Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.04.21

Bonhams-London-103020_229_Crestmobile_1903_Model-D

Um dos carros mais caros do Mundo

 1903 Crestmobile Model D 5hp Runabout - Leilão 2020 - 154 mil dólares

publicado às 22:00

Arruaceiro-mor continua suspenso

Rui Gomes, em 30.04.21

mw-1920 (2).jpg

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol rejeitou o recurso do FC Porto sobre o castigo e multa de 10.200 euros aplicados a Sérgio Conceição, na sequência da sua expulsão em Moreira de Cónegos. Desta forma, o arruaceiro-mor vai mesmo ter de cumprir a suspensão de 21 dias e só voltará ao banco na última jornada.

O recurso foi entregue ontem, como Pinto da Costa já havia referido, no entanto,  a decisão acabou por não ir ao encontro das expectativas da gentalha do clube azul e branco.

Entretanto, a viagem do FC Porto rumo ao Dragão, onde hoje defronta o Famalicão, ficou marcada por um momento de protesto dos adeptos portistas contra as arbitragens. Isto, organizado pelos super dragões, como não podia deixar de ser.

A ironia máxima; o clube do Apito Dourado e afins a protestar contra as arbitragens. 

publicado às 20:00

O Sporting joga amanhã…

Sporting - Nacional, 1 de Maio de 2021, às 20h30

Leão Zargo, em 30.04.21

thumbnail_Sporting Nacional 2018-19 5-2 1ª Liga g

O Sporting e o Nacional defrontam-se amanhã para a 30ª jornada da 1ª Liga. No jogo entre os dois clubes na época de 2018-19, em Alvalade, os leões venceram por 5-2, mas o resultado, assim tão expressivo, não revela o que se passou no relvado. Os madeirenses chegaram a estar a ganhar por 2-0, Bas Dost reduziu aos 35 minutos, Bruno Fernandes fez o 2-2 aos 70 minutos e Mathieu, finalmente, “virou” o marcador aos 75 minutos. Os outros dois golos leoninos, de novo por Bas Dost e Bruno Fernandes, aconteceram nos instantes finais da partida.

Na primeira meia hora do jogo com o Nacional na época de 2018-19, o Sporting foi menos assertivo e chegou a passar um mau bocado. Valeu o vendaval de bom futebol ofensivo que depois varreu Alvalade e que culminou num triunfo robusto. Amanhã, logo de início, os sportinguistas esperam que se verifique a intensidade e a inspiração da 2ª parte. Max vai jogar e acredito que conseguirá lidar bem com a pressão. A vida exige uma aprendizagem constante e um guarda-redes tem de aproveitar cada oportunidade como se fosse a última. Faz parte do seu crescimento. Com ele na baliza vamos ter a segurança defensiva habitual.

Superado com galhardia e honra o obstáculo na Pedreira, o Sporting continua a depender apenas de si. Com o Nacional trata-se de outra final, depois ainda ficam a faltar quatro finais. Os jogadores leoninos sabem que não existem “poções mágicas” e que no campo, dentro das quatro linhas, só vencem se forem audazes e se deixarem lá o corpo e a alma. Séneca afirmou que “a coragem conduz às estrelas, o medo à morte”. Mais do que uma simples virtude, a coragem é a atitude de quem tem consciência do seu próprio valor, é ela que conduz à vitória.

Na fotografia, Mathieu remata para o golo no Sporting - Nacional disputado em 2018-19.

publicado às 15:00

O crocodilo velho e o bandalho

Rui Gomes, em 30.04.21

img_192x192$2020_02_13_19_45_22_1663516.pngPinto da Costa faz lembrar, definitiva e vivamente, a parábola do crocodilo velho. O crocodilo velho sabe que o tempo já não é o mesmo. Que é mais curto. Que o futuro já não é seu. Também sabe que o pântano vai continuar o mesmo de sempre, que é imutável. Águas podres, cheiro nauseabundo e a concorrência impiedosa do bando de predadores mais novos. Venham eles das suas hostes ou da outra tropa do sector sul, liderada pelo caimão de grossas escamas avermelhadas, que lhe disputa a influência sobre o território e sobre quem arbitra o respeito pelas poucas regras do pântano.

O crocodilo velho sabe, por isso, que tem de ter a tropa agrupada e manter o pântano em efervescência, sempre a bater forte nos inimigos e a fingir que nada vê dos pecadilhos que apontam aos seus. É a melhor (única) forma de ter um final de reinado sossegado, sem ser estraçalhado pelo cardume de piranhas que anda sempre por ali. Já pouco lhe interessam as guerras de afirmação do bando. Bastam-lhe as suas. Já só tem de chorar, aqui e ali, algumas das suas mais cínicas lágrimas de velho crocodilo e atirar para o lado. Atirar sempre para o lado e manter uma parte da matilha que sobra sempre pronta para atacar. Só assim pode banquetear-se em sossego com as suas vítimas. E nem todas são os seus adversários…

A recém-agressão ao jornalista da TVI por um dos predadores mais novos, nas vestes de bandalho, como muito bem foi qualificado por Rui Rio, mostrou-nos a plenitude dessa parábola pantanosa. O bandalho, primeiro, na agressão servil para brilhar aos olhos do crocodilo velho. Este, depois, a derramar as suas melhores lágrimas para o seu palanque televisivo privado para agregar o seu povo. Como espectáculo, o crocodilo velho continua um mestre na interpretação. É incomparável na arte da vitimização, do cinismo e da manipulação dos sentimentos de pertença a uma espécie de religião que bebe pela mais pura das cartilhas maniqueístas. Os meus bons e os maus lá de baixo, das forças ocultas que nos roubam. Como realidade, é muito triste.

Há um clube e uma cidade deveras extraordinários, que mereciam muito melhor. É a última narrativa sobre a incapacidade atroz do futebol português em mudar, um milímetro que seja. É, também, o resultado das suas insuportáveis dependências, entre clubes que são os legisladores dos regulamentos, desportivos e disciplinares, que montaram uma organização desportiva de fachada, para poderem ser eternamente juízes em causa própria. Tenhamos pena de nós, os que pensávamos gostar de futebol.

Majestoso escrito de Eduardo Dâmaso, Director da Sábado

publicado às 03:49

Jorge Jesus... como nunca!

Rui Gomes, em 30.04.21

Screenshot (97).png

Não é segredo algum que não sou fã de Jorge Jesus, no entanto, em abono da verdade, sinto que o devo reconhecer e congratular por estas suas reflexões. Aliás, acho que nunca o ouvi falar tão bem e tão certeiro sobre o estado de coisas no futebol português:

“Os árbitros têm de ter mais autoridade no jogo... Eles até têm autoridade, mas têm de assumir-se mais. Ou seja, o árbitro, hoje, não tem autoridade nenhuma, porque não quer. Porque ele tem autoridade, mas não se quer assumir. Tem de se assumir, tem de se fazer uma grande reciclagem com quem de direito na arbitragem para dizer: vocês têm autoridade para impor as regras do jogo. E quem não quer, vai para a rua. Tão fácil como isto”.

" Treinadores, árbitros e jogadores têm de olhar para o produto global que é o futebol e começar a pensar que este é muito mais importante do que os interesses individuais”.

“E todos temos de abraçar essa causa, senão andamos sempre com estas situações que acontecem no futebol português. E eu, particularmente, gostava de contribuir para que isso não acontecesse”.

“Estas situações fazem-me um bocadinho lembrar antigamente, quando víamos aqueles jogos do futebol sul-americanos que acabava tudo à porrada e isso já não existe. E nós temos de começar a pensar e a caminhar todos com uma ideia em defesa do futebol, porque no fundo é isto que nos alimenta e faz com que cada um tenha a sua atividade profissional”.

Até admito que Jorge Jesus pode ser acusado de ter falado assim em interesse próprio, mas quero acreditar que foi sincero.

publicado às 03:48

Foto do dia

Rui Gomes, em 30.04.21

180417345_3797190143669059_4233538845057356376_n.j

O Sporting está nas meias-finais da UEFA Futsal Champions League, depois 

de vencer os russos do MKF KPRF por 3-2 nos quartos-de-final da prova.

publicado às 03:47

Screenshot (94).png

O Manchester United deu um grande passo rumo à final da Liga Europa, ao golear a AS Roma, por 6-2, no Old Trafford, com o "leão" Bruno Fernandes nos seis golos dos red devils, marcando dois e com duas assistências directas.

Paulo Fonseca, treinador da Roma, teve isto para dizer sobre Bruno Fernandes no final da partida:

"O Bruno é fantástico, pelo que fez no Sporting e pelo que está a fazer no United. Chegou um pouco tarde, mas aprendeu muito antes de chegar ao Sporting, pois desenvolveu-se bastante em Itália. O que acho notável é a sua personalidade. Tem muita qualidade, mas também é um líder, um lutador e muito, muito inteligente. Não me surpreende que, desde que chegou ao United, se tenha tornado o líder da equipa".

Dá para imaginar (e não pela primeira vez), mas não mais do que isso, o que seria o actual Sporting com este fabuloso jogador.

É lamentável, até triste, que um clube seja obrigado a vender futebolistas desta qualidade.

publicado às 03:46

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 30.04.21

Screenshot (96).png

Tags:

publicado às 03:45

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.04.21

RM-Online-March-032521-EUR_151_Porsche_1962_356-Ca

Um dos carros mais caros do Mundo

 1962 Porsche 356 Carrera 2 Coupe - Leilão 2021 - 544 mil dólares

publicado às 22:30

E0Km2UpWYAIfaK2.jpg

O Sporting qualificou-se esta quinta-feira para as meias-finais da Liga dos Campeões de futsal ao bater, por 3-2, os russos do KPRF, em Zagar (Croácia). Os golos do encontro foram todos apontados na primeira parte do encontro, com Cavinato a bisar e Rocha a dar o triunfo que coloca a equipa orientada por Nuno Dias na próxima fase da prova. Os leões vão agora defrontar o Inter Movistar.

Parabéns leões!

publicado às 21:01

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 29.04.21

21945096_ZeIGs.png

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 30.ª jornada da Liga NOS:

Sporting CP-CD Nacional
Árbitro: Manuel Oliveira
Assistentes: Pedro Ribeiro e Tiago Leandro 
4.º árbitro: Bruno Rebocho
VAR: Luís Ferreira
AVAR: Bruno Rodrigues

FC Porto-FC Famalicão
Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Carlos Campos
4.º árbitro: Marcos Brazão
VAR: Vasco Santos
AVAR: João Bessa Silva

CD Tondela-SL Benfica
Árbitro: Manuel Mota
Assistentes: Jorge Fernandes e Luciano Maia
4.º árbitro: João Gonçalves
VAR: André Narciso
AVAR: Paulo Brás

Marítimo M.-SC Braga
Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Bruno Rodrigues e Pedro Martins
4.º árbitro: Flávio Lima
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Rui Cidade

publicado às 18:00

Acreditar no colectivo

Rui Gomes, em 29.04.21

miguel_braga_-_site-01.jpgQuando Artur Soares Dias deu ordem de expulsão a Gonçalo Inácio, aos 17 minutos de jogo, no Estádio Municipal de Braga, muitos adeptos terão levado as mãos à cabeça. Outros tantos, pensaram que a missão tinha ganho contornos de impossível. Mas na Pedreira estava uma equipa técnica que olhou para o relvado e percebeu que era altura de mudar a abordagem do jogo. Fez, numa primeira fase, acertos posicionais. Muitas vezes ecoou pelo estádio “Paulinho! Paulinho! Fecha pela esquerda!”. Com o intervalo, mais mudanças, dando à equipa a experiência de Neto e a explosão de Matheus Nunes. Para se ter uma ideia da dificuldade, nesta edição da Liga NOS todas as equipas que se viram reduzidas a dez elementos na primeira parte não conseguiram vencer. Na realidade, nos 14 jogos anteriores onde aconteceu a dita expulsão antes dos 45 minutos, apenas Belenenses SAD e CD Tondela tiveram arte e engenho de alcançar o empate. Todos os outros perderam.

Olhando para a estatística de jogo, o Sporting aplicou a táctica que tantas outras equipas aplicam quando jogam com o Leão: dar a posse ao adversário e fechar espaços. E se é verdade que a equipa de Rúben Amorim perdeu no confronto da posse (30% contra 70%), conseguiu fazê‑lo sem recorrer constantemente à falta (o Sporting CP, apesar dos cinco cartões amarelos contra quatro do adversário, fez metade das faltas do SC Braga) e sem permitir aos bracarenses muitas oportunidades. E as que acabou por dar, a defesa liderada por um supercapitão Coates limpou ou apareceu o melhor Adán para fazer jus ao título de defesa menos batida da Liga NOS.

Ao minuto 81, o momento de jogo. Livre para ser cobrado a meio‑campo por Pedro Porro. No Backstage que mostrámos esta semana no canal do YouTube do Sporting CP, atenção ao detalhe aos três minutos e quatro segundos: a comunicação “gestual” de Porro a dizer a Matheus que vai passar a bola rápida e a esperteza deste a anuir e a arrancar antes dos adversários. O resto, bem, o resto foi um remate forte e bem colocado que acabou nas redes do SC Braga e permitiu ao Sporting CP ser a primeira equipa da Liga NOS a ganhar um jogo em inferioridade numérica desde a primeira parte. Apesar do feito, a vitória significou “apenas” três pontos. Mas para a posteridade, ficou também o abraço sentido (que pode ver no Backstage) entre Matheus Nunes e Gonçalo Inácio: assim se sente e vê a solidariedade entre jovens Leões.

Faltam cinco jogos para o fim do campeonato. Mais importante do que pensar nos pontos que ainda faltam discutir, é trazer o foco já para o jogo, frente ao CD Nacional, em casa, sábado que vem. O próximo jogo é sempre o mais importante.

Artigo da autoria de Miguel Braga, Responsável de Comunicação do Sporting CP

publicado às 13:15

Jornal Sporting

Rui Gomes, em 29.04.21

capa_jornal_1.jpg

A edição n.º 3817 do Jornal Sporting já está disponível e o grande destaque vai para a mudança das cadeiras do Estádio José Alvalade, que passarão a ser verdes satisfazendo um desejo muito antigo de Sócios e adeptos. Todos os detalhes deste processo, com início marcado para o mês de Maio, são explicados em entrevista por André Bernardo, membro do Conselho Directivo, e nas páginas seguintes revisite todos os estádios que marcaram a História do Clube.

Nas modalidades, além das crónicas das partidas da última semana, onde o basquetebol e o hóquei em patins entraram a vencer nos respectivos play-offs e a equipa feminina de voleibol conquistou a Taça Federação, leia a antevisão de Nuno Dias e Erick Mendonça ao embate desta quinta-feira para a UEFA Futsal Champions League. Não perca ainda a entrevista a Bruna Takahashi, mesa-tenista brasileira do Sporting CP convocada para os Jogos Olímpicos e conheça a mais recente aposta da secção de esports, que contará com uma equipa de streamers.

Aproveitamos para informar que a próxima edição, ao contrário do que é habitual, estará disponível apenas na próxima sexta-feira, dia 7 de Maio.

publicado às 13:00

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 29.04.21

image (1).jpg

"Enquanto o Conceição sénior soma processos, o júnior, a par de Taremi, vai treinando saltos para a piscina... Quando a coisa está a correr mal, entra a 10/15 minutos do fim a arma secreta; qualquer toque na área, vale logo um salto encarpado com dupla pirueta, nota 10.
Os andrades têm mais penáltis que Sporting, Benfica e SC Braga juntos e os árbitros não marcam sempre que algum andrade cai na área, senão havia 15 penáltis por jogo".

Comentário do leitor J. Oliveira

publicado às 03:04

Foto do dia

Rui Gomes, em 29.04.21

177768112_1809401865923037_738550464177894204_n.jp

Generalissimo Sebastián Coates

publicado às 03:03

Screenshot (92).png

Breve resumo das "verdades" de Pinto da Costa sobre os acontecimentos em Moreira de Cónegos:

“Antes de vir para aqui estava a ver as notícias e li num jornal: 'As palavras que levaram Sérgio Conceição a ser castigado 21 dias'. Não é verdade, o Sérgio, e isso pode ver-se nas imagens, vai em direcção do árbitro e, ainda antes de chegar ao árbitro, leva o cartão vermelho".

"Portanto, tudo o que ele disse – e não vou pôr em causa o que ele disse, não sei o que lá está escrito, mas sei que disse algumas coisas – foi depois de levar o cartão vermelho. 'Oh, Hugo, dois penáltis?' e levou o cartão vermelho".

“Dizia o saudoso Mário Soares que havia um direito que era o direito à indignação e, naturalmente, que o Sérgio como todos os portistas, e todos os intervenientes, tem o direito à indignação”.

"O treinador é multado, os jogadores são multados, inquéritos e suspensões, e o árbitro saiu a rir-se. Há imagens: saiu a rir e não acontece nada. E o VAR? Como é possível, se toda a gente viu três penáltis, um indivíduo que está sentado à frente da televisão não ver nenhum desses penáltis, o que havemos de pensar?".

22074542_mue9Z.jpeg

“Apercebi-me depois que havia uma confusão e depois verifiquei que era o senhor Pedro Pinho a querer tirar a câmara e a tapar a câmara ao repórter de imagem que julgo que era da TVI. Não vi nenhuma agressão e não há nenhuma imagem em que se veja o Pedro Pinho a agredir seja quem for. Aquilo que vi na altura foi o Pedro Pinho a querer tirar a máquina e a tapar para não deixar filmar".

"Disse há dias o seguinte: que o FC Porto, se tudo fosse normal, seria campeão. Agora, não é nada normal haver um jogo de futebol em que ficam três penáltis escandalosos por marcar. Se tudo tivesse sido de forma normal, acredito que o FC Porto podia ganhar o campeonato, neste momento acredito menos, porque não foi normal".

Como refiro no título do post, ou Pinto da Costa pensa que andam todos a comer gelados com a testa ou perdeu completamente a noção do que sai da sua boca. De qualquer modo, além de perverter tudo e todos à sua volta, tornou-se numa figura lastimosa.

Além do mais, aparenta estar muito desapontado porque o seu "NORMAL" foi traído!

publicado às 03:02

dsc08206-min.jpg

Gabriel Silva, de 14 anos, é o mais recente jovem talento a assinar contrato de formação com o Sporting Clube de Portugal.

O jovem admitiu que o início foi "difícil", mas agora como atleta residente na Academia Sporting "tudo se tornou mais fácil".

"Estou muito feliz porque concretizei um grande objectivo. Desde que cheguei ao Clube que sonhava em dar este passo, agora vou começar a lutar por outras metas. Tenho o sonho de chegar à equipa principal do Sporting. Continuem a apoiar a formação, porque há muita qualidade e vamos dar-lhes muitas alegrias".

publicado às 03:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.04.21

image.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

 1938 Lagonda V12 Le Mans Style Tourer - Leilão 2020 - 310 mil dólares

publicado às 22:45

Isto é uma autêntica farsa!!!

Rui Gomes, em 28.04.21

img_920x518$2021_04_28_12_28_20_1843613.jpg

Segundo Record, o arruaceiro-mor do clube do Norte foi suspenso APENAS por 21 dias, na sequência da sua expulsão no jogo com o Moreirense. Ainda foi multado 10,200 euros, o que é inconsequente, dado que o clube é que paga.

Uma autêntica farsa, digna de um futebol terceiro mundista. Muito pior do que o próprio castigo, é o Conselho de Disciplina da FPF tomar a decisão consciente de que todo o País tem conhecimento que é no mínimo moralmente vergonhosa.

De acordo com o relatório do árbitro, o treinador portista "após o final do jogo entrou no terreno de jogo para contestar a equipa de arbitragem e disse: "És uma vergonha, roubaste-nos o campeonato".

Após a exibição do cartão vermelho começou a bater palmas na direcção do árbitro e continuou a dizer: "És fraco e má pessoa, roubaste-nos dois campeonatos, escreve tudo, és uma vergonha do caralho, és um ladrão, estás sempre a foder-nos". 

publicado às 18:45

Uma montanha-russa chamada futebol

Rui Gomes, em 28.04.21

"O que não podemos fazer é andar nesta montanha-russa, que toda a gente anda. O Sporting vai perder pontos; agora é candidato; e depois vai perder pontos... Andamos nisto de semana para semana. Temos de ter os pés bem assente na terra. Podemos perder pontos em qualquer jogo e temos de trabalhar muito."

mw-300.png

Quando Rúben Amorim falou numa... montanha-russa, na conferência de imprensa após a vitória (heróica, convenhamos) do Sporting sobre o Braga, ri-me. Perdoem-me os mais sérios, mas o que me veio prontamente à cabeça foi algo que já tinha pensado previamente... o próprio do mister sentado numa dessas carruagens que sobem e descem, onde prefiro nunca meter os pés (nem mesmo quando fui à Disney, e escusam de insistir, que isso é coisa de malucos). Isto porque sempre que vemos o treinador do Sporting, no banco ou na bancada, lá está ele, frenético, a andar, de um lado para o outro, irrequieto, inquieto, algo maníaco até, numa vivência tão intensa do jogo que gostaria de saber o que diria o relógio esperto que pudesse ter no pulso sobre o batimento cardíaco e as calorias gastas ao longo de 90 minutos.

Independentemente do que possa acontecer nos últimos cinco jogos da Liga portuguesa, algo é certo... o Óscar de maior protagonista desta Liga NOS 2020/21 é de Rúben Amorim.

O treinador do Sporting, que conheci em 2017 quando ele ainda estava longe de o ser, mudou quase tudo em Alvalade (e quase tudo ontem à noite, com as substituições que fez), mas particularmente essa vivência diária que é tão comum no futebol português: a da montanha-russa.

Calma.

mw-1024.jpg

Na verdade, é o que nos falta a todos, hoje em dia. Um pouco de calma e, particularmente, de autocontrole, para não cair em definições rotundas - e jocosas, e insultuosas - baseadas apenas num ato, num golo, num jogo, numa semana. Nas redes sociais (depois são necessários boicotes...), nas televisões, no café. Pelo menos no Sporting, Rúben Amorim conseguiu fazê-lo, não só nas conferências de imprensa certeiras, mas na junção de um grupo com tanta gente tão ligada ao mesmo que todos parecem influentes, até mesmo Plata, que regressou ontem do 'castigo'. Com todo o respeito pelos outros, Rúben Amorim é o melhor desta Liga.

Artigo da autoria de Mariana Cabral, em Tribuna Expresso

publicado às 13:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds