Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

A forma de actuar da Direcção do Sporting e em particular do seu Presidente nestes primeiros 6 meses de mandato (de que é sintomático o inenarrável comunicado de ontem sobre a situação de alguns jogadores) não me surpreendeu; o que me surpreendeu foi que se tenha gerado esta onda de entusiasmo à volta do Sporting e aí tenho que lhe tirar o chapéu, nomeadamente o trabalho muito bem feito ao nivel da comunicação social e de projecção da própria imagem, ao nível do que fizeram os últimos Presidentes do Benfica.

 

Muitos dos meus amigos sportinguistas acham que a Direcção tem feito um bom trabalho nestes 6 meses e referem nomeadamente a contratação de Leonardo Jardim, a aposta na Academia, a venda do Bruma, a reestruturação financeira e de meios humanos e a pacificação do clube. Eu respondo-lhes que o trabalho feito até agora tem sido o que seria de esperar, olhando para o passado e perfil do Presidente da Direcção, mas a verdade é que a sua imagem e em alguns casos o próprio Sporting, tem aparentemente beneficiado de algumas das suas insuficiências (sorte de principiante?), senão vejamos em 6 pontos:

  1. Como era desejo da esmagadora maioria dos sportinguistas esta Direcção tentou manter o prof. Jesualdo Ferreira como treinador. Tendo sido incapaz de conseguir convencê-lo a ficar no Sporting, acabou por contratar Leonardo Jardim, que se veio a revelar a melhor contratação do ano, até porque por exemplo cortou pela raiz as ideias bizarras defendidas até à exaustão do candidato Bruno de Carvalho de separar a componente física da parte técnico-táctica. A forma raçuda de actuar da equipa, que o Presidente tenta desavergonhadamente ligar a si próprio (coisa quase única no desporto mundial), está umbilicalmente ligada ao treinador que sempre colocou equipas a jogar desta forma e acredito que assim continuará se esta Direcção não interferir no seu trabalho.
  2. A compra de 10 jogadores para a equipa principal (9 dos quais estrangeiros), que é o dobro do que estava previsto no programa eleitoral de Bruno de Carvalho, é elucidativa quanto à vontade desta Direcção apostar na Academia. Apesar disso, os bem resgatados Wilson Eduardo e William Carvalho e os próprios Cedric e André Martins têm beneficiado de algumas contratações não terem sido tão cirúrgicas e são titulares em vez dos reforços Slimani ou Cissé, King, Welder e Magrão. Ou seja, a aposta na Academia tornou-se realidade na equipa titular por aparentes falhanços nas contratações, embora seja ainda muito cedo para uma avaliação final. Prevejo ainda que em pouco tempo Cedric e André Martins saiam do onze inicial. A estrutura da Academia do Sporting perdeu agora todas as suas referências com excepção de Aurélio Pereira e assim esta Direcção só veio agravar uma situação que piorou muito no mandato de Godinho Lopes. Renovar a torto e a direito com quase toda a equipa B é uma estratégia com algum risco mas faz algum sentido no contexto actual porque nos próximos tempos e com a gestão recentemente seguida teremos cada vez menos craques a despontarem na Academia (olhe-se por exemplo para a fraca presença leonina na selecção nacional dos sub-17).
  3. A Direcção foi incapaz de evitar o extremar de posições no caso Bruma que tinha tudo para ser a grande estrela do Sporting este ano e pelo que se sabe aceitaria um ordenado para renovar na ordem do que está a ser pago por exemplo ao Mauricio. O resultado foi um dos melhores encaixes de sempre na venda de um jogador, o que é assinalável olhando para o baixo número de jogos feitos na equipa principal, a sua idade, o comportamento neste processo que se pode repetir e o facto de em Janeiro ficar livre para assinar por outro clube. Eu só vou ficar mesmo contente quando vir esse dinheiro todo no Sporting sem comissões aqui e ali e sem lavagens.
  4. Como já seria de esperar os 15 a 20 milhões prometidos na campanha eleitoral pelo candidato Bruno de Carvalho não existiam. Depois afinal esse dinheiro só iria aparecer depois da reestruturação financeira mas ainda estamos à espera de o ver. Felizmente isto não impediu a conclusão da reestruturação financeira negociada em 2007 com Filipe Soares Franco e acordada com Godinho Lopes. Aqui dou a esta Direcção o mérito de ter melhorado o ponto relacionado com a hipoteca sobre o direito de superfície do estádio e do multidesportivo, depois de ter assustado a Banca com uma conferência de imprensa no minimo “sui generis” que garantiu que nos próximos tempos não teremos mais nenhum banco excepto o BES a apoiar o Sporting.
  5. Vantajosa foi a imposição da Banca de se fazer um emagrecimento da estrutura de pessoal do clube, o que serviu para finalmente começar a emagrecer uma estrutura demasiado pesada e resolver questões de pessoas com vencimentos desfasados da realidade portuguesa, embora pelo que se sabe terá sido seguido um critério político que implicou chorudas indemnizações e ainda vários processos a correr em tribunal. Aqui o protocolo com a Fundação Aragão Pinto que inclui uma partilha de recursos humanos constituiu o ponto mais baixo, mas nada que não se esperasse.
  6. A pacificação do clube é um facto e é muito raro que ouse criticar a Direcção. A verdade é que tal como aconteceu com Godinho Lopes todos têm direito a um estado de graça particularmente se a equipa de futebol ganha e, por outro lado, os habituais desestabilizadores / papagaios fazem parte do “inner circle” desta Direcção.

O meu objectivo é pôr as pessoas a pensar e alertar para o que vejo se está a passar no nosso clube que, tal como escrevi há uns tempos, está cada vez mais parecido com o Benfica no que este tem de pior, até agora nesta vontade de rasgar contratos. Gostava muito que o Sporting saisse desta situação muito difícil em que se encontra, mas vejo que está a ser atirada muita areia para os olhos dos sportinguistas que parece que depois dos traumas recentes querem ser enganados por quem tem nisso já alguma prática. O problema é que já não há margem para erros.

 

publicado às 11:28

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


40 comentários

Sem imagem de perfil

De JL a 11.09.2013 às 12:23

Para quando o exercício de justaposição dos 6 meses deste mandato com os 6 meses do mandato anterior?

Este post é das leituras mais capciosas que alguma vez li sobre a realidade do Sporting e é prova acabada de que devia haver um Sporting à parte, governado por quem lá andou nos últimos 17 anos, para acolher quem deles parece ter tantas saudades.

Dizer que o que de bom se tem visto no Sporting mais não é do que uma externalidade positiva do mau que o Presidente tem é próprio de quem já tomou posição sobre as sucessivas Direcções do Sporting, e agora se apresta a albardar a realidade a essa posição.
Sem imagem de perfil

De joão carlos machado a 11.09.2013 às 12:37

Tanto azedume porquê city???
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 15:41

JL, essa insistência na comparação com a gestão anterior é um sinal de fraqueza. Acredito que qualquer um faria melhor! Eu, como qualquer sportinguista, não tem saudades nenhumas do que se passou e tenho a sorte de ter tido o discernimento de não ter votado nessa Direcção. Agora isso não invalida que esta Direcção (em que eu também não votei) possa ser criticada, antes pelo contrário, porque a situação é tão grave que agora não se pode mesmo falhar e só peço mais competência e verdade a esta Direcção.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 11.09.2013 às 12:28

Absolutamente inenarrável este post. Um hino à má fé.

1- Como diz, a maioria ( onde eu não me incluía ) dos Sportinguistas desejava a permanência de Jesualdo. Mas BdC tinha uma estrutura de futebol definida, que se revelou incompatível com os desejos do ex treinador e decidiu-se pela sua não continuidade. O presidente optou pela manutenção dos seus princípios programáticos para o futebol e acabou também por escolher o SEU treinador. Bem escolhido, por sinal.

2 - O Sporting pagou pelas contratações dos seus jogadores ( 9, em programa eram 5 ou 6 portanto muito dificilmente são o dobro ), 1.5M. OS salários de Welder e Magrão, juntos, dão para pagar os salários a alguns que estavam no ano passado na equipa B e têm contratos de curta duração. Se não vingarem, para o próximo ano estão fora. Quanto aos outros, é muito cedo para grandes ilações, inclusive Jefferson e Montero, que até ao momento se revelam verdadeiros achados. Entretanto, renovaram-se contratos, de longa duração, com cerca de 20 jogadores da formação. A equipa inicial tem jogado com 6 jogadores formados em Alvalade. Não sei o que é preciso mais para aquilatar da coerência relativamente a esta aposta estratégica. Com certeza que não estavam à espera que o Sporting jogasse, na primeira liga, com a equipa B.

3- A sua referência a comissões e lavagens no caso da venda de Bruma é desprezível. Porque não tem um histórico de actuação que lhe permita sustentar essa especulação suja. Porque a própria actuação do presidente, que se recusou pagar 1M a Zahavi, que tinha comprado os direitos de agenciamento de Bruma um mês antes das eleições, empresário que no pacote da renovação do jogador impôs a condição da venda de Ilori para Inglaterra, presidente que também fez os possível para chegar a um acordo com uma empresa credora, detentora de parcelas dos passes de quase 30 jogadores para pagar despesas correntes da gestão irresponsável anterior, para o clube ficar com a quase totalidade dos passes de Ilori e Bruma. 100% do central, 90% do extremo.

4- Quanto aos milhões prometidos, conforme dito pelo presidente antes das eleições, seria um investimento cujos moldes dependiam da vontade dos sócios, a votar em AG. Foi votado. Estão integrados numa operação integrada de reestruturação da divida, com um aumento de capital já aprovado de 18M ( mais 20 da Holdimo ). Convém aguardar pela implementação da reestruturação e pela escritura do aumento do capital social, antes de dizer barbaridades.

5- Se estivesse mais atento, ou não tivesse memória selectiva ou não tentasse passar uma mensagem que pouco corresponde à realidade, saberia que no programa de BdC, estava prevista uma redução brutal dos custos operacionais, com intenção que os mesmos não ultrapassassem 90% das receitas. Saberia também que o Sporting enfrentava um cenário de insolvência, com a negociação de um PER de forma dissimulada, num cenário de salários em atraso, de dividas a tudo o que se mexia, depois de se ter criado uma estrutura de custos que duplicava as receitas. O caminho desta nova direcção, se feito com rigor, coragem e empenho, não poderia ter sido outro.

6- O estado de graça de Godinho Lopes, foi patrocinado por quem considerou irrelevante que na sua lista, contassem personalidades que no passado tinham fortes responsabilidades no estado caótico do clube. Considerou-se irrelevante que a começar no presidente, passando pelo responsável financeiro e director desportivo, todos tivessem dado provas de incompetência. Foi patrocinado com quem se babava pela febre de contratações desnecessárias, pela vassourada e pelo cheque de milhões. Não por quem assistia com muita preocupação a falta de princípios estratégicos e ao cavar do buraco e em que não reconhecia capacidade, em pessoas que durante anos apenas mostraram exactamente o contrário.

Esta direcção conseguiu manter o clube em funcionamento, criar uma estrutura funcional e tem demonstrado total empenho e coerência em medidas, muitas desagradáveis, que são essenciais para a sobrevivência do clube. E os Sportinguistas reconhecem isso. Temos pena. Temos pena de quem tem uma agenda e opta pelas inverdades e assenta a sua mensagem em hipóteses e fantasias. Desinformando, quem quer ser desinformado.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 11.09.2013 às 13:57

Antes de mais, quero fazer um "disclaimer": desde a direcção de José Roquette que não votei em nenhum dos candidatos que foram eleitos, incluindo o presente. No entanto, desde a direcção de FSF que tenho batalhado por correr do clube os "herdeiros" do "Projecto Roquette" que afundou o Sporting, em especial a última direcção.

Posto isto, e uma vez que o Lion73 está tão bem informado, gostaria que ele me dissesse como é que o Sporting pagou 1,5M€ pelas contratações que fez, sendo que, segundo o último R&C da SAD, Jefferson custou 700 mil (por pouco mais do que metade do passe) e, segundo o que foi publicado, Slimani custou 250 mil?
E Cissé? E Montero? E os "craques" Welder (por empréstimo) e Magrão (a custo "zero", como sabemos que são estes "custos zero")? E Piris? E Vítor? Ficou tudo por 550 mil?
E o Hugo Sousa que, supostamente, ia para a Equipa B e nem sequer foi inscrito?

Antigamente chamava-se "lambuça" a quem (não obstante criticar e condenar a direcção anterior em 98% das vezes) ousasse elogiar o pouco que havia para elogiar. Agora, pelos vistos, a "moda" é dizer que tudo vai bem no reino "do Bruno" e, quem ousar questionar seja o que for, é logo arrasado de alto a baixo e, mesmo que tenha sido um forte opositor da direcção anterior, fica automaticamente associado a esta.

Mas já não é "lambuça"...

Como diz o City Lion, esses são o "inner circle" da actual direcção.

Mas vamos esperar, porque a procissão ainda vai no adro e o que eu mais desejo mesmo é que os fortes apoiantes desta direcação e que a defendem com unhas e dentes continuem assim por muitos e muitos meses. Era bom sinal! Mas, tanto quanto me lembro, ainda estamos num clube (e num país) democrático ou que se intitula como tal. Por isso, seria bom que deixassem quem tem uma opinião contrária à da maioria expressá-la. Tal como os críticos dos "lambuças" o faziam antigamente...
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 11.09.2013 às 17:03

O conceito de "lambuças" apareceu pela defesa de direcções com resultados desportivos, patrimoniais e financeiros desastrosos e de personalidades com incompetência provada e comprovada, para lá do aceitável.

É capaz de me explicar em que é que isso é extrapolável para uma nova direcção com pessoas livres de responsabilidades de uma gestão que levou o clube à beira da insolvência?

Somando a isto a critica com base em cenários hipotéticos e argumentos falseados, assentes num preconceito e com uma pitada, grande, de ciumeira ao ver o universo do clube unido e confiante na liderança do novo presidente?

Eu sei que está habituado a ver custos zero que afinal foram 3M. Eu sei que está habituado a ver a alienação de activos valiosos do clube para pagar despesas correntes, fruto de uma gestão irresponsável. Mas não tem dados para especular que tudo se passa da mesma maneira. Foram 1,550M, 4M, se o Sporting exercer a opção de compra de Montero. Quanto a custos acrescidos a isto, espere pelo próximo R&C ou pelo documento que o presidente apresentará nos próximos dias, relativo às movimentações financeiras do defeso.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 12.09.2013 às 14:10

Lion73,

Segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=lambu%E7a), a definição de lambuça é a seguinte:
lambuça
(derivação regressiva de lambuçar)
s. f.s. f.
Lambuzadela.

Como tal, e a menos que o Lion73 tenha sido o "pai" ou o "padrinho" do conceito, e daí ter toda a legitimidade em o definir como o fez, creio que a expressão, aplicável por altura das direcções anteriores, significava que, quem de alguma forma as defendia, também andaria a "comer da mesma gamela" que a entourâge dessas direcções ou que, quando muito, andaria a "lamber-lhes as botas".

No pressuposto de que seria este o entendimento do conceito, o mesmo será(ia) extrapolável para os "groupies" desta direcção, e em particular do seu presidente, que têm um culto da personalidade deste muito mais arreigado do que os anteriores "lambuças". Mas, pronto, se me for permitido chamo-lhe "groupies" ou "Carvalhettes"...

No que à "ciumeira" diz respeito, tenho apenas a dizer que só invejo aqueles clubes que são ganhadores e respiram saúde financeira, em especial aqueles (como o Dortmund) que estiveram em situação semelhante à nossa e que fizeram um percurso ascendente, com sucesso, e sem necessidade de "profetas" ou detentores incontestáveis da verdade absoluta, da luz e da clarividência.

Quanto ao resto, garanto, que não o faço com base em preconceito (porque o presidente do Sporting conheço eu bem e topo-o "à légua") nem com base em cenários hipotéticos. Não obstante, não o coloco no mesmo grupo da cambada de energúmenos e criminosos que nos "dirigiu" nos últimos 15 anos e tenho por seguro que não deseja o mal do clube, ao contrário de muitos dos "outros"...

Finalmente, e no que respeita ao 1,550M gastos em contratações, quer-me parecer que tenho um dado objectivo e que consta do próprio R&C da SAD: o custo "oficial" do Jefferson (que, não obstante ter vindo do Estoril e de o seu passe pertencer à Traffic, contou com a mediação do empresário de confiança do Sr. Augusto Inácio) foi de 700 mil euros (e não dos 500 mil que foram noticiados na altura) e apenas por uma percentagem um pouco acima dos 50%.

Portanto, a dar como bons os tais 1,550M (com os 50 mil a mais que o Lion73 acrescentou desde o último comentário), quer que eu acredite (e que não "especule" como diz) que os restantes € 850.000 foram gastos em Cissé, Maurício (que me esqueci da última vez), Welder (empréstimo), Magrão, Montero (empréstimo), Slimani, Piris (empréstimo) e Vítor?

E a seguir? É para acreditar no Pai Natal e não "especular" que ele não existe?

É que se isso for verdade, e isto não passar de uma mera "especulação" minha, da próxima vez irei votar em Bruno de Carvalho sim... mas para ministro das finanças!
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:13

Lion73, de boa fé respondo-lhe rapidamente a cada um dos pontos que levantou
1. Quem decidiu por não ficar foi o próprio Jesualdo;
2. Os jogadores contratados foram mesmo 10 (sem contar com o Hugo Sousa): Welder, Piris, Magrão, Vitor, Jefferson, Cissé, Slimani, Montero, Mauricio e King e espero não me estar a esquecer de ninguém. Ou seja o dobro ou quase do prometido em campanha.
3. Em relação a comissões e lavagens acho a sua reacção excessiva em relação ao que eu disse e isso assusta-me ainda mais. É que eu dei uma vista de olhos pelo último relatório de contas e gato escaldado ...
4. Reestruturação da divida = injecção de investimento (só mesmo por má fé ou brincadeira). A Holdimo como sabe temos que "agradecer" ao Godinho Lopes.
5. O caminho foi o que a Banca obrigou a que fosse seguido porque o Sporting agora é nosso!
6. Não ponho em causa que tenha existido empenho desta Direcção (aquela do Presidente pedir desculpa por só dar 20 horas por dia ao clube é brilhante) e até com alguns dos resultados que refere nomeadamente ao nivel do apoio dos sportinguistas (como eu constato com muitos dos meus amigos). Agora acho que estou no direito de criticar o que acho de criticar e não faço ideia que agenda minha é essa de que fala - está-me a dar demasiada importância e é tipico de pessoas com o perfil do nosso Presidente verem fantasmas onde eles não existem.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 11.09.2013 às 16:31

Os jogadores contratados foram mesmo 12:
Welder, Piris, Magrão, Vitor, Jefferson, Cissé, Slimani, Montero, Mauricio, Hugo Sousa, Samba e King
Sem imagem de perfil

De Miguel a 11.09.2013 às 16:35

Afinal foram 13, esqueci-me do Everton.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.09.2013 às 16:37

Não temos ainda o Everton Lima Gonçalves que foi inscrito à última da hora, depreende-se, para o lugar do emprestado Diego Rubio ?
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 17:03

Obrigado Miguel pelo esclarecimento e peço desculpa pelo erro
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 11.09.2013 às 17:16

1-Provavelmente esqueceu-se das referências de Jesualdo quanto ao conceito de "autonomia", quanto se perguntava da sua continuidade ou não. BdC impôs a sua estrutura, Jesualdo não a aceitou, BdC não quis saber da vontade da "esmagadora maioria dos sportinguistas", quando isso colocou em causa o que queria para o futebol.
2- Pode somar Sambinha, então. Ou os jogadores Lucas e Mateus para as camadas jovens, E vários outros. Afinal não foram 5 ou 6, mas uns 20. Não sei o que lhe diga.
3- De gato escaldado todo temos um pouco daí a obrigação de estarmos atentos. A suspeição sem dados substantivos ou um histórico que o indicie, não passa disso mesmo, quando é assente num preconceito.
4- O aumento do capital social será de 18M +20M ( estes da Holdimo, por conversão da divida do clube em capital ). Agradecer a Godinho a alienação dos passes de quase 30 jogadores para pagar despesas correntes, é a mesma coisa que agradecer ao diabo por nos espetar um ferro em brasa num olho, para esquecer as dores por uma perna amputada.
5- O caminho seguido deriva de um cenário de insolvência, de um passivo monstruoso e de receitas bloqueadas. Como bem se deve lembrar, o Sporting não cedeu perante as primeiras exigências da banca, habituadas a fazer do clube, o que bem entendia. Mais, aprova-se uma reestruturação financeira num par de meses, quando esta era falada há quase 2 anos.
6- Desculpe, meu caro. Se não tenho problemas em afirmar que dou a minha confiança a um novo paradigma de gestão com intervenientes diferentes e livres de um regime podre que cheirava a sucessão dinástica, até prova em contrário, não posso levar de bom tom a critica a cenários hipotéticos e pouco sustentados, como os que levantou aqui.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 11.09.2013 às 23:31

1- Foi Jesualdo que não quis ficar. Jesualdo Ferreira garantiu, esta sexta-feira, que nem questões económicas nem mais poder na estrutura ou qualquer problema relacionado com o papel que Augusto Inácio vai ter na mesma são questões que pesem na decisão de ficar no Sporting na próxima época.
"Não vamos confundir poder com autonomia. Questões financeiras nunca foram entrave, nem tem nada a ver com Augusto Inácio.
Aquela história de BdC: Queremos ter o controlo total sobre a preparação física. Independentemente do treinador...

"Não vamos confundir poder com autonomia. Questões financeiras nunca foram entrave, nem tem nada a ver com Augusto Inácio", frisou.'
Sem imagem de perfil

De Lion81 a 12.09.2013 às 23:10

Concordo. E concordo ainda mais ao ver os posts do tempo da anterior direção em que não há UM crítico e isto numa altura em que estava mais que visto qual seria o destino do clube caso continuasse. Já hoje em dia, por alto, uns 80% dos posts são depreciativos e críticos da atual direção. TODA a gente tem defeitos inclusivé o BdC como o facto de agora se andar nos diz que disse na comunicação social que pessoalmente acho perfeitamente desnecessário. Em 6 meses fez-se o que toda a gente pensou que ia demorar uns 5 anos. Esta direção está a fazer um excelente trabalho, não isenta de quaisquer erros, mas também não merece por parte de alguns Sportinguistas tamanha desconfiança e descredibilização. Eu não crítico quem trabalha comigo sem conhecer primeiro o seu trabalho e se o que se mostra em 6 meses é muito mais positivo que negativo, então só há razões para confiar...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 11.09.2013 às 12:41

Caro City Lion,
Seguindo a ordem dos seus 10 pontos e relativizando o seu “desenquadramento” com o atual CD.

1 – Concordo na integra apenas acrescentaria que desde o inicio (quando foi eleito) que LJ estaria pensado como possível treinador do SCP não sei até que ponto como alternativa ou mesmo a sua escolha pessoal sendo como diz e bem “Como era desejo da esmagadora maioria dos sportinguistas esta Direcção tentou manter o prof. Jesualdo Ferreira como treinador”.

2 – Concordo com o que escreve relativa ao nº excessivo (por erro na avaliação de Magrão !? e Welder) Cissé e King parecem-me mais uma aposta de futuro. No entanto a questão que levanta relativamente a Cédric e A.Martins parece-me errada já que o fato do jogador ser da formação não lhe terá de dar primazia na entrada do 11 terão de jogar sempre os que estiverem melhor preparados que dêm maior garantia ao seu treinador. Quanto às questões relacionadas com a reestruturação da Academia não tenho grandes conhecimentos para poder avaliar.

3 - Batendo na tecla do timing da renovação ter falhado “e pelo que se sabe aceitaria um ordenado para renovar na ordem do que está a ser pago por exemplo ao Mauricio” (antes de ser lançado na equipa principal) eu diria até que aceitaria um valor abaixo do Maurício“, o confronto com Zahavi e a entrada em cena do Babuino foram decisivas para o desfecho final desta triste novela.
Estou para ver o que ainda irá acontecer relativamente ao relacionamento com Cátio Baldé e o SCP (espero sinceramente um corte definitivo com essa personagem, caso contrário o episódio Bruma se irá repetir de tempos a tempos ... alias o que é feito dos 2 juvenis que abandonaram a equipa!?)

4 – Aqui lança as farpas mas ao mesmo tempo mostra que tem as respostas... fiquei confuso custa-lhe assim tanto reconhecer o mérito desta direção na renegociação com a Banca !? + a tentativa de colagem aos planos de FSF e GL!?? Acho estranho algo que já estaria segundo o City Lion em cima da mesa desde FSF, só se tenha concretizado com a entrada em cena desta direção.

5 – Chorudas indeminizações em virtude do descalabro da governação de GL ou a culpa aqui tb é desta direção !??? o protocolo com a fundação é ou não vantajoso para o clube !? o fato de se poderem partilhar sinergias parece-me positivo para as duas.

6 – O fato de catalogar como Papagaios quem criticou a anterior direção é demonstrativo dos seus “propósitos” de “O meu objectivo é pôr as pessoas a pensar e alertar para o que vejo se está a passar no nosso clube que”, se calhar quem chama de papagaio teve o mesmo propósito que o City Lion agora pretende ter !???

Em tudo existem sempre 2 versões , 2 verdades o que lhe queiram chamar.

“ A nossa” e “dos outros”

Quanto à areia ... olhe foi atirada bastante no passado e ouve quem ficasse contente com isso.

SL,
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:25

Caro Sérgio Palhas, concordo que o facto de se ter vindo da Academia não deve ter primazia e se o Piris for melhor que o Cedric que entre para a equipa titular. Não me venham é dizer que se está a apostar na Academia porque as 10+1 contratações apontam para o contrário. Em relação à Banca fomos nós todos em AG que não deixámos avançar com a reestruturação negociada com FSF e sei bem e disse-o no post o mérito num ponto particular que esta Direcção teve. Acho que Catio Baldé está a ser demonizado na imprensa e torço para que as relações com o Sporting estejam agora estabilizadas. Não disse que a Direcção teve culpa nas chorudas indemnizações e até acredito em quem estava responsável no Sporting por esta questão mas soube que comprámos caro o silêncio dos dispensados. Eu não chamei papagaios a todos os que criticaram a anterior Direcção o que disse foi que os habitués estão agora no tal "inner circle"! Concordo que nos têm atirado muita areia paera os olhos no passado, o problema é que esta forma de proceder não mudou e é só ver o comunicado de ontem.
Sem imagem de perfil

De joao a 11.09.2013 às 12:48

O responsavel por esta crónica deve ser membro da anterior direcçao. Pois descasca a torto e direito na actual. Mo entanto convem lembrar que o nosso clube estava simplesmente falido, fruto das loucuras das anteriores direccoes. No entanto se acha que o Bruno está a fazer um mau trabalho, só tem de nas proximas eleicoes candidatar-se a presidente.
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:30

Joao nunca estive em Direcção nenhuma nem em qualquer cargo no Sporting e escrevo neste blog porque quem o gere conhece o meu sportinguismo e independência. A minha vida não me permite dedicar mais ao Sporting do que o que hoje faço e não tenho nem caracteristicas nem vontade de liderar o nosso clube. Se no final do mandato concluir que esta Direcção fez um mau trabalho, apoiarei dentro das minhas limitações alguém que dê garantias de fazer melhor.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 11.09.2013 às 12:57

Inacreditável este post.

"O meu objectivo é pôr as pessoas a pensar e alertar para o que vejo se está a passar no nosso clube que, tal como escrevi há uns tempos, está cada vez mais parecido com o Benfica no que este tem de pior, até agora nesta vontade de rasgar contratos."

Vergonhosa esta frase. Esses 2 neurónios por acaso pensaram durante 2 segundos na gestão ruinosa que fez com que estes contratos fossem assinados?

Sem imagem de perfil

De Balajic a 11.09.2013 às 13:23

Apoiado! Dificilmente poderia ter escrito melhor aquilo que eu penso.
Sem imagem de perfil

De Paulo Torrão a 11.09.2013 às 13:46

Meu caro City Lion ", escreve-lhe alguém que tem 46 anos de idade, 25 de associado e que o faz pela 1ª vez num blogue. Não há dúvida de que quando estamos predispostos para ver o mal, conseguimos ver preto o que é cinzento e vemos sempre cinzento o que é branco. Centralizar todo o seu post na pessoa do presidente quando o que importa, na minha opinião, é avaliar o trabalho de toda uma Equipa, dizer que o que correu bem foi um efeito lateral de más medidas e o que correu menos bem é incompetência do presidente... não poderá ser levado a sério! Como muitos outros sportinguistas, apoiei Roquete , SL , DC, SF , JEB , GL e todos os treinadores destes reinados, apenas porque somos Sporting e queremos o melhor para o Sporting! Mas depois destes 6 meses, comparar o que tem sido feito com o que foi feito nos últimos anos, desculpe-me, meu caro, mas é comparar o olho cú com a feira de Borba! Sejamos sérios, desprendamo-nos de preconceitos e, ainda que possamos ter alguma coisa para criticar, e é normal que o tenhamos, vejamos o que tem sido feito pelos olhos do bem e... concluiremos que não tem nada a ver com o que foi feito nos últimos tempos e que levou o Sporting para um nível que nunca pensámos possível. Só mais um ponto: relativamente ao presidente, é normal que erre e venha a errar, ainda é novo e inexperiente nestas coisas, mas apoiemo-lo... ele já deu provas de que aprende rápido. Quer um exemplo simples? No final do jogo do West Ham , teve um comportamento incorreto para o treinador, para o Inácio, para o William C., para os árbitros... ouviu várias críticas e, a partir de aí, já não voltou a repetir os mesmos erros. Saudações leoninas,
Paulo Torrão
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:40

Meu caro Paulo Torrão, garanto-lhe que tento ser o mais objectivo possivel e com base na informação que tenho. Se não me leva a sério tentarei ser mais explicito no futuro. Quando particularizo no meu texto sigo o exemplo do Presidente que tem a tendência de falar no singular. Eu sempre apoiei e apoiarei o Sporting mas irei combater que nos descaracterizemos até ficarmos o Bruno de Carvalho Clube de Portugal. As criticas que faço como aquela que apontou não são destrutivas e podem ajudar a tirar ilações e como diz pode-se sempre melhorar especialmente quando não estivermos rodeados de bajuladores e "yes-men".
Sem imagem de perfil

De Fredy a 11.09.2013 às 13:48

Caro City Lion, o que o leva a dizer isto?
"Gostava muito que o Sporting saisse desta situação muito difícil em que se encontra, mas vejo que está a ser atirada muita areia para os olhos dos sportinguistas que parece que depois dos traumas recentes querem ser ENGANADOS POR QUEM TEM NISSO JÁ ALGUMA PRÁTICA. O problema é que já não há margem para erros."

Por acaso tem dados concretos sobre esta afirmação?

Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:47

Caro Fredy, digo-o com conhecimento de causa própria e de pessoas com quem me tenho cruzado. Mesmo muito dos que apoiam esta Direcção sabem que é este o perfil do Presidente mas acreditam que o Sporting beneficia desta postura como por exemplo o Porto tem beneficiado da do Pinto da Costa. Eu não consigo ser assim tão cínico e prefiro um clube honrado como sempre, mesmo que a perder, do que ver o Sporting a entrar nos esquemas dos outros grandes mas se calhar sou eu que sou um sonhador.
Sem imagem de perfil

De Fredy a 11.09.2013 às 18:42

Obrigado pelo esclarecimento City Lion.
Tinha interpretado de forma incorrecta.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 12.09.2013 às 13:33

City Lion,
São esses também os ecos que me vêm chegando e, como partilho dessa mesma forma de pensar, só posso dizer, mais uma vez: apoiado a 100%!
E como diria o Lennon, podem dizer que és um sonhador, mas não és o único.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 11.09.2013 às 15:59

Lamentável este post. Todos têm direito à sua opinião e nesse aspecto é irrepreensível, não deixa no entanto de ser, e em minha opinião, um chorrilho de asneiras e péssimas conclusões.

O título diz tudo. Como as coisas começam a aparecer resolvidas e como não será nunca possível que dêem razão ao esforço que está a ser feito (sim é verdade, vê-se!) agora vem com o que será talvez o ultimo dos argumentos. Corre bem porque são incompetentes!!

"6 Meses que provam que a incompetência nem sempre é prejudicial ou será?"

Se fosse assim imaginem onde estaríamos com a mais do que comprovada incompetência de GL. Infelizmente a dele, foi-nos prejudicial e muito. Conta-se por ME de prejuízos, gastos em negócios ruinosos.

Não gosto de pensamentos únicos, mas também não vejo lógica nenhuma nesta postura de velho do restelo que afirma ter a razão toda do seu lado. O anedotário nacional está cheio deste tipo de pessoas. Têm de ser do contra.

Post muito, mas mesmo muito ao nível do que se vê na Bancada nascente. Mais culto e bem escrito (que desperdício), mas carregado de fel, azedume e de preconceitos.

Lamentável.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.09.2013 às 16:14

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 11.09.2013 às 16:27

Meu caro City,

Eu sei que escreve com a sua consciência. Dou-lhe ( e voçê não precisa disso) esse crédito. Todos termos ideias, opiniões e consciência. Certas, erradas, não interessa, são nossas e estes espaços de partilha permitem-nos livremente (ás vezes com exagero até) escrevê-los e recolher o contraditório.

"E... já agora, porque razão o direito de dizer "asneiras e péssimas cnclusões" só será seu ?"

Meu não é certamente. É nosso. É de todos. Mas para dizer a verdade voçê aqui esmerou-se (e isto continua apenas e só a ser minha opinião).

Repito. Leia bem o título do post. Não é preciso reler o que escreveu. É todo ele um tratado preconceituoso. Voçê não gosta de BdC e escreve com isso nas pontas dos dedos. Tem todo o direito a fazê-lo obviamente mas até voçê devia pensar nas suas próprias palavras:

"O problema é que já não há margem para erros."

Porque será que acha que não há margem para erros? Havia antes? Esgotou-se? Quem a esgotou? Onde? Como? Quando? Escreva um post sobre isto.
p
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.09.2013 às 16:22

Não nos comparamos nem competimos com qualquer outro espaço do género meu caro. Bem ou mal, certo ou errado - não clamamos ser donos da verdade e da razão - agimos por nossa própria consciência.

Deixo mais comentário para o City Lion, se ele assim entender.
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 16:58

Paulo tenho pena que só tenha recorrido a adjectivos depreciativos e depois ao habitual bater no ceguinho do Godinho Lopes. Um dia têm que deixar de se desculpar com o passado que concordo foi mau de mais para ser verdade mas é o que é e temos que andar para a frente. O sportinguista é tipicamente muito do contra senão seria benfiquista. Eu não resisto a pôr-me com clareza no lado da minoria quando acredito que tenho razão. Preconceitos concordo que possa ter em relação ao nosso Presidente e não é fácil não embirrar com o personagem: aquela postura aristocrática mas armada ao popularucha, voz arrastada, tiques de superioridade, mania da perseguição, etc. mas o que vejo e conheço só tem reforçado a minha imagem inicial. Fel e azedume não entra cá dentro, excepto quando perdemos com os lampiões.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 11.09.2013 às 20:58

Nem mais...
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.09.2013 às 16:42

Vou apenas comentar esta frase:

"Prevejo ainda que em pouco tempo Cedric e André Martins saiam do onze inicial."

Não tenho qualquer problema com isso desde que os seus substitutos sejam melhores.
Mas enquanto a equipa ganhar duvido que se mexa muito no 11 e as criticas possiveis à direção não irão existir.

Se a equipa começar a perder, vamos ver o que acontece.
Imagem de perfil

De City Lion a 11.09.2013 às 17:00

Mike Portugal concordo que deve jogar quem for melhor - não venham é insistir na tecla que esta Direcção aposta na Academia como se comprovam as 10+1 contratações. Tenho fé que a equipa não comece a perder tão cedo embora tenhamos jogos complicados em breve com o Braga e Porto.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo