Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Um excelente texto entitulado «Ao fim de 6 anos, obrigado por tudo João Pinto», da autoria de Manuel Humberto, do blogue Sporting Autêntico, que aborda a situação do andebol do Sporting e, especificamente, a saída de João Gustavo Pinto - seu colega de faculdade - ao fim de seis anos no andebol leonino, que inclui a histórica conquista da Taça Challenge.

 

 
-    28 de Maio de 2010    -
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:13

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De MM a 19.06.2013 às 07:50

Rui, obrigado pela referência. As saídas dos atletas (bem como demais agentes da estrutura) confirmam infelizmente o que (primeiro) em surdina e (mais tarde) escarrapachado nas capas dos jornais todos sabíamos: o andebol iria sofrer uma razia, no tal contexto de redução dos orçamentos. Não é preciso sermos adivinhos para perceber que a luta por títulos, pelo menos em andebol, será impossível, lembrando que falarmos de modalidades cujos orçamentos - ao pé de futebol - são quase irrisórios.

Só vencimentos (grosso da despesa),
1) andebol, cerca de 740 000 Euros por época.
2) futsal, cerca de 880 000 Euros por época.
Todas as modalidades (Atletismo - 558 000 Euros, Ginástica, Natação, Artes Marciais, Ténis de Mesa, Tiro à Bala, demais modalidades Olímpicas, Andebol e Futsal), todas sem excepção contempladas traduzem-se numa despesa com vencimentos que não chega a 2 900 000 Euros por época.
Menos do que o preço de muitos jogadores (fracos) que o Sporting normalmente contrata para o seu futebol. Dos mais baratinhos, não chega a 3 Milhões de Euros.

Logicamente, é fácil cair em peso em cima das modalidades. 90% dos adeptos não quer saber disso para coisa nenhuma. Para o Sporting, todavia, será nada menos do que trágico.

Um abraço.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 19.06.2013 às 11:42

Manuel, sem dúvida, trágico. Mas repara, se nem sequer há capacidade para os valores envolvidos nas modalidades, "ínfimos" comparados com o orçamento do futebol, imagina o que vai ser o futuro próximo do futebol profissional...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.06.2013 às 11:43

Caro MM,

Pouco mais se pode adiantar neste momento salvo esperar para ver o que mais vai ser afectado pelos cortes. Penso todas as modalidades sentirão o efeito, embora tenha dúvidas que BdC tenha a coragem de tocar no futsal, pelo apoio popular que tem. Já vai encontrar muitos adeptos em oposição pelo andebol, que também é muito popular.

Resumindo e concluindo, mas outra promessa incumprida, o que vem a ser hábito com esta Direcção.

Um abraço.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo