Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As contradições noticiosas

Rui Gomes, em 06.06.13

 

Todo o ano, mas com enfâse especial durante o período de defeso, somos confrontados com contradições noticiosas, no mínimo, exasperantes, por vezes, irresponsáveis. Não são, portanto, novidade alguma, mas nem por isso deixam de trair os princípios de jornalismo e o compromisso com os leitores de transmitir uma conta justa e confiável dos factos. Este, apenas um dos inúmeros exemplos que nos confrontam diariamente:

 

MaisFutebol: No contexto noticioso de divulgar o interesse do Bétis e da Real Sociedade em Miguel Lopes, o jornalista Sérgio Pereira relata, entre outras coisas, que "a Real Sociedade já perguntou, de resto, pelo lateral e em Alvalade espera-se que avance com uma proposta. O Sporting não tem interesse em vender Miguel Lopes, não é dos jogadores que têm de sair obrigatoriamente, mas está aberto a essa hipótese se a proposta compensar financeira."

 

A Bola: Sob a manchete "Miguel Lopes já foi informado que tem a porta de saída aberta", o jornalista Nuno Raposo escreve "Chegou ao clube do seu coração em janeiro, na sequência da ida de Izmailov para o FC Porto, mas a passagem de Miguel Lopes pelo Sporting deve estar perto da final. E a administração leonina já informou o jogador de que dificilmente conseguirá cumprir os valores inscritos no contrato (...) O lateral direito enquadra-se assim no leque de jogadores que devem deixar Alvalade neste defeso."

 

Além de tudo mais, é este modelo de jornalismo que precipita discussões entre amigos e familiares e debates inflamados na blogosfera, já para não mencionar o conflito emocional que provoca aos próprios atletas.

 

publicado às 02:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De haja luz a 06.06.2013 às 17:04

Ó Rui, mas o problema é mesmo esse

\" , mas estou convencido que salvo alguns dos miúdos, são todos transferíveis. Na ausência de \"cash flow\" e os muito badalados investidores, há a necessidade de encaixe financeiro através de vendas.\"

e parece que está a passar ao lado de quase todos.
Temos alguém dentro do clube que mentiu, e agora como não tem dinheiro, nem se quer demitir, anda a fazer especulações de ordenados, para que ninguém diga nada, se resolver vender.
Tínhamos um lote de grandes internacionais, estamos sujeitos a ficar sem jogadores e sem dinheiro, porque eles estão muito desvalorizados, por isso não é a melhor altura para vender.
Eu não me recordo bem, mas acho que nem Jorge Gonçalves
em tão pouco tempo, fez o que o mentor está a fazer.
Devia-se colocar uma norma, que quem não fizesse um depósito de uma determinada quantia, não se poderia candidatar a presidente.
Porque estamos sujeitos a isto, a aparecer um aldrabão, e depois nem jogadores de qualidade temos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.06.2013 às 17:19

Bem, caro Haja Luz, por muito lógico que pareça, até não digo que não é, e na Espanha em alguns clubes isso é exigido, se for a requerer em Portugal que presidentes façam depósitos de garantia, não haveriam presidentes~. Mesmo no actual situação, como bem sabemos, é muito difícil.

É verdade que os jogadores do SCP estão agora desvalorizados pela baixa competitividade da equipa, é natural. Além disso, salvo readquirir as percentagens vendidas a fundos, o que requerá tempo e estabilidade financeira, a venda da maioria neste momento só proporcionará baixo retorno. No caso do Ricky, a exemplo, só tínhamos 35% do seu passe. A maior fatia dos 11 milhões da venda foi para os dois fundos. Do Rojo, outro exemplo, só temos 25%. Do Rui Patrício temos um pouco mais, 65%, e também o mesmo do Labyad. Se o Miguel Lopes for vendido, 50% é para o FC Porto. Mas não havendo dinheiro e se há a necessidade absoluta de baixar a folha salarial e sem investidores, o espaço de manobra é nulo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds