Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.02.18

 

180584_Front_3-4_Web.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

 1968 Chevrolet Corvette L88 Sunray DX - Leilão 2017 - 1 milhão de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

A falta que faz Gelson Martins

Rui Gomes, em 28.02.18

 

mw-680.jpg

 

É algo visível a olho nu, para qualquer adepto mais ou menos informado: Gelson Martins é um dos melhores jogadores do Sporting e vai fazer muita falta à equipa de Jorge Jesus, sexta-feira (20h30, SportTV1), no clássico no Dragão.

 

Certo? Certo. Mas é possível explicar essa ausência ainda de forma mais pormenorizada, recorrendo aos números de Gelson, o grande desequilibrador do Sporting, na Liga NOS, através do serviço InStat, uma plataforma de análise e observação de jogos e jogadores.

 

E o que dizem esses números? Gelson é, de longe, o jogador da equipa de Jorge Jesus que mais "vai para cima" dos defesas adversários, ou seja, que mais dribles faz: 176 em 24 jogos na Liga, com uma taxa de sucesso de 59% (completou 104).

 

À frente de Gelson na desestabilização das defesas adversárias só mesmo Brahimi, que já tentou 269 dribles, saindo-se bem em 174 deles - uma taxa de sucesso de 65%. Atrás de Brahimi e Gelson, há outro sportinguista, actualmente emprestado ao Chaves: Matheus Pereira, que já tentou 146 dribles, sendo bem-sucedido em 87 deles (60%). E, logo depois, Rúben Ribeiro, que chegou a Alvalade no mercado de inverno.

 

 

Isto quer dizer que Gelson tenta, em média, oito dribles por jogo, mesmo em jogos grandes. Foi isso mesmo que o extremo de 22 ano fez contra o FC Porto, a 7 de Fevereiro, na 1ª mão da Taça de Portugal, no Dragão (1-1): oito dribles, com uma taxa de sucesso de 63%.

 

No mesmo jogo, só Brahimi driblou tanto: também tentou por oito vezes ultrapassar os adversários dessa forma, mas só foi bem-sucedido em 25% das tentativas.

 

Mas, mesmo enganando frequentemente os adversários, Gelson não foi dos melhores em campo contra os portistas: só conseguiu acertar um de três passes "chave" (os passes que deixam um colega na cara do golo) - aspecto em que costuma ser dos melhores sportinguistas - e não conseguiu marcar, ainda que, esta época, já leve seis golos e cinco assistências na Liga.

 

E, do outro lado do campo, há um homem que também tem desequilibrado os ataques portistas através de passes importantes: Brahimi, claro.

 

 

Sem Gelson, é possível que o substituto escolhido por Jesus possa ser outro extremo de características semelhantes: o reforço Rúben Ribeiro - em 4º no top de dribles e em 1º no ranking de faltas sofridas - ou o jovem Rafael Leão - que já na equipa B se destacava pela média de dribles: sete por jogo.

 

Mas, sem Bas Dost, o Sporting terá o ataque bem mais fragilizado, enquanto o FC Porto tem outros trunfos na manga, como Alex Telles, de longe o homem que mais assistências tem na Liga portuguesa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43

 

image.jpg

 

António Dias da Cunha - presidente do Sporting entre 2000 e 2005 - compareceu em tribunal esta quarta-feira, na qualidade de testemunha, no processo que opõe Godinho Lopes a Bruno de Carvalho.

 

À margem do julgamento, prestou algumas declarações aos jornalistas presentes:

 

"Foi visado principalmente na auditoria os custos do actual estádio, mas tudo se tratou de alterações desde o projecto inicial até à obra final. As acusações, no entanto, têm um objectivo claro, só há uma explicação. É para por em causa tudo o que antecedeu a sua chegada, desde José Roquette. Senti que houve um Sporting bom, até certa altura, e depois há um Sporting mau que se tenta eliminar de forma a que Bruno de Carvalho continue. Pretende-se que a importância dessas pessoas desapareça, desses antigos dirigentes.

 

Relativamente a Gelson Martins, acho que o cartão devia ser retirado, permitindo a sua participação no jogo de sexta-feira. Tendo em conta a razão pela qual o Gelson despiu a camisola, em homenagem ao amigo, que está numa situação extremamente difícil, não devia ter sido expulso. Tendo em conta as razões, que aconteceu no final do jogo... É para tornar público o que sente pelo amigo. Merecia ser perdoado. Devia poder jogar frente ao FC Porto.

 

Sobre o jogo de sexta-feira, não estou a antever um desfecho feliz para o Sporting. Estou mesmo convencido de que vai perder o jogo. São cinco pontos de vantagem do FC Porto e, tendo em conta aquilo que têm vindo a jogar, com essa vantagem confortável, acho que vão vencer o campeonato".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

Plantel com altos e "baixas"

Rui Gomes, em 28.02.18

 

mw-860.jpg

 

Na segunda-feira, o Sporting apresentou uma equipa de recurso no jogo em que recebeu e venceu o Moreirense (1-0), devido a quatro casos de síndrome gripal no plantel - William Carvalho, Ristovski, Fábio Coentrão e João Palhinha - que obrigaram Jorge Jesus a mexer muito na equipa.

 

A este grupo juntou-se também o lateral italiano Piccini, com uma "lesão muscular nos adutores da coxa direita", segundo o boletim clínico do Sporting.

 

Entre os indisponíveis continua também Bas Dost, melhor marcador do Sporting, com "uma lesão muscular na face posterior da coxa direita, e, claro, Daniel Podence, que recupera de uma "fractura de lisfranc no pé esquerdo".

 

Para a visita ao FC Porto, na sexta-feira, da 25.ª jornada da I Liga, Jorge Jesus não poderá também contar com Gelson Martins ou Petrovic, que na segunda-feira se estreou a titular.

 

Gelson foi expulso já nos descontos, ao ver o segundo cartão amarelo, na comemoração do golo do triunfo, e Petrovic também teve ordem de expulsão, igualmente com o segundo amarelo, aos 60 minutos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 28.02.18

 

Q190AXLW.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:00

 

1-liedson.jpg

 

Rogério Casanova, jornal Expresso, na sua usual crónica humorística sobre a performance dos jogadores do Sporting, escreveu o seguinte sobre a acção de Gelson Martins ao tirar a camisola depois de marcar o golo ao Moreirense:

 

"Estou optimista, mesmo sem Gelson a jogar no Dragão. Recordo que Liedson pontapeou estupidamente uma bola para fora, vendo um cartão amarelo escusado que o afastou do jogo decisivo disputado cinco dias depois, na casa de um rival directo. Mas não houve crise: não jogou Liedson, jogou outro qualquer no seu lugar, de certeza que correu tudo bem". ( Spoiler: o Benfica venceu por 1-0 e acabou por ser campeão).

 

Eis uma breve reportagem desse jogo que foi disputado no dia 20 de Dezembro de 2004, frente ao Vitória de Guimarães:

 

"Foi o golo de Liedson que colocou os leões em vantagem no término do primeiro tempo que despoletou a revolta dos adeptos do Vitória. O avançado brasileiro apontou mais um golo e continua a liderar a tabela dos melhores marcadores do campeonato com 12 golos, mais dois do que Simão Sabrosa e Antchouet. A marcar negativamente a sua prestação em Guimarães está o cartão amarelo que viu e que o afasta assim do derby da capital com o Benfica que se realiza no regresso do campeonato no próximo ano".

 

Não pretendo de modo algum comparar situações e muito menos insinuar seja o que for sobre a acção de Gelson Martins, mas achei piada à referência de Rogério Casanova apenas porque ainda hoje me interrogo a respeito da real intenção de Liedson. Recordo muito bem o lance e creio que quem assistiu a esse jogo terá memória semelhante à minha. Uma situação deveras insólita e que não me deixou convencido sobre a mera espontaneidade irreflectida do avançado do Sporting.

 

Nota: Segundo informações que vieram a público, Gelson não irá ser alvo de qualquer procedimento disciplinar ou multa, por parte da Sporting SAD. Um leque de considerações que só podem ser verdadeiramente debatidas por quem se encontra no foro interno.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:18

 

safe_image.jpg

 

No programa Tempo Extra, SIC Notícias, Rui Santos afirmou acreditar que o FC Porto é favorito para o clássico de sexta-feira com o Sporting, destacando o poder colectivo da equipa de Sérgio Conceição.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:17

Entre o vírus e a bactéria

Rui Gomes, em 28.02.18

 

O Conselho de Arbitragem livrou-se de boa e Jesus, se calhar, também. Mas com tanta trapalhada tinha de haver vítimas.

 

19668301_GZJst.jpg

Se me mostrassem um vídeo furtivo do Conselho de Arbitragem a festejar o golo de Gelson, eu compreenderia e estenderia a minha solidariedade a Fontelas Gomes. Na semana de um FC Porto-Sporting, uma expulsão tão estapafúrdia como a de Petrovic ligada à perda de pontos da equipa do excelentíssimo senhor presidente Bruno de Carvalho seria um desafio à própria subsistência do cosmos. Mas esse erro grosseiro de arbitragem, que apesar de ser erro e de ser grosseiro não entra na jurisdição do VAR (só vermelhos directos), foi só um detalhe numa torrente de outros.

 

O jogo Sporting-Moreirense começa por um azar bíblico: calhou de aparecer um vírus em Alcochete e de escolher por vítimas logo o trio William Carvalho, Piccini e Fábio Coentrão. Sem essa informação (também sem pôr em dúvida a palavra de Jesus), aquele onze tinha o ar de ser um daqueles pontuais rasgos de economia de que o treinador do Sporting sofre, com frequência a despropósito. Não foi.

 

William quis jogar com 39 graus de febre, contou um Jesus comovido, e lá para o fim do jogo é possível que Gelson Martins estivesse perto dos 44. O cartão vermelho que o tira romanticamente do Dragão, na sexta-feira (despiu a camisola para mandar um recado ao amigo Rúben Semedo), acaba por ser a "punch line" necessária para uma noite estranha em que, pela segunda vez seguida (e quinta ou sexta esta época), o Sporting escapa de perder pontos por um cabelo. Anteontem, eram pontos que talvez descosessem de vez o campeonato.

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:16

 

sport-preview-aleksander-ceferin.jpg

 

Na abertura do 42.º Congresso ordinário da UEFA que está a decorrer esta semana em Bratislava, Aleksander Ceferin, presidente do organismo europeu, fez saber que o VAR não será ainda utilizado na Liga dos Campeões de 2018/19:

 

"Ninguém sabe exactamente como funciona. Ainda há muita confusão. Não sou contra o sistema, apenas considero que tem de ser melhor explicado. Vamos esperar para ver se funcionará no Mundial 2018, na Rússia. Poderá ser um bom projecto, útil para o futebol, mas não nos podemos precipitar a tomar esse tipo de decisões".

 

O vídeo-árbitro já está a ser utilizado em vários campeonatos europeus, como o português, e há fortes probabilidades de vir a integrar o Mundial da Rússia, com o International Board, organismo que tutela as Leis do Jogo, a tomar uma decisão sobre essa possibilidade no início de Março.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 27.02.18

 

eb631a5fc322648ef61fb06d5902daee--duesenberg-car-o

Um dos carros mais caros do Mundo

 1935 Duesenberg Model J Cabriolet - Leilão 2017 - 1,485 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

 

ob_f0129f_europa-et-champions-league.jpg

 

A vida dos clubes portugueses nas competições portuguesas fica agora mais complicada, por consequência do novo modelo da UEFA.

 

O segundo classificado da I Liga portuguesa só chegará à fase de grupos da edição de 2018/19 da Champions, se for um dos dois vencedores do play-off final no "caminho das ligas".

 

Para a próxima época, a UEFA só atribui duas vagas na fase de grupos aos clubes de federações classificadas entre o sétimo e o 15.º lugar do ranking, o que é o caso de Portugal, que terminou a última época na sétima posição.

 

Com o campeão a ter entrada directa, o segundo classificado disputa a terceira pré-eliminatória e, caso siga em frente, enfrenta o play-off, que apura somente duas equipas. Em caso de eliminação, numa ou noutra fase, o vice-campeão luso é remetido para a fase de grupos da Liga Europa.

 

A UEFA atribui mais quatro vagas nos grupos da Champions provenientes do play-off, mas naquilo que designa de "caminho dos campeões", clubes vencedores de campeonatos de federações abaixo do 11º lugar no ranking do organismo do futebol europeu.

 

Na época actual, Portugal, quinto classificado no ranking - entretanto ultrapassado por Rússia e França - colocou duas equipas (Benfica e FC Porto) directamente na fase de grupos e uma (Sporting) superou o play-off.

 

O cenário muda substancialmente para as equipas lusas no novo modelo competitivo da UEFA, não só face à queda no ranking - com a perda de pontos nos resultados das equipas -, mas com a divisão dos caminhos de apuramento.

 

Apurados directamente para a fase de grupos estarão os vencedores da Liga dos Campeões e Liga Europa, os quatro primeiros dos campeonatos de Espanha, Alemanha, Inglaterra e Itália, os dois primeiros de França e Rússia, os campeões de Portugal, Ucrânia, Bélgica e Turquia, e os quatro clubes provenientes dos play-offs, dois do caminho das Ligas e quatro do caminho dos campeões.

 

Se o campeão europeu tiver garantido a qualificação para a fase de grupos através do seu campeonato, a vaga será preenchida pelo campeão da federação classificada no 11º lugar (actualmente a República Checa), que, caso contrário, teria de competir no "caminho dos campeões".

 

No caso do vencedor da Liga Europa, se o detentor do troféu ficar num dos lugares de acesso do seu campeonato, a vaga será preenchida pelo terceiro classificado do país quinto classificado (França), que, caso contrário, teria de competir no "caminho das ligas".

 

Na Liga Europa, Portugal colocará o vencedor da Taça de Portugal na fase de grupos, enquanto o terceiro classificado da I Liga entra na terceira pré-eliminatória e o quarto na segunda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:09

 

BN-BS902_marcot_GR_20140302111438.jpg

 

Jogadores de futebol não poderão mais levantar suas camisas para exibir uma mensagem na roupa de baixo, mesmo que o conteúdo dela seja de cunho educativo ou solidário, decretou no sábado - dia 1 de Março de 2014 - o International Football Association Board (IFAB). O órgão que regulamenta as regras do futebol também autorizou o uso de vestes para cobrir a cabeça das mulheres, após um período de testes de dois anos, o que também se aplicará a homens.

 

A exibição de mensagens nas camisas de baixo já havia sido banida pela FIFA, órgão máximo do futebol, mas os jogadores continuavam a mostrar mensagens parabenizando alguém ou celebrando o nascimento de uma criança.

 

Nenhuma frase ou imagem em qualquer roupa de baixo poderá ser mostrada, nem mesmo aquelas com boa intenção. A regra valerá a partir do dia 1 de Junho de 2014 e estará em vigor no Campeonato do Mundo, disse o então secretário-geral da FIFA, Jerome Valcke, em entrevista, após reunião com o International Board.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

 

mw-860.jpg

 

O antigo capitão do Sporting Pedro Barbosa disse esta segunda-feira que as acusações do seu antigo treinador Augusto Inácio são "falsas e caluniosas" e anunciou que vai processar o agora comentador.

 

Este domingo, em entrevista publicada na Tribuna Expresso (leia ou releia AQUI), Inácio revelou que Barbosa quis perder, de forma propositada, um jogo contra o Benfica: "Fez-me a cama no Sporting. Fez tudo para perdermos por 3-0 na Luz".

 

Barbosa, que jogou no Sporting durante 10 anos, acusou o antigo técnico, que o orientou nas épocas de 1999/2000, na qual se sagraram campeões nacionais, e 2000/2001, de prestar "declarações falsas e caluniosas", não só à Tribuna Expresso, mas também, antes, ao Observador e ao podcast 'online' Sporting160, entre 27 de Janeiro e 25 de Fevereiro.

 

Entre as acusações de Inácio, está a crítica a Barbosa por ter agido contra os interesses do Clube, incluindo ter forçado uma expulsão num Benfica-Sporting (3-0) em 2000/2001, entre outros momentos, que, considerou o antigo técnico, funcionaram para o afastar do comando técnico da equipa 'verde e branca'.

 

"Após dezoito anos, e do nada, Augusto Inácio vem, incompreensível e gratuitamente, tecer considerações inverídicas e maldizentes", afirmou o antigo internacional, num esclarecimento enviado à Lusa.

 

O jogador considera que as menções "deturpam" a sua imagem por "ofensas verbais, de falsidades óbvias, de insinuações infundadas e, até, de situações inventadas" que não afectam "toda a dedicação demonstrada enquanto atleta", surgindo "só para justificar a chicotada psicológica de que foi alvo e da qual, pelos vistos, nunca recuperou".

 

Barbosa lembra os anos como jogador e depois como dirigente ao serviço dos 'leões' e acusa Inácio de "uma miserável, raquítica, impotente e torpe tentativa de deturpação do trabalho sério e honesto de uma vida, falsificando a realidade e fomentando intriga desnecessária e verdadeiramente fora de época".

 

Pedro Barbosa, também ele a trabalhar como comentador desportivo, explicou ainda que vai accionar "todos os mecanismos legais", incluindo os tribunais, "para repor a verdade e o bom nome".

 

Reportagem de jornal Expresso e agência Lusa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

 

img_770x433$2018_02_26_23_16_58_1369937.jpg

 

Serei um dos maiores críticos de Jorge Jesus, mas subscrevo totalmente a sua crítica aos adeptos que assobiaram a equipa durante o jogo de ontem, frente ao Moreirense. Alguns outros aspectos da partida, assim como as suas opções, são discutíveis, mas condeno veemente os assobios:

 

"Mais uma vitória difícil, mas é muito fácil expulsar os jogadores do Sporting. Mais uma vez, a jogar com 10. Os adeptos não souberam ajudar a equipa. Começaram a assobiar quando estava a jogar com 10 e precisava de ajuda. Há que partilhar o sacrifício que os jogadores tiveram hoje. Metade da equipa está doente e não pôde jogar. Em vez de perceberem isso, foi ao contrário. Mais uma vez, os meus jogadores mostraram que são dignos de vestir esta camisola. Estamos nas frentes todas. É isto que o Sporting estava habituado todos os anos. Queremos disputar todas as decisões.

Alguns dos jogadores falharam devido a uma virose. Como é óbvio, assim custa mais. Ristovski, Piccini, Fábio Coentrão, Palhinha, William, todos com um ataque gripal fora da equipa. Mais o Doumbia que jogou meio abanado e com febre, mas tinha de ir para o jogo. Com um jogador a menos… Os meus jogadores foram espectaculares. Os adeptos lá bateram palmas depois de estarmos a ganhar 1-0.

Só para lembrar… O Sporting está nos 16 avos de final da Liga Europa, está a disputar o campeonato, na meia-final da Taça de Portugal, já ganhou a Taça CTT. Está nas frentes todas e é isto que tem de ser qualificado e acrescentado. Esta equipa não vira a cara merece ter sorte, carinho, mas não é só quando ganha. Hoje ganhou mais uma vez, mas merece ter carinho".
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:46

Emoção superou a razão

Rui Gomes, em 27.02.18

 

img_FanaticaBig$2018_02_26_23_51_49_1369958.jpg

 

"Cu bo ti fim de mundo", foi a mensagem de Gelson Martins para Rúben Semedo, que significa "Estou contigo até ao fim do mundo". A dedicatória, na camisola interior, que lhe acabou por valer o segundo amarelo e o vai obrigar a falhar o jogo com o FC Porto.

 

A indignação de Jorge Jesus, neste caso, tem ampla razão de ser:

"Gelson?... O que hei de dizer? Emocionou-se, tem no coração o Rúben Semedo, ofereceu-lhe o golo e na sexta-feira vai para a bancada, junto do Rúben Semedo. Compreendo um pouco a emoção, um golo a acabar, tem um amigo que está a sofrer com problemas, quis oferecer-lhe o golo, dizer que está com ele, como está a equipa toda do Sporting. Custa-me crer como um miúdo (Rúben Semedo), que trabalhou com uma disciplina impecável, socialmente bem comportado, entra numa situação dessas, mas estamos cá para saber o que vai acontecer".

 

img_770x433$2018_02_27_01_33_02_1370013.jpg

 Quando uma foto vale mais que mil palavras...

 

Um acto irreflectido e irresponsável de Gelson Martins, que acaba por prejudicar a si próprio e a equipa. Merece punição, muito além do jogo que vai falhar, mas não imagino o que será a atitude da SAD. Multa severa, parece-me o mais lógico, mas desconheço os parâmetros de permissão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:45

A expulsão de Petrovic e o VAR

Rui Gomes, em 27.02.18

 

img_770x433$2018_02_26_22_49_41_1369928.jpg

 

Corria o minuto 61 quando Petrovic viu o segundo cartão amarelo e foi expulso, na sequência do lance com o jogador do Moreirense, Bilel, em que, na realidade, não houve falta alguma. Tanto o jogador como o banco do Sporting protestaram a decisão do árbitro - Jorge Jesus alega que foi por indicação do quarto árbitro - mas de nada serviu. Para quem esperava a intervenção do vídeo-árbitro, este é um lance onde o VAR não pode intervir.

 

O protocolo do vídeo-árbitro não prevê a actuação em expulsões verificadas através de um segundo cartão amarelo, mas apenas quando um jogador vê o cartão vermelho directo. Esta é de resto uma das quatro situações em que o VAR tem intervenção, juntamente com golos, penáltis e troca de identidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:44

Foto do Dia

Rui Gomes, em 27.02.18

 

1O6VRTVQ.jpg

A estreia oficial de Josip Misic

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:43

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 26.02.18

 

2006-maserati-mc12-corsa-5.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

2006 Maserati MC12 Corsa Coupe

Oferta de 1,7 milhões de dólares recusada em leilão de 2017

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59

Mas que Sporting é este ?

Rui Gomes, em 26.02.18

 

prediksi-primeira-liga-portugal-2016-sporting-cp-v

 

Ganhou-se o jogo, é verdade, com muita sorte à mistura, mas este Sporting é quase irreconhecível, e não apenas pela ausência dos jogadores poupados por Jorge Jesus, com o jogo de sexta-feira em mente.

 

Bruno Fernandes, grande jogador que é, talvez tenha feito a sua pior exibição de "leão ao peito". Petrovic a ser expulso injustamente, apesar de estar a fazer pouco ou nada no relvado. Fredy Montero andou a "ver navios" e Gelson Martins, depois de marcar o golo vitorioso, comete a estupidez de tirar a camisola, para o segundo amarelo, e falhar o jogo com o FC Porto.

 

Enfim... vou deixar a análise com os leitores. A esta hora e depois do triste espectáculo a que assistimos, não tenho paciência para mais.

 

Onze do Sporting: Rui Patrício; Battaglia, André Pinto, Coates e Acuña;Petrovic, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Bryan Ruiz; Fredy Montero e Doumbia.

 

Suplentes: Salin, Lumor, Rúben Ribeiro, Bruno César, Misic, Wendel e Rafael Leão.

 

De fora ficaram William Carvalho, Cristiano Piccini, Fábio Coentrão e Ristovski, além do lesionado Bas Dost e do castigado Mathieu.

 

Nota: Não me apercebi que os adeptos assobiaram a equipa na segunda parte, e isso condeno veemente, hoje e sempre.

 

Também para ser um pouco mais justo na crítica, segundo Jorge Jesus, Ristovski, Piccini, Fábio Coentrão, Palhinha, William, "todos com um ataque gripal e Doumbia que jogou meio abanado e com febre, mas tinha de ir para o jogo".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

Convocatória para "inglês ver"...

Rui Gomes, em 26.02.18

 

28378381_10155086449176555_8115472131633939502_n.j

 

Começa por convocar 21 jogadores para um jogo em casa, sabendo-se muitíssimo bem que é desnecessário e que três da lista vão para a bancada.

 

Nada menos do que 10 médios, se é que consideramos Gelson Martins e Acuña médios, e no dia que convoca tanto Wendel como Misic, também chama Petrovic, um jogador que conta para pouco ou mesmo nada.

 

Como já se esperava, Bas Dost fica fora por lesão. Também haviam dúvidas sobre a condição física de Piccini e, com ele fora, surpreende que o seu usual substituto, Ristovski, também tenha sido preterido. Salvo Lumor jogar nas duas laterais, será mais uma vez Bruno César a "tapar buracos". Jéremy Mathieu cumpre um jogo de castigo, depois da expulsão frente ao Tondela.

 

João Palhinha terá desapontado o técnico no último jogo e nem sequer foi convocado.

 

Em princípio, será Doumbia na frente do ataque, ficando à imaginação de cada um quem o vai acompanhar.

 

Sebastián Coates e Bruno Fernandes estão a contas com 'amarelos', com 4 cartões cada.

 

O árbitro da partida é Tiago Martins.

 

P.S.: Consta que Battaglia também se adapta a lateral. Uma outra alternativa para o lado direito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:23

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds