Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros?

Rui Gomes, em 30.09.21

RM-Taj-092819_369_Volkswagen_1970_Beetle_Casa-Lind

Um dos carros mais caros do Mundo

1970 Volkswagen Beetle “Casa Linda Lace” - Leilão 2019 - 178 mil dólares

publicado às 22:30

img_920x518$2021_09_30_14_29_02_1909973.jpg

Matheus Nunes é a grande novidade na lista de convocados de Fernando Santos para os duelos da Selecção Nacional com o Catar e o Luxemburgo. O médio do Sporting, que rejeitou representar o Brasil, faz a estreia absoluta em convocatórias por Portugal.

Na lista de 24 nomes divulgada hoje, destaque ainda para o regresso de William Carvalho e Diogo Dalot. Nota também para Pepe, que tem estado lesionado e falhou os últimos jogos do FC Porto, mas continua a figurar nas escolhas de Fernando Santos. Relativamente à convocatória anterior, Diogo Dalot também é novidade entre os eleitos. Em sentido inverso, saem Ricardo Pereira, Gonçalo Inácio, Pedro Gonçalves e Otávio.

Portugal vai enfrentar o Catar, em jogo de preparação, a 9 de Outubro no Estádio Algarve, com o início a estar marcado para as 20h15. A 12 de Outubro, novamente no Estádio Algarve, mas às 19h45, o conjunto lusitano recebe o Luxemburgo para a qualificação para o Campeonato do Mundo.

Convocados:

Guarda-redes: Anthony Lopes, Diogo Costa e Rui Patrício.

Defesas: Diogo Dalot, João Cancelo, Danilo Pereira, Domingos Duarte, Pepe, Rúben Dias, Nuno Mendes e Raphael Guerreiro

Médios: João Palhinha, Rúben Neves, Bruno Fernandes, João Mário, João Moutinho, Matheus Nunes e William Carvalho

Avançados: Bernardo Silva, André Silva, Cristiano Ronaldo, Diogo Jota, Gonçalo Guedes e Rafa Silva.

Fernando Santos comenta Matheus Nunes:

"Se convocámos o Matheus Nunes é porque entendemos, e como já tinha dito, é um jogador que acho que tem características que podem complementar relativamente aos que costumamos ter como opção. Agora é vê-lo em contexto de selecção, ao nível de clube joga numa linha de três e com dois no corpo central, aqui jogamos numa realidade diferente".

publicado às 19:50

O caminho faz-se caminhando

Naçao Valente, em 30.09.21

A até agora prestação negativa na Liga dos Campeões, do Sporting CP,  deu azo a um coro de ladainhas. Umas vindas daqueles adeptos que esperam mesmo que elas aconteçam, e de que precisam como de pão para a boca, outras, de adeptos que tomam a nuvem por Juno, e consideram que por o Clube ter feito uma boa época já é uma super equipa.

Nos jogos europeus com adversários superiores, financeira e desportivamente, perder, não me surpreende. O que mais me surpreendeu foi a derrota por números elevados, num jogo, claramente atípico. No entanto, perder com estas equipas, não é nenhuma desonra. Desonra seria sim se não nos batêssemos desde o primeiro ao último minuto. A equipa de futebol profissional evoluiu e cresceu na última temporada, mas quem tem os pés assentes na terra, sabe que o Sporting, não está no mesmo patamar dos colossos europeus.

artworks-000102981024-uuhf4g-t500x500.jpg

Para o futebol caseiro, temos equipa para lutarmos pelas provas nacionais, com os nossos adversários mais directos. Apesar disso, é preciso ter a noção que os dois rivais, com os quais disputamos os primeiros lugares, ainda são, quer em investimento desportivo, quer, e como consequência, em qualidade de plantel, superiores. O Sporting, iniciou na época transacta, um caminho que visa colocá-lo ao mais alto nível. Mas nesse caminho, apenas se deu um primeiro passo.

O projecto da actual estrutura, passa por construir uma equipa competitiva, com jovens jogadores, dando preferência à “prata da casa” que vem da nossa Academia. Antes deste processo começar, já o defendia, como forma de alavancar o futebol do Clube. No entanto, este projecto, precisa de tempo para ser implementado. E para isso, os adeptos, precisam de ter plena consciência que vão existir avanços e recuos. O imediatismo, é o seu maior inimigo.

Como tem dito, e ontem voltou a reafirmar, Rúben Amorim, a consolidação deste caminho faz-se caminhando e ainda faltam uns “aninhos” para estar ao mais alto nível. Daí a sua estratégia patente, para dentro e para fora, do “jogo a jogo”. Não gerando o Clube grandes recursos ordinários, faz parte do projecto formar e lançar jovens de alto potencial (veja-se Nuno Mendes, como exemplo) para o suportar desportiva e financeiramente...

Na minha análise, é mesmo este o caminho que o Sporting tem de fazer, para atingir uma bitola verdadeiramente europeia. Contudo, os comentários que leio nas novas conversas de café, as redes sociais, muito mais mediáticas, levam-me a admitir algum pessimismo. Basta um resultado menos positivo, mesmo perante os ditos “tubarões”, para pôr tudo em causa, começando pelo treinador que dirige e projecto, e que tem mostrado competência, para o executar. Isto não significa que não se possa criticar com moderação e positivismo. O que não tolero é bota-abaixismo, sem qualquer consistência "científica".

O meu receio, é que este projecto, que reafirmo, vejo como o único para tirar o Sporting da “vil tristeza” não esteja a ser verdadeiramente compreendido por muitos sportinguistas, e se possa deitar fora, o ainda menino, com a água do banho. E se isso acontecer, prevejo mais e mais anos tanto de instabilidade desportiva como financeira. Se este caminho for interrompido, pela vincada irracionalidade ligada ao futebol, a culpa não será de quem o quer executar, mas daqueles que por razões diversas, mas convergentes, o destruírem. Vou manter a esperança que isso não aconteça, e que vença o bom senso.

publicado às 13:00

Confesso que me desagrada vivamente ver as camisolas dos jogadores do meu Sporting ostentarem propaganda de uma casa de apostas, assim como me desconforta observar o nosso belo Estádio e o seu verde relvado manchados de incentivação para apostar – não obstante se encontrarem, entre o vasto público, milhares de jovens legalmente proibidos de apostar até aos 18 anos.

Considero, de resto, a súbita e deveras impetuosa infiltração actual nos clubes por parte de empresas de apostas desportivas como um fenómeno deveras preocupante e, mesmo, perigoso para a independência, a integridade e a credibilidade do futebol. Uma acentuada degradação moral e ética do desporto na generalidade e do futebol muito em particular – levianamente apadrinhada, aliás, pela própria Liga Portugal (agora “Liga Bwin”).

apostas_em_portugal-1024x536.jpg

Esta minha convicção acentuou-se veemente ao assistir, há dias, a um jogo da Liga “Bwin”, transmitido por um canal televisivo nacional patrocinado pela “Bet.pt”, entre uma equipa publicitando destacadamente a “Betano” e outra a “Placard”… Uma ligeira prova, apenas, da posição crescentemente dominante das casas de apostas sobre o nosso futebol – a vasta maioria delas multinacionais de incógnitos investidores estrangeiros e sediadas fora de Portugal ou em paraísos fiscais.

Parece evidente que esta explosiva realidade – facilitada pela tradicional passividade do Governo e ainda das autoridades desportivas portuguesas – poderá tornar-se susceptível de resultar numa muito séria ameaça ao futuro e sobrevivência dos próprios clubes se submetidos a interferências, exigências e pressões exteriores. A presente proliferação de casas de apostas e a aguerrida concorrência pelo lucrativo negócio são fortes sinais a ter em conta.

E o problema tenderá, por certo, a agravar-se muitíssimo mais quando uma mesma casa de apostas patrocina simultaneamente vários clubes rivais e concorrentes entre si – como no caso do Sporting Clube de Portugal, cujo patrocinador está envolvido igualmente com, entre outros, SC Braga, Boavista, Estoril, Marítimo e Belenenses SAD.

O alarme sobre as gravosas consequências desta já descontrolada evolução começou, de resto, a alastrar-se pelo continente europeu. Como há dias noticiado, o governo britânico, por exemplo, está a analisar a possibilidade de proibir que empresas de apostas surjam publicitadas na parte frontal das camisolas dos clubes da Premier League.

“Temos quase a certeza de que essa publicidade na frente das camisolas vai terminar. Todos esperam isso” – afirmou ao jornal Daily Mail uma fonte próxima do processo, revelando, ainda, que a medida faz parte da revisão da Lei de Apostas, que deverá ser apresentada durante este Inverno – a qual abrange, igualmente, a proibição de painéis publicitários de casas de apostas, assim como anúncios televisivos.

Texto da autoria do nosso estimado colaborador Leão da Guia

*** ESTE POST MERECEU DESTAQUE ESPECIAL NO SAPO BLOGS.

publicado às 04:19

Foto do dia

Rui Gomes, em 30.09.21

243111361_10157961147156555_3095921671440818913_n.

Rúben Amorim e Mariana Cabral, dois grandes treinadores

publicado às 04:18

243553787_10157884344401923_1010178090822577100_n.

A defesa do título europeu começou da melhor forma para a equipa masculina de goalball do Sporting CP ao golear os russos do Moscow GT por 13-7 na primeira jornada do grupo A da Liga dos Campeões. Leomon Moreno esteve em destaque ao marcar quatro dos golos leoninos.

No Pavilhão Susana Barroso, em Odivelas, que acolhe a prova, antes do início da partida foram entregues os European Goalball Awards referentes a 2019. Os leões, nesse ano Bicampeões em título, dominaram as distinções: Márcia Ferreira foi considerada a melhor treinadora e os jogadores Leomon Moreno e Hadiley Sacramento integraram a equipa do ano. 

Sporting CP: Leomon Moreno (4), Romário Marques (3), Hadiley Sacramento (2), Luís Miguel, Tomás Delfim (1) e Javier Serrato (2).

O emblema de Alvalade garantiu, assim, os primeiros três pontos na Liga dos Campeões, onde no grupo A defrontará ainda os ucranianos do Ukraine Invasport, os checos do GC Perun e os finlandeses do Aisti Sport.

publicado às 04:17

Taça_de_Portugal_logo.jpg

A equipa principal masculina de futebol do Sporting vai defrontar o CF “Os Belenenses” na terceira eliminatória da Taça de Portugal, ditou o sorteio realizado esta quarta-feira pela Federação Portuguesa de Futebol na Cidade do Futebol. 

O encontro diante do emblema da Cruz de Cristo, que ocupa a terceira posição na série E do Campeonato de Portugal, está agendado para o fim-de-semana de 16 e 17 de Outubro, no Estádio do Restelo. 

Recorde-se que esta é a primeira eliminatória da prova em que participam os 18 clubes da Liga Portugal.

publicado às 04:16

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 30.09.21

mw-1920.jpg

Para não esquecer esta "sociedade" marosca...

Tags:

publicado às 04:15

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.09.21

af70ee5cadcbbf2780e599d2cb1264002512d496.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

 1911 Rolls-Royce Silver Ghost 40/50hp Drophead Coupe - Leilão 2019 - 700 mil dólares

publicado às 22:30

Agora há mais campeonato

Rui Gomes, em 29.09.21

243073224_10157961390331555_7211742650208158759_n.

A equipa principal de futebol do Sporting CP voltou a treinar, esta quarta-feira, após o jogo com o Borussia Dortmund na UEFA Champions League.

Ainda na Alemanha, os titulares na partida ficaram no hotel em recuperação e os restantes elementos do plantel treinaram sob as ordens de Rúben Amorim no centro de treinos do Borussia Dortmund.

A viagem de regresso a Portugal está marcada para esta tarde e na quinta-feira, às 10h00, a equipa voltará a treinar, à porta fechada, na Academia Sporting, em Alcochete.

Não há registo algum de lesões provenientes do jogo de ontem.

No sábado, às 20h30, o Sporting visita o Arouca, em jogo da 8.ª jornada da Liga BWIN.

publicado às 16:07

img_920x518$2021_09_29_12_13_15_1909547.jpg

Os jogadores do Sporting recorreram às redes sociais para agradecer o apoio dos adeptos e para garantir que vão continuar a trabalhar e a lutar pelos bons resultados.

Sebastián Coates

"Fizemos coisas para que o resultado fosse diferente.. agora é descansar, continuar a aprender com os nossos erros e preparar o próximo jogo! Obrigado a todos pelo apoio!"

Pedro Porro

"Não foi o resultado que mais queríamos mas continuamos a crescer como equipa. Vamos continuar a lutar pelos três pontos em cada jogo! Incrível sentir o apoio dos sportinguistas em Dortmund! Obrigado leões." 

Matheus Nunes 

"Somos da raça que nunca se vergará. Vamos continuar a trabalhar para que continuemos a crescer enquanto equipa. Obrigado sportinguistas pelo vosso apoio incansável."

Nuno Santos

"Não foi o resultado que ambicionávamos neste jogo nem pelo qual trabalhámos os 90 minutos. Fizemos de tudo para que fosse diferente... e até podia ter sido. Hoje é dia de reflectir, tirar conclusões e trabalhar já para o próximo encontro. Mais uma vez, obrigado leões que estiveram nas bancadas a apoiar-nos de forma incansável."

publicado às 13:30

As Notas de Julius 2021/22 (09)

Julius Coelho, em 29.09.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo com o Borussia Dortmund da 2.ª jornada da fase de grupos da Champeon League, que resultou numa derrota por 1-0. 

Em Dortmund contra o temeroso Borussia, o Sporting recuperou a sua identidade nas jornadas da Champions League, Jogando os noventa e três minutos olhos nos olhos com os alemães. Se alguém esperava mais uma cabazada viu a equipa dar uma boa resposta e que até colocou em dúvida o resultado final até ao último segundo da partida. Verdade que não teve oportunidades claras para marcar, mas conseguiu em muitos momentos enervar e banalizar o futebol  do adversário na sua própria casa. Foi um alívio para os jogadores, treinador e adeptos da equipa alemã quando o árbitro apitou para o final da partida. O mais negativo da equipa do Sporting esteve no erro que levou ao único golo da partida e na perda constante das segundas bolas.

Screenshot (335).png

DESTAQUE - MATHEUS NUNES - 4 - Já tinha sido o destaque no jogo contra o Ajax e voltou a ser o melhor da equipa ontem à noite. Não se amedrontou com o adversário e atirou-se ao jogo com ganas de fazer bem o seu trabalho, o transportar a bola e carregar a equipa para a frente. Pena que tenha caído bastante de produção na segunda parte e já sem pernas para poder acompanhar o último assalto à tentativa do golo do empate nos 10 minutos finais.

ANTONIO ADÁN - 3,5 - Concentrado e sempre bem atento aos movimentos da frente do ataque temeroso dos alemães, matou vários cruzamentos com segurança, fica a ideia que podia ter feito algo mais no golo sofrido, tem um breve momento que descai em excesso para o seu lado esquerdo e abriu  maior ângulo para o remate cruzado que acabou com a bola dentro da sua baliza.

PEDRO PORRO - 3.5 - Bastante seguro a defender, jogando simples e prático, mas teve algumas dificuldades para as suas patentes saídas pelo corredor onde encontrou quase sempre os caminhos tapados.

LUÍS NETO - 4 - Realizou uma das melhores exibições de leão ao peito.Já tínhamos dito que está a passar um bom momento de forma, foi o melhor elemento da defesa superando o próprio capitão Coates, excelente percepção dos movimentos dos avançados do Borussia que lhe permitiu chegar sempre primeiro roubando-lhes a maior parte das vezes a bola. 

SEBASTIÁN COATES - 3 - Muito melhor a comandar a defesa do que a resolver os seus próprios apertos. Falhou por duas vezes cortes que habitualmente não facilita colocando calafrios no Adán. Não leu bem o lance do passe de primeira que isolou o Donyell Malen à sua esquerda e já não conseguiu impedir o seu remate vitorioso para o único golo do jogo.

ZOUHAIR FEDDAL - 3 - No geral cumpriu não sendo exuberante. No golo sofrido não estava lá, nem Matheus Reis, abrindo uma cratera ao marcador do golo que carimbou a vitória dos alemães. Foi um erro bem crasso porque não podiam estar os dois ausentes ao mesmo tempo na zona. Nos 10 minutos finais viu-se com dois passes bem medidos a isolar o Nuno Santos à esquerda.

MATHEUS REIS - 3 - Foi competente na função de defender, mas complicou por vezes na saída, entregando a bola ao meio campo adversário. O treinador continua a experimentar soluções à esquerda depois do falhanço do Rúben Vinagre, com Feddal longe da sua forma fica ainda mais difícil estancar de vez o problema.

JOÃO PALHINHA - 3 - Não fez um grande jogo, chegou muitas vezes atrasado com os seus conhecidos carrinhos que são sempre muito eficazes, também não foi feliz no passe entre as linhas do adversário, a equipa nunca esteve muito ligada nessa zona faltando mais apoios e melhor precisão do passe.

PABLO SARABIA - 3 - Fez um jogo fraco e ainda não apareceu o que se espera dele, nunca conseguiu ligar o jogo com o agravante de perder a bola algumas vezes logo na recepção. 

TIAGO TOMÁS - 2.5 - A sua titularidade foi a grande surpresa da noite, mas percebeu-se a intenção do treinador. Perante o sistema de jogo sempre ofensivo dos alemães, o Tiago poderia ganhar a profundidade nas suas costas, mas isso raramente se viu. Forçosamente tem que melhorar o passe, foram quase todos interceptados pelo adversário. Num ataque que pouco produziu é também ele responsável por essa ineficácia.

PAULINHO - 3 - Cada vez mais desperta o interesse pelas notas que lhe são atribuídas, pelas suas exibições. Teve alguns pormenores com classe tirando várias vezes o adversário da frente, mas sempre longe da baliza adversária e das zonas onde deveria estar. Depois surpreendeu pela negativa no último passe onde terá que melhorar bastante.

NUNO SANTOS - 2 - Entrou aos 58 minutos, no momento em que a maioria dos adeptos do Sporting já pensavam nele, mas decepcionou. Revelou insuficiências técnicas e nunca soube mediar bem a sua posição face à última linha da defesa adversária, sendo apanhado várias vezes em fora de jogo. Nada acrescentou e por isso decepcionou-nos a todos.

JOVANE CABRAL - 2 - Depois entrou o Jovane e a situação ficou igual, sem melhoria na equipa, correu muito é verdade ... só que atrás da bola e dos alemães.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Finalmente entrou alguém que veio acrescentar e muito. Mexeu com o jogo, deu nova vida à equipa que parecia já ter desistido de tentar o golo do empate, e motivou os alemães a olharem para o relógio gigante do estádio. Pena ter já encontrado o Matheus Nunes nas lonas. O Daniel devia ter entrado mais cedo quiçá mesmo de início. Nos 10 minutos que jogou tudo o que fez foi sempre bem feito com critério acima da média que surpreendeu muito o adversário.

BRUNO TABATA - 2.5 - Trouxe mais energia à equipa, Porro já estava muito desgastado mas não foi por ali, por aquele lado que a equipa oscilou e perdeu.

RICARDO ESGAIO - 2 - Entrou fresco perante tentativa da equipa ainda chegar ao empate; segurou aquele lado esquerdo onde também anda ali para desenrascar. Pena que o Nuno Santos tenha passado ao lado do jogo, obrigando o Esgaio a ficar mais fixo sem poder arriscar muito mais.

RÚBEN AMORIM - 4 - Espremeu a equipa até onde foi possível espremer. Defrontou uma das equipas com maior poderio ofensivo a nível mundial na sua própria casa. Perdeu, mas surpreendeu pela positiva, assustando os alemães. A equipa quase que não cometeu erros na defesa, mas sem Pedro Gonçalves em campo o ataque fica demasiado inofensivo. O jogo valeu pelos 10 minutos finais, com as substituições principalmente do Daniel, a equipa agarrou no jogo e deu esperança de se chegar ao empate, o que seria um prémio merecido.

SRDJAN JOVANOVIC (Árbitro - Sérvio) - 3 - Arbitragem medíocre, na dúvida ganhavam sempre os... alemães. De parvo não tem mesmo nada, soube agradar a quem deve agradar, à cúpula do futebol mundial. Portugueses!!!! Quem são? Bahhh!!.

POL VAN BOEKEL (VAR - Holandês) - 3 - Ninguém o incomodou e também não incomodou ninguém.

publicado às 07:03

Estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 29.09.21

GoalPoint-Dortmund-Sporting-Champions-League-20212

Rúben Amorim no final da partida

"Sabor algo amargo? Penso que sim. Arriscámos muito mais no fim mas depois de um resultado anormal na 1.ª jornada tivemos bom comportamento mas podíamos ter sido melhores. Não posso dizer nada aos jogadores, falta-nos peso nesta competição. Mas vamos ganhar no futuro".

"Não chega, temos ainda um longo caminho a percorrer. Temos de estar na Europa para ganhar experiência, dinheiro e para não vender os melhores jogadores. Vai demorar muito tempo, temos de ter paciência, e não falo do treinador, mude-se o treinador ou não. Olhando para as equipas portuguesas e para o Sporting não chega, ninguém vai contente para casa. Quando acaba sentimos que falta algo mais, o que é normal. Temos muito para construir. Nem tudo está mal. Não chega mas queremos mais. Parabéns aos jogadores."

"Os adeptos têm sido um grande exemplo. Ganharam-nos o jogo na semana passada e a preocupação é demonstrar a equipa que somos e que independentemente do resultado tenham orgulho na equipa e em ser sportinguistas."

O capitão Sebastián Coates

"Contra o Ajax cometemos diversos erros que não costumamos cometer, nestes jogos qualquer erro pode dar golo. Hoje jogámos melhor, mas não conseguimos o resultado que queríamos. Ainda faltam jogos, é importante que a equipa continue a crescer e a ganhar experiência. Para o próximo que tenhamos outro resultado".

"Matematicamente podemos passar, vamos dar tudo, tentar. Este jogo deu para ganhar experiência e no próximo não podemos cometer erros que cometemos hoje".

"Queremos ganhar todos os jogos. É um estádio difícil de jogar. O Dortmund tem muita tradição. Tentámos a vitória, mas não conseguimos, infelizmente".

"A esperança é a mesma que tínhamos depois do jogo com o Ajax. A confiança no nosso trabalho vai ser sempre a mesma. Trabalhamos para dar alegrias aos sportinguistas. Enquanto tivermos chances de nos apurarmos, vamos continuar a lutar".

publicado às 07:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 29.09.21

0jl21793.jpg

O 'onze' inicial frente ao Borussia Dortmund, na Alemanha

publicado às 07:01

Andebol.jpg

A equipa principal de andebol do Sporting CP garantiu esta terça-feira uma vaga na fase de grupos da EHF European League. O conjunto verde e branco bateu o TTH Holstebro por 28-31, na Dinamarca, em jogo referente à segunda mão da última ronda de qualificação.

Os leões entraram com seis golos de vantagem (31-25) na segunda mão da eliminatória, após triunfo de há uma semana no João Rocha, mas a turma nórdica quis dar a volta, ao entrar bem na partida e dominar a primeira parte (16-15).

Mas o Sporting CP foi crescendo e deu a volta ao resultado, com destaque no ataque para o central Natán Suárez, com 5 golos e uma eficácia de 100%, enquanto Francisco Tavares marcou 4 (100%).

Sporting CP: Manuel Gaspar [GR], Salvador Salvador [C] (2), Jens Schöngarth (3), Josep Folqués (2), Carlos Ruesga (3), Jonas Tidemand (3) e Francisco Tavares (4); Matevž Skok [GR], Edmilson (1), Francisco Costa (3), Natán Suárez (5), André José (2), Erekle Arsenashvili, Mamadou Gassama (3), Duarte Seixas, Yassine Belkaied [GR].

Os leões voltam a entrar em campo no próximo sábado, dia 2 de Outubro, em casa, diante do CF “Os Belenenses”, em jogo referente à terceira jornada do Campeonato Nacional.

publicado às 07:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.09.21

1930-Cadillac-Sport-Phaeton.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1930 Cadillac 452 V-16 Sport Phaeton - Leilão 2019 - 1,221 milhões de dólares

publicado às 23:45

BVB - SCP 28.9.2021.jpg

O Sporting esteve bem organizado defensivamente, mas não teve argumentos ofensivos suficientes para contrariar o golo do Borussia Dortmund aos 37 minutos.

Uma segunda parte com mais intensidade e dinâmica no meio campo do adversário mas, mesmo assim, não conseguiram violar a baliza alemã.

A análise detalhada do jogo fica para "As Notas de Julius", post a ser publicado de manhã.

P.S.: Arbitragem muito caseira!!!

publicado às 21:54

BVB SCP Youth League.jpg

Na segunda jornada do Grupo C da UEFA Youth League, a equipa de sub-19 do Sporting visitou e empatou (0-0) com o Borussia Dortmund, na Alemanha.

A equipa orientada por Filipe Pedro alinhou em 4x3x3 e terminou o jogo com os seguintes jogadores no relvado:

Diego Calai; David Monteiro, Diogo Travassos, Chico Lamba e Emanuel Fernandes; Mateus Fernandes, Renato Veiga e Miguel Menino; Isnaba Mané, Samuel Justo e Youssef Chermiti.

Titulares substituídos: Názinho, Diogo Cabral, Nicolai Skoglund e Lucas Dias.

Suplentes não utilizados: Marco Cruz, Gilberto Dambi Batista e Diogo Pinto.

Com este resultado e depois do empate com o Ajax, em Alvalade, o Sporting soma agora dois pontos e situa-se em terceiro ligar no Grupo, atrás do Ajax e Borussia, ambos com 4 pontos. O Besiktas está em último lugar com zero pontos.

O próximo jogo está agendado para o dia 19 de Outubro, com os leões a viajarem até à Turquia para defrontar o Besiktas.

publicado às 16:55

O 'onze' inicial para Dortmund

Rui Gomes, em 28.09.21

22159006_GMDHJ.png

Qual é o palpite do leitor sobre o 'onze' inicial do Sporting CP que vai hoje defrontar o Borussia no Signal Iduna Park, em Dortmund?

Eis os 23 jogadores que viajaram para a Alemanha:

Guarda-redes: Adán, João Virgínia e André Paulo

Defesas: Porro, Ricardo Esgaio, Gonçalo Esteves, Luís Neto, Coates, Feddal, José Marsà, João Goulart, Rúben Vinagre e Matheus Reis

Médios: Palhinha, Ugarte, Matheus Nunes e Daniel Bragança

Avançados: Tabata, Nuno Santos, Sarabia, Jovane, Tiago Tomás e Paulinho

*** Na imagem, o 'onze' inicial que defrontou o Ajax em Alvalade.

publicado às 04:04

img_920x518$2021_09_26_01_53_43_1908299.jpg

Na conferência de imprensa de antevisão à partida frente ao Borussia Dortmund, Matheus Nunes revelou que já decidiu: se for convocado, deseja representar Portugal:

"Já sim, já tomei uma decisão. Falei com ambos os seleccionadores. Depois de pensar muito com a minha família e com o meu padrinho, cheguei à conclusão que para mim era melhor jogar pela selecção portuguesa. Passou muito por isso. Acho que vou ser mais feliz aqui. A minha família disse o mesmo, por isso tomei essa decisão e estou muito feliz.

Cheguei a Portugal com 13 anos. Eu sinto-me português, também. Tenho muitos hábitos e cultura daqui de Portugal. Quando recebi a chamada para o Brasil, a primeira vez, foi um orgulho muito grande porque eu tinha esse sonho desde criança, quando morava no Brasil. Mas ao poder decidir entre uma selecção e outra, eu não ia sair daí a perder. Por isso, acho que que tomei a decisão certa e vamos ver.

Quanto a propostas, não recebi nenhuma. Sei que houve muitas especulações, por parte dos jornais, mas o meu foco sempre esteve no Sporting desde o início. Para mim, quer houvesse essa possibilidade de sair, ou não, de ficar, jogar na Champions é sempre um aliciante muito grande, porque é o meu sonho desde criança. O meu foco desde o início da pré-época estava no Sporting.

Elogios?... Eu tento não olhar muito para isso, porque o mais importante aqui não são as individualidades. Temos muitos outros jogadores. O Dani também tem muita qualidade, o Tabata também tem muita qualidade, o Ugarte… Sei que qualquer um deles no meu lugar também faria um bom trabalho, por isso eu tento não olhar muito para essa parte do individual, porque o que importa é a equipa".

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/12





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds