Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 31.12.21

Bugatti_Chiron_Super_Sport-x675.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2022 Bugatti Chiron Ss - 3,9 milhões de dólares+

publicado às 22:00

Eleições marcadas para 5 de Março

Rui Gomes, em 31.12.21

20289789_lKpeq.jpeg

As eleições no Sporting foram agendadas para 5 de Março de 2022. O anúncio foi feito no jornal do Clube, que está hoje nas bancas. A Assembleia Geral Eleitoral irá decorrer no Pavilhão João Rocha, entre as 9h00 e as 20h00, quando encerram as urnas.

Foram, assim, cumpridos todos os requisitos legais na marcação do sufrágio, ou seja, o anúncio feito 60 dias antes do acto (teria de ser marcado para o período entre 1 de Março e 30 de Abril), como consta dos estatutos.

Como sempre, cada redactor do Camarote Leonino é livre de seguir a sua consciência e apoiar quem muito bem entender - isto, partindo do princípio que vamos ter mais do que um candidato.

Da minha parte, esclareço, desde já, que apoiarei inequivocamente a recandidatura do Dr. Frederico Varandas, quem eu não apoiei no último acto eleitoral mas que hoje faço como reconhecimento do excelente trabalho levado a cabo por esta Direcção, tanto no que diz respeito à componente desportiva - futebol e modalidades - como, também, na gestão geral do Clube.

O Sporting Clube de Portugal, hoje, está muitíssimo melhor do que estava e é possível ver um futuro risonho no horizonte.

Até vou mais longe, ao afirmar que, na minha opinião, face às circunstâncias do Clube e para salvaguardar a sua superior estabilidade, não deviam surgir mais candidatos e os actuais Órgãos Sociais deviam ser reeleitos por aclamação. Mas isto, claro, é apenas a minha opinião.

publicado às 14:00

img_920x518$2021_12_28_23_52_39_1944123.jpg

Luís Magalhães considerou que a recém-vitória do FC Porto diante do Sporting (66-59) foi justa, num jogo em que admitiu que os seus jogadores falharam muitos lançamentos de três pontos, algo que apontou como um factor diferenciador.

"O FC Porto é um justo vencedor, porque em termos de percentagens de lançamento foram melhores do que nós. Principalmente nos lançamentos de três pontos estivemos claramente em noite 'não'".

Em declarações à Sporting TV, o treinador leonino não deixou de visar a arbitragem que esteve a cargo de Sérgio Silva, Nuno Monteiro e José Gouveia:

"Gostava de aproveitar esta oportunidade para não branquear a situação que se está a viver, porque os árbitros estão completamente condicionados e a Associação de Juízes já repudiou o comunicado que foi feito".

Isto, em alusão ao comunicado emitido pela Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB), em conjunto com o FC Porto, depois de os dragões terem registado as duas faltas de comparência em jogos da Liga Betclic.

Ao finalizar: "É uma vergonha o que está a acontecer no basquetebol e há uma grande falta de coragem das pessoas que podem decidir alguma coisa. É importante dizer isto para defender a modalidade".

E é de facto vergonhoso, mas a exemplo do que ocorre quase sempre no que diz respeito ao clube do Norte - emblema que tanto no futebol como nas modalidades não olha a meios para atingir fins - "os cães ladram e a caravana passa"... completamente impune.

Também Travante Williams - notável extremo do Sporting CP - não deixou passar o momento:

"Derrota complicada fora de casa... Fiquei contente por terem aparecido neste jogo... de volta ao trabalho".

Neste entretanto, a Associação Nacional dos Juízes de Basquetebol (ANJB) criticou o comunicado da Federação, no qual o organismo assume o compromisso "de intensificar as acções e projectos tendentes à melhoria contínua da qualidade da arbitragem nacional".

"A ANJB evidencia de forma clara não se rever minimamente na forma e no conteúdo do comunicado [...] e enaltece a necessidade da garantia da autonomia e independência da arbitragem do basquetebol".

publicado às 04:48

image.jpg

Depois de ver este jogo (Portimonense) ainda me pergunto... Como é possível que muitos adeptos sportinguistas achem que o Nuno Santos não tem qualidade nem é útil para o Sporting?
É o nosso melhor assistente, provavelmente é o melhor rematador de longa distância, tem um permanente espírito de luta e de entrega ao jogo, desempenha múltiplas funções no flanco esquerdo...
Sinceramente não compreendo. Uma equipa não pode ter só estrelas ou sobredotados e o Nuno tem algumas limitações, mas são estes jogadores que contribuem para o destaque de outros e, quando estes não conseguem, estão lá para desbloquear e resolver jogos.

Texto de Leão do Norte

NOTA: Esta época, em todas as competições, Nuno Santos já participou em 28 jogos, 15 dos quais como titular, acumulando 1506 minutos de jogo (média de 54 minutos por jogo), com 7 golos marcados e 3 assistências.

Na época passada, participou em 37 jogos, 28 dos quais como titular, acumulando 2385 minutos de jogo (média de 64 minutos por jogo), com 8 golos marcados e 10 assistências.

Um número que talvez surpreenda muitos: em 2021, Nuno Santos participou em 51 jogos.

publicado às 04:47

7238750_OeJ1t.jpeg

O FC Porto surgiu através de uma publicação no Twitter a reclamar pela não expulsão de Paulinho no jogo com o Portimonense, juntando um vídeo do lance:

"Mais uma singularidade do campeonato português, um hat-trick oferecido pelo árbitro. Enorme atentado à verdade desportiva, como sinalizou a generalidade dos analistas".

Isto, vindo do clube que há muitos anos sobrevive à base da corrupção e afins, nem sequer dá para rir.

P.S.: Se fosse a referir exemplos, teria de preencher várias páginas do blogue. Mas a propósito de favores da arbitragem, basta rever o primeiro golo no jogo de ontem com o SLB, em que Fábio Vieira claramente ajeita a bola com o braço. No final do jogo a Sport TV mostrou o lance vária vezes. Que o VAR Tiago Martins não tenha visto ou tenha optado por ignorar, não é surpresa alguma, tendo presente o calibre do cavalheiro.

publicado às 04:46

Backstage Sporting

Rui Gomes, em 31.12.21

publicado às 04:45

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.12.21

Porsche-911-GT3-RS-4.0-1.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

 2011 Porsche 911 GT3 RS 4.0 Coupe - Leilão 2020 - 582 mil dólares

publicado às 22:00

O contexto faz o jogador

Rui Gomes, em 30.12.21

img_192x192$2015_10_12_13_07_15_1005695_im_6366777O Sporting encerrou um 2021 perfeito com uma vitória que deu trabalho diante do Portimonense. Para a história fica o primeiro hat trick de Paulinho pelos leões, que deve ter enterrado de uma vez por todas a fama de pé frio do avançado por quem o Sporting partiu o mealheiro em Janeiro 2021. Paulinho foi uma exigência de Rúben Amorim, contra toda a lógica de um clube sem dinheiro, mas ninguém, agora, ousa questionar o preço. Mesmo que tenha passado longos períodos de seca (nos primeiros 19 jogos desta temporada apontou apenas 4 golos), foi sempre um futebolista que ajudou a equipa a chegar às vitórias. E, mais importante de tudo, entrou em todos os jogos a saber que tinha a confiança do treinador, marcasse ou não marcasse.

Paulinho é o exemplo bem perfeito de que os contextos fazem grande parte do que são os jogadores. Noutra equipa que não este Sporting de Rúben Amorim, um avançado de 28 (agora 29) anos contratado ao Sporting de Braga por um valor recorde, já estaria sob o fogo escaldante das bancadas e da crítica. Olhe-se para o lado, para o deprimido Benfica, e não faltam exemplos de futebolistas de qualidade inegável que, de repente, parecem ter-se tornado banais. E nenhuma equipa pode ser boa se não fizer melhores os seus jogadores.

Artigo de Sérgio KrithinasDirector Adjunto de Record

publicado às 18:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 30.12.21

270588401_466338568191501_3481055383961065675_n.jp

Mera coincidência - ou talvez não - os principais protagonistas

do jogo de ontem juntos numa imagem.

publicado às 17:45

A estreia de sonho de Geny Catamo

Rui Gomes, em 30.12.21

img_1280x720$2021_12_30_00_55_13_1944540.jpg

Geny Catamo, extremo de 20 anos, estreou-se na equipa principal do Sporting frente ao Portimonense e tornou-se no nono moçambicano da história dos leões.

Um dia inesquecível para o número 57 que teve isto para dizer no final do jogo:

"Sinto-me orgulhoso, feliz pela estreia e por ter contribuído para a vitória. Agora tenho de manter o foco. O treinador disse-me para estar concentrado. O meu conselho a outros jovens é não pensar na palavra desistir. Esforço, dedicação no trabalho, olhar para a frente".

Parabéns Geny, esperamos muito mais de ti!

publicado às 14:30

As Notas de Julius 2021/22 (28)

Julius Coelho, em 30.12.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Portimonense da 16.ª jornada da Liga BWIN, que resultou numa vitória do Sporting por 3-2. Golos de Paulinho (65', 76' e 83').

O Portimonense apresentou-se de forma surpreendente em Alvalade com uma estratégia de mega autocarro, um bloco baixíssimo com 4 centrais numa linha de 6 defesas e que manteve até final. Uma teia bem orquestrada que confundiu os jogadores do Sporting que se viram a perder ao intervalo, com um lance de contra ataque  e que resultou num golo marcado na própria baliza. A equipa arregaçou as mangas, reajustou-se e entrou decidida na etapa complementar a dar a volta ao marcador. Primeiro Matheus Reis e depois Paulinho foram decisivos no destruir  dessa teia e no carimbar dos três preciosos pontos.

Screenshot (559).png

DESTAQUE - PAULINHO - 5.5 - Tínhamos já dito anteriormente que era jogador para hat- tricks; aí está o primeiro ao serviço do Sporting que abafou por completo as críticas que ainda podiam existir sobre a sua qualidade e utilidade no ataque da equipa. Muito activo e inteligente nas acções, teve o feeling perfeito para estar no sítio certo e marcar os 3 golos da vitória e ainda teve oportunidade para fazer o quarto golo num remate que saiu a arrasar o poste.

ANTONIO ADÁN - 4 - Brilhou logo no início com uma extraordinária parada a um remate de fora da área do nipónico Nakajima e que levava o selo de golo. Sofreu 2 golos em que nada pôde fazer: um  na própria baliza do Matheus Reis, após um cruzamento rasteiro e em força, o outro já nos descontos, após um canto um cabezazo e a bola a entrar junto ao poste mais distante.

RICARDO ESGAIO - 3 - Dos elementos de menor produtividade. Recorreu excessivamente à falta e foi precisamente no seu corredor que nasceu o primeiro golo do Portimonense. Logo a abrir a segunda parte, o seu momento mais alto, no coração da área rematou com perigo mas a bola sofreu um desvio.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Teve cumplicidade no primeiro golo do adversário, não leu bem o lançamento nas suas costas e quando reagiu foi tarde, já o Fali Candé lhe tinha ganho uns metros. Procura ainda recuperar a sua melhor forma e a confiança, principalmente com a bola no pé.

SEBASTIÁN COATES (CAP) - 3.5 - Está a atravessar uma fase de menor exuberância. Surpreendeu as dificuldades que o japonês e o Fabrício lhe colocaram em alguns lances. Na segunda parte subiu mais vezes no terreno como se impunha e ajudou na construção e a empurrar as linhas do meio campo do adversário mais para junto da sua área.

MATHEUS REIS - 5.5-  Mais outro grande jogo do defesa brasileiro. A bem dizer, foi ele que desbloqueou e destruiu a teia montada pelo Portimonense com as várias arrancadas à número "10", a sua posição quando jogava no São Paulo. Na falta de inspiração do outro Matheus (Nunes), assumiu ele o papel de carregar a bola e a equipa para a frente, encheu o campo e surgiu activo em toda a parte. Está num invejável momento de forma, cheio de confiança e a mostrar finalmente que podem contar com ele para grandes feitos. Não fosse o Paulinho marcar os tês golos e seria ele o destaque.

NUNO SANTOS - 4.5 - Fez um bom jogo, muito lutador e sempre a dar bom seguimento às iniciativas do Matheus Reis. Foi um grande quebra cabeças para o lado direito da defesa do Portimonense, fez a assistência para o primeiro golo do Paulinho, esteve envolvido no segundo e ainda estoirou por cima da trave uma bola de ressaca na zona frontal da baliza do Samuel.

JOÃO PALHINHA - 3.5- Foi o mais prejudicado pela inédita estratégia do Portimonense. Viu-se sem presas à sua frente para caçar num meio campo quase deserto. Teve um bom cabeceamento já dentro da área que não levou a melhor direcção. Foi o natural sacrificado para chamar a jogo o Daniel Bragança. 

MATHEUS NUNES - 3 - Jogo muito desinspirado; um dos que também acusou aquela estratégia tão esquisita do adversário; esperaram-no mais atrás durante toda a partida, sem lhe darem o terreno que ele tanto gosta para embalar com a bola. Felizmente para ele e principalmente para a equipa que o Matheus Reis mostrou aptidões idênticas, o que  surpreendeu a todos.

PEDRO GONÇALVES - 4 - Apareceu a espaços, sempre que teve oportunidade tentou ferir o adversário com remates fora da área mas que um Samuel muito atento defendeu sempre. Participação directamente em dois golos do Paulinho, principalmente o último, quando não desistiu e recuperou uma bola que parecia perder-se pela linha de cabeceira, deu de bandeja para um golo fácil do colega.

PABLO SARABIA - 4.5 - Foi o melhor elemento da equipa durante a primeira parte e o que mais causou problemas à defesa bem organizada dos algarvios, muito activo protagonizou lances de enorme qualidade técnica. Ganhou a maioria dos duelos, o bloco ultra defensivo muito compacto do adversário e sempre com muita gente, acabou por o desgastar com o decorrer do tempo.

DANIEL BRAGANÇA - 3.5 - O jogo exigia a sua entrada, a equipa necessitava de toda a criatividade disponível no banco para quebrar toda aquela teia de pernas, cabeças e braços adversários. Notou-se logo que a equipa subiu de rendimento, ajudou a ligar melhor as linhas com os colegas mais adiantados, trouxe mais imprevisibilidade que encurralou a equipa algarvia que já reduzida a dez elementos passou a defender como podia. 

GENY CATAMO - 3 - Já se adivinhava que a qualquer momento poderia estrear-se. Rúben Amorim não teve dúvidas em lançá-lo, num momento muito delicado com a equipa ainda a perder. Não acusou a responsabilidade do jogo e mostrou que pode evoluir muito, é forte e confiante no drible, atacando de frente como a serpente. Temos jogador, ficará na sua memória todos os segundos que jogou pela primeira vez na equipa.

TIAGO TOMÁS - 2 - Entrou principalmente para que o Paulinho tivesse o seu momento de glória com o público de Alvalade a aplaudi-lo de pé. Ainda viu o Portimonense marcar o segundo golo e o António Nobre apitar para o final do jogo.

RÚBEN AMORIM - 6 -  O mago Amorim. Cada vez mais terá que estar preparado para estas surpresas que os adversários lhe preparam. Todos tentam ser o primeiro a derrubá-lo. Ontem foi a vez do Paulo Sérgio; apresentou-se-lhe com uma estratégia surpreendente, nunca antes vista, com 4 centrais. O Rúben pensou, pensou e pensou e na segunda parte apareceu com o antídoto que lhes desmontou todas as aquelas armadilhas e ainda não foi desta. Foram sim mais três pontos e a 11ª vitória seguida na Liga. 

PAULO SÉRGIO - 4 - Cada um apresenta as armas que tem ao seu dispor; só é pena que não tenha apresentado os mesmos 4 centrais numa linha defensiva de 6 homens quando defrontou o FC Porto, certamente teria evitado a goleada. Fica para a história que bateu o pé ao campeão na sua própria casa e marcou-lhe dois golos. Reduzidos a dez elementos, acusaram ainda mais a forte investida do Sporting durante toda a segunda parte.

ANTÓNIO NOBRE (Árbitro) - 4 - É quase impossível realizar-se uma arbitragem perfeita. Errou na apreciação de alguns lances, tanto técnica como disciplinarmente. No lance do amarelo ao Paulinho entendeu que não houve intensidade suficiente para vermelho, mas se opta pela expulsão teríamos que aceitar. O Paulinho pôs-se a jeito.

HÉLDER MALHEIRO (VAR) - 4 - Apreciou correctamente os lances que foi chamado a intervir, no primeiro golo do Portimonense ficou inicialmente a dúvida de ter havido fora de jogo, mas as imagens esclareceram que é Coates a colocar em jogo Fali Candé. Nos três lances passíveis de falta para grande penalidade na área do Portimonense, só a placagem com os braços ao Geny Catamo merecia outra decisão. 

publicado às 05:45

Estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 30.12.21

GoalPoint-Sporting-Portimonense-Liga-Bwin-202122-9

Algumas considerações de Rúben Amorim no final da partida...

"O jogo foi exactamente o que estava à espera. Há mérito do Portimonense. Até entrámos bem, nos primeiros sete minutos, mas depois o Portimonense teve duas transições, criou algumas dúvidas e isso sentiu-se no estádio. Há o golo do Portimonense e ficámos algo precipitados, porque não costumamos estar a perder em casa. Isso sentiu-se um pouco. Mas na segunda parte entrámos fortes, criámos ocasiões e a expulsão [de Pedro Sá] ajudou ainda mais a que dominássemos o jogo. A arranjar espaços. a não ter tanta pressa com a bola... e chegámos aos golos com naturalidade. É uma vitória justa".

"Sou treinador do Sporting CP. Vou trabalhar muito para manter o meu lugar, porque isto muda de um momento para o outro, como no Benfica. Em ano e meio, invertemos um bocadinho as posições. Vou trabalhar muito porque sei que podem ficar com o meu lugar, e eu gosto muito do meu lugar. Vai ser difícil tirar-me daqui. Esse é o nosso foco, ganhar títulos, ajudar o Clube".

"O Matheus Reis é um rapaz bastante trabalhador. No Rio Ave, era um misto disto, mais encostado à linha. É aproveitar a ligação com o Nuno Santos. Ele era número 10 no São Paulo, não sabia. Cada vez mais são os centrais que ficam livres, que são os construtores. O facto de termos mais posse de bola, de termos um ataque organizado melhor, ajuda a que passem mais tempo nessa função. Ele esteve seis meses sem competição, está a recuperar. A concorrência é forte e mérito para a equipa".

"Os adeptos têm grande parte do mérito com o Paulinho. Se nos lembrarmos, há alguns meses, quando o Paulinho falhava golos, foi o público que o ajudou. Eu sempre estive satisfeito com ele. É claro que tem de fazer golos, mas ele é quem sofre mais com isso [seca de golos]. É uma vitória da equipa, dos jogadores, dos adeptos, do Sporting".

"Amanhã vou ver o clássico de camisola verde. Não sei se vou conseguir ver o jogo, porque com os meus filhos em casa é sempre muito mais difícil. Mas sempre a pensar verde, e vou pensar no jogo com o Santa Clara. É importante, porque alguém vai perder pontos e nós vamos ganhar vantagem para alguém, ou até sobre os dois. Mas vamos pensar jogo a jogo, sabendo que é importante os rivais perderem pontos".

"É possível fazer melhor do que este ano... Não chegámos aos 90 ou 100% de vitórias. É muito difícil manter este registo, mas é sempre possível fazer melhor a nível de resultados e no que diz respeito a crescer como equipa. Mas se formos a pensar nisso, não vamos atingir os objectivos. Temos de pensar jogo a jogo, preparar o Santa Clara e descansar um pouco a cabeça nestes dias".

"Penso que 2022 é que vai ser o ano da minha carreira. É assim que temos de pensar. Foi um grande ano para todos, agradeço a todos os trabalho que fizeram, mas temos de fazer mais e melhor".

O Sporting fechou um histórico ano de 2021, em que conquistou três títulos, com um recorde de 42 vitórias, em 54 jogos.

P.S.: Bruno Tabata testou positivo à Covid-19 e está em isolamento.

publicado às 03:03

antevisao-fc-porto-vs-benfica.jpg

Esperamos a sua opinião...

publicado às 03:02

jpm_supertacasporting-1104-min_0.jpg

Nuno Dias, treinador da equipa leonina, teve isto para dizer no final da partida em que o Sporting goleou o rival da Luz por 7-2:

"A eficácia nos nossos melhores momentos fez a grande diferença, tinha falado disso na antevisão e penso que foi isso que aconteceu. Ia haver momentos em que o Sporting ia estar melhor, outros o Benfica e a equipa que melhor se adaptasse sairia então vitoriosa. Felizmente, o Sporting CP conseguiu sofrer, unir-se e superar-se na dificuldade quando o adversário esteve melhor. Por outro lado, quando estivemos por cima, fomos muito mais eficazes e dilatámos a vantagem.

O Guitta é simplesmente o melhor guarda-redes do mundo e nos momentos decisivos os melhores aparecem. Não só na forma como defendeu, mas também como nos permitiu atacar, teve uma noite em cheio e está de parabéns por isso. É de lembrar que veio de uma lesão, já não jogava desde a UEFA Futsal Champions League e regressou a um nível extraordinário.

Os jogadores foram um verdadeiro exemplo do que é actuar em prol do colectivo e isto é o verdadeiro significado de uma equipa. Para mim, é um orgulho ser o treinador deles".

Parabéns grandes leões!

publicado às 03:01

UEFA3.jpg

A UEFA divulgou as multas da antepenúltima e penúltima jornadas da Champions, com os três clubes portugueses a somarem 105.750€ em sanções.

O Sporting teve a maior fatia, com uma multa de 6.750€ frente ao Besiktas e 50.250€ com o Dortmund, o FC Porto foi multado em 2.250€ com o Milan e 45.000€ na visita ao Liverpool, ao passo que o clube da Luz foi punido com uma multa de 1.500€ na visita ao Bayern.

Ao que consta, a grande parte destas sanções está relacionada com o comportamento de adeptos.

publicado às 03:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.12.21

1087779-1024.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2008 Alfa Romeo 8C Competizione Coupe - Leilão 2020 - 324 mil dólares

publicado às 23:59

Acabar o ano em beleza!

Rui Gomes, em 29.12.21

Screenshot (557).png

publicado às 23:00

Parabéns Sporting!!!

Rui Gomes, em 29.12.21

269942929_466264788198879_7508556422093543316_n.jp

Sporting 7 Benfica 2

10.ª Supertaça - 4.ª consecutiva 

Grandes Leões!!!

publicado às 20:53

Foto do dia

Rui Gomes, em 29.12.21

leo4.jpg

Diana Silva - 12 golos em 11 jogos esta época - 100 de leão ao peito

 "Por acaso, sou muito má a festejar golos [risos]. Tenho de praticar os meus festejos"

publicado às 18:15

DESTAQUES

"O Portimonense é uma equipa que joga muito bem, que tem mais pontos fora do que em casa, porque defende bem, é boa nas bolas paradas e tem jogadores rápidos na frente que podem sempre criar muitos problemas. Podem jogar com três centrais ou quatro defesas e isso muda um pouco a nossa preparação para o jogo, mas os jogadores estão preparados para isso".

"Rúben Vinagre  já está a treinar connosco, mas não está pronto para jogar. Ainda tem de treinar mais, ganhar confiança e depois, sim, estará pronto para integrar a equipa".

"O Jovane Cabral está muito melhor, já o vejo até com melhor cara, está a recuperar bem. O Feddal e o Porro têm de fazer o seu trajeto, deram bons sinais esta semana. Vamos ter agora o fim de ano, eles vão ficar a recuperar, terão o tempo deles para festejar o fim de ano. Estão no bom caminho, não quero dizer data mas nós podemos ter contra o Santa Clara [primeiro jogo de 2022] algumas novidades. O TT regressou, é uma boa notícia, é mais um jogador para a frente e para mexer com o jogo. Neste caso, só o Tiago Tomás é que vai voltar à convocatória entre os que estavam lesionados".

"O mais importante é o nosso jogo, em que ganhando, mantemos a nossa posição. Com um empate entre eles, ficaremos em primeiro lugar com dois pontos de avanço do FC Porto e seis do Benfica. Obviamente nós fazemos estas contas. Se o FC Porto ganhar, ficaremos com sete pontos de avanço do Benfica e em igualdade com o FC Porto, sabendo que há dois lugares de Champions. Se for o Benfica a vencer, ficaremos com três de vantagem do FC Porto e quatro do Benfica. São essas as contas que nós fazemos, mas para isso temos de ganhar ao Portimonense, uma equipa que não perde fora e que ganhou na Luz. Portanto, vamos focar no nosso jogo e depois vamos ver o clássico".

"A saída de Jorge Jesus faz parte do futebol. Não tenho muito a dizer. Temos de nos focar na nossa casa, porque isto muda muito de um momento para o outro. Isto pode acontecer com qualquer clube, com qualquer treinador e em qualquer situação. O que nós queremos é manter esta senda de vitórias, porque são esses resultados que nos trazem confiança e tranquilidade. Quando não há resultados, tudo aparece. O que nos importa é ganhar o nosso jogo e depois o que vier será sempre bom porque os rivais têm de perder pontos".

"Em relação ao fim de ano, cada um tem a responsabilidade, eles são homenzinhos, sabem bem o que têm de fazer. Nós não podemos controlar isso, é impossível, podemos, sim, ter os máximos cuidados".

publicado às 04:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds