Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dar uma no cravo e outra na ferradura

Rui Gomes, em 04.09.13

 

 

Bruno Carvalho em conferência de imprensa pela apresentação de Vítor Silva e Iván Piris, os dois mais recentes reforços do Sporting:

 

«Não tenho dúvidas que qualquer jogador que está no Sporting está de corpo e alma. Por isso, de certeza, Rui Patrício está no clube que ama e que o fez no grande guarda-redes que é. Quando o Rui Patrício tiver de sair do Sporting certamente que será para um clube que o queira verdadeiramente sem ser a saldos, pois não é isso que ele nem o Sporting merecem.»

 

*** Demagogia à parte (corpo e alma e amor), concordo no essencial com as considerações do presidente do Sporting. Tendo em conta a qualidade à raiz do jogador e após a recusa de 10 milhões de euros do Arsenal, acho que o Sporting foi certeiro em não facilitar a venda do guarda-redes por valores abaixo do que é justo e merecido. Não tenho dúvidas algumas que Rui Patrício vai continuar a ser o grande profissional que sempre foi e que dará o seu melhor ao Sporting. Dito isto, sei - não penso, sei - que ele está muito desapontado por não ter sido transferido. Este seu estado de espírito não reflecte no seu sportinguismo nem na sua dedicação ao Clube, mas pela expectativa que foi criada à meses atrás e pelo seu próprio desejo de enfrentar outros desafios, de preferência em um clube do topo europeu que, para o caso, até nem seria o Mónaco, salvo, decerto, pelo contrato milionário que o esperaria no principado.

 

«O Bruma foi mais um jogador que saiu entre muitos. O Sporting teve um comportamento exemplar, apesar de muitos sportinguistas terem duvidado. Sempre dissemos que estes assuntos devem ser tratados com calma e sigilo, mas penso que foi bom, primeiro pela decisão da Comissão Arbitral Paritária, depois porque o Sporting acabou por realizar uma venda que veio ao encontro do desejo do Bruma.»

 

*** É por declarações deste género que Bruno de Carvalho me exaspera e me perde, por eu, como sportinguista, me sentir intelectualmente ofendido. Este presidente do Sporting ainda não percebeu que a vasta maioria da sua audiência não anda distraída ou mal informada e que quando ele discursa as suas palavras são ouvidas com reflexão ponderada.

 

Andamos há semanas a debater esta contenda, por isso não ouso "massacrar" os leitores com um resumo do muito que ocorreu desde que o diferendo Bruma começou. Será suficiente sublinhar que o todo do processo foi tudo menos "calmo" e sob "sigilo" e que a diferença entre desfechos recai apenas e tão só na ainda muito discutível decisão da CAP, que permitiu com que um grosseiro erro de cálculo do presidente se tornasse em um negócio de milhões. Bruno de Carvalho tem feito algumas coisas boas e deveria reconhecer que este não é o momento para mais da sua usual arrogância, mas sim para humildade e serenidade, pelo longo e espinhoso percurso que ainda tem pela frente.

 

publicado às 22:25

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De jose a 05.09.2013 às 10:46

Caro Rui, não esperava outro comentário da sua parte sobre as recentes declarações do BdC.

Preferia um discurso elitista, opaco, hermético? Queria que dissesse que o RP estava desgostoso, triste? Inicialmente até podia estar, mas esses sentimentos passam com tempo.
Sinceramente, sinto os jogadores com mais garra, dedicação e se quiser, com mais amor a camisola. Sei que na sua opinião são demagogias…

Eu prefiro o discurso de BdC, popular, claro, perceptível e galvanizador aos discursos que existiam recentemente, sem qualquer nexo, vazios…

Quanto os negócios, é preciso atender que existe a pressão da banca para fazer alguns encaixes, desfazer uma grande quantidade de pesos mortos para equilibrar as contas e não vender aos saldos, tenho que reconhecer que neste contexto, é preciso ter nervos de aço e muita grande capacidade de negociação ao contrário do costuma dizer. A sua equipa está a trabalhar bastante bem. Ainda faltam 4 jogadores pesos mortos (Labyad, Jeffren, Bojinov e Evaldo) para despachar, que corresponde a uma grande fatia do orçamento, vamos aguardar.
Por mim e atendendo que não querem baixar o salário e compreende-se, mas já não se compreende que não queiram facilitar o seu empréstimo para outro clube, sabendo que vão ficar encostados. Por mim, encostava-os as reservas.
Alguns podem dizer que desvalorizam ainda mais. Bem, não podemos valorizar um jogador porque é apenas caro, ou tem o perfil (qualidade, empenho, motivação…) para integrar na equipa ou fica afastado caso contrário ainda fica mais caro e estamos a tapar o lugar a outro que queira evoluir
Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 05.09.2013 às 11:48

Ou seja, o meu amigo gosta que lhe venham com "tangas".

Pela minha parte, o problema nem é o que ele tem feito. Erros todos cometem e a comparação com o passado recente vai-lhe permitir ter muitos adeptos com ele por mais uns tempos. Há muita coisa positiva, e podia haver muitas mais com uma abordagem menos arrogante e intransigente das questões.

Agora "tangas" como a do Patricio e do Bruma são uma ofensa à inteligência de qualquer pessoa que esteja minimamente atenta. E isso complica-me os nervos um bocado.

Fico a aguardar ansiosamente pelas declarações dele sobre o que quer que seja que vão inventar para o Labyad.
Sem imagem de perfil

De jose a 05.09.2013 às 12:15

Caro Jorge, queria que o RP saísse a saldos? Disse anteriormente que admito que numa fase inicial tenha ficado frustrado e depois, a nossa vida não é feito de tristezas e alegrias? Quem é que lhe diz que pensando bem foi a melhor opção para ele? Se fizer um excelente campeonato do mundo, ganha mais com a percentagem que tem no passe, é mais fácil ir imediatamente para um clube de topo e com salário mais elevado ou acha o Mónaco um clube de topo? É de topo para ganhar dinheiro. Da conversa do Schaars que estava no sporting pelo dinheiro, podemos dizer que o Mónaco é como o sporting a uns tempos atrás, com a diferença, o primeiro é dos ricos e o segundo dos pobres, estão lá pelo dinheiro.

Por último, desejo que os nossos jogadores tenham sucesso, quer no Sporting que em futuros clubes, mas não devem sair porque é bom para o jogador, tem que ser bom também para o Sporting.

Do Bruma já comentei por aqui que a minha preferência é que ficasse, aliás, defendo que todas as "estrelas", fiquem no Sporting pelo menos 3 anos, dou primazia ao retorno desportivo face ao financeiro. Não estando defendido com contrato longo antes da sua visibilidade, é quase impossível segura-lo ou outro qualquer.

Temos um jogador, William, em breve será da selecção e cobiçado pelos tubarões mas espero que fique pelo menos 3 anos a não ser que saia pela cláusula de rescisão, aí nada a fazer. Como está blindado e bem antes da sua visibilidade, penso que não haverá confusões.


Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 05.09.2013 às 14:14

Meu caro,

Não interpretou correctamente o que queria dizer ou não me expressei correctamente.

O meu comentário tem mais a ver com a forma populista e demagógica (na minha opinião) como o BdC explicou as situações do RP e Bruma e a sua defesa das mesmas apresentadas daquela forma.

Evidentemente que não quero que o Sporting seja prejudicado numa eventual saida do Rui Patricio e acho muito bem que se tenha acautelado o futuro com alguns dos jovens da B, embora não se saiba exactamente que contratos lhe foram oferecidos e vamos la ver dos 19 quantos não vamos comparar com o Afonso Martins daqui por uns tempos. Independentemente disso concordo com o principio adoptado.

Agora dizerem-me que "(...)será para um clube que o queira verdadeiramente sem ser a saldos, pois não é isso que ele (RP) nem o Sporting merecem" acerca do RP ou que "Sempre dissemos que estes assuntos devem ser tratados com calma e sigilo (...)o Sporting acabou por realizar uma venda que veio ao encontro do desejo do Bruma" acerca do caso do Bruma, parece-me que é menosprezar a inteligência das pessoas.

SL
Sem imagem de perfil

De jose a 05.09.2013 às 15:09

Em primeiro lugar, dou preferência a gestão face aos discursos e quanto a gestão, na minha opinião e baseando-me nos factos que têm sido públicos, globalmente tem sido excelente e elogiada até por pessoas que não simpatizam ou não simpatizavam com o BdC.

Quanto aos discursos, depende da sensibilidade de cada um e da sua interpretação, desde que não entre na má criação, que respeite os adversários, tudo o resto é acessório. Como costuma dizer o Seara, é uma questão de semântica.
Na minha opinião é um discurso popular, assertivo e galvanizador. Outros dirão que é populista, demagógico… Uma coisa é certa e aí penso que estaremos de acordo, discursos bonitos, associadas a uma gestão ruinosa, não leva no nosso clube a lado nenhum. Felizmente não tem sido o caso.
Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 05.09.2013 às 15:43

Reservo a minha análise sobre a gestão para mais tarde.

Se ainda se lembra, com o GL mais ou menos por esta altura ainda andávamos entusiasmados com o Carrillo que era um achado, com o Jeffren que tinha vindo do Barça, Capitão América isto e aquilo, o Domingos era grande treinador, Insua melhor lateral esquerdo em Portugal, Rinaudo um leão em campo, etc, etc, etc.
2 anos depois veja bem como estamos e o que dizemos desses mesmos jogadores.
E não vamos ter ilusões, enquanto a bola for entrando a gestão nunca é muito má :)

Parece-me a mim que é demasiado cedo para dizer que a gestão tem sido excelente, média ou má. Não nego, no entanto, que tem havido muita coisa positiva em relação ao passado e que até superou as minhas expectativas nalguns pontos. Mais que isso parece-me extemporâneo nesta fase.

Sem imagem de perfil

De jose a 05.09.2013 às 16:06

Como sabe Jorge, falar em pós-factos é fácil. Temos que falar alguma coisa também do presente, trocar ideias...
Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 05.09.2013 às 16:42

Pois é, meu caro, para mim é como lhe digo no ultimo paragrafo.

Há indícios positivos e situações em que não gostei da abordagem, mas opiniões mais definitivas que esta, nesta fase, estaríamos a discutir questões de fé e nisso não me meto.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds