Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Encontro (no café ?) entre Bruno de Carvalho e Augusto Inácio

 

publicado às 12:24

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 17.04.2013 às 13:45

Caro Rui, uma vez que está num país protestante, puderá comparar se os Maple Leafs ou os Blue Jays preparam uma época assim... ;) É que isto nem para notícia plantada serve, tal o mau aspecto que significa uma "estrutura" fazer uma reunião de trabalho num café. Já parece a anedota que o António Oliveira contou há uns tempos, de que quando o convidaram para se candidatar à presidência do Sporting, as reuniões eram sempre almoços ou jantares, porque senão era trabalho. Notou logo a diferença de "cultura" para o Norte...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.04.2013 às 14:27

Bem, essa do país «protestante» é discutível mas, isso não obstante, a questão crucial é a dúvida sobre a referida «estrutura». BdC, um ausente Inácio, o Lopes e o misterioso Abel Ferreira. Qual deles percebe mais ou menos da matéria? Em Toronto, tanto o Maple Leafs como o Blue Jays andam meses a preparar as suas respectivas épocas, ao pormenor, o problema surge quando as épocas oficiais começam. No entanto, este ano, parece que o Leafs vai aos play-offs, precisa de mais 4 vitórias para garantir essa meta e o Blue Jays, apesar de um começo muito tremido, são um dos mais favoritos ao título.

Em termos de organização desportiva,há pouco ou nada no mundo como a metódica «mind set» dos norte-americanos, algo que eu sempre admirei por ser a minha, desde sempre.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 17.04.2013 às 14:44

Eu não percebo nada do que se passa no Sporting e este tipo de "notícias" para encher chouriços, sinceramente, ainda fazem aumentar a desconfiança dos não crentes.

Os Maple Leafs vão aos "play-offs" e aí tudo é possível, porque na NHL os vencedores das conferências normalmente "quinam" logo. Gostava muito de os ver vencer a Stanley Cup. Devia ser um acontecimento ainda mais importante aí do que o Canadá ganhar a medalha de ouro no hóquei no gelo nos jogos olímpicos, não? 46 anos de jejum, safa!

Os Blue Jays são novamente candidatos ao título, é verdade, embora se calhar os canadianos não liguem muito a isso. Têm dois ex-jogadores dos "meus" Mets, o Dickey e Reyes, vão beneficiar do declínio desta equipa dos Yankees e da reconstrução dos Red Sox. Parece que a maior oposição está nos Orioles, que ressurgiram recentemente, e nos certinhos Rays. Para já, não entraram bem na época, mas toda a gente aposta que Boston e New York vão acabar a época no lado oposto onde estão agora na tabela. Só no desporto norte-americano é que isto é possível mesmo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.04.2013 às 16:20

As pseudo-notícias são destinadas a preencher espaços noticiosos na ausência de assuntos de maior importância. O Sporting está sempre sob a lupa. Porventura, como diz, também pretendem alimentar desconfiança.

Para ser sincero, não acompanho muito ao perto o cenário desportivo em Toronto, por diversos motivos, contrário ao que fiz durante décadas. Mas pelo pouco que sei, o «seu» Reyes lesionou-se há dois dias atrás e vai estar ausente umas semanas. Contratempo muito grande.

Os canadianos são grande fãs também do basebol, embora o hóquei no gelo seja o desporto número 1. O dia que o Maple Leafs voltar a ser campeão, vai haver uma festa maior do que Portugal ser campeão do mundo de futebol. O Maple Leafs chama a si uma característica muito especial e invulgar: tem muitos adeptos por todo o país e além fronteiras. Em todos os locais onde hóquei no gelo é praticado, inclusive na Europa, existem adeptos do Maple Leafs. Tem uma História grandiosa e regista muitos notáveis feitos, salvo, claro, nos últimos 46 anos.

Não por coincidência, os proprietários de ambas as equipas são os mesmos, ou seja, a mesma corporação. Os lucros são incríveis, mesmo a viver com a moeda canadiana e a gastar a americana. Como já indiquei num outro post, há uma lista de espera de 20 anos (20 anos) para bilhetes de época do Maple Leafs. Os meus que vendi há uns anos atrás, hoje valeriam dez vezes mais. Mesmo asim, se tivesse interesse, não teria dificuldades algumas em ver jogos, pelos meus contactos. Ainda nem conheço o novo estádio que já existe há anos, tal o meu afastamento.

Segundo leio nas notícias, o «pitching staff» do Blue Jays é fabuloso - a lembrar aquele que eu acompanhei muito ao perto - que venceu duas World Series consecutivas na sua primira década de existência, ainda hoje um recorde. Começaram tremidos mas tudo indica que já estão a voltar ao seu normal, com quatro ou cinco jogos seguidos muito fortes. Eu pratiquei quase todos os desportos - fui um excelente atleta - e adoro desporto, ponto final. Simplesmente me afastei porque me cansei de ser «gozado» por clubes a fazer fortunas e a lançar equipas medíocres. Um contraste muito grande com o nosso Sporting. Só o contrato de um dos novos «pitchers» do Blue Jays dava para cobrir o Como deve saber, na américa do norte temos atletas na NHL, NBA, NFL etc., existem jogadores medianos a ganhar mais do que Cristiano Ronaldo, Messi e afins. Lembro-me bem do Michael Jordan, que já se retirou há tantos anos, que tinha de salário na altura 36 milhões anuais e mais as questões de imagem, recebia o total de 90 milhões. Enfim...

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 17.04.2013 às 17:56

É isso. São valores estratosféricos. Mas também os clubes têm receitas muito grandes por isso podem pagar esses contratos. É uma cadeia de dinheiro que gera dinheiro, embora também haja mediocridade pelo meio. Mas esses vão para o lugar que merecem, o fundo e são obrigados a desemburrar, senão são comprados.

Gostava de ver os Maple Leafs a ganhar, só para ver o Canadá parar. :)

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.04.2013 às 18:03

Sem dúvida que parava meu caro.

Já agora, qual é o seu parecer ao comentário que surgiu no post sobre o contrato do Ricky ?
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 18.04.2013 às 10:56

É um negócio pouco ortodoxo, no mínimo. Mas realmente se for verdade que a transferência pode ficar sem efeito em caso de despromoção do Norwich, não fazia sentido esse clube estar a adiantar dinheito ao Sporting, não é? Os ingleses de certeza que se resguardavam nesse caso, senão então o Sporting teria de lhes devolver o dinheiro e eles bem podiam esperar sentados. O que veio a público não bate certo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.04.2013 às 11:20

Acredito que exista essa cláusula no contrato do jogador, não é inédito. A parte que afectará o Sporting é que não é tão clara. E se o dinheiro não foi ainda recebido, qual o propósito da venda por Godinho Lopes?... Para ajudar a nova direcção?

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo