Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

A reunião entre o Sporting e o advogado de Bruma que estava agendada para esta sexta-feira não se chegou a realizar. De acordo com o que está ser noticiado, Bruno de Carvalho terá avisado que só se reunia se o jogador também fosse parte participante na reunião. Bebiano Gomes argumentou que o encontro se destinava a discutir questões de Direito relacionadas com o contrato e, por isso, a presença do atleta não era necessária. Perante este impasse, a reunião foi adiada, sem data definida. 

 

Bem, um diferendo já muito complicado e cada vez pior. Até dá para compreender a intenção do presidente do Sporting - pretendendo que o assunto seja debatido na presença do atleta e, por ese meio, minimizar (des) informações em segunda mão através de representantes. Dito isto, é bastante discutível se ele está no seu direito de recusar reunir com pessoas devidamente autorizadas e mandatadas para o efeito, pelo jogador. Não exististindo boa fé entre as partes, tudo se torna mais complexo e difícil de resolver. Este caso de Bruma promete ainda muito mais, para pior, e é difícil neste momento ser optimista que uma resolução favorável ao Sporting seja acordada. No entanto, se em termos jurídicos o Sporting não estiver num vazio quanto à validade do contrato, esta postura firme poderá providenciar dividendos.

 

Adenda: Em declarações à Antena 1, o advogado do jogador explicou o seguinte. «Ligaram-me de manhã a pedir a presença do jogador na reunião. O Bruma também lhes disse que tem um advogado para tratar das coisas e que não iria à reunião. Disseram-nos então que o presidente iria viajar e que na próxima semana falávamos. O Bruma não vai estar na reunião de certeza, mas o Sporting está no seu direito de fazer o que entender, só acho que estão a brincar com fogo.»

  

publicado às 18:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Marco Silva a 05.07.2013 às 21:35

Com todo o respeito parece-me que o comentário diverge do objetivo da reunião que era "discutir questões de Direito relacionadas com o contrato".
Ora, se era só para esse efeito bastava remetê-lo para os assuntos jurídicos do Sporting e aí tranquilamente tratar-se-ia do matéria. Mas se essa era a finalidade, concordo que não fazia sentido a presença do Bruma bem como a do Bruno de Carvalho, De reter que Bruma sempre que se referia ao Bebiano, fazia-o em termos do "meu advogado"e não do "meu agente" e isso faz toda a diferença, pois significa que Bruma, para pena minha que o julgava um homemzinho, pretende anular o contrato e não renová-lo como andou muito tempo a dizer. Se renovar fosse o seu propósito o tal Bebiano fazia-se acompanhar do Catió Baldé.
Por outro lado, não se percebe se o contrato (por nulo jurídico) deixa de produzir efeitos a partir de 31 de Julho. Ora se há nulidade os respectivos efeitos produzem-se de imediato.
Na lei desportiva portuguesa são legais os contratos profissionais celebrados a partir dos 16 anos de idade e por determinação da FIFA não não pode ultrapassar 3 anos, havendo dúvidas se são 3 anos civis ou 3 desportivos. Por essa razão é que, posteriormente, se faz um aditamento sob a forma de novo contrato para ultrapassar os 18 anos e esse parece que também existe no Sporting.
Do meu ponto de vista estamos perante uma partida de poker com muitos milhões em cima da mesa. O Bruma/Bebiano fez a sua jogada com muito alarido. Agora parece mostrar-se preocupado (se não, não falaria nos termos em que o faz) pois o adversário não só não mostrou medo como disse que "ia a jogo".
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2013 às 21:59

Caro Marco Silva,

Concordo genericamente com muito do que comenta mas, como bem sabe, em cada história há três versões: a "minha", a "sua" e a verdade. Nós por interesse pelo Sporting e, também, como forma de entretenimento, damo-nos à discussão do caso baseado nos factos disponíveis, que não são todos.

Há um aspecto interessante no caso: se existe nulidade e se o único objectivo de Bruma (e seus representantes) é desviar-se do Sporting quanto antes possível, não se dariam ao incómodo de discutir a validade do contrato. Daí, porventura, a sustentar o argumento de "uma partida de poker".

À parte da indefinição do ano "desportivo" e "civil", há muita ambiguidade nas regras da FIFA, tanto quanto ao que esta denomina a "protecção de jovens" com contratos, como também com os processos de transferência dos mesmos. Os respectivos arquivos contêm inúmeros casos de clubes a tentar contornar o que é interpretado como lacunas nas regras e, a bem dizer, a FIFA ainda não conseguiu resolver a contenda na sua totalidade. Neste contexto, vulnerável a interpretação, as regras não especificam a proibição de mais de um contrato, durante o período antes do atleta atingir os 18 anos de idade.

Ainda em referência àquilo que é do nosso conhecimento, não vejo a questão dos anos desportivos ou civis como sendo cruciais na discussão, Se eke assinou só um contrato em 24/10/2010, por três anos, esse contrato termina, no máximo, pelo ano civil, em 24/10/2013. Tem de se admitir, então, a existência, poventura válida, de um segundo contrato. Se recorrerem a este argumento, o caso terá que ir parar à FIFA e fica por saber o estatuto do jogador durante o período de análise pela entidade superior. Havendo razão por parte de Bruma (nulidade) esta última consideração poderá ser um factor decisivo para evitar do jogador potencialmente ficar parado.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo