Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As fontes noticiosas e afins

Rui Gomes, em 12.03.13

 

O Record surge hoje a noticiar que a alegada solução de Godinho Lopes para resolver a contenda dos salários referentes ao mês de Março, passa pela venda de um dos activos do actual plantel do Sporting com mais mercado e que chegaram ao Clube por sua mão, a exemplo de Ricky van Wolfswinkel, Diego Capel e Marcos Rojo. 

 

Não tenho conhecimento de causa para confirmar ou refutar esta notícia, no entanto, o que mais me perturba e intriga, sendo verdade, são os meios e as pessoas que viabilizam informações do foro interno à comunicação social, situação que deveria ser bem investigada. Por outro lado, bem sabemos que os periódicos desportivos portuguese não hesitam em publicar seja o que for, mesmo sem fundamento, visando lucros comerciais.

 

Verdade ou não, Carlos Severino apareceu prontamente com o inevitável aproveitamento, evocando a incompetência dos dirigentes cessantes. Considerando muito mais a imagem do Sporting do que a defesa da competência do actual Conselho Directivo, bem espero que este candidato se tenha dado ao trabalho de verificar os factos antes de se pronunciar. Confirmando-se, é mais uma sombra negra sobre o actual estado das coisas e ilude-me em que aspecto beneficia seja quem for - de certo não a sua inconsequente candidatura - ele surgir quase com enorme euforia sublinhar a ocorrência. Cada vez mais chego à conclusão que a minha maneira de ser e sentir o Sporting é que é antiquada e imprópria.

 

Adenda: Questionado sobre este assunto e ainda que Godinho Lopes teria consultado os três candidatos, José Couceiro respondeu: «Não é verdade que eu tenha sido consultado, nada sei sobre isso. Prefiro não comentar, mas tenho muitas dúvidas que um negócio desses possa ser feito nesta altura.»

 

 

publicado às 17:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.03.2013 às 18:42

Todas as fontes apontam para que ninguém - a não ser o Bruno de Carvalho - queria eleições para esta altura. Mas imagine a guerra que não seria daqui até ao fim da época se assim fosse. Cada jogo em Alvalade seria infernal. Além de que a marcação cerrada a GL far-se-ía na mesma ou pior.

Para preservar os jogadores, acho melhor as eleições serem agora em Março. Só que isso levanta o tipo de problemas que estamos agora a assistir, ou seja, um processo de transição muito mais complicado, porque a direcção cessante está sem poderes para fazer coisas que os candidatos lhe exigem. Por isso ninguém pode fingir-se escandalizado com a "notícia" do Record. O Carlos Severino continua a tomar os sócios por parvos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2013 às 19:13

O Severino deixa a ideia de que procura, por todos meios, a passarela do protagonismo, que lhe dará visabilidade não possível por qualquer outro meio. Também já me apercebi e ainda há pouco estive a converser precisamente isto com alguém em Alvalade, que ele estará disponível para dar o seu apoio a um dos outros, mediante as contrapartidas. Isto é um processo a dois, com este só a estorvar e, até, divider alguns votos.

Penso que é impossível proteger a equipa de tudo isto. Não pode ser benéfico para o estado de espírito dos jogadores.

Compreendo e concordo com o cenário da «guerra infernal» de jogo a jogo.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.03.2013 às 19:56

Há dois anos sucedeu a mesma coisa. O Liedson teve que ser vendido para pagar os ordenados até à entrada em funções da actual direcção. Só que há uma diferença. O Bettencourt e o Nobre Guedes foram insultados de tudo, mas ficaram-se. O GL não se vai conter. Vai também chamar os bois pelos nomes, à maneira dele. Vai confrontar quem impulsionou as eleições com as suas responsabilidades na situação actual. Não vai ser bonito...

E tem toda a razão nisto. Esta direcção fez uma aposta muito alta. Se executou bem ou mal, agora é fácil fazer o julgamento. Na altura era do interesse do Sporting que corresse BEM. Por isso, mesmo não tendo votado nele, mesmo tendo reservas sobre a sua lista, tive sempre a consciência que em caso de fracasso as consequências seriam terríveis, a nível desportivo, anímico e financeiro, para além de que o clube poderia depois cair nos braços do Bruno de Carvalho. Em tempo algum, sabendo do que poderia acontecer, poderia boicotar esta direcção. Mas outros fizeram-no.

GL tem razão quando se queixa da MAG. Não por causa daquela sessão de esclarecimento do Daniel Sampaio (ele não se soube explicar aí) mas porque todo o ambiente gerado por uma MAG irresponsável e incompetente, que nunca ajudou e antes teve sempre uma agenda própria, criou um problema de credibilidade ao Sporting que claramente obstou a que os actuais dirigentes conseguissem resolver alguns problemas. Como é que terceiros olham para um clube em que não se sabe quanto tempo ainda dura a administração? Com desconfiança, no mínimo. É insustentável.

Mas tenho quase a certeza que essas pessoas são de tal maneira inconscientes que nem têm a noção do quanto são responsáveis. Desde que possam culpar o actual presidente, 'tásse bem. O pior é a instituição, que tem de levar com isto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2013 às 20:48

Penso que as pessoas têm consciência do mal que fizeram mas os seus valores e prioridades são de outra ordem. Foi o que me levou a sair do És a nossa fé, porque mesmo não tenho apoiado GL reconheci, desde o primeiro dia, que o mal que lhe fosse feito prejudicaria a Sporting. Os cínicos da oposição recusam ver as coisas dessa maneira. À conveniência, clamam que criticam dirigentes e não o clube, quando tudo é um todo, e o prejuízo de uns é o retrocesso do Sporting. Com tudo isto, GL for traído pela má gestão desportiva. Confiou em quem delegou e arranjou o capital, e os resultados estão à vista.

A MAG teve, na minha opinião, o mandato mais vergonhoso na história do Sporting. A destabilizer e descredibilizar tudo quanto era feito pelo Conselho Directivo, por todos os meios.

SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo