Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A comoção do momento

Rui Gomes, em 25.03.13

Não sei se é apenas falsa sensação minha ou se corresponde à realidade, mas percorrendo as redes sociais, a blogosfera e as caixas de comentários dos sites noticiosos, aparenta existir uma onda de comoção, mais propriamente dito, confrontação, com todos aqueles que se «atrevem» a manifestar o seu descontentamento com os resultados eleitorais. Uma disparatada distinção entre «nós» e «eles» e entre classes de sportinguistas que até hoje nunca me tinha apercebido existirem. Inclusive, surgiu aqui no Camarote Leonino um apoiante de Bruno de Carvalho com a acusação de que um Sporting «meu e dos meus, é um Sporting partido, de alguns.» E que o próprio nome do blogue «exalta a raiz aristocrática do clube, um castro atávico e tanto mais indesejável quanto o País vive a situação que todos conhecemos.»

Ao ponto que chegámos!... De certo que terei de renegar as minhas raízes e pedir desculpa por me ter realizado na vida, só porque não fui apoiante do supracitado recém-eleito. Bem, não sei se além do pseudo-25 de Abril ainda vamos ter uma repetição da revolução francesa, com a guilhotina no centro das atenções, mas é por de mais evidente que este tipo de atitudes não se coadunam com a história do Clube e não representam o movimento unificador que o Sporting necessita, urgentemente, hoje mais do que nunca, para salvaguardar a sua existência.

Concordo que é o momento, aliás, já o é há muito, dos sportinguistas se mobilizarem no sentido de recuperação da estabilidade desportiva e financeira do Clube, mas sem menosprezar o direito de cada um a discussão livre e apresentação de ideias e opiniões. Muito vai depender do reconhecimento desta realidade pela nova liderança, sendo certa uma consideração: esta não terá de enfrentar o modelo de oposição incessante e por todos os meios ao alcance, que orquestrou contra os dirigentes cessantes. Será alvo de críticas, sempre que críticas são merecidas, indubitavelmente, mas não deve perder a noção que nem todos nós abdicamos do sentido institucional nem da responsabilidade moral, a qualquer preço e só porque sim. Para outros efeitos, encontrarão, aqui, o endereço errado, mas com amplos meios para reacção.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 25.03.2013 às 23:04

Palavras sábias e verdadeiras.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.03.2013 às 23:12

Lamentando, no entanto, a sua necessidade, caro Pedro.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 25.03.2013 às 23:32

Não está fácil, não. Não se aguenta a má criação pela internet fora. Também já não posso com essa retórica esquerdista contra a "aristocracia", de que este é o presidente do povo . Agora é tudo povo, como se uma burguesia que não sabe o que é ter trabalho nas unhas tivesse alguma coisa a ver com o povo. Eu afino com isto que só eu é que sei. E recordo que a última vez que o Sporting teve uma participação parecido com esta foi para eleger o Jorge Gonçalves, e deu no que deu. Os jovenzinhos de facebook que descobriram o Sporting por causa do Bruno faz-lhes muita falta uma cultura de clube. Não me impressionam estas modas, porque da mesma forma que vêm, também vão. E ainda outra coisa. Agora está tudo a comportar-se como se tivessemos vivido em ditadura. Pois o Bruno há quatro anos andou a colar os cartazes de campanha do José Eduardo Bettencourt. O Bruno de Carvalho não é nem nunca foi um "outsider". É um oportunista que soube cavalgar a onda da contestação na altura certa para chegar ao poder.

Há anos que acho que a linha da continuidade estava esgotad, porque já não trazia nem capacidade financeira, nem sangue novo. Mas nunca me impressionei com o fenómeno Bruno de Carvalho, porque acho que este não tem nada de consistente na base. Não se constrói nada de durável se não se tiver uma estratégia e um rumo na base, mas o que se verificou foi que a lista de Bruno de Carvalho não só não constitui um corte com os erros do passado, como o que apresentou para o futebol é um horror. A palhaçada em torno do futebol já começou e ainda a nova direcção não tomou posse. Os apoios eleitorais já estão a cobrar, já se estão a impor, porque não ovêm como presidente. Não o vêm como um líder, mas sim como um veículo útil para chegar ao poder. Toda esta gente que esteve atrás do fenómeno Carvalho vai querer ter protagonismo, vai querer o seu lugar ao "sol", porque foi para isso que o apoiou. Vamos lá a ver se teremos treinador até final da época. E depois não digam que desejo mal. Só falo do que OBSERVO.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.03.2013 às 23:42

Caro Lionheart,

A situação não é muito promissora, com está, e ainda nem sequer começou. Se não houver um sentido forte e singelo no sentido da unidade, temo o pior.

Achei curioso, depois do tanto que foi dito sobre a formação, Inácio vir já, com os dois chapéus na cabeça, falar em reforços.

Não sabia dessa do BdC ter andado com Bettencourt.

Estou grande curiosidade, e preocupação, relativamente a Jesualdo Ferreira.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 26.03.2013 às 00:30

O Inácio pelos clubes onde passou, incluindo o Sporting, quando preparou a época de 2000/2001 com Luís Duque, deixou muito a desejar no capítulo das contratações. Contínuamos no domínio da opacidade, da falta de clareza, para não dizer mais. Uma repetição dos erros recentes.

Mais. Ainda nem sequer se sabe que funções vai desempenhar, havendo um treinador em funções que está acumular esse papel com o de director para o futebol (para o qual foi originalmente contratado por GL), estando a preparar a equipa para a próxima, e vem o Inácio falar em contratações. Isto é puro populismo. A campanha eleitoral já terminou. Estes senhores ganharam, façam por isso o favor de ter um pouco de mais sobriedade, se não for pedir muito. O que pensarão os jogadores do actual plantel desta confusão toda? Pensava que o caos era só com o GL, mas mesmo aí já tinha acalmado mais. Falar em reforços sem se saber que treinador haverá é ter outros interesses na manga. É que mesmo num clube quase falido fazem-se sempre negócios.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 01:21

Concordo na íntegra caro Lionheart. A indefinição é preocupante e as presunções desmedidas ainda mais. Sinto alguma ansiedade pela reacção de Jesualdo Ferreira a tudo isto.

A nova estrutura do futebol carece de quase tudo e, pelos vistos, vamos ter um Augusto Inácio a contribuir para a organização da nova época, por telephone.

É impossível, neste momento, prever a attitude dos jogadores com tudo isto. Estará a ser missão muito espinhosa para JF proteger a equipa de tudo do que se passa em Alvalade. Pesadelo acrescido, pela qualidade do próximo adversário.

Eles estão tão viciados na demagogisa populista e comportantes arrogantes, que quase não sabem outra forma de estar.
Sem imagem de perfil

De Joao a 26.03.2013 às 00:51

De facto e' preciso ter lata, todos aqueles que nao perdiam tempe e oportunidades a criticar e torpedear o clube nestes dois anos, nao se importando em ridicularizar jogadores, dirigentes e funcionarios (por exemplo divulgando e dando cobertura a tao famosa foto do Jeffren de olhos fechados) e ansiando por resultados negativos no futebol vir agora "exigir" unidade e silencio aos criticos.

A hipocrisia e' tamanha. Confesso que estou curioso se a coisas comecarem a correr mal, nao neste final de epoca, mas nesta pre-epoca, como vao reagir. Havera de novo a catalogacao automatica de flops? Falar-se-a de constratacoes falhadas para os rivais? De comissoes de empresarios?

No meio disto tudo, do que tenho medo e' que haja uma debandada total de atletas das modalidades e de tecnicos da formacao do futebol. Eles ja andam a saque por parte dos nossos rivais, nestes ultimos anos. Agora no meio de uma "revolucao popular" penso que havera gente sem paciencia para isso. Serao estas coisas que, a acontecer, demorarao muito a recuperar, mais do que um mandato na presidencia.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 01:14

Compreendo perfeitamente os seus sentimentos caro João, e partilho da sua preocupação. Coincidência o leitor se ter lembrado da notória foto do Jeffren, que pela minha defesa à mesma, precipitous uma enorme polémica em certos lados.

Admito, tal como o João, que muitos de nós estamos preocupados com a futura estrutura do futebol, especialmente considerando a indefinição imediata, no que a Jesualdo Ferreira concerne, e, como fiz, na próxima época pelas inevitáveis dificuldades.

Uma coissa é certa, quem está agora a olhar de for a para dentro, vai exibir o tipo de comportamento salutary que permitirá, a quem está dentro, trabalhar sem insólitas oposições. Muito por isso, não haverão desculpas para qualquer eventual falhanço. Vamos aguardando e observando.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Joao a 26.03.2013 às 01:20

Sim recordo-me bem. Achei que nessa questao estava coberto de razao. A sonsice incomoda-me muito, e nesse blogue ela anda a solta.

Ja la tive alguns comentarios nao publicados e muitas "nao respostas" fingindo nao perceber qual era a pergunta. Alias, estao la os "novos notaveis" do clube.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 01:26

Sem dúvida caro João. Há um misto de pessoas boas (menos) e os tais «novo-notáveis» que refere. Levou-me bastante tempo para poder separar o joio do trigo e só posteriormente me apercebi da censura que existe relativamente a comentários que não são convenientes. Lamentável.

Passe bem.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 26.03.2013 às 09:47

É o Sporting Apoio a que se referem?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 10:11

O Sporting Apoio é todo BdC também, mas o que referimos aqui é o És a nossa fé.
Sem imagem de perfil

De Joao a 26.03.2013 às 01:25

Mas digo-lhe, que no que me diz respeito, o Jesualdo e' o menos. Uma ma epoca nos seniores tem os efeitos desportivos mais ou menos estantes, entre 1-3 anos. Agora, se a estrutura de formacao entra em colapso, isso e' coisa para nos atrasar bem muito mais do que isso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 01:31

Sim e para não esquecer qur BdC pretende transferir os 120 milhões da SAD para o clube, penso eu com o objective de induzir investidores que ainda não se conhecem. Russos???

Existe ainda a tal terceira pessoa anónima que esperamos ser identificada, que deverá estar actualmente ligada à formação.

Em soma, há muitos factores desconhecidos neste momento.

Veremos o que nos vão apresentar nos próximos dias.

SL

Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 26.03.2013 às 15:18

Caro Rui Gomes
Registo o facto de o meu comentário lhe ter suscitado indignação a ponto de o mencionar neste texto. Limitei-me a dar uma opinião que não coincide com a esmagadora maioria das que lemos aqui. Pelos vistos isso não é bem-vindo. Irei então pregar para outra freguesia. Lamento se o meu ponto de vista o feriu de algum modo. Permita-me apenas uma correcção antes que me vá: eu escrevi "lastro atávico" e não "castro atávico".
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 16:29

A indignação não se deve a uma mera opinão sua ou uma diferença de pareceres sobre qualquer temática relativamente ao clube ou a outras quesões, não pessoais, A sua presunção de opiniar sobre a minha pessoa, as minhas raízes o meu sportinguismo, ultrapassa os limtes da decência e sensatez.
Eu sou daqueles que, por onde ando, aceito e respond a todos os comentários, pró ou contra os meus escritos. Eu abraço o debate construtivo sobre o Sporting e futebol, os principais factores que me levam a perder tantas horas diárias ni blogue e em outros espaços, com uma agenda pessoal tão preenchida e, sobretudo, pelo meu desinteresse já que satisfação pessoal é a minha única compensação.

O meu caro deu-se à injusta presunção de saber o que e quem eu sou, sem saber nada de mim e apenas pelas minhas opiniões, por norma, frontais e honestos. O meu único interesse é o Sporting, que é de todos nós, não é o meu e não é o seu ou aristocrático. De há cerca de 40 anos a esta parte sempre tive ligações directas com o Sporting, por vias diversas e com todos. Desde um mero funcionário do Clube a presidents. O que me interessa são as pessoas e não o seu estatuto social. Tendo escolha, prefiro ir almoçar com um jogador ou treinador do que qualquer dirigente de topo. A minha grande paixão, além do SCP, é o futebol em si, como jogador que fui (modesto) e como dirigente durante muitos anos de diversos clubes, que foi excelente, pese a imodéstia. Relaciona-me com todos e por isso estou situado aqui, neste espaço, Sendo uma pessoa há longo realizada, com acesso a todos os níveis sociais, acha que eu me daria ao espaço na internet se não fosse, como já disse, o SCP e o futebol ?

Será sempre bem-vindo neste espaço para debater questões concretas. Eu irei criticar BdC quando entender que merece mas não lhe vou fazer a oposição que ele e os seus fizeram a outros. Detesto debates ideológicos. Comente SCP e futebol e eu responderei sempre, quer esteja de acordo ou não.

Passe bem.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 26.03.2013 às 18:34

Tem razão no que invoca. Efectivamente, lendo outra vez o meu primeiro comentário, percebo que ele possa indiciar uma inflamação que na verdade não traduz fielmente o meu sentimento ao escrevê-lo. Às vezes os impulsos têm destas coisas. Nunca pretendi dar lições de sportinguismo, apenas e só dar-lhe conta da minha perplexidade face a críticas tão agudas quando um presidente está a começar o seu mandato. Quem sabe daqui a uns tempos estamos de acordo, mas eu, tal como fiz com Godinho Lopes, gosto de dar aos líderes do meu clube o benefício da dúvida. Pode (e deve) o senhor ter mais certezas do que eu a respeito de Bruno de Carvalho. Sobre a ideologia, deixe-me apenas confessar que interpretei no seu discurso - com alusões que me pareceram despropositadas ao 25 de Abril e aos seus aspectos negativos - uma certa aversão à popularização do Sporting, e eu acho que o Sporting tem de facto uma raiz aristocrática mas adquiriu uma expressão popular ao longo do tempo - nomeadamete na vigência de João Rocha. O que eu quis dizer é que prefiro esse Sporting onde convive uma autorrotulada elite e a sociedade em toda a sua abrangência a um Sporting refém dessa elite e de interesses a ela associados. O que eu acho atávico - e aí falhei claramente no primeiro comentário - não é o lastro aristocrático, que faz parte do código genético do nosso clube, mas a vontade que ele não raras vezes demonstra de quer fazer do SCP pasto seu. Seja como for, peço-lhe desculpa se me excedi no plano opinativo, não foi essa a minha intenção. Sinto o Sporting com fervor e isto às vezes finta-nos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.03.2013 às 19:27

Caro MarcosCruz,

Aceito inteiramente a sua explicação e até compreendo - por ocasionalmente acontecer comigo - que, por vezes, somos levados pelas emoções do momento. A minha mágoa com Bruno de Carvalho deve-se somente por sentir que ele traiu a confiança que depositei nele em 2011 (não apoiei GL) pela sua conduta em oposição efectiva durante dois anos, com a indecorosa cumplicidade da MAG e tantos outros. Não obstante os erros cometidos pelo Conselho Directivo cessante, nomeadamente a SAD, poucas estruturas conseguiriam preserver qualquer sentido de estabilidade perante esse baixo caliber de oposição, praticamente diária. É isso que não consigo perdoar a BdC, porque sempre que atacou os dirigentes, estava a atacar o clube, em si.
Nada mais detest nesto mundo que é a política. Se a memória não me falha, em milhares de escritos ao longo dos anos, foi a primeira vez que fiz qualquer alusão a um evento deste character. A minha intenção era de apontar à militância que suporta BdC que apesar do seu preferido ter sido eleito, não vão ser eles que irão governor o clube, já têm de existir estruturas e competências para o efeito. Muito por isto, já há anos que insist que apesar de algum risco pela perca da maioria de capital da SAD, a liderança e gestão do futebol modern - desporto e indústria - não pode estar subjugado ao parecer populista. É uma contenda discutível, mas acredito que corresponde às realidades globais de alta competição.

O meu amigo não me conhece e de certo que me acompanha há pouco tempo, mas eu muito conhecido por atribuir muito do que vindo a acontecer com o nosso Sporting àquilo que eu chamo a «cultura dos senhores doutores», em detrimento de mim próprio. Contesto há muito que o Sporting há décadas não tem homens do futebol à frente do... futebol. Claro, isto implica também competência. Por exemplo, não sei o que é que Virgilio Lopes irá contribuir, mas faz-me confusão que numa estrutura já tão «magra» tanto vá estar dependente de uma pessoa que não está ligada ao futebol desde que terminou a sua carreira há 23 anos. Para terminar, e ainda relacionado com a temática principal da nossa conversa, um dia tive ocasião de dizer ao dr. Roquette que nunca compreendi a sua nomeação de Simões de Almeida, um banqueiro, para liderar o futebol. Alias, a pergunta que lhe fiz foi se ele nomaria um jogador de futebol para gerir uma das suas empresas. Eu sou, com todos os meus defeitos, um homem do futebol e, por legado da minha falecida mãe, sportinguista desde que me conheço. Detesto este longo period em que passamos o tempo a dialogar gestões, finanças, investidores, passivos, receitas, etc., quando eu gostaria de abordar apenas jogadores, treinadores, jogos, táticas, arbitragens e, o meu alvo favorite para críticas, o SLB cá do burgo.

Dito tudo isto, é sempre bem-vindo neste espaço e não hesite em descordar comigo. Nestes primeiros tempos, é de esperar que tente exercer, não oposição, mas pressão, sobre a nova liderança, nos meus escritos. Isto, até no jornal do Sporting. Para mérito de Godinho Lopes, adiantei críticas à sua pessoa e aos seus nos meus artigos e nunca uma única palavra foi censurada. Para mim, essa dignidade sua tem muito valor. Veremos se Bruno de Carvalho exibirá essa mesma disposição.

Cumprimentos

P.S. Desculpe o «livro» que escrevi.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo