporting e Atlético de Madrid continuam a pressionar Luciano Vietto para aceitar a cedência - já acordada entre clubes - até final da época, mas o avançado argentino, de 24 anos, estará a prolongar o impasse por não se querer comprometer antes de perceber todas as possibilidades que tem em carteira.

 

- A conclusão do processo negocial em torno da aquisição de Wendel por parte do Sporting não está fácil, dado que os advogados do Fluminense terão colocado entraves aos moldes que estão definidos no acordo prévio entre quase todos os intervenientes na transferência. Em causa, estará o facto de os causídicos estarem a levantar dúvidas em termos jurídicos, sobretudo, face à intervenção do Deportivo Maldonado na operação e, consequentemente, a respeito da proveniência do dinheiro.

 

- Em mais uma entrevista para começar o ano, Bruno de Carvalho, entre várias outras considerações, argumenta que o caso das e-mails devia dar a descida do Benfica. Ainda, que perante as "prendas" que Jorge Jesus lhe pediu pelo Natal, ele pediu ao treinador a Liga Europa.

 

Tags:

publicado às 03:39

A revolução de veludo

Rui Gomes, em 02.01.18

 

Depois do G15, o mundo está melhor para quem? É a pergunta do milhão de dólares.

 

19668301_GZJst.jpg

A ordem natural das coisas ditaria que as assembleias gerais da Liga pusessem quase sempre em conflito os clubes grandes e os pequenos. Não sejamos preconceituosos com a palavra: é dos conflitos que saem os equilíbrios, ou seja, quando não há conflitos entre duas forças tão desproporcionadas, provavelmente alguém está a ajoelhar-se mais do que devia.

 

Seria bom que o despertar do denominado G15 significasse que os clubes evoluíram para a emancipação, mas a AG da semana passada tornou óbvio que FC Porto e Sporting vêem o movimento como uma marioneta que o Benfica usou para mais uma manobra de diversão ao caso dos emails. Em concreto, sabemos que o clima negativo entre os três grandes e a defesa da indústria foram os primeiros motivos assumidos para a criação do grupo. Depois, juntou-se-lhes a disparidade financeira.

 

Concluída a AG de emergência, é difícil perceber que contributo prático foi dado pelo G15 para a pacificação (a não ser, talvez, alargar a rebaldaria de dois contra um para dois contra 16), e também não será simples encontrar nas alterações aos regulamentos algum detalhe que mude substancialmente seja o que for, nem para calar os incendiários, nem para modificar os equilíbrios financeiros entre ricos e pobres e nem sequer para a arbitragem, porque as câmaras extra que os clubes "decidiram" obrigar a pôr em todos os estádios, para uso do vídeo-árbitro, teriam de ser pagas por alguém.

 

Até me surpreenderam as reacções de Bruno de Carvalho (pensando bem, nem por isso) e Pinto da Costa por tão pouco. Impõe-se a pergunta do milhão de dólares, que todos devemos fazer-nos depois de cada incidente no futebol nacional: feitas as contas, quem ganhou com o G15?

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

publicado às 03:38

Finalmente... a estreia de Adrien

Rui Gomes, em 02.01.18

 

image.jpg

 

Cinco meses depois, Adrien Silva estreou-se finalmente com a camisola do Leicester, ao entrar em campo nos minutos finais da vitória sobre o Huddersfield, por 3-0, num jogo em que Slimani foi titular e marcou o seu primeiro golo da época na Premier League.

 

O avançado argelino está uma sombra daquilo que foi no Sporting, pela escassa utilização. Entre campeonato e Taça da Liga, soma 510 minutos de jogo, ou seja, pouco mais de cinco jogos completos. Anda sem alegria, pouca ou nenhuma confiança, desesperadamente à procura de ser servido em condições. Quando aconteceu, marcou um belo golo, mas este Leicester não abunda em finesse.

 

Já no que diz respeito a Adrien, rapidamente vai-se impor nesta equipa, sendo um talento superior à maioria. Lamento a sua saída do Sporting. Desportivamente, uma decisão que deixa muito a desejar, tanto para o Clube como até para o próprio jogador, apesar de competir agora no melhor campeonato do Mundo.

 

publicado às 03:37

 

26169957_1772874049452732_7786016803912416920_n.jp

 

Três dias depois do triunfo na 59.ª Volta à Cidade do Funchal, Inês Monteiro venceu a São Silvestre da Amadora, alcançando assim a primeira conquista da célebre prova de atletismo, depois de superar a companheira Ana Ferreira (Sporting CP) e Carla Martinho (Águeda). 

 

"Ao fim de tantos anos de carreira, chegar à Amadora e vencer - é a minha primeira vitória - deixa-me satisfeita, já que pude colocar o meu nome no palmarés desta corrida. É uma das mais mediáticas do Mundo", revelou a atleta verde e branca, que regressou ao Clube em Outubro. 
 
Nos masculinos, Rui Pinto (Benfica) repetiu o triunfo de 2014 e 2016, sendo que Licínio Pimentel (Sporting CP) terminou em segundo lugar e Eduardo Mbengani (Benfica) fechou o pódio. 
 

publicado às 03:36

Bem vindo 2018 !

Rui Gomes, em 02.01.18

 

B77ZJ3QP.jpg

HONG KONG - era esta a vista que eu tinha do Victoria Harbour

 

publicado às 03:35

Bom ano 2018 !

Rui Gomes, em 01.01.18

 

crop.jpg

publicado às 20:20

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 01.01.18

 

25-cars-worth-waiting-for-lamborghini-huracan-perf

Um dos carros mais caros do Mundo

2018 Lamborghini Huracan - 350 mil dólares

 

publicado às 20:00

 

ANKUHPYP.jpg

 

Estamos na contagem decrescente para o arranque do «derby» entre Benfica e Sporting e o jogo no Estádio da Luz já ‘aquece’ à espera do que vão fazer as formações orientadas por Jorge Jesus e Rui Vitória. Em jeito de antevisão do encontro entre ‘águias’ e ‘leões’ recordamos o percurso do Sporting até ao encontro da 16.ª jornada da Primeira Liga.

 

A equipa leonina chega ao duelo desta quarta-feira no segundo lugar, com os mesmos 39 pontos que o líder FC Porto, que esta jornada visita o Feirense, e com três pontos de vantagem sobre o Benfica, que ocupa a terceira posição. Na terceira temporada ao serviço do Sporting, Jorge Jesus procura chegar ao título que escapa aos ‘leões’ desde 2001/02. Em caso de triunfo na Luz, passam a ser seis os pontos de distância entre os rivais da Segunda Circular, mas em caso de derrota ou empate, poderá perder terreno para o FC Porto.

 

À entrada da 16.ª jornada, o Sporting ainda não perdeu qualquer jogo para o campeonato. De resto, entrou a todo o gás na Primeira Liga, somando seis triunfos consecutivos, três dos quais sem sofrer qualquer golo: Desportivo das Aves (2-0), Vitória de Setúbal (1-0), Vitória de Guimarães (5-0), Estoril (2-1), Feirense (3-2) e Tondela (2-0).

 

A equipa de Alvalade não podia desejar melhor início de época, mas à 7.ª jornada chegou a primeira ‘escorregadela’: empatou a uma bola no terreno do Moreirense. A formação de Jorge Jesus até chegou a estar em desvantagem, mas um autogolo de Aberhoun devolveu a igualdade aos visitantes. Ainda assim, apresentava o melhor registo desde 1994/95, época em que também começou o campeonato com seis triunfos e um empate.

 

Foi no final de Setembro que o ‘balão’ do Sporting começou a esvaziar um pouco nas últimas semanas, período em que averbou três jogos consecutivos sem vencer: além do empate em Moreira de Cónegos, ficou-se por um ‘nulo’ na recepção ao Marítimo, para a Taça da Liga, e perdeu em casa por 1-0, com o Barcelona, para a Liga dos Campeões.

 

r.jpg

 

Seguiu-se o nulo no clássico com o FC Porto, em Alvalade, jogo que ficou marcado por uma excelente exibição de Rui Patrício. O Sporting voltaria aos triunfos na jornada seguinte, ao golear o Chaves por 5-1, encontro que ficou marcado por outro regresso, o de Bas Dost aos golos. Após um triunfo suado no terreno do Rio Ave (1-0), os ‘leões’ voltariam a ceder novo empate (2-2) na recepção ao SC Braga, na 11.ª jornada.

 

A partir daí, o Sporting encarreirou quatro vitórias seguidas, da 12.ª à 15.ª jornada (frente a Paços de Ferreira, Belenenses, Boavista e Portimonense), chegando agora ao «derby» na Luz num bom momento e com a equipa já mais entrosada.

 

O Sporting falhou o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões, mas conseguiu deixar boas indicações frente a colossos como Barcelona e Juventus, e acabou mesmo por garantir a presença nos 16avos de final da Liga Europa – vai agora defrontar o Astana.

 

Para além das provas europeias, a equipa de Jorge Jesus continua ‘viva’ na Taça de Portugal – defronta o Cova da Piedade nos quartos de final - e vai disputar as meias-finais da Taça da Liga no final de Janeiro, frente ao FC Porto. Aliás, com o empate no Restelo, para a última ronda da prova, o Sporting vira o ano civil sem qualquer derrota nas provas nacionais, algo que não acontecia desde a época 1994/95.

 

A igualdade com o Belenenses, de resto quebrou ainda um jejum de seis épocas sem chegar às meias-finais da competição. A última vez tinha sido em 2011/12

 

No que toca ao registo de golos no campeonato, de referir que o Sporting conta com 32 remates certeiros, menos cinco que o Benfica, mas sofreu menos um golo que o rival, contabilizando um total de 9 golos sofridos.

 

imgS620I177815T20171217170132.jpg

 

Apesar de não tão letal como na temporada passada, Bas Dost continua com a pontaria afinada, somando 13 golos para o campeonato – só tem Jonas à sua frente no ranking de goleadores da Primeira Liga. O avançado holandês, recorde-se, apontou o golo do Sporting no último clássico na Luz (derrota por 2-1) e é um alvo a ‘abater’ por parte dos defesas ‘encarnados’.

 

Não obstante a segurança de Rui Patrício na baliza e a irreverência de Gelson Martins no ataque, o destaque vai para Bruno Fernandes. Contratado à Sampdória no último Verão, o médio português soma já sete golos e seis assistências, e é um dos talismãs de Jorge Jesus. É ele quem faz girar o jogo dos ‘leões’ e é nele que assenta grande parte da estratégia da equipa. Marcos Acuña também será um jogador a ter em conta por parte do Benfica.

 

De referir que este «derby» marca o reencontro de Fábio Coentrão com os ‘encarnados’, clube que representou durante o período de 2007 a 2011, com alguns empréstimos pelo meio, nomeadamente sob o comando de Jorge Jesus. Agora de leão ao peito, a chegada do defesa levantou dúvidas quanto ao seu estado físico mas até à selecção já regressou e, pese um ou outro percalço, tem jogado sempre.

 

Desde que iniciou a carreira de treinador, Jorge Jesus cruzou-se com o Benfica, equipa que orientou entre 2009 e 2015, em 22 ocasiões (no somatório de todas as provas), tendo vencido os ‘encarnados’ por seis vezes, três delas já ao serviço do Sporting, em 2015/16: 1-0 na Supertaça; 3-0 na visita à Luz, para o campeonato; e 2-1 (após prolongamento) na quarta eliminatória da Taça de Portugal, em Alvalade.

 

O técnico ‘leonino’ soma ainda um empate e 15 derrotas frente às ‘águias’. O último desaire aconteceu na temporada passada, na derrota por 2-1 no Estádio da Luz, para o campeonato, jogo que motivou que motivou muitas críticas à actuação do árbitro Jorge Sousa. A única igualdade também ocorreu na época transacta, no empate por 1-1 em Alvalade, em que um golo de livre de Victor Lindelof estragou a festa da vitória aos sportinguistas.

 

De resto, Jorge Jesus já teve oportunidade de vencer o Benfica ao serviço do Estrela da Amadora, União de Leiria e Belenenses.

 

No que toca ao histórico de confrontos entre as duas equipas, de referir que o Benfica soma mais 22 triunfos do que o Sporting num total de 300 duelos disputados até ao momento. Os ‘encarnados’ somam assim 130 vitórias, contra 108 dos ‘leões’, num duelo que exibe ainda 62 igualdades. Especificamente no Estádio da Luz, o Sporting conta com 32 vitórias, 32 empates e 82 derrotas.

 

O capítulo 301 desta rivalidade histórica está marcado para esta quarta-feira, a partir das 21h30.

 

publicado às 10:30

Maior objectivo para 2018

Rui Gomes, em 01.01.18

 

d700fe1578be42defacbee29739237f1dfe306c5.jpg

 

Tags:

publicado às 03:05

 

 

publicado às 03:03

A melhor aquisição de 2017

Rui Gomes, em 01.01.18

 

 

publicado às 03:02

Último golo de "leão" em 2017

Rui Gomes, em 01.01.18

 

 

publicado às 03:01

 

 

publicado às 03:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 13/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds