Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 31.03.22

Screenshot (786).png

Um dos carros mais caros do Mundo

2021 Ferrari SF90 Stradale - Leilão 2022 - 1,1 milhões de dólares

publicado às 22:30

Joni Brandão Sporting-Tavira.jpg

Os portugueses Amaro Antunes (W52 - Porto) e Joni Brandão (Sporting - Tavira) foram oficialmente considerados os vencedores da Volta a Portugal 2017 e 2018, respetivamente, pela União Ciclista Internacional, depois de o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão de Raúl Alarcón. O ciclista espanhol, que viu o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão por quatro anos decidida pela UCI por "uso de métodos e / ou substâncias proibidas", sofreu a anulação de todos os resultados desportivos entre 28 de Julho de 2015 e 21 de Outubro de 2019

Fez-se justiça a um ciclista que realizou uma época extraordinária a que apenas teria faltado o triunfo na prova-rainha. De facto, Joni Brandão, no plano individual, e a equipa Sporting - Tavira, colectivamente, foram os vencedores do "ranking" da Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais (APCP) em 2018, que premeia a regularidade ao longo de toda a época. O chefe-de-fila do Sporting - Tavira tinha terminado o ano com 1177 pontos, valor que agora será revisto por ter passado de segundo a primeiro classificado na Volta a Portugal.

publicado às 17:00

Um século a formar sportinguistas

Leão Zargo, em 31.03.22

Sporting 100º aniversário do Boletim.jpg

Em 31 de Março de 1922 foi publicado o primeiro “Boletim do Sporting Club de Portugal”, com a periodicidade quinzenal. Inicialmente tinha oito páginas no formato de 20x28, com o pagamento facultativo de 2$00 semestrais. Trata-se do mais antigo periódico europeu de um clube desportivo. O aprofundamento do espírito sportinguista, a defesa dos interesses do Clube e a circulação da informação seriam alguns dos objectivos iniciais e “Razão de ser” foi o sintomático título do primeiro editorial.

Inúmeras gerações de sportinguistas consolidaram a sua paixão e o seu querer através da leitura das narrativas escritas por grandes leões nas páginas do Boletim, que depois passou a Jornal em Junho de 1952. José do Carmo Francisco escreveu que “realizei o meu sonho de criança quando na minha aldeia natal (Santa Catarina) ia atrás do carteiro para ler em primeira mão o jornal do Sporting logo que a D. Teresa ou o senhor Josué lhe cortassem a cinta de papel que o envolvia”. Era esse o sentimento de tantos e tantos leões que, pelo país fora, aguardavam ansiosamente pela leitura do nosso jornal num tempo em que ele era a principal fonte de informação sobre o nosso Clube.

publicado às 14:30

Regresso ao futuro

Rui Gomes, em 31.03.22

21105016_F4Vcq.pngNão sei se o Sporting este ano vai voltar a ser campeão. Tenho esperança que sim, sobretudo porque fico com a amarga sensação de que a distância que nos separa do primeiro classificado, tem duas causas maiores.

A primeira radica na qualidade das arbitragens nos confrontos contra o FC Porto, que se traduziram objectivamente em perdas de pontos.

A segunda prende-se com o benefício que o Porto colheu de meia dúzia de arbitragens benévolas. É fácil jogar bem contra adversários encolhidos ou reduzidos.

Não partilho da opinião de que a estrelinha, este ano, rumou a Norte; acho outrossim que os santos padroeiros a quem o Porto pré-encomendou o seu destino, estão a responder cientificamente às suas preces.

Qualquer que seja o desfecho, uma coisa me consola: a constatação que a próxima época está a ser preparada, a tempo e horas.

Este é um registo que contrasta mesmo muito com um passado recente, em que o Sporting contratava jogadores, muitos deles de refugo, no último dia da janela de transferências, já com o campeonato a decorrer, com a consequência inevitável de plantéis desequilibrados.

Rúben Amorim joga por antecipação. Projecta aquilo que irá ocorrer na próxima época e procura agir em vez de reagir. Ugarte e Edwards são bons exemplos dessa metodologia.

Se João Palhinha, Mateus Nunes ou Porro tiverem que sair, pela força das condicionantes financeiras, o Sporting não fica órfão, porque já tem plano B.

O que o futuro nos reserva, só Deus sabe, mas eu sei de certeza absoluta, uma coisa: o Sporting 22/23 vai ser competitivo e ambicioso, como o tem sido ultimamente, porque já não há lugar ao improviso voluntarista.

O campeonato português será de todos quantos se disputam na Europa, aquele em que, para além da pouco prestigiante distinção de ser a competição onde menos tempo se joga, os factores exógenos têm mais peso na classificação. Esclareça-se que, factores exógenos são a organização técnica e administrativa, a disciplina e a arbitragem, com VAR incluído.

Vamos ter um Sporting CP à altura dos seus valores e pergaminhos? Não tenho dúvidas, assim os erros – que os haverá sempre - sejam equitativamente repartidos.

Porque a mão invisível só vale na economia de mercado!

Artigo da autoria de Carlos Barbosa da Cruz, em Record

publicado às 03:04

Screenshot (810).png

Depois de bisar, pela primeira vez, ao serviço da selecção espanhola - na goleada à Islândia (5-0) -, Pablo Sarabia admitiu que vive momentos de enorme felicidade, em grande parte devido à confiança que tem recebido no Sporting:

"Estou muito satisfeito com a minha época, com a forma como tudo está a correr. Deixar o Paris SG foi uma aposta, pois procurava minutos de jogo e boas sensações. Estou muito agradecido ao Sporting pelo que me tem dado, estou num momento muito bom no que respeita à confiança e espero continuar assim até ao final da temporada".

Entretanto, Antonio Adán, guarda-redes do Sporting CP, em recém-entrevista à Sport TV, abordou o futuro do seu compatriota:

"É uma decisão complicada, até para ele. Sente-se muito bem em Portugal, está a fazer uma grande época. É um jogador acima da média, internacional espanhol e claro que ficaríamos muito felizes por continuar cá. Não é um decisão só dele e depende de muitas coisas".

Em abono da verdade, não se esperava revelações extraordinários quanto ao futuro de Pablo Sarabia. Adán sublinha o óbvio, nomeadamente que é uma situação complicada, em parte para o próprio jogador, mas ainda mais para o Sporting CP, no que diz respeito a garantir a sua continuidade de leão ao peito.

Preza-se o jogador por reconhecer que esta sua época de verde e branco está a ser crucial na recuperação da sua confiança como futebolista, permitindo-lhe actuar ao nível do seu excepcional talento.

Como nota final, regista-se que Sarabia já realizou 39 jogos no Sporting esta época, em todas as provas, 32 dos quais como titular, acumulando 2595 minutos de jogo (média de 67 minutos por jogo), com 15 golos marcados e 8 assistências.

publicado às 03:03

iisa2609.jpg

Foi com imenso prazer que assisti ao belíssimo jogo entre o Sporting CP e SC Braga, a contar para a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, em que as leoas sairam vitoriosas, por 3-0, com golos de Diana Silva, Chandra Davidson e Bruna Lourenço.

Estratégia muitíssimo bem montada por Mariana Cabral que as suas pupilas cumpriram na íntegra, com uma exibição a roçar a perfeição.

No Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, o duelo entre dois dos principais emblemas do panorama nacional começou animado, com ocasiões nas duas balizas, e assim continuou até ao apito final, embora com superioridade evidente da equipa leonina.

Sporting CP: Doris Bacic [GR], Bruna Lourenço, Melisa Hasanbegovic, Joana Marchão (Alícia Correia, 82'), Ana Borges [C], Fátima Pinto, Andreia Jacinto, Brenda Pérez, Joana Martins (Vera Cid, 68'), Diana Silva (Marta Ferreira, 90') e Chandra Davidson (Mariana Larroquette, 82').

O jogo da segunda mão, em Braga, está agendado para o dia 24 de Abril.

P.S.: Na outra meia-final, o Famalicão venceu o Amora por 3-0.

publicado às 03:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 31.03.22

iisa2817.jpg

Leoas festejam golo contra o SC Braga

publicado às 03:01

277585497_10158163848416923_5803453680818620980_n.

Em jogo realizado no Pavilhão da Física, em Torres Vedras, o Sporting venceu o Torreense por 3-1, alcançando assim a sua 20.ª vitória na Liga Placard de Futsal.

O guarda-redes Gonçalo Portugal esteve em grande destaque. Além de algumas boas intervenções na baliza, ainda contribuiu com um muito invulgar 'bis'. O terceiro golo foi de Cavinato.

Os torreenses foram sempre bastante incómodos, mas no final valeu a eficácia leonina.

Com este resultado, o Sporting consolida o primeiro lugar na classificação, com 60 pontos, mais 7 que o segundo classificado Benfica.

No próximo jogo, agendado para o dia 2 de Abril, no Pavilhão João Rocha, os leões recebem o Viseu 2001, actual 10.º classificado da Liga.

publicado às 03:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.03.22

Screenshot (806).png

Um dos carros mais caros do Mundo

1958 BMW 507 Roadster Series II - Leilão 2019 - 2,175 milhões de dólares

publicado às 22:30

img_920x519$2022_03_30_14_54_12_1978438.jpg

O Sporting realizou esta manhã mais uma sessão de treino e contou com uma boa notícia, dado que Porro já foi reintegrado nos trabalhos, depois de superar uma tendinopatia na anca direita.

Além de o ala espanhol ter entrado na preparação para a recepção ao Paços de Ferreira, no domingo, em jogo da 28.ª jornada do campeonato, Rúben Amorim também já contou com Gonçalo Inácio e Matheus Nunes, depois de o central e o médio terem estado ao serviço da Selecção Nacional.

Os restantes internacionais vão chegar em breve, casos de Coates, Ugarte, Slimani e Pablo Sarabia. Refira-se, ainda, que nesta sessão foram chamados Diogo Pinto (guarda-redes) e Lucas Dias (médio-ofensivo).

A equipa leonina volta a treinar na Academia na quinta-feira, pelas 10h30.

publicado às 16:30

img_920x518$2022_03_30_12_44_05_1978416.jpg

Em entrevista à Sport TV, Adán comenta o campeonato e os seis pontos que separam o Sporting do topo da tabela classificativa:

"Penso que é um corrida a 3. Seis pontos é uma distância considerável, mas temos de nos focar em nós. Temos de ganhar todos os jogos e continuar a lutar até ao fim. Essa é a nossa obrigação, a obrigação deste Clube. No final, caso o FC Porto seja campeão, temos de dificultar-lhes a vida ao máximo. Se tiver de ser na última jornada... Que seja. Esse é o nosso objectivo.

Também temos de manter a distância para o Benfica, porque é importante para o Clube e para nós estar novamente no próximo ano na Liga dos Campeões. Temos de estar muito focados no que temos de fazer.

Comparo o FC Porto muito mais ao Atlético Madrid.  É uma equipa que, mesmo se não estiver bem no jogo, sabemos que vai competir e que vai estar sempre dentro do jogo para nos dificultar a vida. Nunca podemos estar tranquilos mesmo se estivermos a ganhar porque sabemos que é uma equipa muito competitiva, que luta muito nas bolas paradas e nas segundas bolas.

Talvez o Benfica tenha um perfil diferente, joga de forma mais aberta, com posse de bola. Joga de forma diferente. Sabemos que tem jogadores de altíssimo nível, por isso é que estão na luta".

publicado às 14:00

img_834x600$2021_08_30_17_21_24_1897244.jpg

Missão cumprida sem grande brilhantismo e de forma obrigatória. Finalmente um jogo na selecção de Bruno Fernandes à Bruno Fernandes. Muito talento mas longe de ser bem aproveitado. Até ao mundial e mesmo lá há que mudar muita coisa, caso contrário iremos ao Catar e viremos pelo mesmo caminho dos últimos mundial e europeu.

Uma lástima a situação do Gonçalo Inácio. Nem uma vez foi opção nos 23. É jovem e forte psicologicamente, mas um pequeno estímulo teria sido importante para a sua confiança e evolução.

Texto de Leão do Norte

"Não posso deixar de ficar contente pelo apuramento, é muito importante para o futebol Português. Mas... e há sempre muitos 'mas' no futebol português, teremos que aturar o Fernando Santos mais tempo, teremos certamente uma convocatória a pedido do Antas, continuaremos a jogar mau futebol e a podridão da FPF continuará com um presidente ao serviço primordial do seu clube. Já agora, esta Macedónia joga muito pouco, por muito que nos quisessem vender o contrário, teve a sorte do mundo contra a Itália (32 remates vs 4)".

Comentário do leitor Luís Carvalho

___________________________________________

Entretanto, eis o que Pablo Sarabia teve para dizer depois de marcar dois golos na goleada da Espanha sobre a Islândia, por 5-0, em jogo de preparação para o Mundial:

"Estou muito satisfeito com a forma como a época está a correr, tanto no Sporting, como na selecção. Estou num momento de grande confiança".

Leão do Norte: Hoje "perdemos" mais um "bocadinho" do Sarabia.

publicado às 05:34

fifa draw world cup.jpg

Com o sorteio da fase de grupos do Mundial'2022 marcado para as 17 horas desta sexta-feira, ganha forma a composição dos quatro potes, composição esta que será feita tendo em conta o ranking FIFA das seleções apuradas para o torneio.

As excepções são o Catar, que como organizador irá estar no pote 1, apesar de ocupar a 56ª posição do ranking, e as selecções que apenas disputam o apuramento em Junho, que irão automaticamente para o pote 4.

Deste modo, o pote 1 conta com o Catar (56º), Bélgica (1º), Brasil (2º), França (3º), Argentina (4º), Inglaterra (5º), Espanha (7º), e com Portugal (8º).

A seleção dinamarquesa é a equipa mais bem pontuada do pote 2, que conta ainda com os Países Baixos (10º), Alemanha (11º), Suíça (14º), Croácia (15º) e Uruguai (16º). A juntar-se a estas equipas podem estar ainda as selecções do México (12º) e EUA (13º), que ainda não garantiram a presença no Mundial, mas encontram-se em posições de apuramento.

No pote 3, estão já garantidas as seleções do Irão (21º), Japão (23º), Sérvia (25º) e Coreia do Sul (29º). A Polónia - que venceu hoje a Suécia - irá também figurar neste pote, bem como o Senegal (18º) que eliminou Egipto (34º). A selecção do Canadá (33º) também figura no pote 3. Marrocos figurará neste grupo, igualmente.

O pote 4 conta apenas com duas equipas garantidas neste momento: Equador (44º) e Arábia Saudita (53º). A estas duas selecções juntar-se-ão ao vencedor do País de Gales (20º) vs Escócia (40º) ou Ucrânia (27º) e os vencedores das eliminatórias internacionais de Junho, com jogos ainda não definidos. Tirando o Senegal e Marrocos, como foi dito anteriormente, todas as outras selecções africanas que jogaram o play-off continental vão para o pote 4. Ou seja, Tunísia (36º), Gana (61º) e Camarões (38º).

De relembrar ainda que cada grupo não pode contar com equipas da mesma confederação, com exceção da UEFA, que poderá ter até duas selecções por grupo.

publicado às 05:33

Leões empatam em grande jogo europeu

Rui Gomes, em 30.03.22

20220329_sportingcp_scmagdeburg-2-9.jpg

A equipa de andebol do Sporting CP empatou, esta terça-feira, a 29-29 na recepção aos alemães do SC Magdeburg - Campeão do Mundo de Clubes - na primeira mão dos oitavos-de-final da EHF European League. Num tremendo duelo da modalidade, a decisão da eliminatória ficou adiada para a próxima semana.

Com oito golos cada, os irmãos Francisco e Martim Costa foram os principais artilheiros do jogo, seguidos por Jonas Tideman com 4 e Natán Suárez com 3.

Sporting CP: Matevž Skok [GR], Edmilson Araújo, Fracisco Costa (8), Natán Suárez (3), Jonas Tidemand (4), Hanser Rodríguez, Carlos Ruesga (1), Salvador Salvador [C] (1), Erekle Arsenashvili (1), Mamadou Gassama (1), Francisco Tavares, Manuel Gaspar [GR], Jens Schöngarth, Yassine Belkaied [GR], Josep Folqués (2) e Martim Costa (8).

A eliminatória fica assim em aberto para a segunda mão, que está marcada para a próxima terça-feira na Alemanha.

publicado às 05:32

Foto do dia

Rui Gomes, em 30.03.22

277665082_523334505825240_2251498009662810567_n.jp

Parabéns aos adeptos!

publicado às 05:31

220329sh67.jpg

Rodrigo Ribeiro (#7), em quem Rúben Amorim já deposita muito confiança, entrou aos 63' no Portugal 9 Finlândia 1, e fez três golos em 15 minutos.

Com este resultado, a selecção sub-17, com José Lima na liderança, garantiu presença no Campeonato da Europa a realizar-se em Maio, em Israel.

Depois de duas vitórias em tantos jogos - diante da República da Irlanda e da Bulgária -, Portugal precisava apenas de pontuar nesta partida, para garantir a liderança do grupo e consequente apuramento, mas a vitória foi o único objectivo.

Jogadores do Sporting CP nesta selecção: Afonso Moreira, Francisco Silva, João Muniz, Leonardo Barroso e Rodrigo Ribeiro.

publicado às 05:30

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 29.03.22

Screenshot (805).png

Um dos carros mais caros do Mundo

1930 Cadillac V-16 Sport Phaeton - Leilão 2022 - 900 mil dólares

publicado às 23:30

Uma obrigação que peca por tardia

Rui Gomes, em 29.03.22

Screenshot (808).png

publicado às 21:38

Screenshot (807).png

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta terça-feira, em comunicado oficial, que instaurou processos disciplinares a Sporting CP e Vizela na sequência dos "factos ocorridos no jogo a contar para a Liga Bwin" do dia 16 de Janeiro, em que os leões venceram por 2-0.

Em causa está um incidente que teve lugar já em cima do apito final. Nuno Santos chegou a ser suspenso por um jogo depois de ter arremessado água para o banco do Vizela e ainda de supostamente ter levado "as mãos aos genitais". Isto, resultante do relatório da GNR que o Sporting no recurso então apresentado não conseguiu fazer prova de que isso não tinha acontecido. O mapa de castigos divulgado à data apontava o "uso de expressões ou gestos ameaçadores ou relevadores de indignidade".

Se o jogador já cumpriu castigo, o que pretende mais a cuja líder do organismo da FPF?

publicado às 14:00

Interregno

Naçao Valente, em 29.03.22

Durante mais uma interrupção do campeonato, talvez seja pertinente fazer uma reflexão sobre o comportamento da equipa de futebol profissional. Concluído este apuramento da Selecção Nacional, que espero seja vitorioso, e que podia ter sido evitado, regressamos às provas caseiras. Para ser integralmente rigoroso, Portugal até já estava apurado, não fosse o escamoteamento de um golo 'limpo', no primeiro jogo com a Sérvia, pelos homens do apito, os únicos que têm margem para errar.

img_476x268$2020_11_06_12_14_42_1775743.jpg

Vamos entrar na recta final da maratona que é o campeonato nacional de futebol, embora com outra designação. A comparação com a maratona justifica-se porque é uma prova de regularidade. O Sporting CP, conseguiu manter-se na frente desde o início, mas teve uma quebra natural a meio da prova, o que costuma acontecer nas provas mais longas. Nesta competição, apenas o clube das Antas ainda não quebrou, ou melhor, quando quebrou teve os “santos” do apito dourado, a darem um empurrãozinho. Seja como for, já tenho visto recuperações com a meta à vista, e por isso é preciso manter o foco.

Não sou adepto de entrar em ladainhas de lamentações, chorando sobre o leite derramado. A verdade é que o deixámos derramar num momento de menor concentração. Quando isso acontece, em provas que continuam viciadas, pode muito bem ser a queda do artista. Não nos podemos esquecer de modo algum que ainda não chegámos (se chegarmos) à fase do jogo limpo. Nesse sentido, temos de jogar contra adversários, e contra o que se chama o “sistema”, que tem tremido, mas que continua bem de pé. Para dar um mero exemplo, e há muito outros, o “sistema” resolveu no último jogo nas Antas, que estávamos a dominar com clara vantagem, inventar uma expulsão, para jogarmos com menos um. Prática aliás extensiva a adversários desse clube, noutros jogos.

Que este interregno sirva para recuperarmos forças para lutas imediatas, pois ainda nada está fechado, e para começar a preparar a próxima época, dando corpo e consistência ao projecto que foi iniciado com a contratação de Amorim. Sem pôr em causa o lançamento dos nossos talentos da formação, a equipa precisa de ser reforçada, cirurgicamente, com critério, para nos podermos bater contra tudo e contra todos. O acréscimo da capacidade competitiva tem que subir quer dentro, quer fora do país, porque só assim conseguiremos derrotar o sistema, que com adaptações e nuances, domina o nosso futebol desde os anos oitenta, e que já se está a preparar para continuar, com novo “papa”.

Independentemente do que acontecer até final desta época, o balanço não pode deixar de ser positivo. Para mais o aparecimento de mais-valias desportivas, rentabilizáveis, permite encaixar no final da época muitos milhões que contribuirão para a consistência financeira do Clube, aspecto fundamental para a consolidação do projecto desportivo.

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds