Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A 7.ª vida do Sporting

Rui Gomes, em 27.06.13

 

O título do post é o titulo do artigo de opinião da autoria de Pedro Santos Guerreiro - jornal "Record" - que provocou o comunicado crítico do presidente do Sporting:

 

«A reestruturação financeira do Sporting é inteligente, opaca, inclui um perdão de dívida e evitou cenários radicais de recuperação ou insolvência. Agora, basta comparar com Portugal: o Sporting está intervencionado. Está sujeito a uma "troika": BCP, BES e Álvaro Sobrinho.

 

A "troika" são os credores. O Passos de Coelho da história é Bruno de Carvalho, a quem falta ainda um Vítor Gaspar, que há de ser apontado pelos bancos. Também o Sporting terá de cumprir limites impostos pelos credores, de custos, vendas e compras de jogadores, e de contas operacionais. Mas, ao contrário de Portugal, o plano do Sporting não tem data de saída. E desconhecem-se muitos detalhes, o que a transparência desaconselha, porque a SAD tem investidores e o clube tem associados. E porque os outros clubes têm direito a  saber. Há um perdão de dívida bancária disfarçado neste processo. De quanto ?

 

Os investidores angolanos (Álvaro Sobrinho e amigos) não injectam dinheiro, convertem dívida em capital. Essa dívida terá sido contraída em Fevereiro com Godinho, estava o Sporting desesperado para pagar salários. Sobrinho emprestou, contra garantias dos passes de jogadores. E agora aceitou converter essa dívida em acções do Sporting, assumindo risco. Foi Sobrinho quem fez um favor ao Sporting, não o contrário.

 

Segue-se um investimento de quase 19 milhões de "históricos" do Sporting, encabeçados por José Maria Ricciardi e Sikander Sattar. Ironicamente, o clube "Stromp", que esteve com Bettencourt e com Godinho, e que Bruno de Carvalho tanto criticara, é de novo aliado.

 

A factura financeira cai. Fic a faltar o que sempre faltou nas reestruturações anteriores: liderança desportiva e boa gestão. Mas o clube pode agradecer mais esta oportunidade. Afinal, o leão é um felino. Como o gato, tem sete vidas. Esta é a sétima.»

 

Observação: Não me sinto apto a ajuizar o que o presidente do Sporting considerou de mais grave neste escrito. Sem dúvida que é deselegante para com o Sporting e, de certo modo, para com a sua pessoa, mas por falta de dados não nos é possível determinar a especificidade das "mentiras graves" aludidas por Bruno de Carvalho no comunicado. Se o presidente tivesse elaborado um pouco mais, seria possível, porventura, compreender melhor onde o autor "revela incompreensão e incapacidade de correcta análise". A referência a uma "troika" por Pedro Santos Guerreiro não prestigia o Sporting, sem dúvida, mas o estado actual das coisas torna o Clube vulnerável a essa interpretação extrema. Já a referência a um "perdão" ou a um "perdão disfarçado" só o Conselho Directivo do Sporting e a própria Banca poderão esclarecer. Neste contexto, pode muito bem existir uma intenção deliberada do autor em colocar pressão no Sporting e na Banca e alertar clubes rivais, a exemplo da reacção pública de Luís Filipe Vieira de há uns tempos atrás sobre esta exacta consideração. Neste e em outros contextos, concordo, na integra, com a afirmação do presidente: "Num mundo muito condicionado pela comunicação social, o difícil é provar que visibilidade é sinónimo de competência."

 

publicado às 20:22

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De FCS a 27.06.2013 às 21:12

E quem é o Sócrates desta história?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 21:22

Se há uma coisa que eu nunca debato, é política, especialmente a portuguesa.
Sem imagem de perfil

De sloct a 27.06.2013 às 22:13

CLAP CLAP CLAP CLAP!!!!

Subscrevo!!!!
Sem imagem de perfil

De MM a 27.06.2013 às 21:24

«Já a referência a um "perdão" ou a um "perdão disfarçado" só o Conselho Directivo do Sporting e a própria Banca poderão esclarecer. Neste contexto, pode muito bem existir uma intenção deliberada do autor em colocar pressão no Sporting e na Banca e alertar clubes rivais, a exemplo da reacção pública de Luís Filipe Vieira de há uns tempos atrás sobre esta exacta consideração».

Nem dormem descansados só de imaginar ou conceber que existe um perdão de dívida nesta reestruturação. No mais caro Rui Gomes, é um artigo como tantos outros que são publicados na imprensa. A título de curiosidade, Pedro Santos Guerreiro ainda contribui para o Jornal de Negócios?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 21:31

Em resposta à última pergunta, penso que sim. Quanto ao impacto do alegado "perdão", não sei se devemos minimizar a tese de pressões, a julgar, como indiquei, pela prévia reacção de LFV.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2013 às 00:03

P.S. Um dos aspectos mais curiosos é que se os investidores se confirmarem, BdC mais uma vez vai apararecer no curso das inverdades. Esperar para ver...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2013 às 00:09

Eu vi diversos, como pode imaginar. Em termos de emoção, nenhum, para mim, se aproxima do de LA pela vitória de Carlos Lopes. A equipa que eu então liderava jogava nessa noite um amistoso com o Belenenses e quando o Carlos atravessou a meta o feito foi anunciado no estádio e o árbitro parou o jogo para aplaudir.

Eu tenho muitas memórias e é difícil para mim especificar. A medalha de ouro do canadiano Donovan Bailey nos 100 metros foi um momento alto e a Rosa Mota também.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 27.06.2013 às 21:24

Independetemente da costela benfiquista desse comentador, as pessoas têm olhos na cara. Os outros não têm de bajular presidente do Sporting. É evidente que a situação é desagradável. É evidente que esta é MAIS UMA reestruturação financeira, sinal de incumprimento anterior, porque a gestão desportiva tem sido deficiente. Não dizemos nós isso também? O incómodo deve-se a que o comentador não alinha no culto de personalidade ao presidente do Sporting, além de que, a ser verdade, e acho muito plausível, levanta o "véu" sobre quem é que vai entrar com os 18 milhões. Esse é que é o grande embaraço, por serem quem são e porque não são os investidores do presidente. Trata-se da tomada de poder formal dentro da SAD do Sporting e duvido que as relações entre as partes venham a ser pacíficas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 21:34

A parte relacionada com os investidores corresponde à informação que me foi comunicada há uns dias e que eu optei por não divulgar, salvo em particular, como decerto alguns leitores meus amigos se recordarão. Os próximos dias serão mais esclarecedores.
Sem imagem de perfil

De Joao a 27.06.2013 às 21:50

Ha um aspecto em que nao concordo com a PSG. O que diz que os outros clubes teem de saber. Tratam-se de contratos entre instituicoes privadas. Os outros clubes da mesma forma que nao se sentem obrigados a nao beneficiar de acordos com outras partes (e estou a falar especificamente de Benfica e Porto. Sendo alguns desses acordos com o Governo Central ou Local, que esses sim teriam a obrigacao de se relacionar igualmente e proporcionar iguais condicoes a todos) deviam estar calados em relacao ao que o Sporting faz.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 21:54

Em geral concordo, caro João, mas não sei se esse raciocínio é aplicável ao BCP por ser uma instituição intervencionada.
Sem imagem de perfil

De sloct a 27.06.2013 às 22:12

Para mim é totalmente aplicável. Trata-se duma instituição, como muito bem diz, intervencionada, mas não deixa por isso de ser uma instituição privada.
Mas isto é apenas o bom senso a falar. Infelizmente o bom senso e as leis portuguesas não se costumam relacionar da melhor maneira....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 22:19

Para ser sincero, não sou conhecedor destas questões, especialmente com a ambiguidade das coisas em Portugal, como bem indica.
Sem imagem de perfil

De antónio a 27.06.2013 às 22:05

A análise de Pedro Santos Guerreiro é objectiva e assertiva e coloca questões que deveriam preocupar os sportinguistas. No entanto, para alguns adeptos sportinguistas, pelo menos considerando as opiniões que exprimem na blogosfera, parece que a capacidade de contestação esgota-se nas patacoadas ouvidas todos os dias por quem se atreve a colocar uma dúvida ou considerar que o "rei vai nu". No máximo (ou no mínimo?), limitam-se a invocar que o referido jornalista é do Benfica.
E afinal, o que PSG escreve é pertinente e deveria merecer a atenção e a análise atenta dos sportinguistas interessados com o futuro do clube. Mas, parece que no desporto português surgiu um novo dogma!
Um dia, que não será muito distante, esta análise de PSG será considerada premonitória e o mal alinhavado comunicado de Bruno de Carvalho ajudará a perceber o ensandecimento que se verifica no Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.06.2013 às 22:11

Uma análise pertinente caro António. O passar do tempo esclacerá muita coisa. Como já indiquei em outros comentários, a informação sobre os investidores que ele cita coincide com a que me foi comunicada em particular há dias e que eu optei por não divulgar. Do mesmo modo como soube que nunca houve um PER activo por intermédio de GL.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo