Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Muito embora a publicação deste post seja minha, o texto é da autoria de Desert Lion que, pela sua indisponibilidade de momento, não teve ocasião para o publicar directamente. Aproveito o ensejo para informar que o meu colega de blogue deverá publicar a sua análise sobre o mais recente Relatório e Contas durante a próxima semana, missão exigente que envolve umas boas horas de trabalho.

 

*** Parece-me evidente que o Sporting tem um problema. Ou melhor, terá até mais do que um problema, mas tem um que dá mais nas vistas do que outros. Investidos mais de 20 milhões de euros na última época e meia, ainda nenhum jogador destas novas contratações ganhou lugar na equipa titular devido à inequívoca valia individual, ou seja, os que estão a jogar só estão a ocupar esses lugares porque as suas alternativas anteriores sairam ou nem sequer existiam.

 

São quatro os jogadores contratados pela actual Direcção que jogam a titulares no Sporting:

 

-No centro da defesa Maurício e Sarr, que apenas jogam porque as melhores alternativas para aquela posição foram vendidas ou saíram por vontade própria, como foram os casos de Ilori, Dier e Marcos Rojo;

 

- Na lateral esquerda Jefferson, que preenche uma lacuna óbvia no plantel e nunca teve concorrente para a sua posição;

 

- Slimani, que veio para o lugar de Ricky van Wolfswinkel, que era o único ponta de lança do Sporting e foi vendido no "extertor de morte" da anterior Direcção.

 

No que toca ao centro da defesa a situação é, na minha opinião, quase desastrosa. Nenhum dos nossos dois centrais sabe dominar uma bola, nenhum sabe sair a jogar, as falhas de posicionamento são constantes e a velocidade de ambos deixa muito a desejar... Na lateral esquerda Jefferson tem sido o único para aquele lugar, mas com claríssima queda de rendimento desde o último Natal. E no ataque, se é certo que Wolfswinkel falhava clamorosas oportunidades, a verdade é que quem veio para a sua posição não representou qualquer acréscimo de qualidade.

 

Todos sabemos como foram mal construídas as equipas de Godinho Lopes, especialmente na segunda época. Mas o que se fez foi procurar remediar isso com uma quantidade enorme de jogadores de valia duvidosa. Não acredito que possamos ser campeões apenas reforçando a equipa B (a qual, nem assim tem feito resultados por aí além...). Não se deveria ter feito como era preconizado pelo próprio elenco directivo actual: contratar uma mão cheia de jogadores de qualidade para entrarem directos no onze e reforçar a formação, deixando crescer na B as nossas jovens promessas para as lançarmos gradualmente na equipa principal ? Porquê a alteração de estratégia face ao prometido na campanha eleitoral e a súbita necessidade de contratar 30 jogadores, em apenas ano e meio de gestão ?

 

O Sporting tem como obrigação ser terceiro classificado e não se deslustrar nas Taças e na Champions - o que acredito que consiga fazer. Mas, na minha opinião, deveria mudar as suas regras no que toca a contratações e salários. Mais qualidade, menos quantidade. Se calhar alguns salários mais elevados, compensados por uma menor profundidade de plantel. Poderíamos sofrer uma quebra a meio da época devido a castigos, lesões e cansaço ? Podia acontecer ou não - basta ver o que fizeram os miúdos da formação quando puxados por Jesualdo Ferreira para salvarem o Sporting. Mas pelo menos tínhamos alguns jogadores a sério, a darem-nos boas exibições, pontos nas competições em que estamos integrados e a valorizarem-se no mercado internacional. Assim, como estamos, não temos nada: se o que se contrata é para ficar na equipa B, gastou-se o dinheiro na mesma, desmotivaram-se os jovens valores da formação e não se tirou proveito algum em termos competitivos.

 

publicado às 17:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 14.09.2014 às 19:17

Exactamente o que eu penso. Só Nani foi uma grande contratação. Mas é pouco, para ser candidato ao título. E julgo que para reforçar a equipa com jogadores com alguma experiência não se gastava muito dinheiro. Assim não vamos lá .
Sem imagem de perfil

De Balajic a 14.09.2014 às 19:45

Subscrevo na íntegra o excelente post.

E contra factos (como os apresentados) não há argumentos...
Sem imagem de perfil

De alexandre marques a 14.09.2014 às 21:13

Não subscrevo tudo, mas grande parte
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.09.2014 às 00:30

Que tem estado atento à orientação "política" deste blogue não estranha, com certeza, a catadaputa de textos contra o presidente Bruno de Carvalho, após o empate com o Belenenses. Este blogue, com todo o direito, é oposição à actual Direcção. Ponto. E se esse ataque, constante, já acontecia quando a bola ia entrando na baliza, era mais que evidente, que se a dita deixasse de entrar, ia ser um ver se te avias. Neste contexto pouco há para comentar. Apenas quero referir, em primeiro lugar, que os tais vinte milhões gastos em novos jogadores, estão cobertos pelas vendas. Se são ou não mais valias, a ver vamos. Em segundo lugar, recordo, que o orçamento para o futebol, são vinte e cinco milhões, dentro do princípio de uma gestão realista, ou seja, metade do dos adversários directos. Terceiro, que o Sporting, que deve estar acima de interesses pessoais, já vai respirando, ao contrário do que chegou a acontecer. Por fim e porque ajo de boa fé, e sem facciosismos, faço uma crítica a este presidente e à sua estrutura: colocaram demasiada pressão numa equipa, que só em condições excepcionais poderá ser campeã. E se a bola teimar em não entrar, este discurso perdoe-me a expressão, algo demagógico, vai ser cada vez mais recorrente. Aposto e ganho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2014 às 00:54

Penso que quer dizer "catadupa"...

Tem direito à sua opinião, com certeza, mas acho que deve fazer uma distinção - no que a mim concerne - entre não sentir simpatia alguma por este presidente e ser uma oposição. Aliás, deve estar a pensar no que Bruno de Carvalho, Daniel Sampaio, Eduardo Barroso e afins andaram a fazer durante mais de dois anos.

Penso - sei - que neste momento a consideração principal é a equipa e não o presidente, embora seja quase impossível desassociar os dois, especialmente com o ultimo a ser protagonista de algo quase diariamente.

O erro da referida pressão teve o seu início na época passada, pela insistência no discurso demagógico e o não reconhecimento que o Sporting, pela sua história e grandiosidade, é eterno candidato ao título, sem a necessidade de fazer qualquer anúncio para o efeito.

A bola "não teima em não entrar", não temos tido quem a saiba fazer entrar, outra distinção importante.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.09.2014 às 23:02

Diz bem: catadupa. Apercebi-me do erro mas esqueci-me de o corrigir. Ainda bem que o fez para não gerar más interpretações. Obrigado.
As pessoas que refere, fizeram oposição pela mesma razão: a bola não entrar. No entanto, essa oposição sempre teve a minha discordância. É uma questão de coerência.
Uma das virtualidades do discurso, é podermos jogar com as palavras. Ser oposição ou não gostar do presidente, não meter a bola na baliza ou o guarda redes não a deixar entrar, são questões de semântica e pouco acrescentam ao debate.
Numa coisa estamos de acordo: o presidente fala de mais e nem sempre bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2014 às 23:10

Apenas diria que a referida "oposição" chegou ao poder por a bola não entrar, mas a razão que os levou a assumir essa posição foi precisamente para chegar ao poder.

Foi a partir deste ponto que passei a não respeitar o actual presidente; até aí, nem sequer o conhecia.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.09.2014 às 23:32

Pode-se discordar do processo que levou à queda da Direcção. Como se pode discutir aquela atribulada contagem de votos que a elegeu. Mas penso que não adianta ir por aí. Pode contestar a moralidade, mas, parece-me, não pode contestar a legalidade. Houve eleições, houve alternativas. Os sócios escolheram e voltarão a escolher, porque são soberanos. Entretanto o que interessa é o Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2014 às 23:59

Meu caro,

Como poderá ou não ter tido ocasião de ler ao longo dos tempos, no acto eleitoral de 2011, sem conhecer BdC de parte alguma e nunca sequer ter ouvido falado nele, dei-lhe o benefício da dúvida e apoiei-o. Nenhum dos outros me impressionou, inclusive Godinho Lopes e decidi dar a oportunidade a uma cara nova.

O que se passou no acto nunca foi comprovado, é portanto um factor nulo. Esperava eu, então, que o meu então candidato se preparasse devidamente para próxima ocasião. O que testemunhei foi indigno e evergonhou-me como sportinguista. Uma oposição férrea onde os fins justificaram todos e quaisquer meios, na óptica de BdC e dos seus fanáticos apoiantes. Para mim acabou. É o presidente do meu Clube, não é e nunca será o meu presidente.
Imagem de perfil

De Desert Lion a 15.09.2014 às 05:41

Caro consocio,

Se reparar, digo no poste que a única obrigação do Sporting e fazer o terceiro lugar e não deslustrar nas Taças e na Champions. Levo pois em consideração as diferenças de orçamento e não exijo mais 'a actual Direcção do que aquilo que ela poderá entregar, consideradas as armas desiguais com que luta face aos seus adversarios.

Mais ainda, refiro que defendo a politica que a própria Direcção defendia e pôs no papel, antes das eleições , fazendo notar ainda que também as equipas anteriormente escolhidas não eram do meu agrado.

Mas pronto, há sempre alguém que acha que tudo o que seja opinião independente e um ataque a Direcção. Talvez, como bem diz do Rui, porque se lembram com que intenção escreviam textos sobre o Clube ate' há um ano e meio atrás e acham que todos são como eles eram...

SL
Sem imagem de perfil

De Balajic a 15.09.2014 às 10:42

Meu Caro Desert Lion,

Mais uma vez escreve algo que poderia ter sido eu a escrever desde que com um teclado sem acentuação portuguesa... :)

Enfatizo apenas o seguinte: «defendo a politica que a própria Direcção defendia e pôs no papel, antes das eleições, fazendo notar ainda que também as equipas anteriormente escolhidas não eram do meu agrado».

Creio que por "equipas" se deve entender as equipas directivas, que, efectivamente, também não foram do meu agrado e reforço que a política que esta direcção propôs a sufrágio dos associados do clube, nomeadamente no que respeita à política de contratações (4 ou 5 aquisições cirúrgicas e aposta na formação).

Aguardo a sua análise às contas da SAD, em especial no que respeita à forma como a SAD "já deu lucro"...
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 15.09.2014 às 12:10

As aquisições cirúrgicas eram para a B . 💡
Sem imagem de perfil

De Balajic a 15.09.2014 às 13:41

Jorge "Gazela" (esse fenómeno!) e André Geraldes não foram muito "cirúrgicas". Ryan Gauld, Slavchev, Sacko e antes Enoh, Dramé... Acho que nem mesmo na B.

Digamos que têm uma pontaria na cirurgia parecida com aquela do Barroso na operação ao Luis Aguiar...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.09.2014 às 23:16

Como já referi na resposta ao comentário do Rui Gomes, discordei do comportamento desses sportinguistas. E acentuo, é uma questão de coerência. Sobre a oposição, legítima, mantenho o que disse. Pouco me interessa se o presidente se chama Bruno, manel ou José. O que me interessa é que defenda os interesses do clube, o que não implica que concorde com tudo o que faz ou diz. Farei a minha avaliação (que pouco vale) na altura própria.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo