Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Qual será o onze titular ?

Rui Gomes, em 18.10.13

 

 

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Alba a contar para a Taça de Portugal, Leonardo Jardim recorreu, compreensivelmente, a um discurso muito semelhante ao de Paulo Fonseca pelo embate da equipa portista com o Trofense da mesma competição:

 

Afirmou o técnico portista: «Jogadores sabem que se não estiverem no seu melhor, se não derem respostas, correm o risco de não estarem presentes no próximo jogos.»

 

Leonardo Jardim: «Acredito que eles estão focados no jogo com o Alba. Se assim não fizerem podem correr o risco de não jogarem o jogo seguinte.»

 

A questão que divide opiniões entre sportinguistas é se Leonardo Jardim deve entrar com um onze constituído por jogadores até agora menos utilizados ou se deve mexer o menos possível na equipa, atendendo à paragem de competição de duas semanas, salvo para aqueles que foram chamados às selecções, alguns dos quais que até aí não jogaram, como foram os casos de Cédric Soares e André Martins. Consta que Marcelo Boeck será o guarda-redes e que Eric Dier ocupará um dos lugares a central, mas isto não passa de rumores já que o técnico não revelou as suas intenções. Há quem entenda que seria o jogo ideal para Vítor Silva finalmente se estrear como titular e talvez também o jovem Carlos Mané. É a minha opinião que não surgirão mais do que uma ou duas alterações na equipa que temos visto nas últimas jornadas da Liga.

 

 

 

Em um caso à parte, preza-me verificar que não fomos os únicos aqui no Camarote Leonino a reparar nas palavras do presidente enquanto na África do Sul: "O Sporting está com vontade de ganhar todos os jogos, o Campeonato, a Taça de Portugal e a Taça da Liga".

 

Questionado pelos jornalistas sobre esta afirmação de Bruno de Carvalho, Leonardo Jardim respondeu:

.

"O Sporting tem um discurso único. Fico surpreendido com o presidente ter dito isso, a mim não me disse nada. Continuamos de acordo com aquilo que organizámos e definimos no início da época."

 

Embora não se pretenda sensacionalizar esta contenda, é por de mais óbvio que o mais importante não foi o que o técnico disse, mas sim o que ficou por dizer, indiferente das interpretações que possam agora surgir.

 

publicado às 17:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Sem imagem de perfil

De LeaoCapel a 18.10.2013 às 18:06

Numa altura em que temos como Director do Jornal Record o João Querido Manhoso, jornal esse que fez uma primeira página há dois dias com o título "Prendas de Angola" que se veio a revelar como falsa, quem me diz a mim que esse mesmo jornal não distorceu as palavras do Presidente na África do Sul?

Mas é claro que neste blog, entre o Manhoso e o Carvalho, escolhe-se mandar a farpa a este último. Tudo normal, portanto...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.10.2013 às 18:50

Sinceramente, nem lhe devia responder mas, já agora, não foi só o Record que acompanhou o presidente nessa digressão e todos os outros publicaram exactamente o mesmo.

Porquê a dificuldade em admitir que seria melhor o presidente não se exceder sobre determinadas temáticas ? É assim tão difícil reconhecer isso ? Isto até não é uma questão de crítica, somente de bom senso.

As declarações de hoje de Leonardo Jardim também foram publicadas por todos, ou terá sido só o Record ? Por sinal, este jornal até tem dado ampla visibilidade ao presidente.
Sem imagem de perfil

De LeaoCapel a 18.10.2013 às 19:05

SIm, é verdade que não foi só o Record a ir à África do Sul, mas também é verdade que não vi essas declarações noutro jornal a não ser no Record. A Bola também acompanhou e não vi menção dessas declarações no seu jornal.

Aliás o Record até fez disso capa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.10.2013 às 19:21

Levou-me 30 segundos a efectuar este processo: escrevi as palavras da frase na pesquisa Google e saiu prontamente a notícia nos seguintes:

Público, Mais Futebol, O Jogo, CM, Desporto.pt.MSN , Expresso.sapo .

Nem me dei ao trabalho de fazer mais pesquisa, nem li o Record . Aliás , até nem foi no Record que li a notícia original.

Chama-se a isto querer negar o ingável .
Sem imagem de perfil

De LeaoCapel a 18.10.2013 às 21:00

Você parece que anda nestas andanças há meia dúzia de dias.
E de onde originou essa notícia? Já que em todos esses endereços as palavras são todas iguaizinhas, até dá para imaginar o copy-paste que foi feito.
Ou você vai-me dizer que o Público, o Expresso, o Mais Futebol,etc, foram todos à África do Sul para ver o Bruno de Carvalho a discursar aos núcleos.
Errado!

Foram só A Bola e o Record a acompanhar o Presidente, sendo que destes dois apenas o Record referiu essas palavras.

O "inegável" que você tanto proclama não passa de um "Inegável" na sua cabeça, um wishful thinking, até porque como já disse mais que uma vez, dá-lhe jeito.

É que nem sequer existe um único vídeo do Presidente a ter este discurso. Ao menos com as bocas ao bufas do Norte (quer se concorde ou não) o vídeo estava lá e não havia espaço para outras interpretações.
Sem imagem de perfil

De Pean a 18.10.2013 às 20:49

Também acho que não se deva mexer muito na equipa, 3 ou 4 alterações no 11 base quanto muito, apesar de achar que se o jogo começar a ficar muito fácil cedo demais poderá tirar motivação ao jogadores para fazerem uma boa exibição e nesse caso deverão entrar miúdos. Quanto ao resto...quem não tem vontade de ganhar os jogos todos?? E se ganharmos todos os jogos também é verdade que ganhamos as competições todas...são declarações normais que todos fazem, e que não retiram veracidade ao que o treinador disse...sem stress
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 18.10.2013 às 20:56

Que blasfémia! Alguma vez as equipas tem vontade de vencer todos os jogos e competições onde participam? São estas frases populistas que nos vão levar ao fundo...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.10.2013 às 22:02

Brilhante análise !!!... Poucos teriam essa capacidade.
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 18.10.2013 às 22:19

Ora essa! Aqui o superior intelectual e moralmente é o meu caro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.10.2013 às 22:26

Pela evidência à vista, nem pensar nisso !
Sem imagem de perfil

De Pedro a 18.10.2013 às 23:54

As declarações que aparecem reproduzidas por escrito têm um erro de pormenor que faz toda a diferença. Jardim respondeu ao jornalista que fez a pergunta da seguinte maneira: "Fico surpreendido por o presidente lhe ter dito isso, porqueele a mim não disse nada"

Quem não trabalha com as palavras pode parecer que é picuinhice mas parece-me bastante relevante. Concordo que as declarações de BdC foram perigosas porque pedem mesmo para ser aproveitadas de outra forma, mas o choque e a falta de sintonia que querem aplicar à força ao que se passou não passa de uma novela.

Quanto ao onze, acredito que saiam do onze Patrício, Rojo e William Carvalho. Pode haver mais alguma rotação mas não para dar minutos, apenas a que tem acontecido no campeonato, especialmente nas alas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.10.2013 às 00:47

As palavras de LJ que eu transcrevi para o post originaram no A Bola. Não fui verificar qualquer outro site noticioso.

Após o seu comentário, fui ver o Record e o DN, que dizem exactamente o mesmo, letra por letra. Pelos vistos, estão todos errados!

Quanto à temática aqui no blogue, originou neste post "Sporting é e sempre foi candidato ao título" onde já perto do fim do texto eu escrevi o seguinte:

«Compreende-se o contexto (da afirmação de BdC ) e as circunstâncias e, fundamentalmente, nada de errado foi dito, mas vindo de quem vem e pelo maior impacto mediático, teria sido mais prudente escolher melhor as palavras, porque nem os técnicos nem os jogadores necessitam de sentir maior pressão, especialmente nesta ainda jovem fase da época.»

Se há algo de errado com esta consideração, então sou eu, de facto, que vivo em um outro Mundo.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 19.10.2013 às 00:53

Rui, não fiz nenhum comentário a considerações suas, apenas à forma como a imprensa quis passar uma imagem de falta de sintonia que depois foi naturalmente propagada entre os leitores.

Eu sei que está igual em todos os sites, mas ouça no vídeo que está na notícia do MaisFutebol, por exemplo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.10.2013 às 01:05

Pedro, não vi o vídeo - o tempo disponível não permite tudo - mas acha que faz assim uma diferença tão grande ?

Isso à parte, como já escrevi, nada de catastrófico foi dito pelo presidente, mas eu acredito que LJ preferia que a questão não tivesse sido verbalizada nos termos em que foi, pelas razões que citei e, sobretudo, por fazer sentido.

Eu entendo que teria sido mais lógico e aceitável ele ter dito o que eu sublinho no post que referi, nomeadamente que o Sporting, pela sua história e grandiosidade, inicia cada época com o objectivo de vencer todas as competições. Como os objectivos citados por BdC, Inácio e LJ no inicio da época foram outros, esta declaração pode ser interpretada - como foi por muitos - como pressão adicional.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 19.10.2013 às 00:57

Eu ouvi na rádio mas sabia que estava no MF. Agora até fui ouvir para me certificar. Ele começa com "não li nada". E só depois passa para as declarações que reproduzi há pouco, em que se ouve claramente o "lhe".

E realmente, como diz, todos escreveram da mesma forma, mas a isso pouco me importa. Ninguém diz que a incompetência dos ocs não pode ser conjunta
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 20.10.2013 às 13:25

O "lhe" é perfeitamente perceptível, mas parece que vende mais escrever transcrever o que Leonardo Jardim disse, ignorando o pronome oblíquo átono proferido... Mas com ou sem lhe, mal seria se os jogadores do Sporting e os seus dirigentes e equipa técnica não tivessem a ambição de ganhar todos os jogos que disputam e por consequência, todos os troféus das provas em que a equipa leonina está envolvida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2013 às 11:42

Definitivamente acabou a lua de mel com o Record: w.record.xl.pt/opiniao/interior_premium.aspx?content_id=849616&author=ALEXANDRE%20PAIS

Para quem acha que os discursos da estrutura nunca têm consequências já começou a estalar o verniz. Começam a ser problemas de português a mais e não havia necessidade, responsabilidade – a incontinência verbal de um presidente tão ou mais inexperiente que demasiados jovens a evoluir ao mesmo tempo na equipa principal e que Jardim sabe de antemão não serem compatíveis com uma prova de regularidade tão longa como o campeonato. Nas Taças a história do jogo a jogo muito favorável a uma equipa tão jovem morreu aqui, num ano em que os 3 grandes mostram todos a mesma ambição e como se sabe ainda não é possível estarem os 3 presentes no Jamor. Como consequência ao 1º deslize é noticiado que cai o 1º objectivo, com todo o impacto que isso gera. Entretanto ainda há a pressão para o presidente alinhar com o treinador, provavelmente no fim do jogo senão antes e isso já todos sabem o que quer dizer no futebol português.

Se me apetecesse brincar diria que com a sorte que temos tido com os treinadores e depois do anuncio forçado do compromisso Taças a seguir ainda vamos apostar no médico, não esquecer que vencemos a nossa única competição europeia no futebol com o arquitecto do velhinho José Alvalade a liderar o grupo. Cansado do futebolês de treinadores como o Inácio, temos que voltar a ser ousados e o Bruno já provou que também sabe ser um tipo ousado. Para ser totalmente sincero desde que o Sporting é nosso outra vez ainda só não me consegui habituar àquele ar sinistro do professor Quintela, sempre a ladear o presidente quando ele decide falar com os jornalistas. No início ainda julguei que era mais um segurança pessoal mas afinal trata-se do líder dos novos serviços de inteligência leonina. Sempre há uma área que escapa às decisões do presidente.



Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo