Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mensagem de 'apóstolo'

Rui Gomes, em 05.03.18

 

AG_sporting17_02_18_1.jpg

 

Nos primeiros quatro anos de mandato do actual presidente, o Camarote Leonino era visitado diariamente por aqueles que passei a apelidar de "enviados especiais", cada um com a sua mensagem cuidadosa e finoriamente elaborada com o fim único de avançar a causa do líder. Isto, claro, além das visitas de sua excelência, sob pseudónimo.

 

Com o passar dos anos e com o líder a sentir-se cada vez mais fortificado na cadeira da presidência, essas "ilustres" visitas tornaram-se mais infrequentes, mas nem por isso menos identificáveis. Com a elevação do líder a "messias", os acima referidos visitantes passaram a ser apelidados de 'apóstolos'.

 

Por norma, hoje em dia, prestou pouca atenção, mesmo quando o novo "rei" de Alvalade nos digna com uma das suas notórias bordoadas, mas ontem surgiu um apóstolo de nome Ricardo Peres na nossa página de Facebook, a quem achei muita piada:

 

"Bem, não sei o que vim aqui fazer, mas a página foi sugerida e dei uma vista de olhos.

 

Não tenho dúvidas que o administrador da página é Sportinguista, mas não quer o melhor do Sporting. Primeiro, é conservador, dando bastante ênfase ao antigo estádio de Alvalade mas parece que repudia o Alvalade XXI. Porquê?

 

Segundo, para além de ver algumas notícias com a mira apontada ao presidente Bruno de Carvalho, vejo que apoia as ideias irrealistas de Pedro Madeira Rodrigues. Como?! O que fez pior Bruno de Carvalho quando comparado com José Roquette (não me venha com o campeonato conquistado), Dias da Cunha (não venha com o campeonato conquistado), Soares Franco, Bettencourt, Godinho Lopes?

 

Vai dizer que com menos gastos o sucesso desportivo era o mesmo? Mentira. O Sporting ficava em segundo lugar porque o Benfica era mais fraco em todos os aspectos que nós. A falácia só aumentava porque lá sacamos umas taças ao FC Porto. Mas a verdade, é que em jogos decisivos para o título o Porto atropelava-nos de forma constante.

 

A minha pergunta é, porquê o ódio a BdC e porquê apoiar Pedro Madeira Rodrigues?

 

Aguardo a sua resposta.

 

Saudações Leoninas".

 

Conclusões deveras fantásticas, quase surreais, deste apóstolo. Vou mandar emoldurar esta missiva. Espero que não perca o senso de humor.

 

publicado às 05:22

 

img_770x433$2017_10_12_22_58_43_1322747.jpg

 

O mesatenista do Sporting Clube de Portugal, Diogo Carvalho, é o novo campeão nacional sénior da modalidade.

 

O título foi alcançado este domingo, no Pavilhão Municipal das Travessas, São João da Madeira, ao derrotar na final Nuno Gonzaga por 4-0 (11-3; 12-10; 11-7; e 11-4). Uma partida com um maior equilíbrio no segundo jogo, no qual Gonzaga conseguiu empatar por duas vezes (9-9 e 10-10), mas sem nunca ter ganho vantagem.

 

A manter o seu nível de jogo bastante alto, Diogo Carvalho terminou o encontro em grande estilo, numa disputa do último ponto a atacar impiedosamente o adversário com bolas em diagonal.

 

Parabéns Diogo Carvalho.

 

publicado às 05:21

 

28576953_882588398585572_2917693238484919869_n.jpg

  

O Sporting colocou-se na frente nas meias-finais do playoff da Divisão de Elite, ao derrotar este domingo o Castelo da Maia, por 3-1, com os parciais de 25-21, 22-25, 25-20 e 25-14.

O segundo e terceiro jogos, no próximo sábado e domingo, vão ter lugar agora no Pavilhão João Rocha.
 
Recorde-se que no sábado o Benfica também se colocou em vantagem, ao derrotar o Sporting de Espinho pelo mesmo resultado. As águias jogam agora também em casa e nos mesmos dias.

As meias-finais decidem-se à melhor de cinco jogos.
 

publicado às 05:20

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 04.03.18

 

Porsche-Carrera-GT1-Strassenversion.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

 1998 Porsche 911 GT1 Strassenversion Coupe

Leilão 2017 - 5,665 milhões de dólares

 

publicado às 23:59

 

images.jpg

 

Foi precisamente há um ano que se realizou o último acto eleitoral no Sporting, com a vitória de Bruno de Carvalho, com 86,13% dos votos, sobre Pedro Madeira Rodrigues, com apenas 9,49%.

 

Para marcar a ocasião, o candidato derrotado enviou este domingo a seguinte missiva para a comunicação social:


"As eleições mais concorridas de sempre do Sporting decorreram há precisamente um ano. É com um orgulho cada vez maior que olho para trás e vejo como a minha equipa e eu fomos os únicos com a coragem de mostrar que havia alternativa a este caminho que está a descaracterizar o Sporting e sem sequer o tornar mais ganhador. Ao mesmo tempo fica um sabor cada vez mais amargo de não termos tido tempo e capacidade para nos darmos a conhecer e conseguido dar mais luta ao rolo compressor do populismo e da, na altura, quase endeusada dupla Carvalho/Jesus. Combater muita mentira e demagogia era sempre difícil e a máquina propagandista estava muito bem montada. Apesar de tudo, nomeadamente no debate, ficaram claras as diferenças de projectos e de personalidades.
 

Tivemos entre as eleições e hoje mais um ano de várias vergonhas protagonizadas por Bruno de Carvalho a começar logo no dia das eleições com aquela sessão de fotografias tipo Mickey na Disneylândia, o não atender o meu telefonema nem responder à minha mensagem de parabéns (na verdade, não se pode esperar de quem está habituado a ser um perdedor nato que saiba o comportamento a ter quando ganha) e um discurso onde veio ao de cima a sua já conhecida faceta brejeira (e estou a ser cuidadoso para não me levantarem um processo disciplinar agora que foi instalada uma espécie de ditadura).

Desportivamente, seguiu-se mais um ano marcado por uma revolução no plantel (já sabemos quem beneficia com mais comissões) e mais investimentos milionários numa equipa montada apenas para o presente que praticamente descartou a formação .... que até foi quem permitiu que houvesse dinheiro para este desvario. Carvalho queixa-se muito do Sporting que herdou mas o que lhe tem valido para fazer esta cada vez mais evidente ruinosa política desportiva são os miúdos que já cá estavam como Bruma, Illori, Arias, Salomão, Cedric, João Mario, Dier, Adrien, Esgaio, Rúben Semedo, Tobias Figueiredo, Wilson Eduardo, etc. Slimani é a exceção que confirma a regra. E não me venham com a conversa dos grandes negócios que fizemos porque o futebol mudou muito nos últimos anos e a inflação disparou ao nível dos passes de jogadores. William Carvalho, Gelson Martins (desculpem mas não lhe consigo perdoar tão facilmente o que ele fez mas se calhar é também por se ter deixado facilmente instrumentalizar nas últimas eleições) e Rui Patrício preparam-se para ser os próximos da formação pré-Carvalho a sair sem serem campeões. 

O facto é que esta época, pela primeira vez em muitos anos, acabámos um jogo contra o Benfica com menos elementos da formação do que eles e exactamente o mesmo aconteceu no início deste jogo com o FC Porto e os resultados ficaram aquém do prometido. Invariavelmente, lá aparecemos com as desculpas de sempre (na verdade, não tenho qualquer dúvida que aquele lance sobre o Doumbia seria sempre penálti na nossa área) a tentar disfarçar culpas próprias. 

É bom que não fique sem registo mais este compromisso falhado por Carvalho, que nos prometeu o campeonato na última gala do Sporting. Ao menos que consigamos fazer no mínimo o que Marco Silva fez recentemente na Taça e possamos ir longe na Liga Europa. É o que todos esperamos. Ser os sucessores do Moreirense na ‘Taça Lucílio Baptista’ é muito muito pouco.Ao nível das modalidades aí estamos aparentemente em condições de ter resultados mais condizentes com os investimentos feitos mas o exemplo do voleibol mostra bem que o que basta aqui é apenas o dinheiro e não há grande segredo ou necessidade de uma política desportiva bem planeada e executada.  

Este ano foi ainda marcado por vários episódios menos edificantes, protagonizados pelo mesmo ‘artista de circo’, desde o anúncio do filho no intervalo do jogo, a promoção de uma familiar, os negócios obscuros por explicar, a subserviência em relação ao FC Porto, a publicação da lista dos ‘Sportingados’, etc, etc, e que teve o seu momento mais alto na realização de uma dupla Assembleia Geral que apenas conseguiu ajudar a desestabilizar a equipa, dividir os sportinguistas e arranjar ainda mais inimigos externos. Tudo só para Bruno de Carvalho massajar o seu ego, tentar perpetuar-se no poder e fugir às prometidas eleições caso não fossemos campeões.

E agora? Em minha opinião os mesmos que conseguiram segurar Jesus no ano passado e evitar na altura a contratação de Pedro Martins já não o conseguirão fazer este ano, senão rapidamente seria o próprio Carvalho a cair e isso não poderia acontecer. Assim, na incapacidade de algum treinador com prestígio aceitar trabalhar com Bruno de Carvalho lá teremos uma promessa a ter que lidar com o desestabilizador-mor que, como dissemos há um ano, trouxe coisas positivas ao nosso clube mas é cada vez mais um ativo tóxico para o nosso clube e para o desporto em geral.

Queria acabar por voltar a agradecer publicamente a todos os que fizeram comigo aquela caminhada no ano passado e ainda a todos os que votaram na nossa lista. Não é grande consolo termos tido razão antes do tempo mas é reconfortante poder viver estes tempos difíceis de cabeça erguida e, na altura mais difícil, ter lutado pelos valores históricos do Sporting que, apesar de tudo, ainda acabarão por prevalecer.

Viva o Sporting! 

Pedro Madeira Rodrigues"
 

publicado às 21:20

A medalha de bronze de Nelson Évora

Rui Gomes, em 04.03.18

 

 O salto que deu a Nelson Évora a medalha de bronze nos Mundiais de pista coberta.

 

publicado às 18:17

 

1024.jpg

 

O homem acusado de atropelar mortalmente o adepto italiano Marco Ficini, junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, em Abril do ano passado, vai ser “libertado de imediato”, disse à agência Lusa o seu advogado.

 

Carlos Melo Alves disse que Luís Pina, em prisão preventiva desde 29 de Abril, “vai ser libertado de imediato”, porque não foi proferida decisão instrutória no prazo máximo de dez meses, após a data em que lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

 

Esse prazo de dez meses terminou na quinta-feira, 01 de Março, e a instrução - fase facultativa e que visa confirmar a acusação do Ministério Público ou o arquivamento do processo –, requerida pelo arguido, só começa em 20 de Março no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

 

No Requerimento de Abertura de Instrução (RAI), a que a Lusa teve acesso, o arguido diz que "nunca teve intenção" de atropelar e “muito menos matar um ser humano”, pedindo para não ir a julgamento.

 

O advogado de Luís Pina refere ainda no RAI que a acusação do Ministério Público (MP) “prima por uma nítida parcialidade na análise das provas e na interpretação dos factos” e “faz tábua rasa de todo um circunstancialismo que rodeou os acontecimentos”.

 

O MP acusou em Outubro 22 arguidos (10 adeptos do Benfica com ligações aos No Name Boys e 12 adeptos do Sporting da claque Juventude Leonina): Luís Pina está acusado do homicídio de Marco Ficini e de outros quatro homicídios, na forma tentada, enquanto os restantes arguidos estão acusados de participação em rixa, dano com violência e omissão de auxílio.

 

A vítima pertencia à claque do clube italiano Fiorentina O Club Settebello, era adepto do Sporting e morreu após um atropelamento e fuga junto ao Estádio da Luz, na sequência de confrontos ocorridos na madrugada de 22 de Abril, horas antes de um jogo entre o Sporting e o Benfica, da 30.ª jornada da I Liga, da época anterior, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

 

Segundo a acusação do MP, a que a Lusa teve acesso, nessa madrugada, um grupo de adeptos do Benfica dirigiu-se às imediações do Estádio de Alvalade e efectuou o lançamento de um foguete luminoso de cor vermelha na direcção do topo Sul do estádio.

 

“Depois do lançamento desse foguete luminoso, os adeptos benfiquistas, querendo impedir uma expectável reacção dos adeptos sportinguistas junto ao seu próprio estádio, prepararam-se para os manter afastados do Estádio da Luz, se necessário com recurso à violência”, refere a acusação.

 

Um grupo de cerca de 30 adeptos benfiquistas estabeleceu então um posto de controlo para os automóveis que se aproximavam da entrada do Estádio da Luz. Nesse contexto, estes adeptos deram ordens de paragem a vários condutores, que só prosseguiam viagem após os adeptos benfiquistas se certificarem de que no veículo não seguiam adeptos sportinguistas.

 

Ao mesmo tempo, acrescenta o MP, outros adeptos benfiquistas, entre eles dois dos arguidos, “muniram-se de pedras da calçada e permaneceram escondidos nas imediações do Estádio da Luz, enquanto aguardavam pela chegada dos adeptos sportinguistas, que pretendiam surpreender e afastar à pedrada”.

 

Adeptos sportinguistas, que se encontravam no Estádio de Alvalade a distribuir bilhetes e a preparar as coreografias da claque ‘Juventude Leonina’ para o jogo que iria decorrer nesse dia, colocaram-se então em diversos automóveis e, em caravana, dirigiram-se ao Estádio da Luz a fim de “ripostarem” pelo lançamento do foguete luminoso, levando consigo barras de metal.

 

Na caravana seguiam 12 dos arguidos, adeptos do Sporting, e ainda Marco Ficini, simpatizante do Sporting que tinha viajado de Itália para assistir ao jogo de futebol entre o Sporting e o Benfica.

 

Assim que os adeptos do Sporting chegaram à rotunda Cosme Damião, junto ao Estádio da Luz, o arguido Luís Pina conduziu o seu veículo, em alta velocidade, em direcção àquela rotunda, que se encontrava bloqueada pelos veículos dos adeptos do Sporting”, conta o MP.

 

Simultaneamente, nove dos outros arguidos, adeptos do Benfica, correram em direcção à mesma rotunda, “munidos de pedras da calçada, que arremessaram contra os adeptos do Sporting”.

 

Apercebendo-se de que a rotunda se encontrava bloqueada, o arguido Luís Pina parou o veículo onde seguia e, de imediato, relata a acusação, “começou a ser apedrejado e vandalizado com objectos metálicos pelos adeptos sportinguistas”.

 

Durante os confrontos e perseguições que se seguiram, Luís Pina atropelou mortalmente Marco Ficini, “arrastando o corpo por 15 metros”, imobilizando o carro só “depois de ter passado completamente por cima do corpo da vítima”, descreve a acusação, acrescentando que o arguido abandonou o local “sem prestar qualquer auxílio”.

 

publicado às 16:19

Fotografia com história dentro (87)

Leão Zargo, em 04.03.18

 

SCP 6 FCP 1 1959-60 (2).jpg

 

A tarde de glória de Vadinho numa goleada ao FC Porto

 

O Estádio José de Alvalade encheu-se em 24 de Janeiro de 1960 para assistir a mais um “clássico” entre o Sporting e o FC Porto. Nessa semana o treinador Fernando Vaz tinha sido substituído pelo argentino Mário Imbelloni, depois de um frustrante empate com a Académica em Coimbra. No entanto, acredita-se sempre que os “clássicos” têm o condão de fazer renascer as grandes equipas e os atributos dos bons jogadores. Os adeptos acorreram em massa, os leões fizeram um belíssimo jogo e o resultado final de 6-1 talvez tenha ultrapassado as melhores expectativas.

 

Vadinho, um avançado-centro contratado ao Vasco da Gama em 1957, com uma técnica refinadíssima, foi o homem do jogo ao conseguir um hat-trick. Obrigou o guarda-redes Acúrcio a ir buscar a bola ao fundo da baliza aos 17, 55 e 57 minutos. Faustino (dois golos) e Juan Seminário (um golo) marcaram os restantes. O golo portista foi apontado pelo checoslovaco Janko Daucik, filho do treinador Ferdinand Daucik. Tratou-se do último jogo do futebolista Pedroto em Alvalade. Depois, voltaria muitas vezes, mas como treinador de futebol.

 

Ficha de jogo:

 

Campeonato Nacional (16ª Jornada)

Sporting 6 - FC Porto 1

Estádio de Alvalade, 24 de Janeiro de 1960

Árbitro - Manuel Lousada (AF Santarém)

 

Sporting - Octávio de Sá, Mário Lino, Lúcio, António França, Hilário, Fernando Mendes, Hugo Sarmento, Faustino, Vadinho, Juan Seminário e Diego

 

Treinador - Mário Imbelloni

 

Marcadores - Vadinho (17m, 55m e 57m), Faustino (29m e 46m) e Seminário (89m)

 

FC Porto - Acúrcio, Virgílio, António Paula, Barbosa, Pedroto, Monteiro da Costa, Ferenc Haaz, António Teixeira, Janko Daucik, Noé e Humaitá

 

Treinador - Fernando Daucik

 

Marcador - Janko Daucik (67m)

 

publicado às 13:34

Um 'passarinho' informou...

Rui Gomes, em 04.03.18

 

img_770x433$2017_06_12_00_12_23_1276581.jpg

 

... Que Miguel Cardoso, actual treinador do Rio Ave e ex-adjunto de Domingos Paciência no Sporting e no SC Braga e de Paulo Fonseca, no Shakhtar Donetsk, está em linha para suceder a Jorge Jesus.

 

Isto, a acreditar, apenas no Verão.

 

publicado às 12:37

Rafael Leão já desperta interesse

Rui Gomes, em 04.03.18

 

img_770x433$2018_03_04_01_33_22_1371584.jpg

 

Com apenas 18 anos, 134 minutos e dois golos pela equipa principal do Sporting, Rafael Leão já desperta o interesse de alguns dos colossos do futebol europeu.

 

De acordo com o jornal britânico Mirror, Manchester United, Manchester City e Real Madrid têm o avançado referenciado, sendo que a equipa de Pep Guardiola já terá feito saber que está disposta a gastar milhões na contratação do jogador para o próximo defeso.

 

Também José Mourinho já terá pedido à direcção do Manchester United para contratar o atacante.

 

Rafael Leão renovou recentemente contrato com o Sporting até Junho de 2022, mantendo a cláusula de 45 milhões de euros.

 

Um aumento da cláusula estará em ordem, mas isso obrigará um novo aumento salarial.

 

Aos 18 anos, não será prematuro ?

 

publicado às 12:18

Prisioneiros da caverna

Naçao Valente, em 04.03.18

 

20913302_ucYQN.jpg

 

Quem teve oportunidade de estudar filosofia conhece esse grande filósofo grego chamado Platão, autor da alegoria da caverna, escrita com intenção filosófico-pedagógica e que faz parte da obra República. 

 

Em síntese, no interior de uma caverna existem seres humanos, prisioneiros acorrentados e virados para a parede onde vêem sombras vindas do exterior que tomam pela realidade. Se um prisioneiro saísse da caverna e enfrentasse a luz e uma nova realidade, ficaria perturbado e não acreditaria. Confuso, tentaria voltar para a caverna, para a realidade a que estava habituado. Ao regressar, os seus olhos cegariam ao passar da luz para a escuridão, o que levaria os outros a pensar que sair da caverna provocava danos e nunca deviam sair dali. Assim, pretende mostrar, que na existência humana os homens são prisioneiros de falsas crenças, preconceitos e ideias enganosas, das quais não se conseguem libertar.

 

Este princípio, passados milhares de anos, parece continuar actual. Ao longo da história são muitos os exemplos desta situação que faz os homens tomarem a ilusão pela realidade, com reflexos negativos para a sua própria existência.

 

O mesmo princípio pode encontrar-se na realidade ilusória  do mundo do futebol. Massas alienadas seguem cega e ingenuamente ídolos,  que se arvoram em salvadores do que nem precisa de ser salvo. Há registos destes acontecimentos em diversos segmentos da área desportiva. Mas quero aplicar o principio ao clube de que sou adepto desde a infância, e que vive um período da sua existência, em que a cegueira por um ídolo chegou a um ponto, do qual não tenho memória.

 

Bruno Miguel chegou à presidência em função de forte descrença dos adeptos devido a alguns anos de más prestações desportivas. O 'salvador' emergiu como um "D. Sebastião" surgido da bruma, e depressa criou a auréola de um homem providencial. E criou-a, não tanto pela sua obra, mas pela ilusão que sobre ela soube vender. Para o efeito, montou uma eficaz máquina de propaganda, que varre para debaixo do tapete tudo o que é preciso esconder, e dá ressonância ao que lhe interessa valorizar. Esta receita  não é nova, e é utilizada pela política, especialmente pelos grandes ditadores da história. É uma nova fórmula que encaixa na alegoria dos prisioneiros da caverna.

 

E por mais que as vozes críticas alertem para a gravidade da situação, de imediato são ostracizadas como inimigas do construtor de ilusões. Veja-se o caso de alguns prisioneiros mediáticos que ousaram libertar-se. Podem aqui pessoas  isentas, conhecedoras da situação financeira, alertar para o facto de esta não corresponder à versão oficial, para logo os expert defensores, virem a terreiro fazer passar a sua (única) verdade.

 

Podem os resultados desportivos continuar modestos, e sucessivamente adiados para as calendas, que os prisioneiros da ilusão, não querem sair da sua zona de conforto, para reflectir, para analisar criticamente. Como na alegoria, é mais confortável continuar a acreditar no mundo de sombras que lhe inculcam na mente. Viver na realidade é de facto mais doloroso. O culto da ignorância, assente  nas aparências sensíveis é uma das razões da perseguição aos que se libertam da caverna.

 

publicado às 04:00

 

IU03T797.jpg

 

A 132.ª Assembleia Geral do International Board aprovou este sábado, por unanimidade, a introdução do vídeo-árbitro nas leis do futebol, o que terá consequência imediata na sua utilização no Mundial de 2018.

 

Depois desta decisão, a FIFA, cujo líder Gianni Infantino preside ao IFAB, deverá dar ‘luz verde’ ao VAR a 16 de Março, em Bogotá, na Colômbia.

 

Infantino já havia afirmado em várias ocasiões ser favorável à utilização do videoárbitro no futebol, para rever “erros claros dos árbitros, envolvendo golos, grandes penalidades, cartões vermelhos e identidades trocadas”.

 

O Mundial de futebol de 2018 realiza-se na Rússia, de 14 de Junho a 15 de Julho, com a participação da Selecção portuguesa, que se apresenta como campeã europeia em título.

 

publicado às 03:58

 

image.jpg

 

A equipa de hóquei em patins do Sporting venceu por 7-1 na deslocação a Turquel, este sábado, em jogo a contar para a 18.ª jornada do Campeonato Nacional. Os leões chegaram ao fim do primeiro tempo já a vencer por 4-0, tendo na segunda parte consolidado o resultado.

 

Ferran Font (2), Caio (2), Pedro Gil, Toni Perez e o capitão João Pinto marcaram para os verdes e brancos, enquanto que Daniel Matias fez o golo de honra dos visitados.

 

O Sporting é líder com 49 pontos, embora à condição, pois o Benfica (47) desloca-se este domingo a Valongo.

 

publicado às 03:57

 

img_770x433$2018_03_03_20_24_54_1371479.jpg

 

A equipa de futsal do Sporting consolidou ainda mais a liderança do campeonato ao vencer o Modicus por 5-1, no primeiro jogo no Pavilhão João Rocha depois da paragem devido ao Europeu.

 

Fortino (14’ e 36’), Dieguinho (19’), Cavinato (31’) e Merlim (40’) marcaram os golos da formação orientada por Nuno Dias. Pedrinho (31') reduziu a diferença para o emblema gaiense.

 
Antes da partida, o Sporting homenageou os quatro campeões da Europa que alinham no seu plantel: André Sousa, João Matos, Pany Varela e Pedro Cary.
 
O Sporting soma agora 55 pontos na tabela classificativa da Liga SportZone, mais nove do que o clube da Luz, que tem um jogo a menos.
 

publicado às 03:56

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 03.03.18

 

W-Motors-Lykan-Hypersport-2-5.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2018 Lykan Hypersport - 3,4 milhões de dólares

 

publicado às 22:00

 

28468034_1712347188829789_5713168247708977773_n.jp

 

O Sporting B foi derrotado pelo Arouca na Academia de Alcochete (0-2). Continua a série de maus resultados, a equipa leonina não consegue vencer um jogo desde 29 de Janeiro quando derrotou o Real Massamá por 2-1, a única vitória em 2018. Esta época, os jogadores orientados por Luís Martins obtiveram oito vitórias, sete empates e doze derrotas. Os arouquenses comandam provisoriamente a classificação da 2ª Liga.

 

O jogo deste sábado frente ao Arouca repetiu cenários anteriores: erros defensivos, inconsistência ofensiva, falhanços em momentos cruciais do jogo. Em Março a equipa ainda não possui um modelo de jogo e, por isso, as dinâmicas individuais não se inserem num padrão organizativo colectivo. Não existindo um modelo de jogo o comportamento dos jogadores torna-se incoerente e ineficaz. Entre outras razões, o facto de terem sido utilizados 32 jogadores em 27 jogos explica muito do que se passa.

 

O jogo repetiu algo já conhecido: a equipa adversária adiantou-se no marcador, os leões reagiram mais com o coração do que a cabeça e, não conseguindo marcar, acabaram por perder o jogo sofrendo outro golo. Costuma-se dizer que o futebol é um jogo imprevisível, mas quando o modelo organizativo é inconsistente torna-se difícil alcançar o sucesso.

  

O Sporting B encontra-se numa posição absolutamente precária na tabela classificativa, em 15º lugar com 31 pontos, ameaçado pela descida de divisão. As equipas posicionadas nos quatro últimos lugares descem de divisão. Os dois lugares acima disputam um play-off. Na próxima jornada, em 10 de Março, os leões deslocam-se aos Açores para defrontar o Santa Clara.

 

img_770x433$2018_03_03_17_55_30_1371428.jpg

  

Ficha de jogo

 

Campeonato da 2ª Liga (27ª Jornada)

Sporting B 0 - Arouca 2

CGD Stadium Aurélio Pereira, 3 de Março de 2018

Árbitro: Daniel Cardoso (AF Aveiro)

 

Sporting B: Vladimir Stojkovic, Tiago Djaló, Merih Demiral, Ivanildo Fernandes, David Sualehe (Pedro Marques, 65), Bubacar Djaló (Abdu Conté, 56), Paulinho (Ricardo Almeida, 56), Rafael Barbosa, Pedro Delgado, Ary Papel e Ronaldo Tavares

 

Treinador: Luís Martins

 

Arouca: Rafael Bracali, João Amorim, Deyvison, Nuno Coelho, Vítor Costa, Victor Massaia, Bruno Alves (Nuno Valente, 82), Aleks Palocevic, Ernest Ohemeng (Andre Bukia, 64), Barnes (Jefre Vargas, 89) e Roberto

 

Treinador: Miguel Leal

 

Golos: Barnes Osei (24’) e Nuno Coelho (g.p. 90+6)

 

publicado às 17:41

Compromisso falhado, destino traçado: RUA!

Ricardo Leão, em 03.03.18

 

 

publicado às 14:11

O que falta jogar do campeonato

Rui Gomes, em 03.03.18

 

img_infografias$2018_03_03_08_09_35_1371286.jpg

 

ADENDA: Há um erro no gráfico. O jogo do Benfica com o V. Guimarães, é em "casa" e não "fora".

 

publicado às 12:35

Uma imagem que diz tudo

Ricardo Leão, em 03.03.18

 

20912658_Aom7Z.jpg

 

Subserviente para com o "Papa", de quem, em tempos, se confessou admirador, sendo que não passa na realidade de um muito mau aprendiz. Gozado pela duas senhoras. O retrato fiel do ainda presidente do Sporting, Azevedo de Carvalho, em mais um adeus ao título no seu já longo consulado. Aquele que foi prometido aos adeptos e que lhes é de novo negado pela "dupla maravilha". Bruno Miguel juntou-se ao grupo restrito de presidentes ou ex-presidentes do Sporting que, em 5 anos, ganharam 0. Sousa Cintra já la estava.

 

publicado às 10:42

Leoas são elas

Rui Gomes, em 03.03.18

 

img_770x433$2017_01_06_23_34_20_1203988.jpg

Lea Vicente

 

publicado às 04:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds