Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




45 minutos não chegam...

Rui Gomes, em 19.02.15

 

14992536_nzjLz.jpg

video-undefined-25CDA9F100000578-519_637x368.jpg

 

Apesar de ter sentido algumas dificuldades em contrariar a velocidade do jogo de transição do Wolfsburg, o Sporting fez uma primeira parte de bom nível e até criou uma grande oportunidade para golo, aos 34', quando Nani serviu Carrillo à entrada da área dos alemães, com o seu remate a passar centímetros ao lado do poste. Este primeiro tempo também ficou marcado por uma grande penalidade não assinalada pelo árbitro israelita, aos 44', quando Vieirinha leva o braço à bola.

 

ng852FCD53-CE3D-4E89-901D-6385EAAC6AF3.jpg

  

Ficamos com a sensação que o Sporting acusou o desgaste dos primeiros 45 minutos e veio do intervalo com menos intensidade, cometendo logo de imediato um péssimo erro defensivo que permitiu a Dost isolar-se perante Rui Patrício e inaugurar o marcador.

 

O segundo golo alemão, aos 63', novamente por Dost, deve-se a outro erro de cobertura defensiva, quando Paulo Oliveira permite que o avançado holandês iluda a sua marcação e desvie a bola para dentro da baliza do Sporting. Escassos minutos depois, salvo erro aos 69', só uma excelente intervenção de Rui Patrício impediu o "hat-trick", e, mais uma vez, foco negativo na defesa leonina.

 

Depois do segundo golo, o jogo baixou de intensidade e a única grande oportunidade de golo para o Sporting surgiu aos 73', quando João Mário falhou um cabeceamento mesmo à boca da baliza alemã.

 

Marco Silva não surpreendeu pelo onze inicial, com Oriol Rosell a preencher a vaga pelo castigo a William Carvalho. O médio espanhol não ofereceu a dimensão de jogo de William, mas também não comprometeu, fazendo uma exibição tacticamente muito disciplinada.

 

66OJ10HP.jpg

 

Este Wolfsburg é uma boa equipa com excelentes talentos, mas não é "papão" algum. Faltou ao Sporting a já bem conhecida criatividade e penetração pelo meio do terreno e um nível de jogo que lhe permitisse exercer maior pressão sobre a defesa alemã. Será injusto apontar o dedo a Fredy Montero, exclusivamente, mas foi inconsequente durante a maior parte do jogo e só surpreendeu a sua muito tardia substituição (80'). 

 

Diria que além de Rui Patrício, Cédric Soares e João Mário estiveram em bom plano, Carrillo fez o possível enquanto teve pernas, Nani ainda longe da sua melhor forma, e Jefferson a demonstrar dificuldades defensivas.

 

O Sporting ainda tem uma palavra importante a dizer nesta eliminatória, mas o objectivo está agora mais complicado pela ausência de pelo menos um golo fora de casa.

 

publicado às 19:53

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


53 comentários

Sem imagem de perfil

De Dinis Silva a 19.02.2015 às 20:32

Penso que já chega de “simpatias diplomáticas”.
Depois de três jogos com resultados que ficam aquém do que poderíamos ter conseguido, (Benfica, 4 minutos infantis; Belenenses, incapacidade de activação da equipa; Wolfsburg : continuação de erros primários em contextos de alta intensidade) tenho que manifestar o meu profundo descontentamento com o actual treinador do Sporting.
Não tem experiência nem qualidade para o cargo.
Apenas faz substituições nos últimos 20 minutos, seja qual for o adversário e o resultado.
Não orienta a equipa no decurso das partidas, mesmo quando esse possa ser o recurso mais importante.
A equipa revela deficiências de execução técnica gritantes: cabeceamentos inconsequentes, pontapés de canto ridículos ou ausência de pontapés de longa distância, inconcebíveis para quem joga futebol todos os dias desde os 10 anos.
E a defesa não tem evoluído, mesmo que já tenha aparentemente encontrado estabilidade dos titulares.
Se o actual treinador não tem experiência nem qualidade, o pior é a atitude.
Hoje, sofreu dois golos e a imagem é de completa apatia, com ausência de qualquer incómodo corporal, desligado de tudo e de todos, revelando para a equipa um estado de espírito negativo e incapacidade, até mesmo de tentar.
Aliás, é provável que os jogadores de campo julguem apenas estar perante um colega que já não se equipa.
Não sei o que acontecerá no final da época mas sei que não é este treinador que poderá assegurar as próximas épocas do Sporting.
Sem imagem de perfil

De manelmadeira a 19.02.2015 às 20:49

Será possível que seja a falta de qualidade do plantel que esteja a ser o factor mais condicionante na obtenção de bons resultados?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:16

Isso não poder ser, porque seria apontar o dedo ao presidente. Impensável !!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 20.02.2015 às 11:37

Acho que o plantel deste ano, é mais forte que o do ano passado...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:12

Até parece o Bruno de Carvalho a falar, ou alguém por ele !

Agora julga-se um treinador pela sua postura no banco, decerto que seria melhor ter um palhaço como Jorge Jesus.
Sem imagem de perfil

De amendoa a 19.02.2015 às 21:14

Não. Julga-se um treinador por em 30 cantos nem um ter criado perigo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:18

Falou a sapiência evidente !

Foram só 30 ??? Eu contei 45 .
Sem imagem de perfil

De amendoa a 19.02.2015 às 21:33

Conte os dos últimos 3 jogos então...

Vai ver que até fui meigo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:48

Como é que eu ia adivinhar que se referia aos último 3 jogos ?

Sem Slimani lá, vamos ter sempre dificuldades no jogo aéreo. Reparou na altura dos jogadores alemães ?
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.02.2015 às 21:31

Calma caro Dinis beba uma aguita com gás para se acalmar, o nosso treinador nao esteve mal , fez o que lhe competia dentro das limitações dos jogadores que tem e a ter que enfrentar uma equipa (o novo Borussia) que interpreta quase na perfeiçao o futebol moderno uma primeira divisão mundial do futebol intenso , pensado velozmente.
Marco ao nao ter grandes reações só o dignificam como treinador , quer dizer que todos os jogadores têm a lição bem estudada do que têm e devem fazer o resto são momentos do jogo , falhas para quem nao está habituado a estar tâo pressionados e a terem que fazer passes precisos num índice perto dos 100% de eficácia e não temos pedalada para isso.
Neste tipo de ritmos loucos á quase sempre alguém da equipa que acaba por ceder mais vezes e nao conseguir fazer a sua parte na perfeição e foi o que aconteceu.
Já agora quem orienta os jogos constantemente durante o próprio jogo são treinadores com menos experiencia e alguns porque gostam de dar nas vistas , fazer expectáculos desnecessários.
A liçao vai toda estudada ao minimo detalhe , todos sabem o que têm que fazer em todos os momentos do jogo, por vezez e isso sim ter que corrigir algumas posições mas....não pode prever e evitar as falhas dos seus jogadores.
A tactica foi a correcta , houve vontade e espírito de grupo faltaram outras coisas que a equipa não consegue garantir se não fõr em superação.
As substituições hoje tambem me pareceram correctas talvez o senão do pobre do Montero ter la ficado tempo a mais.
E como pode dizer que não tentaram? eu vi que tentaram e fizeram uma primeira parte quase impecável de tal forma que faz descofiar os alemães para a 2 mão mesmo tendo 2 golos de vantagem .
Vá-lá um pouco mais de fé caro amigo.
Pessimos estiveram a dupla de avançados da TVI ,esses sim deviam ter sido substituidos os 2 em simultaneo logos aos 10 minutos de jogo.
Saudações.
Sem imagem de perfil

De Helder a 19.02.2015 às 20:36

Calma !! Na liga europa empatar fora 2-0 é sempre um bom resultado!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.02.2015 às 21:03

Queria só destacar alguns pontos, que explicam este resultado, pelo lado positivo boa exibição do Patricio (evitou goleada após o 2-0), pelo lado negativo Jefferson esteve miserável, tal como Adrien (muito lento a decidir, perdeu muitas bolas no meio campo) e Montero (não vamos lá com um ponta de lança que não ganha uma bola no jogo aéreo, sente-se muito a falta de Slimani...).

Penso que acaba por ser um resultado justo, (apesar daquele penalty por marcar que marcando, poderia ter sido um jogo totalmente diferente...).
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.02.2015 às 21:05

Começo por comentar a péssima exibição da dupla de emplastros de serviço ao jogo da TVI, pareciam relatar e comentar um jogo de golf tal era a (falta) de "vontade" mas quando joga um outro clube de Lisboa têm outra alma e positivismo como já presenciei por diversas vezes.
Péssimos profissionais e o meu polegar para baixo para a TVI.
Quanto ao jogo já estávamos preparados para algo mau que viesse a sair dali, mas a equipa até que conseguiu surpreender positivamente e prometer com o que fazia na 1ª parte.
Ficou evidente e claro a diferença de ritmo que a nossa equipa está habituada a jogar neste futebolzinho portugues, aqui viu-se em comparação o ritmo e intensidade do devagar , devagarinho e parado com que jogámos contra o Belenenses.
A intensidade sobre a bola da equipa alemã é doutro campeonato e que só com muita concentração no passe e boa proteção da bola podemos contrariar , fazer correr a bola e nao correr com ela.
O penalti, o golo a frio no início do 2º tempo tambem ajudaram para a marcar a partida para o lado dos alemães.
O problema agora ficou mais grave que é termos que marcar 3 golos sem que os alemães marquem nenhum uma tarefa quase , "quase" impossível mas....... não é.
O jogo deles é feito com passes muito precisos e sempre em velocidade , pensam rápido e sempre na direçao da baliza adversária.
João Mario e Carrilho é verdade que poderiam ter marcado mas.......pois e Rui Patrício? Esteve lá e todos no estádio o viram muito bem e levaram para recordar.
Montero também nao vai esquecer um dia ter jogado rodeado por todos os lados de Panzers e pensar que devia ter menos uns centimetros e conseguia passar por debaixo das pernas deles.
Nada está perdido vamos fazer suar os alemães em alvalade e vender cara a eliminaçao se esse fôr o destino.
A nossa equipa esteve perto do que é capaz de fazer e agora terá na 2ª mão que se superar ao melhor que já fizeram esta época.
Sem imagem de perfil

De leoanonimo a 19.02.2015 às 22:58

tem a certeza que viu o jogo na TVI?
É que na minha televisao deu na SIC
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.02.2015 às 23:21

hhhhhh boa, claro que sim meti na cabeça que tinha sido a TVI, as minhas desculpas desde já á estação TVI pelo lapso , na sua e na minha TV foi obviamente na SIC mas só fixei aqueles "geniais!!!!!" comentadores e o seu "enorme entusiasmo!!!!!" nos comentários e relato ao jogo.
A minha falha é apesar de tudo menos grave que as falhas de hoje do Jeferson :)
O meu polegar virado para baixo para a SIC e aos seus (maus) profissionais de serviço ao jogo.
E obrigado pelo reparo.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 19.02.2015 às 21:22

Apesar da diferença de dois golos ser um pouco excessiva, parecemos sempre uma equipa muito macia embora esforçada

Está a acontecer com MS mais ou menos o mesmo que o LJ, estamos muito previsiveis no ataque - sem ideias, sem alegria a jogar e agora sem o Slimani para bombear bolas para a área

MS não pode ter medo de arriscar - mesmo com 2 avançados mais moveis é raro jogarem em simultaneo

Depois Adrien está em baixo de forma há muito tempo - o que não faltam no plantel são jogadores que possam jogar nessa posição

Depois temos Guald que merece muito mais oportunidades

Enfim - parece que mudar o chip, era apenas uma força de expressão e nao queria dizer nada em especial
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:29

A aparente "falta de alegria" deve-se ao facto de termos de jogar um jogo muito disciplinado tacticamente e não temos "armas" suficientes para desequilibrar.

Podemos arriscar com um jovem, mas não temos ninguém no plantel ao nível de Adrien. O problema é que ele não pode "carregar o piano" sozinho.

Como quase sempre, quando se perde, quem não está é "melhor".
Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.02.2015 às 21:49

Ninguém ao nível de Adrien , isto sim é mitológico , Adrien é o elo mais fraco do meio campo do Sporting , os treinadores estão viciados e dependentes da sua agressividade no momento da recuperação ou como ocupa espaço quando temos de jogar sem bola. Num modelo puramente de transição consegue destacar-se minimamente , mas com bola é muito fraco , solta lento pouco criativo , decide invariavelmente mal , fora que tem um remate exterior que só se acerta na bola em cheio é que pode entrar , o resto é desastre faz tudo em esf0rço , mas tem estatuto e tem um ordenado milionário imposto por Jorge Mendes ao Godinho. É dos mais respeitados do balneário.

O golo nasce num erro de infantis de marcação , que se deixa dribblar 2 vezes , sendo que oferece o meio , de onde sai o passe letal que apanha o Jefferson completamente distraído. Isto porque o senhor Adrien saiu à pressão sozinho e foi fintado , ele que tem uma imagem de jogador agressivo , é um jogador simplesmente...banal.

O malfamado Martins nas funções do Adrien não a médio mais subido , é um jogador muito mais criterioso no passe , igualmente intenso , e muito mais inteligente , sim porque Adrien não tem inteligencia de jogo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:55

Estou admirado não ter referido, novamente, o Ramia, que ontem cometeu outra falta para grande penalidade e foi expulso, mais uma vez.

Até parece que depois de Adrien ser menos conseguido no meio campo, naquela jogada, não temos uma defesa atrás dele.

E a solução é... André Martins. Muito bem !
Sem imagem de perfil

De Renman a 20.02.2015 às 07:02

Completamente de acordo!

Infelizmente continuo sem perceber a aposto em Adrien, deixando de fora Gauld, Martins e Mallman
Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.02.2015 às 21:58

Isto seguindo que todos os médios de transição , Mallmann , Martins , João Mário , são jogadores superiores ao Adrien no momento ofensivo , e Mallmann e Martins são competentes a defender e a atacar o portador da bola idem , que é a unica utilidade de Adrien em campo.

O Rui ali em cima fala em falta de qualidade do plantel , um jogador de 19 ou 20 anos é um jogador , e deve ser sempre avaliado pelo seu talento não pela sua idade , a qualidade tem de ser sempre o primeiro fator a ter conta quando se lança alguém a jogo , e isto já custou muito ao Sporting , mas alguns adeptos preferem continuar nesta narrativa de que não há soluções , na altura de Sarr e Mauricio em Maribor e em Gelsenkirchen também não havia soluções.

Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.02.2015 às 22:03

O Rabia joga na posição de Adrien? Eu comentava o Rabia no jogo da equipa B , mas penso que quando acabou o jogo não estava por aqui a noticia que só saiu a horas tardes ( que o Rui certamente estava disponível) e eu não estava por aqui, senão comentava o seu péssimo jogo.

Vi no jogador grande potencial número 6 acima do Rosell , e não avalio nunca jogadores nervosos , senão diria que Jonathan Silva é um flop.


Não disse que Martins é a solução , disse que o que Adrien empresta a equipa , Martins dá e muito mais , prefiro Mallmann ou João Mário pois são mais criativos na minha opinião , Mallmann que fez um golo e uma enorme assistencia para um grande golo de Sacko.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 19.02.2015 às 22:34

A falta de alegria foi até mais no jogo de Sabado, do que hoje

Eu compreendo isso, mas na minha opinião Adrien está cansado - provavelmente até é o melhor para a posição, mas isso não quer dizer que jogue sempre

As apostas com jovens não têm corrido mal, mas se MS não quiser ser tão aventureiro, tem outras opções como recuar J. Mario ou mesmo André Martins
Sem imagem de perfil

De JG a 19.02.2015 às 21:23

Bom jogo do Sporting. melhor na primaira parte do que na segunda, porque sofremos então dois golos. O Sporting em grande parte do tempo dominou o jogo. Boa preparação da partida por parte do nosso treinador, como normalmente acontece. Má condução do jogo por parte de Marco Silva. Lento e tardio a reagir aos acontecimentos. Incapaz de antecipar os problemas. Ou foi erro meu ou tive a ideia que Adrien não jogou. Claro que Jefferson comete um erro no primeiro golo, mas a "pressão" de Adrien sobre Naldo é, apenas e só, patética. Naldo driblou duas vezes e Adrien colocou-se pelo lado exterior deixando o caminho aberto para o central efectuar o passe. Mas , não fez nada direito, perdeu a bola dezenas de vezes. É incrível como joga nesta equipa neste momento específico da sua forma. Wallyson, por exemplo, é capaz de fazer bem com souplesse tudo aquilo que Adrien faz mal num esforço quase titânico. Nani, esteve fraco. Com o Nani da Liga dos campeões estes alemães tinham sido derrotados. Carrillo está outra vez fraquinho. Falhou um golo incrível. João Mário com a sua baixa intensidade não jogou mal mas quem falha um golo como o que ele falhou não merece perdão. Devia ter sido substituído no momento. Não achei bem a saída do Montero. Mais uma vez era importante arriscar jogando com os dois avançados. Eram só 15 minutos, valia a pena arriscar. Paulo Oliveira fez o pior jogo desde que está no Sporting, com um lapso terrível no segundo golo. Tobias esteve muito bem. Rossel mostrou que é um bom jogador que com um treinador mas amigo da mudança e da gestão dos recursos joagria mais vezes. Não devia ter saído. Ficou o inútil Adrien em campo. O árbitro foi péssimo e no lado oposto Patrício foi notável. De toda a equipa o melhor jogador e o melhor em campo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:32

Quer dizer, todos estiveram mal, mesmo os que até fizeram um jogo decente, mas Montero, que não fez coisa alguma, nem controlar uma bola, é que não devia ter saído.

Bem... deixa-me a pensar no que vi tão diferente.
Sem imagem de perfil

De JG a 19.02.2015 às 21:57

Agradeço o seu comentário, mas permita-me que chame a sua atenção para as seguintes questões: 1º - Do que eu disse poderá concluir, ao menos por exclusão de paertes, que eu entendi terem jogado bem os seguintes jogadores: Patrício, Cédric, Tobias, Rossel, Nani -não está ao nível da Champions, foi o que eu disse, mas reparei no passe a isolar Carrillo que daria normalmente um golo - João Mário - desagradou-me o falhanço e alguma baixa intensidade, só isso - Carrilo - embora abaixo de tempos recentes - e Montero. Daqui dificilmente poderá concluir que eu achei que jogaram todos mal excepto Montero.
2º - Percebo, pelos comentários que vou lendo, que não aprecia as qualidades de Montero ou pelo menos a sua utilidade para a equipa. Eu discordo disso. São diferentes opiniões apenas e só. Acho que neste jogo Marco Silva deveria ter arriscado e juntado Tanaka com Montero. Tal como contra o Belenenses quando achei um enorme disparate a substituição de Montero por Tanaka. Entendi então que Tanka deveria ter jogado junto com o colombiano. Aprecio as qualidades de Tanaka, acho-o um jogador útil. Mas, sinceramente, acho Montero um jogador de outro nível. Julgo que o colombiano é uma vitima do jogo cada vez mais exterior do Sporting. Saudações leoninas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 22:12

Apenas para esclarecer, tenho apoiado muito o Montero , desde que chegou ao Sporting, mas como o passar do tempo desilude-me cada vez mais. Grande técnica e boa leitura de jogo, mas é muito macio, não tem a fibra para jogar na área.

Concordo que Tanaka é um jogador muito útil e que pode causar estragos na área. Devia ter entrado muito mais cedo no jogo de hoje.

Nani, desde que veio da lesão, não tem sido o mesmo, embora se saiba que tem a capacidade para de um momento para o outro fazer uma jogada brilhante.

Enquanto não for criado um jogo interior, possivelmente pela integração de Gauld e/ou Wallyson , Montero será sempre quase inútil no jogo pelas alas.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.02.2015 às 21:50

A equipa não está a atravessar um grande momento.
O arbitro como já é habitual em território alemão não esteve à altura e mais uma vez o SCP paga uma factura elevada.
Temos vários jogadores em quebra de rendimento.
O Nani anda desaparecido.
O Marco Silva não é capaz de aproveitar outros jogadores para além dos habituais.
Eu quero acreditar que temos argumentos para dar a volta a esta situação mas não está fácil!

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 21:58

Aproveitar quem Sérgio ?

Admite-se que Montero devia jogar menos, muito menos até. Que temos Gauld e Wallyson, mas será que eles estão mesmo aptos para este nível ?

De resto, não vejo outras soluções.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.02.2015 às 22:02

Sim Rui +Gauld que o Wallyson já que os problemas que a equipa denota são mais ofensivos que defensivos.

André Martins hoje!? para que para encalhar ainda mais o nosso jogo só pode!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 22:14

Não podemos minimizar o impacte da ausência de William. Influencia, e muito, o rendimento dos outros médios, e não só.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.02.2015 às 22:20

estamos a precisar urgentemente de uma vitória por números mais folgados ... no domingo temos mais um autocarro estacionado em Alvalade!
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.02.2015 às 21:53

Temos uma equipa razoável. Mas, para se aumentar o nível desta equipa são precisos mais alguns jogadores, de qualidade e experientes. Principalmente para fazer melhor figura nas competições europeias. E uma equipa não são 11. Há jogadores que não têm suplentes à altura, quando surgem cartões, lesões ou estão fora de forma.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 22:00

Precisamente o que eu já referi Pedro. As tais "armas" com a capacidade para desequilibrar.
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 19.02.2015 às 22:16

De forma resumida:
1) 1ª parte bastante interessante - podíamos ter marcado
2) penalty a nosso favor que se assinalado e transformado podia ter dado outro rumo ao jogo
3) pior que sofrer golo aos 45m é sofrer golo aos 46m. A equipa vem com uma estratégia definida e tudo vai por água abaixo e foi nítido que a equipa ficou abatida
4) alguns jogadores muito abaixo de exibições individuais e excesso de erros individuais
5) sem Slimani não temos outro ponta de lança ao mesmo nível
6) do outro lado esteve um adversário que é um bom embaixador daquilo que é o rolo compressor do futebol alemão
7) o plantel em termos de número de jogadores com qualidade é curto e, quando 3 ou 4 jogadores se lesionam, ou estão castigados ou em baixo de forma, a equipa ressente-se
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 19.02.2015 às 22:24

Otto Gloria costumava dizer "não se fazem omeletas sem ovos", Szabo, salvo erro, dizia "eu treino os jogadores e quem joga são eles". Um único jogador dos alemães vale tanto como ao orçamento do Sporting, digo eu. E a culpa é do Marco Silva?
Batemo-nos de igual para igual durante a primeira parte. Sofremos um penalti não marcado. Tivemos a melhor oprtunidade e falhamos. Ou melhor, falhou o Carrilho. Ou seria o Marco Silva? Se calhar vi mal.
No início da segunda parte, um jogador alemão, pegou numa bola perdida no meio campo e sempre seguido por jogadores do Sporting levou-a até à àrea onde a passou à vontade e deu golo. A culpa é do Marco Silva?
Acabámos com nove portugueses, a maioria jovens e inexperientes nestas andanças. Tivemos um Nani que pouco se viu, salvo em pormenores. Um Jefferson muito nervoso e complicativo. Um João Mário que isolado frente à baliza achou que era defesa. Não. Foi o Marco Silva.
Jogámos com a equipa que goleou o Bayern? Não! Deve ter sido co o Vildemoinhos ou coisa parecida, que usa as mesmas camisolas. Quem ataca aqui, de forma despudorada o treinador, o que quer? Que se contrate o Guardiola, o Mourinho, o Vilas Boas? Ou quer que se contrate durante a época quatro treinadores, como há dois anos, para conquistar o sétimo lugar? Ou então porque não pede ao Presidente que compre grandes craques experientes?
Ao fim e ao cabo há adeptos que não aprendem nada com a História. Mas se calhar o burro sou eu. Arrisco. Mas há apreciações que me tiram do prudente silêncio.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.02.2015 às 22:46

👍 Isto são nervos...
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.02.2015 às 22:50

Perfeito amigo Naçao Valente até incluir o Vilas Boas no top podia ter evitado. Mas o Vilas Boas agradece. :)
Sem imagem de perfil

De Mosquito Zarolho a 19.02.2015 às 22:51

Apesar de achar que MS podia arriscar mais em meter novos jogadores a jogar sem ser aqueles que já todos sabemos que jogam, tenho de concordar com o nação valente!

Estamos a comparar o incomparável, não há dinheiro, não pode haver vícios a este nível. Então os pobrezinhos no mês passado gastam 32M num único jogador (que deve ser o mesmo que valem os nossos 14 que jogaram hoje) e nós queremos molhar o pão na sopa??

Se eu quisesse ser mordaz chispalhão ou que raio é o novo termo que eu ainda não fui ver na diciopédia, diria que estamos a precisar de uma nova crise para ver se a serie de vitorias regressa. Volta JE estás perdoado!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 22:54

Meu caro,

Uma daquelas ocasiões em que, de boa consciência, só posso subscrever o seu comentário, na íntegra.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.02.2015 às 22:55

Isto é dirigido ao leitor "Nação Valente".

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo