Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estrutura e Sócios - 6 meses depois

Rui Gomes, em 05.09.13

Capítulo I - Do que não gostei

 

- Não gostei das promessas vazias, quer de disponibilidades de Tesouraria, quer de investidores para aumentos de capital. Como aqui tínhamos

dito, não havia ninguém que, na situação anterior, se aventurasse a ventilar a SAD com os valores necessários. E o único que, de algum modo, o fez - o Sr. Sobrinho - bem como os outros que ainda o poderão fazer a curto/médio prazo (sindicato de entidades com ligações ao BES/KPMG ou seja, ao anterior Conselho Fiscal), tinham sido caracterizados pelo actual Presidente como "indesejáveis".

 

- Não gostei da declaração de que o terceiro homem do futebol era ele - o Presidente. Depois de todo o suspense criado em volta do misterioso personagem, afinal nunca existiu nenhum terceiro elemento.

 

- Não gosto deste marasmo de indecisão quanto à tão reclamada Auditoria de Gestão. Afinal, tanto barulho para nada... Acreditem quando digo que, se o Conselho Fiscal assim o quisesse, em dois meses teria organizado e posto em marcha esta Auditoria. Aparentemente não haverá vontade - ou será competência - para a conduzir, pois passado todo este tempo não sabemos de absolutamente nada.

 

- Não gostei nada da celebração de um Protocolo entre a Fundação Sporting e a Fundação do Presidente do Sporting. Isto configura uma mistura de papeis que não é de todo aceitável e que revela amadorismo e evidente conflito de interesses - para me ficar pelo mínimo que lhe posso chamar - na gestão do património associativo.

 

Texto da autoria de Desert Lion

 

Amanhã: Capítulo II "Do que gostei"

 

publicado às 03:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Sem imagem de perfil

De jose a 05.09.2013 às 17:04

Você quer colocar o Labyad a jogar só porque é caro? Idem para o Jeffren? O Jeffren foi dos jogadores contratados pelo GL que mais acreditei, por razões várias, nomeadamente as lesões tornaram-no num flop. O Labyad não tem mostrado o valor que prometia ter. Acontece, é possível que aconteça o mesmo ao Bruma na Turquia.

O Sporting tem que pensar é na valorização da sua equipa e não do jogador A ou B. Neste momento, nenhum dos jogadores que referiu têm lugar na equipa.

São pesos mortos porque face o custo vs rendimento não trazem mais-valia, só despesas. Já imaginou se fossem transferidos para outra equipa, quanto o Sporting pouparia? Provavelmente daria para pagar todas as renovações dos jovens e ainda sobrava.

Alguns por aqui dizem que não desaprendem de um ano para outro e aparentemente parece que é esta direcção que não vão com a cara destes jogadores porque vieram da direcção anterior. Então se são assim tão bons como é que não aparece clubes interessados em ficar com eles, não pagando o passe, pagando apenas o salário? Dois milhões por ano em muitas ligas da Europa para avançados bons, é relativamente barato, mesmo assim não aparecem.
Sem imagem de perfil

De AM a 06.09.2013 às 01:51

Caro José,só agora pude vir ao blogue e ler a sua resposta.
O que diz é muito comum e encontra-se muito na blogosfera.Podíamos estar aqui a discutir opiniões sobre jogadores durante muitas horas e não chegar a conclusão nenhuma.

O Labyad em particular jogou tão mal o ano passado como o Adrien ou o Cédric,que este ano estão a jogar bastante bem.Não é por alguns jogos menos conseguidos na pré-época que se exclui um jogador.É uma decisão de fundo.Pensada.

Mas eu não quero nada.Aceito totalmente que o meu clube(ou qualquer clube) tome as decisões quanto ao plantel que quer ter.
Como disse num comentário anterior Keith Burkinshaw dispensou Manuel Fernandes e os Sportinguistas aceitaram.
O que já não se pode aceitar é termos esses jogadores a ganharem salários supostamente incomportáveis e não jogarem.

Ou será que por não jogarem ganham menos?
Labyad é apenas um exemplo embora os salários "incomportáveis" sejam atribuídos também aos restantes(menos,talvez,a Evaldo).
Mas vai verificar que se não forem transferidos até ao fim do prazo os seus salários são totalmente comportáveis.

Mas como já disse espero que a questão se resolva.
Em qualquer caso de certeza que falaremos disto novamente e garanto-lhe que se tudo for resolvido adequadamente cá estarei para aplaudir.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo