Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 31.05.20

ferrari-daytona_1693.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1972 Ferrari 365 GTS/4-A Daytona Spider - Leilão 2015 - 3,3 milhões de dólares

publicado às 22:45

Fotografia com história dentro (200)

Os “Cinco Violinos” do hóquei em patins

Leão Zargo, em 31.05.20

SCP 1976-77 Equipa Maravilha.jpg

A época de 1976-77 foi a melhor de sempre do hóquei em patins português. O Sporting venceu a Taça dos Campeões Europeus em Junho e a Selecção Nacional o Campeonato Europeu em Julho. Mas, tratou-se também da época de ouro da equipa leonina que ao triunfo nos Campeões Europeus, juntou a conquista do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal. O “cinco” titular era sempre o mesmo com a camisola das quinas ou de leão ao peito: Ramalhete, Júlio Rendeiro, Sobrinho, Chana e Livramento.

Aquela que é considerada como a mais equipa virtuosa do hóquei em patins mundial de sempre começou a ser construída quando Torcato Ferreira foi contratado em Março de 1971 e revolucionou a modalidade no Sporting. Entre 1971 e 1976, meticulosamente, o treinador teceu a teia que lhe permitiria colocar em campo a “Equipa Maravilha”, que era muito bem assessorada por jogadores suplentes de categoria, como Carmelino, Garrido, Jorge Costa e Carlos Alberto.

O momento culminante foi a vitória na Taça dos Campeões Europeus frente ao Vilanova, os campeões em título. Constitui uma página gloriosa da História do Sporting Clube de Portugal, a primeira vez que uma equipa portuguesa conquistou essa competição, até aí um feudo dos clubes espanhóis. A classe dos leões ficou bem expressa na célebre afirmação do guarda-redes Trullols: “Sofri seis golos e fiz uma das melhores exibições da minha vida.” Os sportinguistas de boa memória jamais esquecerão aqueles que fizeram juz ao lema fundador do nosso Clube.

(Este post constitui o número 200 da série intitulada “Fotografia com história dentro”, que tem a finalidade de destacar aspectos históricos do Sporting Clube de Portugal. Acontecimentos, atletas, dirigentes, jogos, títulos, modalidades e formação leonina, nomeadamente, são a matéria que pretende proporcionar conhecimento e/ou reflexão sobre o nosso Clube. A finalidade é demonstrar que a secular História leonina constitui motivo de orgulho para todos os sportinguistas. A série iniciou-se em 19 de Junho de 2016 com a fotografia da equipa que defrontou o Lusitano de VRSA na última jornada do Campeonato Nacional em 1947-48. O Sporting venceu e conquistou o título.)

publicado às 15:08

O assunto que eu menos desejo abordar neste espaço, hoje e já há algum tempo, é o ex-presidente destituído. Tornou-se vincadamente repugnante relembrar o personagem e os seus mais de cinco anos à frente do Sporting Clube de Portugal.

Por força das circunstâncias, nomeadamente o desfecho do julgamento sobre a invasão à Academia, sentimos a obrigação de voltar a comentar o evento e, inevitavelmente, quem presidia ao Clube nesse período. 

Com este post, pretendo fechar o "livro" e é o meu mais sincero desejo não ter de voltar a o abrir num futuro próximo. Dito isto, não o faço sem primeiro dizer algumas coisas que me vão no íntimo e uma vez que não estou aqui com a intenção de agradar a gregos e troianos, também não me incomoda muito ferir algumas sensibilidades.

Ao longo da sua existência centenária, o Sporting Clube de Portugal agregou bons e maus dirigentes, bons e maus presidentes, mas Bruno de Carvalho chama a si a distinção de ser a figura mais ignóbil que já representou o nosso Clube.

É um ser humano de baixos valores morais ou éticos, mentiroso compulsivo e sobretudo obsceno, que não olha a meios para servir os seus interesses pessoais. Um insignificante anónimo da sociedade, surgiu em Alvalade através do pára-quedas populista, com o ínfimo condão de agregar à sua volta um agrupamento de ideólogos de baixo nível, energúmenos e alguma boa gente que se deixou iludir pela proverbial banha da cobra.

Ocasionalmente já apelidei alguns de anormais, mas mesmo reconhecedo que a maioria não o é, só anormalidade pode verdadeiramente demarcar quem ainda hoje o segue depois do muito que ocorreu nos últimos anos e que, de certo modo, ainda persiste.

Só esta condição excepcional pode realmente explicar o não reconhecimento que a recém-absolvição de Bruno de Carvalho no Tribunal de Monsanto não infere de modo algum a sua total inocência e isenção de responsabilidade, directa ou indirecta, na infâme invasão à Academia Sporting.

Podemos imaginar interpretações subtis e atirar para o meio da discussão os argumentos mais criativos e fantasistas, mas a análise final, hoje e eventualmente nos anais históricos, por mentes sensatas, só poderá ser que o evento só surgiu no pensamento dos malfeitores e levado a cabo, pela simples razão de Bruno de Carvalho ser o presidente do Clube, tendo ele tomado parte ou não no todo do processo.

Nunca tive grande esperança de haver total condenação, apenas e tão só porque não confio na Justiça portuguesa. Por conseguinte, o veredicto de registo desapontou, sem dúvida, mas não surpreendeu.

Onde sempre depositei bastante confiança num ajuste de contas foi nos resultados de uma auditoria. Uma foi de facto efectuada no início do consulado de Frederico Varandas, mas com um desfecho muito insatisfatório, ou porque não investigou ao nível mais desejado ou ainda porque os actuais dirigentes decidiram que não beneficiaria a imagem do Sporting vir lavar roupa suja na praça pública. De qualquer modo, não há acusações dirigidas ao ex-presidente destituído porque não há provas, mas, mesmo assim, não se livra de suspeitas. Aquela sua choradeira no Tribunal sobre a falta de meios para transporte público, marcou-me decisivamente, neste contexto.

Ainda fica muito por dizer, mas já escrevi mais do que era a minha intenção inicial. Sei antecipadamente que este texto não vai agradar a uns quantos leitores, mas como referi logo no início, não estou aqui para agradar a ninguém. 

Para aqueles cujo primeiro instinto é de denegrir e insultar por todos os meios, aconselho-vos a não perder tempo precioso, dado que essas 'obras' não serão lidas por mim e muito menos publicadas. 

publicado às 04:48

E ainda a época não recomeçou

Rui Gomes, em 31.05.20

28273750.jpg

Wendel contraiu um traumatismo no joelho direito com afectação do ligamento colateral medial (lateral interno) e está em dúvida para a visita a Guimarães no dia 4 de Junho.

O médio leonino sentiu dores e queixou-se no treino realizado esta sexta-feira no Estádio José Alvalade e foi diagnosticado este sábado na Academia Sporting.

Já Luiz Phellype continua em tratamento e recuperação da lesão que sofreu.

publicado às 04:47

Entrevista a Luciano Vietto

Rui Gomes, em 31.05.20

publicado às 04:46

Foto do dia

Rui Gomes, em 31.05.20

luanabarata_2.jpeg

Luana Barata, futebolista de 14 anos, assinou contrato de formação

publicado às 04:45

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.05.20

86e626ba005d757f4da8963c090479f976b42565.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1961 Aston Martin DB4 GT Zagato - Leilão 2020 - 10 milhões de dólares

publicado às 22:00

Alverca 2 - Sporting 1 1999-00 CN 7ª jornada 17.10.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 30.05.20

Alverca SCP 1999-00 2-1 CN 7ª jornada 17.10.1999.

Uma derrota muito frustrante com o Alverca. Sete jogos, três vitórias, três empates e uma derrota. O 4º lugar na classificação a sete pontos do Benfica, a três do FC Porto e a dois do Guimarães. Doze golos marcados e sete sofridos. O todo, a equipa, tem de ser mais do que a soma das suas partes. Na verdade, não existe jogo colectivo.

Saiu Materazzi, entrou Inácio, a equipa não pode desiludir repetidamente os adeptos com jogos tão medíocres. Salvou-se o jogo com o Farense e, se houver boa vontade, com o Setúbal e o Boavista. Mas, o futebol tem a qualidade extraordinária de nos fazer crer que o que foi possível no passado voltará a ser possível outra vez.

O Sporting jogou com Schmeichel, Saber, Quiroga, Vidigal, Rui Jorge, Delfim (Iordanov, 81’), Duscher, Pedro Barbosa-capitão, Hanuch (Aiew, 61’), Acosta e De Franceschi (Krpan, 45’). O golo do Sporting foi marcado por Rui Jorge (5′), os golos do Alverca por Rui Borges (62’) e Anderson Luiz (77′).

publicado às 14:45

A montanha pariu um rato

Naçao Valente, em 30.05.20

overview-inequality_1120x600.jpg

Este assunto, o desfecho do caso "Alcochete", já aqui foi debatido ontem, especificamente sobre o ponto de vista jurídico. Não é propriamente nesse aspecto que o vou abordar. Nem vou pronunciar-me, em relação ao caso concreto, sobre as decisões específicas tomadas pelo tribunal. Sabemos que a justiça é aplicada por pessoas com formação adequadas, que agem de acordo com as provas que forem reunidas e com as normas jurídicas. Deste modo, num processo colectivo, e algo complexo, é normal que tenham sido condenados os que foram apanhados a cometer os actos conhecidos, ou seja os  que designamos como arraia miúda, ou soldados rasos.

Mas em qualquer batalha existe sempre uma cadeia de comando, que começa nos generais e acaba nos cabos. Neste processo, da linha de comando apenas um cabo foi condenado, porque se sabe que dirigiu as tropas na acção directa. Toda a restante cadeia de comando ficou oculta na penumbra. Nem sargentos, nem capitães, nem generais deram a cara. Mas meus amigos, se quisermos ser sérios, temos que admitir que uma operação com estas características, não se podia fazer, de improviso, e sem conhecimento e consentimento de altos comandos. O histórico de este tipo de acções também nos mostra que elas, sem a mesma gravidade, aconteceram após autorização de cúpulas dirigentes.

O certo é que tais comandos não assumiram a operação, especialmente depois de ter tido repercussões que não seriam esperadas. Mas tenho a convicção, que sem saberem que a acção resultaria em actos violentos, tiveram amplo conhecimento que se realizaria. Há vários indícios que apontam nesse sentido e que são bem conhecidos, nomeadamente a facilidade com que os operacionais entraram e agiram em instalações privadas. E mesmo que assim não tivesse sido, deviam ser responsabilizados por negligência na segurança de bens e pessoas.

Ao longo dos anos da história judiciária houve sempre erros que incriminaram inocentes ou desculpabilizaram culpados. As provas nem sempre são fáceis de reunir. A propósito, vem-me à mente um caso que teve lugar na cidade de Lisboa na década de setenta, que ficou conhecido como "o estripador de Lisboa", sobre um indivíduo que assassinou cinco prostitutas. Embora a polícia tivesse referenciado vários suspeitos, nunca acusou nenhum por não ter encontrado quaisquer provas no local do crime. Mas o facto é que estes crimes aconteceram.Inteligência do criminoso ou incompetência da polícia?

No evento de Alcochete, a polícia também não conseguiu reunir provas claras e palpáveis. Apenas um ou outro indício, insuficiente para fazer acusação. Está claro que a autorização para que o ataque se realizasse só poderá ter passado de boca em boca, sem qualquer outro registo. Depois bastou protegerem-se uns aos outros, sem ninguém a dar com a língua nos dentes. E até me presto a admitir que os intervenientes directos, que receberam o plano da baixa patente, desconhecessem quem deliberou, ao mais alto nível, que aquilo acontecesse.

Dois anos depois, o veredicto final condenou os executantes, mas não conseguiu condenar, por acção ou inacção, os mandantes. E em termos de aplicação de justiça a montanha pariu um rato.

Isto foi bom para o Sporting... como já vi defender? Não me parece. Bruno de Carvalho, do alto da sua "inocência", já começou a apresentar a factura. Que foi uma mera vítima... que fez muito pelo Clube, que quer uma AG para ser readmitido como sócio, e eventualmente voltar a candidatar-se à presidência. Não me parece que essa pretensão tenha viabilidade, mas acredito que continuará a assombrar o Sporting CP com o grupo, ainda numeroso, de fanáticos que o seguem, e que cada vez fala mais alto. 

A actual Direcção não pode fazer nada uma vez que não  foi ela que o incriminou... nem lhe competia. Quer que o caso se encerre de vez para conseguir alguma paz e estabilidade. Mas na minha perspectiva, que desejava errada, não vai ter da parte do "brunismo" qualquer trégua. Para mal do Sporting.

P.S.: Para os que consideram que a destituição de Bruno de Carvalho foi injusta, quero aqui lembrar que ela não decorreu directamente do ataque à Academia. Resultou de actos ilegítimos, como não respeitar a marcação de uma AG, e consequentemente ter criado órgãos ilícitos paralelos, à revelia dos Estatutos.

publicado às 04:04

Leoas são elas

Rui Gomes, em 30.05.20

2020-05-29.png

Liliana Queiroz

publicado às 04:03

Sporting firma parceria com EDP

Rui Gomes, em 30.05.20

O Sporting CP vai instalar cerca de 600 painéis solares na Academia de Alcochete, para autoconsumo da energia produzida na academia de treinos, fez saber esta sexta-feira a EDP Comercial, a subsidiária que se tornou assim parceria do clube de Alvalade para a transição energética. Ao abrigo desta parceria, o Sporting poderá poupar, pelo menos, 180 mil euros por ano na factura energética.

Academia-Sporting-1.jpg

Em comunicado, a EDP Comercial assegurou que o parque solar instalado no centro de treinos dos verde e brancos vai “vai evitar a emissão de 144 toneladas de dióxido de carbono por ano, o equivalente à captação de dióxido de carbono feita por cerca de 900 árvores”. Com o acordo firmado, o Sporting vai também passar a “utilizar apenas energia verde” no Estádio José Alvalade e no Pavilhão João Rocha.

Ao abrigo desta parceria, o Sporting CP vai aderir à mobilidade elétrica e, por isso, criar condições para que os trabalhadores do Clube, adeptos e visitantes “se desloquem às instalações do Clube em veículos elétricos e não poluentes”.

publicado às 04:01

Foto do dia

Rui Gomes, em 30.05.20

martamelaovasa3.jpeg

Marta Melão, futebolista de 14 anos, assinou contrato de formação

publicado às 04:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.05.20

Jeremy-Clarkson-2005-Ford-GT-For-Sale-1.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2005 Ford GT - Leilão 2020 - 451 mil dólares

publicado às 22:30

img_920x519$2020_02_04_10_08_32_1659580.jpg

Começamos, portanto, a relatar e a comentar, em síntese, o acórdão que foi ontem lido no Tribunal do Monsanto, relativamente ao julgamento do ataque à Academia Sporting:

- O colectivo de juízes, presidido por Sílvia Pires, absolveu todos os arguidos do crime de sequestro e terrorismo, uma vez que tinham um alvo definido, sem interferirem com a paz pública.

- Nove dos arguidos pela invasão à Academia foram condenados a prisão efectiva e 28 a penas suspensas, por crimes de ameaça agravada e ofensa à integridade física.

- O antigo líder da claque Juventude Leonina, Fernando Mendes, e outros oito arguidos foram condenados a cinco anos de prisão efectiva, 28 foram condenados a penas entre três anos e seis meses e quatro anos e 10 meses, suspensas por cinco anos, enquanto quatro foram condenados a penas de multa.

- Entre os arguidos com pena suspensa está Rúben Marques, que assumiu em julgamento ter batido com um cinto em Bas Dost e enfrenta uma pena de quatro anos e 10 meses de prisão, suspensa por cinco anos e com 200 horas de trabalho comunitário, por ofensa à integridade física.

bas-dost.png

- O ex-presidente destituído foi absolvido da autoria moral da invasão à Academia. O colectivo de juízes considerou que não foram provados factos contra o personagem.

- Igual conclusão sobre o líder da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, e sobre o ex-Oficial de Ligação aos Adeptos (OLA) do clube Bruno Jacinto, que, tal como o ex-presidente, estavam acusados da autoria moral da invasão.

- A principal razão que a decisão do Tribunal não surpreendeu, foi porque nas alegações finais, a procuradora do Ministério Público já tinha pedido a absolvição de Bruno de Carvalho e dos outros dois arguidos acusados de autoria moral da invasão à Academia, e defendido penas máximas de cinco anos para a maioria dos arguidos, considerando ainda não provado o crime de terrorismo.

img_920x518$2020_05_26_23_29_04_1704161.jpg

Entre outras considerações, a juíza Sílvia Pires teve isto para dizer:

"(...) Os senhores vão condenados, uns em pena suspensa outros em pena efectiva. É uma oportunidade que o tribunal vos dá, se bem que vocês não deram oportunidade às outras pessoas. Esta é a vossa oportunidade de mostrar que não são aquelas pessoas, é para agarrarem com ambas as mãos. São 5 anos de pena suspensa. Estou aqui para vos dar a oportunidade e estou cá para tirar, se saírem daqui a pensar: safei-me, daqui a 6 meses estão cá outra vez. Isto não é desporto, não é amor ao clube. É crime. Crime. Espero que agarrem a oportunidade que o tribunal vos está a dar. Todos nós erramos, com mais ou menos gravidade... Mas ser homem não é tapar a cara e entrar num sítio a correr, é assumir os erros, cumprir a pena e então dar a volta por cima. Espero que os senhores assumam os erros, cumpram a pena e recomecem".

Quase se fica sem palavras após esta deliberação da juíza. Malfeitores que invadiram casa alheia, ameaçaram e agrediram os ocupantes, e a juíza afirma que "está aqui" para dar outra oportunidade através de pena suspensa.

Diz ela ainda que "todos nós erramos"... Até parece que foi por excesso de velocidade na A1. Não se comete um erro desta natureza por mera irreflexão ou infelicidade, mas sim por vincada deliberação com intento de injuriar. Esta benevolência do Tribunal é apenas e tão só irrisória e incompreensível.

Gostaria de perguntar a Bast Dost como se sente, ao saber que foi dada nova oportunidade ao seu agressor com a pena suspensa.

mw-1280.jpg

Por fim, e opto por não perder muito tempo neste capítulo, já profundamente debatido aqui ao longo dos meses, temos a arrogância e o indecoro do indescritível ex-presidente destituído, cuja imundície não tem limites:

"(...) Não é justo dizer que clamo inocência por falta de provas. O que me fizeram foi um assassinato de carácter".

"Acho que os sportinguistas deviam pensar muito bem no que aconteceu e solicitar uma Assembleia Geral para o meu regresso enquanto associado de plenos poderes. Depois vamos entrar num discurso que não vale a pena, se posso ou não candidatar-me. A primeira coisa de justiça era as pessoas admitirem que foi Alcochete a motivar isto. E agora no mínimo deviam readmitir-me no clube que sempre amei".

"Assassinato de carácter"... Como é possível assassinar o que não existe e nunca existiu?

Já aqui afirmei e reitero que muito embora o alucinado tenha sido absolvido por alegada falta de provas (leia-se, incompetência do Ministério Público), inocência está tão distante dele como a Terra do planeta Neptuno.

Ao terminar, concedo a última palavra ao nosso estimado colaborador Leão da Guia:

"Não será difícil, certamente, tentar compreender o que sentirão, neste momento, as desprezadas e esquecidas vítimas do assalto, do sequestro, do terror, das agressões, dos ferimentos, dos insultos e das ameaças de morte por parte das dezenas de delinquentes e malfeitores que invadiram criminosamente a Academia do Sporting. O que sentirão, igualmente, as suas próprias famílias – todos condenados a arcar com o terrível peso traumático até ao fim da vida.

O Presidente do Supremo Tribunal tem toda a razão: 'ninguém acredita na Justiça'…".

P.S.: Tome-se nota que a decisão ainda não transitou em julgado. Por razões óbvias, não se espera recurso do Ministério Público, mas é de admitir que qualquer um dos que foram condenados a prisão efectiva tenha outras ideias.

publicado às 03:30

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.05.20

2021-lexus-lc-finally-gets-convertible-option-insp

Um dos carros mais caros do Mundo

2021 Lexus LC 500 Convertible Inspiration Series - Leilão 2020 (Solidário) - 2 milhões de dólares

publicado às 22:30

Nota

Rui Gomes, em 28.05.20

Já recebemos um bom número de comentários - alguns, mais do género de bocas avulsas - no que diz respeito à leitura de hoje do acórdão no Tribunal de Monsanto, relativamente ao julgamento sobre o ataque à Academia Sporting.

É nossa intenção comentar o tema extensivamente amanhã. Isto, apenas e tão só porque há vida além do blogue e o tempo disponível não dá para tudo, especialmente quando se trata de um assunto complexo e muito polémico.

No entanto - para esclarecer  - alertamos desde já os alucinados veneradores do lunático ex-presidente destituído que o sistema de moderação do post vai estar actividado e que todos aqueles comentários que não incluirem a identificação do leitor ou que não sejam minimamente construtivos, não serão publicados, indiferente de opiniões. (E é escusado virem com acusações de censura).

Ainda, que se esperam encontrar aqui alguma absolvição e/ou atenuação relativamente ao vulgado personagem, vão sofrer uma enorme desilusão. Nada do que ocorreu no Tribunal de Monsanto dá causa para uma visão diferente dos acontecimentos e das pessoas que de uma forma ou outra, directa ou indirectamente, estão associadas ao infâme ataque à Academia Sporting. Lamentavelmente, até no que refere a mais um infausto episódio da (In)Justiça portuguesa. 

P.S.: Para aqueles cuja intenção é de fazer campanha de ínfimo nível, também verificarão que vieram bater à porta errada. Não será permitido. Ponto!!!

_______________________________________________

Um reduzido exemplo do "estrume" que nos chega, digno, aliás, do vulgado ex-presidente:

CARREGA AZIA!!! Toma lá um RENNIE que isso passa, seu CABRÃO DE MERDA, seu MONTE DE ESTERCO, CROQUETE DE MERDA!!!Lunático??? Lunático és tu e todos os outros FILHOS DA PUTA (71%) como tu que acreditaram que Bruno de Carvalho iria ser condenado a prisão efetiva, só mesmo um LUNÁTICO como tu é que acreditava que a decisão hoje tomada pelo tribunal seria totalmente contrária!!! Qualquer verdadeiro sportinguista (e não LAMPIÕES DE MERDA como tu) no seu perfeito juízo, com dois dedos de testa e sem comer Cornettos com ela (que é o que TU FAZES) sabia que era mais do que provável a decisão tomada hoje pelo tribunal, só mesmo os PANELEIROS e os FILHOS DA PUTA dos LUNÁTICOS/ALUCINADOS dos 71% como TU é que acreditavam o contrário, por isso incha CABRÃO!!! Olha o MELÃO que está a inchar bem, está a inchar tanto que daqui a pouco já nem cabe na porta, FILHO DA PUTA!!!Injustiça??? Injustiça foi o que vocês ESCUMALHA DE MERDA e os PORCOS da CMTV andaram a fazer ao homem durante estes dois anos, com mentiras, injúrias, difamações e calúnias, sem haver provas absolutamente nenhumas, tenham VERGONHA NA CARA SEUS FILHOS DA PUTA!!! Ainda tendes a PUTA DA LATA de vir falar em injustiça...

publicado às 16:50

Thomas M. M. Hemy, "A Corner Kick"

Leão Zargo, em 28.05.20

Thomas M. M. Hemy, A Corner Kick.jpg

Thomas M. M. Hemy, A Corner Kick, 1895

Óleo sobre tela, 365,7X259 cm, Stadium of Light, Sunderland

Thomas Marie Madawaska Hemy nasceu em 1852, durante uma viagem de barco com destino à Austrália, para onde a sua família emigrava. O nome Marie em referência à religião católica do seu pai e Madawaska em homenagem ao navio registado no Canadá com o nome de um rio de Ontário. Thomas Hemy viveu parte da sua vida em viagens de barco, daí a sua paixão pelo mar e as suas famosas pinturas marítimas. Regressado à Inglaterra, Thomas Hemy escolheu a foz do rio Tyne como paisagem preferida para as suas pinturas. Expôs os seus trabalhos na Royal Academy de Londres. Na fase final da sua vida refugiou-se na Ilha de Wight, onde faleceu em 1937.

O quadro A Corner Kick  representa uma das pinturas de futebol mais antigas do mundo. Foi pintado em 1895 por Thomas Hemy e mostra um pontapé de canto que acabou de ser marcado num desafio entre Sunderland e o Aston Villa. O jogo realizou-se naquele que foi o quinto campo dos Wearsiders, em Newcastle Road, no Stadium of Ligth. O Sunderland e o Aston Villa eram as duas equipas mais fortes da Liga na última década do século XIX e protagonizaram a primeira grande rivalidade do futebol inglês. O desafio terminou com um empate (4-4), que deu o título de campeão ao Sunderland.

publicado às 14:00

Jornal Sporting

Rui Gomes, em 28.05.20

99289280_10156934839016555_288885058016641024_n.jp

Luciano Vietto, em entrevista ao jornal do Sporting, falou sobre a chegada do treinador Rúben Amorim  ao clube e os efeitos da pandemia de Covid-19:

“Tínhamos feito uma semana de treinos e um jogo [com o novo treinador] antes da pandemia, quase tudo o que treinámos nessa semana desvaneceu um pouco, mas este mês tivemos tempo para treinar com ele, para que nos passe a sua mensagem. É um treinador com muita energia, tem muita personalidade e estamos a gostar muito.

Em termos de qualidade, os jovens da formação são muitos bons, temos de ajudá-los e acompanhá-los para que se adaptem. Conselhos? Continuem a ter vontade de crescer e aprender, de lutar por um lugar, não desmotivar e lutar pelo objectivo que têm, jogar no Sporting".

publicado às 11:45

20581298_c0mZ8.jpeg

É menor do que em 2017/18 (19,1 M€), mas não deixa, ainda assim, de ser negativo: falamos do resultado líquido das contas consolidadas do Sporting em 2018/19, exercício que terminou com um défice de 11,4 milhões (acumulado entre SAD e Clube).

A informação, divulgada terça-feira no site oficial, assume ainda um aumento do passivo consolidado de 378 para 421 milhões de euros, valor que, ainda assim, deverá reduzir perante as operações financeiras de 2019/20, nomeadamente a de Bruno Fernandes.

A exemplo, o passivo da SAD era, a terminar o último exercício, de quase 325 milhões, mostrando as contas do primeiro semestre do atual balanço contas de 304 milhões (soma entre passivo corrente e não corrente). Neste relatório, ainda não constava precisamente a transferência do novo futebolista do Manchester United - as contas do terceiro trimestre devem ser apresentadas até ao fim de semana.

Na apreciação anexa ao documento, o Conselho Fiscal e Disciplinar, Órgão presidido por Joaquim Baltazar Pinto, explica que a situação económica do Grupo Sporting é "difícil" mas que não é "inultrapassável", ainda que seja absolutamente fulcral tomar "decisões que levem ao equilíbrio operacional" das somas, algo que, vinca-se, "não se verifica neste momento".

Pedem-se, precisamente por isso, várias mudanças de fundo... "É o entendimento do Conselho Fiscal e Disciplinar que o Sporting CP no seu todo, no qual se inclui o universo de associados, terá de estar preparado para alterações profundas que se venham a mostrar necessárias para assegurar o futuro do Clube", lê-se. O parecer é, ainda assim, "favorável".

publicado às 03:49

Vão assobiar para o lado?

Rui Gomes, em 28.05.20

21312452_L0T3b.pngEnquanto os jogadores arriscam a saúde das suas famílias para que a retoma do futebol seja uma realidade e mascare a gestão desastrosa de uma grande parte dos dirigentes portugueses, eis que um grupo de criminosos que se esconde e legitima nas claques continua a fazer sangue sem que nada aconteça. Da polícia aos presidentes dos clubes, passando pelas instituições que regem o futebol, esta é uma boa oportunidade para separar o trigo do joio e limpar as bancadas de uma escumalha que não pertence ali.

É óbvio que há gente boa nos grupos organizados. Miúdos que vibram com o futebol e que no meio das massas fazem algumas parvoíces. Mas não é desses que falo. É destes que esfaqueiam, matam, perseguem e são quase sempre os mesmos. Não está na altura de varrer esta gente do jogo que amamos e que eles apenas conspurcam?

Frederico Varandas tomou uma posição corajosa em relação às claques e que lhe custou manifestações, ataques, ameaças e quejandos. Vieira há uns anos preferiu dizer que não sabia que existiam claques na Luz. Já que têm falado ultimamente, não estaria na altura de os três líderes dos grandes fazerem algo em conjunto a estes grupos onde se escondem os criminosos? Sei que é preciso coragem, dá chatices e não rende votos. Mas o futebol agradecia.

Artigo de Bernardo Ribeiro, Director de Record

publicado às 03:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/14





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds