Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.09.18

 

ca0816-244563_12.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

2006 Bugatti Veyron 16.4 - Leilão 2006 - 924 mil dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Carlos Mané agradece

Rui Gomes, em 30.09.18

 

Screenshot (7).png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

À porta fechada? Só a gargalhada!

Rui Gomes, em 30.09.18

 

O mau comportamento dos adeptos nos jogos de futebol é uma matéria sensível, que promete continuar a fazer correr muita tinta.

 

img_240x200$2015_10_26_19_11_45_1006496_im_6358148

O Conselho de Disciplina da FPF já havia sublinhado, no seu último relatório, que "esse tipo de comportamento, (…) quando assenta na deflagração e arremesso de objetos perigosos, representa uma das manifestações de maior violência no desporto e, entre outras tantas consequências negativas, assume-se como um factor de insegurança e perigo para os espectadores e todos os agentes desportivos que participam num espetáculo desportivo".

 

Chegou, pois, o crucial momento em que era impossível não haver castigos de jogos à porta fechada, sob pena de a justiça desportiva aceitar ser uma figura pouco mais do que decorativa, incapaz de tomar decisões que afrontem os poderes instituídos.


O futebol português recusa corrigir-se, os principais clubes não querem aceitar que não podem mandar em tudo e que os métodos utilizados para condicionar as decisões são absolutamente intoleráveis.

 

Tudo é susceptível de recurso (os advogados e os seus escritórios agradecem e rejubilam com tanto ‘caso’), com custos impensáveis, e até saltaram muitas figuras a patrocinar a ideia de que a ‘porta fechada’ é um mecanismo anti-futebol.

 

Controlem melhor os adeptos, naquilo que podem fazer, e verão que a ‘porta fechada’ não acontecerá.

 

De resto, um Benfica-FC Porto, à porta fechada, significaria uma decisão do TAD em 8 dias. À porta fechada? Só se for uma sonora gargalhada.

 

Rui Santos, jornal Record

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

Futebol com humor à mistura

Rui Gomes, em 30.09.18

 

mw-860.jpg

 

"Quando está de folga do emprego que tem enquanto boneco insuflável que se abana todo ao sabor do vento em stands de carros usados nos EUA (vi nos filmes), lá vem dar uma perninha no futebol. O meu momento preferido da sua performance de hoje foi quando quis aliviar uma bola para a frente ali à entrada da nossa área, e deu canto para eles".

 

Esta, a tentativa a humor (com futebol à mistura) de Diogo Faro, jornal Expresso. Para ser justo, o cronista devia ter escolhido um outro patamar para o seu comentário humorístico, mesmo sendo correcto no lance que refere, que até levou Petrovic a levar um raspanete de José Peseiro.

 

Na realidade, Petrovic realizou uma das suas melhores exibições, se não mesmo a melhor, de "leão ao peito", esse lance não obstante e merece justo reconhecimento, com ou sem humor.

 

img_920x518$2018_09_30_02_12_51_1454494.jpg

 

Já sobre Abdoulay Diaby, o humor (algo negro) vem mais a propósito:

 

"Entrou bem, aqueles 7 segundos. Eu bem queria escrever mais sobre ele, mas a jogar só dois minutos por jogo fica complicado. – Peseiro, é a terceira vez que tenho aqui estas linhas sobre o Diaby. Se algum dia der para mudar, avisa, por favor".

 

***Sobre Diaby, não dá para publicar uma foto de jogo, simplesmente porque... não existem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:25

Fotografia com história dentro (115)

Leão Zargo, em 30.09.18

 

21186628_pU6RG.jpeg

 

Libânio Avelar

 

Libânio Avelar chegou ao Sporting no Verão de 1961 com 31 anos de idade. Octávio de Sá tinha regressado a Moçambique, o brasileiro Aníbal Saraiva não convencera, e os leões procuravam um guarda-redes muito mais experiente e seguro para disputar a baliza ao jovem Carvalho. Era um guardião com muita tarimba, com longa carreira na CUF (oito anos e Campeão Nacional da 2ª Divisão) e no Vitória de Setúbal (quatro anos).

 

Libânio Avelar permaneceu quatro épocas em Alvalade e assumiu-se sempre como uma alternativa válida a Carvalho, a quem nunca deu descanso. De tal forma que o treinador Juca deu-lhe a titularidade nas três últimas jornadas do Campeonato Nacional quando Sporting e FC Porto estavam com os mesmos pontos no topo da classificação. No último jogo da competição, decisivo para a atribuição do título, houve dérbi com o Benfica bicampeão europeu, Libânio é que defendeu a baliza sportinguista, os leões venceram por 3-1 e foram os campeões nacionais. Foi o primeiro jogo de Eusébio em Alvalade.


O futebol não é uma ciência exacta, mas existem coisas exactas no futebol. Na fase crucial do Campeonato, Juca confiou num guarda-redes imperturbável, mesmo nas situações de maior pressão ofensiva dos jogadores adversários, que transmitia grande confiança aos companheiros de equipa. Apesar de ser “baixote” (tinha 1,78 de altura), Libânio era seguro entre os postes e eficaz nas saídas destemidas da baliza. Na verdade, foi um bom guarda-redes do nosso futebol nas décadas de 1950 e 1960, um dos melhores numa segunda linha logo a seguir aos habituais titulares dos principais clubes portugueses.

 

No futebol as grandes vitórias também se alcançam com jogadores que parecem normais, que não são considerados excepcionais. Ao treinador compete impor uma visão comum, colectiva, que faça com que cada jogador se supere, que se torne indispensável. Foi o que se passou em 1961-62 com um plantel sobre o qual Otto Glória chegou a dizer, antes de ser demitido pela direcção sportinguista, que “sem ovos não se fazem omeletas”. Essa visão comum é também o combustível que conduz ao sucesso.

 

Na fotografia, Libânio está rodeado por adeptos leoninos que festejam o título no final do jogo com o Benfica em 27 de Maio de 1962.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30

 

Barbosa1.jpg

 

Rafael Barbosa, médio emprestado pelo Sporting ao Portimonense, e Rodiney Sampaio, presidente da SAD, terão tido um desentendimento este sábado, no final do jogo da Liga Revelação que opôs os algarvios ao Benfica e que terminou empatado a dois golos.

 

Apesar de ser presença regular nas convocatórias da equipa A, comandada por António Folha, desta vez o jogador cedido pelo Sporting foi titular nos sub-23, de Luís Boa Morte, tendo sido substituído aos 80’, quando já estava fixado o resultado (2-2)

 

Ao que consta, o dirigente algarvio terá abordado de forma exaltada o jogador, já depois da substituição, numa zona dos balneários onde não se encontravam mais elementos dos algarvios, com Rafael Barbosa a queixar-se de ter recebido uma cabeçada.

 

Eventualmente houve quem se apercebeu do que se passava e procuraram serenar os ânimos, mas Rafael Barbosa arrumou os seus pertences de imediato e seguiu para Lisboa.

 

O caso deve fazer cessar o contrato de empréstimo do jogador ao clube algarvio, pelo que o médio pode regressar de imediato ao Sporting. O problema óbvio, se assim acontecer, é que não poderá jogar até a abertura das inscrições em Janeiro.

 

Rodiney Sampaio recusou comentar o incidente, alegando estar focado no jogo da equipa algarvia com o Desportivo das Aves. Os responsáveis do Sporting, nomeadamente o presidente, Frederico Varandas, já foram informados da situação e vão analisar a decisão a tomar.

 

À parte do incidente, não dá para compreender como a cedência do jogador pelo Sporting permite a sua utilização na equipa de sub-23 do Portimonense. Para ser utilizado nesse escalão, não precisava de ser emprestado, uma vez que o Sporting também disputa a Liga Revelação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

 

prog_scp_maritimo.gif

 

Sem ser brilhante, o Sporting apresentou-se muito bem organizado, sólido na defesa - o único verdadeiro lance de perigo do Marítimo surgiu já perto do intervalo, em que Acuña acabou por aliviar o esférico mesmo à frente de Salin - e, sobretudo, com dois golos a acentuar a merecida vitória.

 

Com cinco ausentes, por razões várias, que normalmente seriam titulares, José Peseiro viu-se obrigado a mexer no onze inicial, concedendo a titularidade a Petrovic e ao jovem Jovane Cabral.

 

O Sporting alinhou de início com Salin; Ristovski, Coates, André Pinto, Acuna; Petrovic, Gudelj, Jovane e Raphinha; Bruno Fernandes e Fredy Montero.

 

Suplentes: Renan, Marcelo, Jefferson, Mané, Diaby, Misic e Castaignos.

 

 

Gostei das exibições de Petrovic e Gudelj, a dar cobertura a uma grande parte do terreno, tanto em termos defensivos como ofensivos. O mais recente reforço leonino parece não enganar. Vai ser uma mais-valia ao longo da época. Muito bom jogo de Montero na frente do ataque, com um golo muito oportuno. E Acuña a dar indicações de melhor adaptação a lateral esquerdo.

 

De resto, Diaby teve os seus usuais cinco minutos de jogo e Carlos Mané, literalmente, o seu primeiro minuto da época. No que a Diaby diz respeito, gostaria de compreender o plano de José Peseiro. Até é compreensível o pouco tempo de jogo se de facto ele ainda não está bem integrado na equipa, mas escapa-me o que cinco minutos de cada vez o vai beneficiar.

 

Vitória muito importante depois do desaire em Braga e ainda tendo em conta o empate do clube da Luz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

 

image.jpg

 

Bruno Fernandes foi considerado o homem do jogo na vitória (2-0) deste sábado, em Alvalade, frente ao Marítimo, mas na hora de receber a distinção, no final do encontro, o camisola oito preferiu premiar não a exibição, mas um regresso especial: Carlos Mané:

 

"A exibição foi aquilo que queríamos, conseguimos o nosso objectivo, que era a vitória, mas hoje os parabéns vão para o Carlos Mané. É ele o homem do jogo, após 15 meses está de volta e ainda nos vai dar muitas alegrias. Vou dar-lhe o meu prémio de homem de jogo".

 

Carlos Mané, que este sábado entrou nos descontos, não fez qualquer jogo na época 2017/18, devido a duas lesões graves. O último jogo que disputou foi a 2 de Abril de 2017, antes de ser operado ao joelho direito, lesão que o obrigou a uma paragem de seis meses. Contudo, quando estava prestes a regressar aos relvados, em Janeiro de 2018, sofreu uma rotura num tendão da coxa e voltou a parar até ao final da época. Este sábado, voltou.

 

Grande atitude de Bruno Fernandes !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

Foto do Dia

Rui Gomes, em 30.09.18

 

img_920x519$2018_09_30_01_26_27_1454474.jpg

 

João Salvador Marques, sócio n.º 1 do Sporting - com 98 anos, 97 de filiação - a assistir ao jogo com o Marítimo ao lado do presidente Frederico Varandas, foi alvo de um estrondosa salva de palmas em Alvalade. Antigo atleta de ginástica, voleibol e ténis de mesa, além de médico do Clube. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

Visitar uma página do passado

Rui Gomes, em 30.09.18

 

DoSXiPaXkAAkJjt.jpg

 

Aldo Duscher, médio argentino que jogou de "leão ao peito" durante duas épocas. Chegou ao Sporting no Verão de 1998, proveniente do Club Atlético Newell's Old Boys como jogador livre, e foi vendido ao Deportivo de La Coruña em Julho 2000 por 13 milhões de euros.

 

Breves palavras do antigo "leão":

 

"Continuo a apoiar o Sporting. Foi um clube que me deu muito e, por isso, quero agradecer a todos. O apoio dos adeptos foi muito importante, especialmente na época do título, para conseguirmos os objectivos".

 

Terminada a sua carreira de futebolista, Duscher pretende continuar ligado ao jogo como treinador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

 

img_920x518$2018_09_29_20_35_16_1454318.jpg

 

Num encontro da 3.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, o Sporting sofreu a primeira derrota na prova, ao ceder no Pavilhão João Rocha perante o Silkeborg, por 32-35. 

 

Depois dos dois triunfos a abrir e contabilizando esta derrota, a equipa leonina caiu para o 3.º lugar, embora em igualdade pontual com os primeiros dois classificados.

 

Ao intervalo, os bicampeões nacionais perdiam por 14-19 mas o máximo que conseguiram foi reduzir a desvantagem. Marian Ghionea, Frankis Carol e Tiago Rocha marcaram 5 golos cada para a formação verde e branca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.09.18

 

29-Rolls-Phantom-1-Ascot-DV-11-RMM-03-800.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

1929 Rolls-Royce Phantom I Derby Speedster

Leilão 2013 - 1,980 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59

Convocatória para o Marítimo

Rui Gomes, em 29.09.18

 

42734634_10155526503486555_5141951472589602816_n.j

 

A lista dos 21 convocados por José Peseiro para o embate desta noite com o Marítimo. Três destes jogadores irão para a bancada e a julgar pelos outros jogos, a escolha deverá recair sobre Miguel Luís, Diogo Sousa.e depois fica-se ainda com dúvidas sobre um dos defesas, Misic ou Carlos Mané.

 

A maior surpresa é a ausência do capitão Nani. Não consta qualquer problema clínico e, confirmando-se, a sua exclusão só pode ser interpretada como punição pela sua recém-conduta ao ser substituído no jogo em Braga. Parece-me uma medida excessivamente drástica, mas cabe aos responsáveis agir de acordo com o que consideram os maiores interesses da equipa.

 

O provável 'onze inicial' deve ser o seguinte:

 

Salin; Ristovski, Coates, André Pinto e Acuña (Jefferson); Battaglia, Gudelj, Raphinha e Jovane Cabral (Acuña): Bruno Fernandes e Montero.

 

Bas Dost, Mathieu e Wendel continuam a recuperar de lesão. A situação de Bruno César não é clara. Já Viviano, parece destinado a ser excluído de modo a forçar a sua saída em Janeiro.

 

Adenda: É um caso em que se olha mas não se vê, da minha parte. Só agora através dos leitores é que verifiquei que Battaglia também não foi convocado. Desconheço a razão. Neste cenário, temos Petrovic e Misic para essa zona do terreno, salvo Peseiro designar Acuña, com Jefferson a assumir a lateral esquerda da defesa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51

Leoas são elas

Rui Gomes, em 29.09.18

 

destaque1_Filipa-Maia (1).jpg

 Filipa Maia

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:33

 

gavel.jpg

 

Não podemos afirmar que a decisão proferida pelo Tribunal é uma surpresa, mas também reconhecemos que se vive num Mundo em que o imprevisível é frequentemente possível.

 

A providência cautelar interposta pelo presidente destituído e Alexandre Godinho - que pretendia anular a deliberação da Assembleia Geral de destituição, realizada a 23 de Junho, por alegadas irregularidades - foi chumbada pela juíza Susana Cabaço.

 

A ‘providência das providências’, como é considerada, chegou a ser utilizada por Bruno de Carvalho para, a 17 de Agosto, reclamar de volta a presidência, sob o argumento de que o parecer do juiz lhe era favorável. O ex-presidente não queria que o Sporting fosse ouvido mas o tribunal entendeu que o Clube tinha o direito de contestar, como veio a suceder.

 

Na resposta, que constou de 265 pontos, a Comissão de Gestão defendeu que o regresso do ex-presidente teria "consequências ruinosas", nomeadamente perda de investidores e patrocinadores; os leões alertaram ainda para a "relação tóxica" do antigo presidente com o plantel e para o perigo de saída dos jogadores que rescindiram e aceitaram voltar, casos de Bas Dost, Bruno Fernandes e Rodrigo Battaglia.

 

A juíza Susana Cabaço, no despacho da decisão, concluiu que: 

 

"Os requerentes não alegam factos concretos referentes ao dano considerável, limitando-se a tecer conjecturas e considerações sobre tal de forma absolutamente conclusiva.

 

O que mais se impõe aos requerentes é a invocação de factos concretos de onde se retire a existência de dano apreciável na manutenção da deliberação social perante a demora do processo de impugnação dessa mesma deliberação e não os benefícios gerados por essa mesma suspensão.

 

Grande parte do requerimento interposto refere-se a conflitos no Sporting, sem interesse ou relevância para a providência cautelar. Pelo exposto, declaro nulo todo o processo".

 

 As custas remetidas para Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:32

 

Nuno-Saraiva.jpg

 

O antigo director de comunicação do Sporting, Nuno Saraiva, despediu-se esta sexta-feira do Clube através de uma mensagem publicada no Facebook, na qual assume 'mea culpa':

 

"Deixei passar uns dias, na tentativa (falhada) de que a minha racionalidade não fosse contaminada pela emoção.

 

Como é público, deixei de ser director de comunicação do Sporting Clube de Portugal. Não por vontade minha, mas por consequência de uma decisão absolutamente legítima e totalmente transparente do novo Presidente do Clube. Ao contrário do que a dada altura alguns tentaram fazer crer, não levantei qualquer espécie de obstáculo nem fiz nenhuma exigência para além do que a lei determina.

 

Foram dois anos de enorme intensidade. Com erros cometidos? Certamente que sim. Com excessos que poderiam ter sido evitados? Seguramente. Mas foram também dois anos de grande privilégio e paixão, em que conheci e fiquei amigo de muitas pessoas extraordinárias.

 

Quero agradecer, na pessoa da minha querida Rosa Duarte, a todos os colaboradores do Sporting Clube de Portugal a oportunidade que me deram de trabalhar com muitos dos melhores profissionais do mercado. A todos os extraordinários atletas, treinadores e dirigentes estou grato pela forma como me receberam e comigo trabalharam.

 

Ao nosso Presidente Frederico Varandas e à sua Direcção desejo que nos façam felizes, porque o seu sucesso é o sucesso do Sporting CP.

 

A quem insiste em medir o sportinguismo dos outros e em fazer julgamentos de carácter sem cuidarem de saber do que falam, digo-lhes apenas que isso não é Unir o Sporting.

 

A todos um enorme obrigado pelo que aprendi e me proporcionaram.

 

Parafraseando o Presidente, nasci Sporting, cresci Sporting, respiro Sporting e sou o Sporting. Sim, sou eu, é o Presidente, bem como são todos os Sócios e Adeptos porque, sem nós, sem todos nós, não há Clube.

 

Saudações Leoninas a todos e Sporting Sempre!".

 

Admitir que cometeu "erros" e que houve "excessos" que poderiam ter sido evitados é dizer muitíssimo pouco, tendo em consideração a generalidade das circunstâncias e, em particular, o seu desempenho, maioritariamente não em defesa do Sporting, mas sim para o benefício do presidente destituído.

 

Com isto dito, acabamos por reconhecer que não vale a pena "bater em mortos". Nuno Saraiva faz parte de um sórdido ciclo do passado que esperamos que nunca mais se repita na história desta honrosa Instituição centenária.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:31

Sábado desportivo

Rui Gomes, em 29.09.18

 

42727165_10155525306736555_7137128102735380480_n.j

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:30

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.09.18

 

CrRYv4dXEAEvjjU.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

1957 Mercedes-Benz 300 SL Roadster - Leilão 2014 - 1,7 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

 

ClaudioBragaLusa.jpg

 

Considerações de Cláudio Braga, treinador do Marítimo, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo deste sábado com o Sporting, em Alvalade, a contar para a 6.ª jornada da Liga NOS:

 

"Vão ser duas equipas à procura da vitória, cada uma com o seu plano de jogo. Nem o Sporting nem nós vamos ter uma abordagem diferente. Vamos ter os dois uma vontade de ganhar e, mais do que nunca, saber que só com uma performance máxima é que podemos pontuar.

 

(...) Espero uma equipa que, perante o seu público, quer dar resposta, que é o que sentimos depois de uma derrota, em que queremos jogar o mais rapidamente possível. Temos de ter uma concentração, uma disciplina tática e uma vontade contínua de querer fazer a diferença do primeiro ao último minuto. O querer ganhar não é só para o Sporting. É também para nós".

 

"O querer ganhar não é só para o Sporting"... é verdade e ainda bem que assim é, caso contrário o futebol não teria interesse algum.

 

O Marítimo soma os mesmos 10 pontos do Sporting na tabela classificativa - fruto de três vitórias e um empate - e mesmo não sendo um candidato ao título, é uma equipa que luta sempre pelos lugares cimeiros e por garantir o apuramento para as provas europeias.

 

Aparentemente em dúvida, o capitão Danny, ex-jogador do Sporting, entre outros. Cláudio Braga optou por não revelar se o jogador madeirense vai ou não alinhar e se sofre de lesão ou apenas de gestão de esforço. A sua utilização, ou não, só será conhecida durante o dia de sábado.

 

Não há jogos fáceis hoje em dia e o Sporting pode contar com um adversário muito combativo que aspira regressar à Madeira com pontos na algibeira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

Andebol leonino sem tréguas

Rui Gomes, em 28.09.18

 

EHF_Champions_League_logo.svg.png

 

Somente três dias depois do excelente triunfo no Dragão Caixa (31-28), à passagem pela quinta jornada do Campeonato Nacional, o Sporting CP volta a entrar em acção (sábado, 18h30), desta vez em casa e frente aos dinamarqueses do Silkeborg, em jogo a contar para a terceira ronda da EHF Champions League. Hugo Canela, técnico leonino, comentou o calendario de jogos:

 

"Os atletas têm de comer bem, dormir bem e recuperar, recuperar, recuperar. Mas isso deixa-nos satisfeitos, porque nos dá outras valências. O que perdemos em termos de desgaste, ganhamos em capacidade de superação. Calendário louco? É aquele que queríamos".

 

Na mais importante prova de clubes da modalidade, os leões somam por vitórias os dois encontros disputados até ao momento (Metalurg e Medvedi), enquanto o próximo adversário ocupa o terceiro lugar do grupo C, após uma vitória contra o Medvedi (39-28) e um desaire no terreno do TATRAN Presov (24-26). Ainda assim, o míster não poupou elogios à formação contrária. 

 

1600.jpg

 

"Os dinamarqueses têm muita cultura andebolista e são um dos candidatos a passar à fase seguinte. Sabemos que se também queremos agarrar esse sonho, temos de ganhar os jogos em casa. Para ultrapassá-los, teremos de estar no nosso melhor", sublinhou, sem se iludir com a liderança na chegada à terceira ronda. "Ainda falta muita, muita coisa. Estamos contentes com o primeiro lugar, mas principalmente com o caminho que temos vindo a trilhar.

 

Os nossos adeptos são fantásticos. Mesmo no Dragão Caixa, perante um pavilhão cheio, sentimos um apoio enorme. Quero deixar um agradecimento a quem fez centenas de quilómetros para lá estar e a todos os que marcaram presença e dizer que, sábado, gostaria que não faltassem ao nosso jogo antes de assistirem à partida de futebol".

 

***Enquanto que o andebol tem o seu início às 18h30, o encontro entre o Sporting e o Marítimo, a contar para a 6.ª jornada do campeonato nacional, está agendado para as 21h00, ampla oportunidade para os adeptos poderem assistir e apoiar as equipas leoninas nos dois jogos deste sábado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds