Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tribunal "O Jogo"

Rui Gomes, em 10.11.13

 

 
A apreciação de Jorge Coroado, Pedro Henriques e José Leirós sobre os lances principais do "derby" da Taça de Portugal:
 
* Unanimidade no que respeita à mão de André Almeida, ficando, portanto, grande penalidade por assinalar aos 108 minutos.
 
* Jorge Coroado e Pedro Henriques entendem que o outro polémico lance entre Luisão e Montero não é passivo de castigo máximo, porque Montero fez jogo perigoso com o pé levantado e ainda porque surgiu de trás intempestivamente. Leirós é da opinião que o avançado chegou primeiro à bola e Luisão, fora de tempo, pontapeia o jogador do Sporting.
 
* Na jogada do primeiro golo e o possível fora de jogo, Coroado e Henriques pensam que em conformidade com a letra da lei, Cardozo estava adiantado no momento do passe. José Leirós alega que estava em linha.
 
* No lance que deu a vitória ao Benfica, Jorge Coroado é do pensamento que foi Luisão quem primeiro arragou Rojo e que este só o fez posteriormente, mas como a primeira falta não foi assinalada, nada mais há a criticar. Tanto Pedro Henriques como José Leirós entendem que Rojo comete falta para grande penalidade, mas como a bola em acto contínuo transpõe completamente a linha de baliza, o árbitro de forma correcta, validou o golo.
 
Apenas uma observação: Se vamos agir em conformidade com a letra da lei - como deve ser - e partindo do princípio que existiu falta para grande penalidade de Rojo sobre Luisão, o golo devia ter sido invalidado e o castigo máximo executado, porque nesta circunstância a lei da vantagem não é aplicável. O argumento de José Leirós que "naquele momento não há tempo para pensar sequer" não invalida a essência da lei.
 
Os três "juizes" entendem que disciplinarmente Duarte Gomes esteve irrepreensível. Leirós vai ao ponto de afirmar que tecnicamente esteve "quase perfeito à excepção dos dois lances na área no lado contrário ao auxiliar". Tanto Jorge Coroado como Pedro Henriques declaram que o árbitro cometeu "algumas falhas" no plano técnico.
 

 

publicado às 18:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 10.11.2013 às 19:30

Tantos e tão bons árbitros que eles são... que nem repararam que o lançamento de linha lateral que dá origem ao golo mais caricato que me recordo num dérbi foi incorrectamente executado. Não repararam ou não lhes deu jeito...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.11.2013 às 19:59

Já um outro leitor também mencionou isso...
Sem imagem de perfil

De 5aZero a 10.11.2013 às 22:41

É o jornal que escolhe os casos que os árbitros devem comentar.

O facto de só serem analisados estes casos não significa que os arbitos pensem que não houve mais erros.
Sem imagem de perfil

De BANDE a 11.11.2013 às 06:44

oi gente, eu vi o jogo, ñ sou adepto de clube algum em portugal, mas acho q a arbitragem poruguesa é muito pior q a mocambicana
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 11.11.2013 às 08:13

Caro BANDE,

A arbitragem não é pior é profissional, ajuíza de forma profissional cumprindo as premissas que lhes são passadas pelos seus superiores hierárquicos.

SL,
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 11.11.2013 às 23:03

Aquela justificação para dizer que o Luisão não faz falta sobre o Montero é de "mestre". Chama-se a isso BRANQUEAMENTO. Completamente ridículo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.11.2013 às 09:43


Havia 3-1, fazia uma diferença do caraças. Não era mais fácil anular o golo de Capel instantes antes, que chega a sair de um fora de jogo posicional? Representasse a jogada algum perigo para a baliza encarnada e ainda era faltosa a entrada de Montero. Soubesse Duarte Gomes que o Benfica cairia tanto na 2ª parte ou que também era dia de tremerem como varas verdes nas bolas paradas e nunca tinha sido traído com a 2ª grande penalidade, já ao cair do pano. Tivesse Duarte Gomes pressentido mesmo o perigo mais cedo do lado do Sporting e nunca se guardaria para apitar ou deixar de apitar na área do Benfica, porque nem chegávamos lá!

Eu que fui o 1º a chamar a atenção para o dedo do Benfica e a troca dos árbitros. Tivesse o Sporting entrado de maneira completamente diferente e discutido o jogo desde o 1º minuto e aí sim sentiríamos todos a acção do árbitro. O Sporting esteve muito longe de ser eliminado da Taça por causa do árbitro, como aliás Jardim também haveria de admitir na conferência, depois de aparecer mais exaltado na zona mista. Só fruto de cair o 1º objectivo assumido. Não devemos somar os 2 penalties ao resultado final e ainda pensar que o futebol não é dinâmico e o Benfica não reagiria de um modo completamente diferente, sem o conforto de ter estado sempre na frente durante o jogo todo.

Dada a grande diferença entre as 2 equipas o derby dependeria sempre muito mais do que o Benfica fizesse ou deixasse de fazer, como acabou por acontecer e só espero que esta constatação não faça de mim outra vez lampião. Aliás muito do rendimento do Sporting de que se fala esta época e até aqui, também se fica a dever ao sub rendimento daqueles que têm sido os 2 candidatos crónicos ao título nas últimas épocas ou já ninguém se lembra como o sistema atacou desde a 1ª jornada ainda à pouco tempo? E já na altura, foi a parte da arbitragem encarnada que entrou em acção. Mas lembram-se ao menos como o Sporting saiu da Taça a época passada e em Moreira de Cónegos e num jogo em que quase só deu Sporting, por exemplo? E quem fala hoje muito dos árbitros lá deve ter vindo com a história da estrutura e da competência que iriam ajoelhar os árbitros. Algum dia alguém tinha ouvido o Inácio a falar do sistema até ontem?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.11.2013 às 10:10

Era bom que a temperatura do derby começasse a descer para o discernimento começar a subir. Já agora aproveito para dizer ao caro Rui que eu também não perco o meu por tão pouco como simpatias, eu que também não me recordo de me preocupar com mais nada para além do Sporting aqui no blogue, muito menos com gente que desprezo profundamente. Se entretanto chegaram à liderança do Sporting por vontade dos sócios, quem sofre é o Sporting e todos os dias. Algum pingo de credibilidade que lhes restasse perderam-no há muito ao longo dos 2 últimos anos. Pelos vistos até o Severino já encontrou outra forma de ganhar algum, outra vez à conta do Sporting.

E mais uma vez o que está a ser tentado só vai contribuir para envergonhar o Sporting ainda mais. Uma coisa é a luta contra o sistema, que como foi aqui lembrado já existe há muito e nos mesmos moldes por exemplo, o luto contra a arbitragem nem nunca deveria ter terminado. Outra coisa completamente diferente é alguém ensaiar dividendos pessoais à custa do que fazem ao Sporting há muito tempo e não especialmente desde sábado. Alguém que num espaço de tempo tão curto já conseguiu cair na maior parte dos erros que vinha a apontar. Começou com as contratações cirúrgicas, passou pela formação e de repente até os árbitros voltaram a ser responsáveis por muitos milhões do nosso passivo. Também há erros que esta gente inexperiente e mal dizente não cometem de certeza porque muito simplesmente não entram no campeonato da capacidade de investir. E só vai piorar.

Desta vez o problema é só um, admitir que o Sporting não conseguiu eliminar um Benfica que ainda nem chegou a metade do Benfica da época passada. A parte mais perversa, capitalizar a derrota do derby pelo lado da luta contra o sistema em nome pessoal. Só se corre atrás desta forma infame de agregar adeptos para afirmar mais esta direcção. Pois bem, comigo não só não contam, como num dia com tempo ainda denuncio tudo o que está a ser levado a cabo desde o último minuto do derby e que só mancha o nome do Sporting.

A comunicação do Sporting pós derby não passa de uma construção que não começou com a indignação do presidente. A competência ainda não tinha chegado ao Sporting e os jogadores já não diziam, cada um o que lhes apetece, como estou certo que também não foi agora o caso. Há muito tempo que os clubes têm comunicação integrada. Quando Adrien chega à zona mista e diz que toda a gente viu que o Sporting, que andou sempre a correr atrás do prejuízo, foi superior e foi a única equipa que quis ganhar e ainda que o Benfica conseguiu os 4 golos sem atacar mais nenhuma vez, não se cobriu de ridículo só a ele e à comunicação do Sporting, infelizmente também cobriu de ridículo o próprio clube Sporting e toda a massa adepta. Este é que foi o verdadeiro ponto de partida de que ninguém fala, para o que ainda decorre e que até já vale a resposta do Benfica em blogues do Sporting? E que não tem nada a ver com uma luta contra o sistema que se exige, mas é em nome do SCP e não de um culto qualquer como já existe há muito tempo nos rivais. Se não conseguimos abordar melhor o derby, com as declarações do Adrien ainda piorámos muito a derrota, retirando inclusive qualquer tipo de credibilidade a tudo o que venha a ser ensaiado ainda para não aceitar a derrota. Mais do que o relatório exigem-se explicações pela troca dos árbitros e nomeadamente pela 2ª nomeação. Já se exigiam aliás antes do jogo e só dessa maneira é que marcávamos posição, alertando a opinião pública para condicionarmos o desempenho do árbitro. Também foi assim que conseguimos o título de 2000 .

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo