Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Não sei o que pensam o resto dos sportiguistas, mas esta campanha eleitoral  ainda agora começou e já estou farto e saturado dela. Para mim, duas semanas no palco eleitoral eram mais do que suficientes para os candidatos comunicarem as suas ideias e objectivos e...vamos a votos. Depois de mais de dois anos de exaspero pelos resultados desportivos, campanhas revolucionárias, divisões internas, os papagaios da praça a fazerem-se ouvir quase diariamente, os pesudo-comentadores desportivos a «ilucidarem-nos» com as suas brilhantes análises e com os periódicos desportivos cá do burgo a explorarem tudo e mais alguma coisa ao mais insólito nivel sensacionalista, sinto imensas saudades dos dias de discutir somente desporto, em geral, e futebol, em particular; as equipas, os atletas, as táticas, os árbitros e, inevitavelmente, os nossos adversários. Parece que entre tudo isto, até estes têm passado despercebidos, na mente de sportinguistas, e eles, sentindo essa condição, tentam tirar o devido proveito. 

Aos candidatos, pela inésima vez, deixem-se de demagogias populistas e insinuações injuriosas, esta campanha é para a liderança de um clube, não da Nação. Comuniquem a v/mensagem sem levar o nome do Sporting ainda mais para o fundo do lamaçal e, sobretudo, diguem o que os sócios têm interesse em ouvir quanto ao futuro do Clube e não relativamente ao seu passado, que já é bem conhecido e não requere ser reavivado minuto a minuto. Acima de tudo, deixem-se de tanto negativismo e apontem-nos na direcção da luz no fim do túnel.

Vamos apoiar os nossos atletas a todos os níveis, porque além dos profissionais de futebol temos muitos outros de «leão ao peito» que têm vindo a honrar de forma notável o nosso Clube, desde o imparável futsal ao atletismo. As camadas jovens de futebol estão todas a ter épocas brilhantes e não as devemos esquecer. Os nossos juniores, sob a liderança de Abel Ferreira, orgulham-nos além fronteiras com a sua excelente prestação na NextGen Series. Temos tantos raios de sol, mas só procuramos a escuridão. «Enough is enough!» 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo