Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




45 minutos foram bons !

Rui Gomes, em 15.02.14
 

 

 

O Olhanense não é o Benfica, obviamente, mas notou-se logo a partir do apito inicial o tipo de intensidade e dinâmica de jogo que nos habituámos a esperar da equipa do Sporting esta época. Excelentes movimentos de transição pelas alas, tanto por Heldon como por um muito inspirado Carlos Mané, que acabaria por marcar o único golo da partida, servido de forma exemplar por Fredy Montero. O avançado colombiano deve ter ficado a pensar: "Assim é que se faz, é assim que eu quero ser servido". E de forma inesperada, por ser tão invulgar, até verificámos acção de qualidade pelo miolo, que infelizmente não foi devidamente aproveitada por quem ficou em boa posição de remate em três ou quatro ocasiões, como foi o caso de André Martins. 58 por cento posse de bola e 16 remates contra 5, a favor do Sporting, na primeira parte, em que Rui Patrício só aos 44 minutos foi chamado a fazer a sua primeira defesa do dia e, ainda, o golo mal invalidado a Fredy Montero aos 27', por fora de jogo mal assinalado pelo árbitro auxiliar.

 

O Sporting, por razões difíceis de compreender, reduziu a intensidade e baixou o ritmo do seu jogo após o intervalo, deixando de exercer o controlo que era seu até esse ponto do jogo. Mesmo assim, ainda foram surgindo algumas oportunidades para dilatar o marcador, com destaque para um potente remate de Carrillo, aos 84', que foi ao poste esquerdo da baliza do Olhanense. Apenas em uma única ocasião houve perigo eminente para Rui Patrício, num ressalto confuso em que a bola acabou por ir ao lado.

 

Alguns reparos finais:

 

- Marcos Rojo viu o seu 5.º amarelo da campanha, que significa que vai falhar a visita ao Rio Ave. Até é um mal menor, porque limpa o registo e fica apto para a recepção ao SC Braga na 21.ª jornada. Também em situação de perigo estão Maurício, Adrien e Montero, com 4 amarelos, o último já há diversos jogos.

 

- Inconfundível a presença de William Carvalho no meio campo do Sporting, a lembrar a falta que fez no jogo na Luz.

 

- Fredy Montero fez um excelente jogo, muito embora não tenha conseguido dar ponto final à "seca" de golos, pese o que foi mal invalidado.

 

- O Sporting continua com muita dificuldade no que à finalização concerne.

 

- Wilson Eduardo voltou a demonstrar, na minha opinião, aqullo que eu tenho vindo a referir já há algum tempo: não é um extremo natural, mas sim um falso ponta de lança. O seu primeiro instinto é sempre rematar, e raramente se preocupa a ver primeiro quem pode servir na área, a exemplo daquela jogada em que foi desmarcado por Montero, ficando este, então, à espera da retribuição.

 

- A título de curiosidade, gostaria de saber quem determinou que Jefferson marca bem os livres. Estamos muito mal servidos nesta área.

 

- Acho que hoje tinha sido uma excelente oportunidade para dar 30 minutos de jogo a Shikabala, mas... o  treinador saberá o que é melhor, com certeza.

 

- O Sporting cumpriu a sua obrigação a garantir estes três pontos e agora resta esperar pelos resultados dos rivais. Isto, apesar de Leonardo Jardim ter afirmado, pós-jogo, que o Sporting "não está preocupado com a classificação". Se não está, quem é que vai estar ?... Estas considerações "diplomáticas" ultrapassam-me completamente.

 

- 29255 espectadores em Alvalade. Os adeptos continuam a apoiar.

 

publicado às 22:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


34 comentários

Sem imagem de perfil

De João a 15.02.2014 às 22:58

Grande entrada hoje do Carrillo a contrariar o que eu dizia aqui há uns dias :) ainda bem! Espero que continue a provar-me errado todas as semanas. Talvez tenha razão ao dizer que seria um "castigo" de Jardim com vista a melhorá-lo. Se sim, parece estar a resultar
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2014 às 23:02

A qualidade dele nunca esteve em dúvida e no seu normal tem a capacidade para fazer aquilo que poucos outros no Sporting têm: rematar à baliza.

Integrando-se totalmente no sistema de jogo de Leonardo Jardim, vai ser um jogador que fará a diferença em muitos jogos.
Sem imagem de perfil

De jose carlos dos santos guinote a 15.02.2014 às 23:25

Uma evidente quebra de rendimento na segunda parte.Uma incompreensível incapacidade do treinador para mudar a tempo e horas. Apesar da melhoria indiscutível introduzida pelo William -imperial nomeio-campo - o Adrien e o André Martins não asseguram o controle do meio-campo tão pouco a ligação com o ataque. As alternativas existentes não são utilizadas, caso de Vítor, Acho que o egípcio tem que ser convocado e começar a jogar ainda que aos poucos. Heldon e Carlos Mane foram as opções iniciais mas não justificaram permanecer tanto tempo em campo. Carrilo jogou mais em muito pouco tempo. Devia ter entrado mais cedo no inicio da segunda parte. Slimani entrou a 5 minutos do fim. Depois de ser titular na Luz entrou a 5 minutos contra o último. Jardim tem muitos méritos mas, infelizmente, é muito conservador e avesso a mudanças.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2014 às 23:32

Sem dúvida alguma que existem algumas questões muito discutíveis. Concordo que Carrillo devia ter entrado mais cedo mas, a ser sincero, devido ao seu escasso uso nas últimas semanas, nem esperava vê-lo.

A entrada de Slimani, já mesmo em cima do apito final, não é bom para a moral de um jogador. Não sei se Jardim estava com receio que Montero apanhasse o 5.º amarelo. Ele vai apanhá-lo, mais cedo ou mais tarde, e como o treinador recusa fazer essa gestão, para o nosso azar, vai ser num jogo de maior exigência.
Sem imagem de perfil

De M. a 15.02.2014 às 23:34

O Héldon também tem 4 amarelos (mas esse é mais facilmente substituído)...

Quanto ao amarelo ao Rojo... é disto que o pessoal se queixa. Fez um jogo exemplar, mas depois pára-lhe o cérebro e... enfim (e o Montero podia ter também visto o 5º amarelo em acção semelhante). O Montero foi o melhor em campo. Ponto. E se o Carrillo fosse sempre este era titular indiscutível, o problema é a (in)constância...

Quanto ao Shikabala, parece que está convocado para o jogo de amanhã, entre o Sporting B e o Tondela.

Já quanto ao jogo propriamente dito, uns bons primeiros 45 minutos e uma má 2ª parte pondo em cheque até os 3 pontos. Temos que acertar mais na finalização, mas para isso é preciso que se acerte mais na definição dos lances ofensivos.

Nota final para o árbitro Hugo Miguel pela má exibição, não só pelo golo (mal) anulado mas por inúmeras outras mais pequenas coisas. Fosse o Rojo ou o Maurício a ter uma entrada daquelas (a que sofreu o Héldon, acho que ainda na 1ª-parte) e era expulso imediatamente. Desta vez ganhámos, do mal o menos. De resto, dos 4 empates em Alvalade, um fomos relativamente beneficiados e nos outros 3 notoriamente prrejudicados. «Portugal não merece estes árbitros», dizia o rapaz que um dia foi o melhor do Mundo e arredores...
Sem imagem de perfil

De phanatik a 16.02.2014 às 00:06

pequenas coisas como 2 grandes penalidades por marcar por mão na bola...não fez diferença para ganhar, mas tal como o golo anulado podíamos ter arrumado com o jogo mais cedo e assim sofremos até ao fim...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 00:16

O golo é de facto mal anulado, mas não há grandes penalidades. No primeiro lance, dentro da área, o defesa tem os braços junto ao corpo, não é falta. No segundo, há falta, por~mão/braço na bola, mas foi fora da área. Era somente um livre.

Houve algumas decisões discutíveis, mas mais uma vez o Sporting deixou-se sem margem para erro, próprio e de terceiros, marcando apenas um golo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 00:30

Muito sinceramente - e digo isto sem conhecimento de causa - não sei se ele não terá feito de propósito, embora tentasse disfarçar. Temos pela frente jogos muito difíceis: Braga, Porto, etc. e se vamos escolher, apesar de tudo, o Rio Ave não é má escolha.

O Montero também já podia ter limpo os amarelos, como o William podia ter feito e não fez porque LJ não acredita nisso. Acho incrédulo !

O Carrillo precisa de se mentalizar que tem de integrar o sistema do jogador e ser mais regular. É jovem, requer maturidade e mais profissionalismo, dentro e fora do relvado, para jogar ao nível do seu talento.

O árbitro teve vários lances de menor consequência em que esteve mal,. O golo invalidado não é culpa dele mas sim do auxiliar que não viu Montero partir de trás.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 16.02.2014 às 14:30

Incrível, não incrédulo, pois incrédulo é aquele que não crê no que muitos crêem ou descrente.

Olhando para o actual registo de cartões amarelos, dava jeito que Maurício, Adrien Silva e Fredy Montero limpassem o quanto antes, especialmente os dois últimos.

E se Leonardo Jardim não equaciona em alguns jogos em disputar a partida à "italiana", em vez de jogar o habitual, de "igual para igual", então para o ano que vem, como bem apontou noutro postal, vamos ter uns quantos desastres, se conseguirmos a tão desejada qualificação para a Liga dos Campeões...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 16:44

O Montero já anda com o 4.º às costas desde o dia 11 de Janeiro. Com a nossa sorte, vai apanhar o 5.º de forma a não poder enfrentar o FC Porto.

Persistindo com as suas ideias, vai arriscar com os amarelados e depois venha o que vier.

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 15.02.2014 às 23:38

Leonardo Jardim saberá muito, mas muito melhor que eu, mas sinceramente não compreendo, como é que sem William Carvalho e na Luz, se joga com Montero e Slimani e em casa com o ultimo e com a enorme qualidade de Montero para servir os colegas, se joga apenas com o Colombiano na área

Mas como referi o Treinador é que sabe e tem tido muito mérito em colocar o Sporting na posição onde está.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 00:22

Bem... no 4x3x3, só há espaço para um ponta de lança, dado que o sistema é assente em ter dois extremos em campo. Na Luz, na minha opinião, e especialmente considerando a ausência de William, ele devia ter jogado num 4x2x3x1. Claro, as opções no banco são limitadas, mas é o que temos.

Hoje não foi tanto ele querer jogar com um ou dois pontas de lança, mas sim ter decidido voltar ao 4x3x3.

Ele está a sentir algumas dificuldades em reagir ao facto de os adversários anteciparem facilmente o sistema de jogo do Sporting. Tapar as alas, e jogar em linhas baixas, porque não temos jogo no miolo. Por acaso hoje, pela primeira vez, até tivemos algum, mas André Martins desperdiçou as oportunidades porque não tem o instinto para golos.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.02.2014 às 08:24

Os 4 grandes problemas do Sporting neste momento sao
(a) a quebra evidente na capacidade de finalizacao (com aquela producao ofensiva, no período durante as primeiras 10 jornadas, teríamos feito pelo menos 3 golos) em que Montero é o expoente máximo,
(b) a dependencia excessiva de alguns jogadores que nao teem substituto à altura no plantel,
(c) a ilusao dos adeptos em relacao a um plantel que continua a ser fraco, mas que está espremido e muito bem espremido pelo seu treinador e
(d) a clara tendencia da arbitragem para retirar penaltis e golos limpos nos jogos em casa de há 5-6 jornadas para cá (no total: Rio Ave penalti, Nacional golo limpo, Académica penalti, Olhanense golo limpo).

No que concerne o post, só discordo da questao Jefferson/livres (já marcou muitos livres de forma excelente e penso que o Sporting geralmente nao dispoe assim de tantas bolas paradas directas à frente da área) e do tópico Shikabala (se o homem nao está em condicoes físicas e entra para o meio-campo num jogo de resultado escasso como o de ontem é que poderia ter corrido mal).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 08:48

Por partes:

1. A quebra ofensiva, além do criativo que nunca tivemos deve-se a dois factores primordiais: os extremos deixaram de produzir como produziram e Montero quase que não é servido e, as equipas têm perfeitamente identificado o estilo de jogo do Sporting, com as suas naturais limitações.

2. A dependência excessiva em alguns jogadores já há longo que foi identificada e era de prever, dado o plantel curto e a falta de qualidade de alguns.

2. Pior do que a ilusão dos adeptos é a dos responsáveis, mesmo que não o admitam.

3. A arbitragem explica algumas coisas, mas não tudo. Por coincidência, o golo de Montero em Olhão, em posição irregular, foi mal validado.

4. O Jefferson já marcou livres "excelentes". Que tenha marcado alguns bem, em diagonal, ainda se aceita, de resto, nos frontais, um livre excelente é o que dá golo ou, no mínimo, obriga o guarda-redes a fazer uma grande defesa.

5. Qual é a fonte de informação em relação à condição física de Shikabala ?... Se me disser que ele requer adaptação à equipa e ao sistema de jogo, isso até é compreensível, não a condição física, quando ele já treina à duas semanas e não deve ter chegado em muito mal estado. Será melhor ele estrear-se contra uma equipa forte e com um meio campo muito defensivo ? Ontem, a exemplo, teria tido amplo espaço, todo aquele que André Martins teve e desperdiçou.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.02.2014 às 09:14

1. O futebol ofensivo de uma equipa nunca se pode dever à presenca ou ausencia de um "criativo". Pelo menos, nao no século XXI. Nao sei que jogos tem visto, mas ontem foi a melhor exibicao de Montero desde há bastantes jornadas simplesmente porque deixou de se limitar a ficar na frente à espera de ser "servido". Com um Montero móvel e interventivo no jogo, toda a equipa beneficia (e muito). Para além disso, o Montero das últimas jornadas tem sido muito perdulário sobretudo se comparado com a sua eficácia do comeco da época. Nao é preciso ser génio para ver que o nascimento do seu filho coincide com o seu decréscimo de forma.

2. O plantel foi planeado da forma que foi, com os argumentos que foram dados e muitos vaticinaram que seria uma desgraca desportiva. Até ver, estamos bem longe disso.

3. A arbitragem é decisiva em jogos de 0-0 ou 1-0. Nao tenha dúvidas que, pese as exibicoes menos conseguidas da equipa nos jogos mencionados, o validar dos golos ou assinalar das grandes penalidades claras aumentaria as chances de vitória do Sporting de forma muito significativa. Conte agora quantos pontos mais teríamos em caso de vitória em 50% desses jogos.

5. A mesma fonte que a sua quando diz que "nao deve ter chegado em muito mal estado".

Termino apenas realcando a facilidade que a maior parte das pessoas tem em criticar o André Martins. O Martins (que ontem falhou alguns passes fáceis e nao fez um bom jogo) é um jogador com uma capacidade de decisao muito acima da média e que contribui e muito para a fluidez do meio-campo do Sporting. Para além disso, é um ponto muito + em termos defensivos para a equipa do Sporting pela forma como ocupa o espaco e pelos km que faz em tarefas de cobertura. O problema dele é nao ter a visibilidade do Adrien em termos de imposicao física sobre os adversários nem a capacidade de finalizacao dos médios ofensivos que caem no goto dos adeptos. Mas é seguramente o melhor box-to-box do futebol portugues desde o Moutinho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 09:42

Para não variar, vê tudo de forma diferente, e não me fale em que jogos eu tenho visto, quando tenho estado envolvido no futebol toda minha vida. Duvido que o mesmo se possa dizer de si, pelas teorias evidentes.

1. Deve-me indicar as boas equipas e que marcam muitos golos que não tenham um ou mais criativos em campo. E os criativos não são somente os "10".

2. O Montero tem enorme dificuldade em ser mais interventivo, porque a maior parte das equipas jogam em linhas baixas e não de dão espaço, dado que antecipam o sistema de jogo do Sporting.

3. Salvo uma ou duas ocasiões que eu me lembre, onde é que Montero tem sido perdulário ?

4. Mesmo operando de forma condicionada, foram feitas decisões sobre o plantel sem nexo, inclusive de alguns empréstimos de jogadores que agora nos fazem muita falta. E não me vou dar ao trabalho de recapitular todos os casos.

5. Tenho escrito imenso sobre as decisões das arbitragens, não me diz nada de novo. E enquanto o Sporting não der a si próprio maior margem para erro, próprio e de terceiros, vamos continuar a ser penalizados por erros, até humanos, dos homens do apito.

6. Eu, além de ter mesmo "fontes", sei que o atleta moderno, mesmo parado há algum tempo, recupera a forma física muito rápido, no que a treinos concerne, depois necessita de jogar para atingir a fase máxima e o ritmo competitivo.

7. Eu até gosto do André Martins, mas o problema dele não é a visibilidade comparado a Adrien , é que não tem mesmo o físico para se impor da forma desejada. Também acho que ele ultimamente sente-se inseguro na posição e tem vindo a fazer remates fora do seu alcance, quando devia procurar servir.

O seu último comentário sobre André Martins é um autêntico exagero. Pode vir a ser muito bom, mas ainda não é.

Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.02.2014 às 12:47

1. Se na sua opiniao, criativos nao sao somente os "10", entao deveria também considerar o William como um criativo. É que a quantidade de passes verticais que ele faz por jogo é muito superior à média dos centrocampistas a jogar em Portugal. A teoria torna-se ridícula...

2. e 3. Montero tem falhado golos que, nas primeiras 10 jornadas, nao teria falhado. Se nao ve isso...

4. Costuma-se dizer que só fazem falta os que lá estao. Agora, se quiser considerar que o plantel ficou curto em alternativas para as posicoes de lateral-esquerdo, médio 6, médio 8 e ponta-de-lanca (porque apesar de tudo só temos 2), aí concordo. Sobretudo acho que nao é bom para o Sporting nao ter forma razoável de substituir William, Adrien ou mesmo André Martins. Mas eu acho que isto se insere numa estratégia que visa a venda de um deles (e talvez até do Cédric) no defeso do Verao, dependendo do Mundial.

5. Tem toda a razao. Mas os rivais, muito mais bem apetrechados e cheios de dinheiro para gastar, também teem vencido vários jogos pela margem mínima com ajudas decisivas do género "penalti milagroso" ou "golo no limite validado". Veja-se o penalti aos 90+5 que teria dado a vitória ao Benfica na jornada anterior ao derby. Essas coisas, num campeonato muito equililbrado como este, fazem a diferenca. E de que maneira.

Em resumo: convém colocar as coisas em perspectiva. Começámos a época como o clube do Presidente aventureiro que desafiava empresários (lembram-se do Bruma?) e só conseguia comprar jogadores de 2a linha do Brasil e de campeonatos menores (como o Americano e Argelino). Começámos a jogar, e semana após semana de repente já tínhamos equipa para ser campeoes. Nesta bipolaridade que caracteriza o futebol, chegamos a quase 2/3 do campeonato em terceiro e com duas derrotas - no Dragão e na Luz - e parece que está tudo mal porque o plantel (que era uma porcaria mas depois já era excelente) é curto em qualidade e os jogadores de qualidade "média+" nao jogam bem toda a temporada.
O objetivo sempre foi a Champions e não a final da Champions (como do outro lado da Circular). Acho que é importante avivar a memória.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 13:20

Tem andado afastado de comentar no blogue. Há muito que deixámos de abordar demagogias. Estamos aqui a debater os prós e contras de um jogo de futebol.

A exemplo do queria referir, e não vou repetir, o Ozil no Real Madrid não era usado por Mourinho como o clássico "10", pois colocava-so sempre na ala. O William não é criativo, em contexto, embora participe na construção das manobras ofensivas.

Essa das estratégias e só fazem falta os que estão, é a usual conversa da casa.

Há uma grande diferença da Champions como objectivo, entre o 2.º e o 3.º lugares. Um dá acesso directo à fase de grupos e aos milhões, o outro dá acesso a uma pré-eliminatória sem garantia alguma.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.02.2014 às 09:19

(no ponto 4, acabo de certa forma por concordar consigo; o Sporting desde André Cruz que nao tem um marcador de livres directos que garanta um golo ou quase-golo a cada 2 ou 3 tentativas).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 09:48

Não temos ninguém exímio nestes lances, neste momento. Eric Dier ainda marcou alguns nos juniores e na B, o Shikabala aparenta ser bom nisso mas ainda não joga. O único de quem se pode esperar alguma coisa em zonas frontais é o Montero. Ontem, salvo erro, tivemos dois, ou talvez três mais frontais, e lá apareceu o Jefferson. O Wilson Eduardo também pode contribuir algo, sem ser exímio.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 16.02.2014 às 10:25

Confirma-se que o Sporting não tem intensidade para 90 minutos. Se até aqui o problema tem sido os primeiros 45 minutos, agora fez uma boa primeira parte, na segunda quebrou.

Não há muito mais a dizer em relação ao jogo. Resultado normal. Golo mal anulado ao Montero, que voltou a marcar embora por causa da má decisão da arbitragem, não seja oficial. Melhor jogador em campo, sem dúvida, até pela assistência para golo feito que fez. E Carrillo, não brinquem comigo, dizer que este jogador é isto e aquilo, é de gente com palas no olhos. Faz mais em 15 minutos do que alguns em 90. Parece que há quem queira afundar o Sporting na mediocridade dos Welders, Magrões ou Piris.

De resto, as palas nos olhos aplicam-se a outras coisas, como a alguns tiques de quem só agora se incomoda com assobios à equipa. Quando lhes dava jeito, não diziam nada, até porque se não fosse assim nem estava lá a direcção que eles queriam. Só que os sócios e os adeptos são os mesmos e felizmente são do Sporting, não são de nenhuma direcção. Se alguns já se estão a ver apertados, então vão pelo mesmo caminho dos outros, porque evidenciam a mesma incapacidade. O que também não devia ser surpresa para ninguém.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 10:32

Caro Lionheart, como sempre, essa dos assobios repugna-me. Nunca aprendemos !
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 16.02.2014 às 10:41

Caro Rui, o discurso para os adeptos não pode ser inconstante, senão acontece isto. O problema é que as direcções não resistem a cavalgar a "onda" quando as coisas correm bem (quando também sabem muito bem que são fases que podem não ser sustentáveis) e depois atiram as culpas para cima dos adeptos, por alguns assobiarem.

Os sportinguistas sentem-se frustrados, e com razão. Há demasiado tempo que o futebol do clube não tem a competitividade que a sua dimensão exige e esta é mais uma direcção que não cumpriu o que prometeu. Nada de novo, portanto. Mesmo assim tem havido muita paciência com estes, e se mesmo assim não lhes chega, têm a "pele" muito fina. Há sempre o facebook para onde ir "chorar".
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 16.02.2014 às 10:49

PS - A inconstância no discurso dos órgãos oficiosos desta direcção está evidente quando dizem numa semana estamos a lutar pelo título e na outra afinal o terceiro lugar é muito bom, por causa da época passada. Isto é um expediente, uma fuga à responsabilidade, porque no ano que vem a época passada será esta.

O Sporting não pode querer ser grande e "pequeno" ao mesmo tempo. Se é grande, tem as responsabilidades que isso acarreta, como sejam a pressão e a responsabilidade de jogar para ganhar. Era fácil ter uma mensagem que seria verdadeira e constante ao longo da época, que era aquela que você sempre disse. Mas essa se calhar não dá tanta popularidade virtual, pelo menos durante uma semana.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 13:26

Concordo, como sempre disse aliás, que a mensagem só pode ser uma do princípio ao fim. Também concordo com o resto, mas sou incapaz de assobiar a minha equipa. Posso chegar a casa e escrever uma crónica crítica. Posso até fazê-lo directamente se tiver essa oportunidade, como já tive no passado, mas nunca assobiar. É para mim a acção mais repugnante que um adepto pode ter para com a sua equipa, frustrações ou não.
Sem imagem de perfil

De L a 16.02.2014 às 13:16


Razão tinha o Pedro, o Mané ultrapassou mesmo os outros 3 numa volta, se bem que o Helton já tinha ultrapassado os 4 em 2 treinos e surpresa das surpresas o verdadeiro reforço é Carrilo. Que novidade. De volta o Sporting 13/14 de Jardim. O Adrien é um bom jogador, a quem não devemos menos que ao William até aqui mas não é nenhum artista e se fosse também não fazia o que faz. A questão é até quando? Em relação ao verdadeiro artista da equipa, farto de ouvir falar na seca, nem os outros grandes têm um avançado como Montero, têm outros.

O Olhanense também não veio jogar à bola, veio despachar a bola, na 1ª parte da defesa e na 2ª para a frente. Não conhecia praticamente nenhum dos italianos que aterraram agora em Olhão, na 1ª parte ficou a ideia que só treinaram bolas paradas, alguma fezada. Na 2ª parte voltaram sem o melhor jogador, o Rui Duarte e até foram melhores. O plano era mesmo despachar. Também já não via o Péle há muito tempo, entrou bem para dar luta ao William.

O que custa muito é ver tanta gente reclamar pelo "golo" off side, quando só o Montero é que não estava? E os outros na área não interferem nada na percepção da defesa do Olhanense? É bom que este súbito abalo, que até aqui se sente, na relação entre adeptos e treinador passe depressa. Um jogo não justifica tanto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 13:36

Ninguém que perceba só um pouco de futebol pode duvidar da qualidade de Montero e não reconhece as razões que o levam a marcar menos golos agora.

O Adrien tem vindo a fazer uma bela época, mas além dos extremos é o jogador que acusa mais o desgaste físico. Não o mencionei no meu post sobre os extremos, mas quando compilei os dados, verifiquei que depois dos alas ele é o jogador mais vezes substituído.

Sempre gostei do Carrillo e o que ele fez ontem não é novidade alguma, mas 15 minutos não é um jogo e também reconheço que tem de ser um jogador mais regular.

Na lei nova do fora de jogo, os outros não interferem na jogada. Assim a FIFA decidiu, embora eu argumente o contrário desde o primeiro dia.
Sem imagem de perfil

De L a 16.02.2014 às 14:29


Já fizemos a nossa obrigação este fim-de-semana Rui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 16:47

"Nós" adeptos ou "nós" equipa ?
Sem imagem de perfil

De L a 16.02.2014 às 17:51


Referia só os 3 pts. Felizmente ser Sporting é muito mais, senão estávamos agora todos radiantes e não é nada disso que eu sinto.
Sem imagem de perfil

De M. a 16.02.2014 às 18:01

Cá para nós, o caro L. só ficará radiante quando de lá sair o seu ódio de estimação. O que muito diz da sua clarividência. Isto se certa pessoa não fôr mais depressa presidente de um outro Clube, na margem Sul...
Sem imagem de perfil

De L a 17.02.2014 às 14:17


Por acaso continuava a falar só de futebol mas se a um nível mais estrutural o ideal Sporting é compatível com os órgãos atuais, evidentemente que não e apesar de considerar que não é o sítio mais indicado para discutir pessoas também já tive oportunidade para dizer aqui no Camarote que ainda compreendo menos essa do ódio de estimação? Pelo disparate que é o ódio a um semelhante e pela estimação a quem nem sequer conheço e desde que é presidente porque faço questão que assim continue. Aliás neste caso a estranheza é não ser geral em relação a alguém que nunca se dispôs a nada, para além de autêntica banha da cobra. E como é também mais que óbvio, para além do perfil dos vários envolvidos. Quanto ao Zé Couceiro não sei onde foi buscar essa ideia em Setúbal mas de certo modo já não era uma asneira muito mais pequena no Sporting. O Couceiro tem um papel completamente diferenciado no Sporting, assim ele também o entenda e num momento mais oportuno.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 16.02.2014 às 17:20

Fizemos a nossa obrigação:ganhar.Na 1ª parte parte nada a apontar,só faltou marcar mais e gerir na 2ª parte.Mas as equipas que ganham regularmente não podem desperdiçar tanto.A corrigir urgentemente.

A 2ª parte foi fraca sobretudo porque não fomos capazes de controlar o jogo ,em posse.Fomos deixando o adversário ganhar ânimo e podíamos ter empatado.
LJ deu uma explicação para a quebra :o jogo na terça.Até disse que nenhuma equipa aguentaria o ritmo da 1ªparte no jogo todo.Mas podíamos ter um melhor controle do jogo.

Individualmente,algumas notas:

-Carrillo já jogou assim várias vezes.Até já marcou golos fenomenais neste movimento de fora para dentro.
Se LJ conseguir transformá-lo num jogador de alta competição,regular a alto nível ,num jogo, e ao longo de uma época...será uma proeza.
Vencerá onde todos os outros falharam.Esperemos que isso possa realmente acontecer.Um grande jogador não pode jogar a alto nível 15 min e depois passar jogos inteiros-quando os acaba-sem fazer nada.

-Héldon parece-me mais um extremo.Com maior capacidade para fazer o corredor todo,com melhor jogo interior-no Marítimo marcou 9 golos,no Sporting ainda não se viu ,o que é normal-mas mais um.

-São indiscutíveis as carências ao nível do meio-campo.Para o treinador-com alguma(muita) razão-só contam 3 jogadores.
WC é (literalmente) insubstituível.

Era mesmo importante que Shikabala fosse alternativa.Desanuviava o panorama.
AM poderia ser um alternativa para posição 8 embora não tenha o andamento de Adrien,mas também tem soluções que Adrien não tem.

A 2ª volta será sem dúvida mais difícil que a 1ª.
Maiores expectativas,maior cansaço e poucas possibilidade de rotatividade num sector crucial,o meio-campo.

PS-infantil pensar que os assobios iam embora porque o presidente é outro.
Ou pensar que os assobios o ano passado eram para GL.Se nós tivéssemos perdido este jogo, ia ser o bom e o bonito.
É o futebol em todos os clubes,mesmo nos pequenos.
Nos grandes clubes é pior.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2014 às 19:13

É verdade que os assobios não se relacionam com quem é presidente, mas eu lamento que o façam, seja à equipa e, pior ainda, a qualquer jogador individual. Acho que é componente da sociedade actual e reflecte muita coisa.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo