Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escritos à conveniência

Rui Gomes, em 07.03.13

 

Gosto de ler os escritos de Pedro Santos Guerreiro e respeito a sua leitura do estado das coisas, sem sempre concordar. Por vezes, tem algumas dificuldades em disfarçar as suas simpatias pelo clube de Carnide, a exemplo deste parágrafo de um recém-texto seu no Record:

 

«É difícil perceber porque emprestaram tanto dinheiro a clubes que ficariam falidos. Mas assim foi, o que demonstra também incompetência desses bancos. Há muitos casos perdidos, sendo o maior deles o Sporting. Por isso se fala muito de reestruturação da dívida, que é uma forma educada de dizer «perdão». E por isso Luís Filipe Vieira saiu a terreno dizendo que se o Sporting tiver perdão de dívida, o Benfica também o quer. Vieira é esperto que nem um alho e, para mais tem razão.»

 

Para uma pessoa culta e inteligente, simplifica uma situação que é tudo menos simples e por muito que ele pretenda ignorar, tem ramificações na sociedade portuguesa, não só no futebol. Só se é mais um daqueles que numa palavra diz que o Sporting faz falta ao futebol português e, por outra, é apologista de o deixar cair no abismo. Mas, além destes pareceres subjectivos, Pedro Santos Guerreiro deveria tomar nota dos seguintes números, que foram ligeiramente alterados pelo recém-relatório e contas, mas que eram válidos perto do final do ano:

 

- Empréstimos (bancos e obrigacionistas)

 

* SLB: 157 milhões de euros

   FCP:   98 milhões de euros

   SCP;   95 milhões de euros

 

*** Não inclui o empréstimo obrigacionista do Benfica de 80 milhões de euros a decorrer.

 

- Passivos SAD

 

  * SLB: 403,7 milhões de euros

     SCP: 230,6 milhões de euros

     FCP: 202 milhões de euros

 

Depois ainda temos os activos, em que o Benfica e o FC Porto estão melhor posicionados do que o Sporting. Mas o ponto fulcral do argumento é que muito de tudo isto é assente em aparências e percepções. Se o Sporting é verdadeiramente «o maior caso perdido», desafio o autor a explicar os números do seu clube, salvo a sua actual competitividade desportiva que, mesmo sem ganhar nada, é superior à do Sporting. E, aí, reside a essência da ilusão.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds